Livre-se da caspa com esta máscara caseira à base de leite

Para um cabelo resplandecente.

As máscaras caseiras, não só são feitas à base de ingredientes naturais como são uma opção económica e eficaz, comparativamente a produtos cosméticos dispendiosos.

Por isso mesmo, apresentamos-lhe uma máscara caseira poderosa à base de leite contra a caspa, divulgada no site Nova Mulher, que promete ajudar a livrar-se do inestético problema. Experimente!

Máscara de leite:

. Misture 1 chávena de leite, 2 colheres (sopa) de linhaça esmagada e 1 colher (chá) de sumo de limão até obter uma pasta.

. Aplique no cabelo da raiz às pontas.

. Deixe atuar durante 1 hora e depois enxague com água morna.

. Use esta máscara capilar caseira duas vezes por semana.

Fonte: Notícias ao Minuto

Dr. Lorim vence eleição suplementar e é eleito prefeito de Missão Velha

Com 100% das urnas apuradas, o médico Dr. Lorim (PDT) venceu a eleição suplementar realizada neste domingo (1º) e será o prefeito de Missão Velha até dezembro de 2024. Ele alcançou 52,84% dos votos válidos (11.994), ante 47,16% (10.703) de Fitinha (PT).

Lorim tem 37 anos e já ocupou o cargo de vice-prefeito do Município. Nas eleições municipais do ano passado, foi derrotado por Washington Fechine (MDB), que acabou não assumindo a Prefeitura de Missão Velha por conta do indeferimento de sua candidatura pela Justiça Eleitoral.

Oito meses depois, Lorim reverte o resultado do pleito anterior ao derrotar Fitinha, a candidata apadrinhada por Fechine. O pedetista terá ao seu lado o correligionário Rodrigues Roberto (PDT), eleito vice-prefeito de Missão Velha.

Apuração avança e Lorim amplia vantagem sobre Fitinha

Com mais de 60% das urnas apuradas, o candidato Dr. Lorim (PDT) amplia a vantagem de votos computados sobre a candidata Fitinha (PT). Nos últimos números divulgados, Lorim aparece com 54,45% (7.819) dos votos válidos e Fitinha (PT) com 45,55% (6.540) dos votos.

Missão Velha deve conhecer o próximo prefeito eleito antes das 19h, conforme anunciado mais cedo pelo juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior.

Com margem apertada, Lorim assume liderança na apuração

Com 19,56% das urnas apuradas, o candidato Dr. Lorim (PDT) aparece com margem apertada de diferença para a candidata Fitinha (PT). Lorim tem 53,55% (2.409) dos votos válidos e Fitinha (PT) 46,45% (2.090) dos votos.

O município de 35 mil habitantes deve conhecer o próximo prefeito eleito antes das 19h, conforme anunciado mais cedo pelo juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior.

Apuração: Missão Velha deve conhecer novo prefeito antes das 19h

A Justiça Eleitoral iniciou há pouco a apuração dos votos da eleição suplementar de Missão Velha. Mais de 27 mil eleitores estavam aptos a votar neste domingo (1º). As urnas eletrônicas instaladas nos 36 locais de votação começaram a ser apuradas no Cartório Eleitoral.

O município de 35 mil habitantes deve conhecer o próximo prefeito eleito antes das 19h, conforme anunciado mais cedo pelo juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior. “Se tudo correr bem, esperamos que até as 19h já possamos ter o resultado do pleito”, disse o magistrado.

Missão Velha: Posse do prefeito eleito já tem data definida, adianta juiz

O próximo prefeito de Missão Velha já tem data definida para tomar posse. O município passa por uma eleição suplementar neste domingo (1º) e o novo gestor deve ser anunciado por volta das 19h, após o encerramento da apuração.

Ao News Cariri, o juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior disse que no TRE “já está tudo definido”. O magistrado, no entanto, preferiu não revelar a data a fim de “evitar especulações”.

“Eu gostaria de não informar só por uma questão de evitar especulações, mas já está tudo definido. Vamos ver o transcorrer da eleição, vamos ver o eleito, a diplomação. Podem existir recursos, questionamentos, e a gente prefere dar um passo de cada vez”, justificou.

PF inibe comemorações antecipadas pelas ruas de Missão Velha

Agentes da Polícia Federal (PF) impediram que eleitores iniciassem uma espécie de comemoração antecipada pelas ruas de Missão Velha. O município passa por uma eleição suplementar neste domingo (1º).

Por volta das 15h, policiais federais abordaram um carro que trafegava no entorno de locais de votação. No veículo, uma pessoa hasteava uma bandeira com o número do candidato Dr. Lorim (PDT). Na abordagem, os agentes da PF exigiram que a bandeira fosse recolhida.

Mais cedo, o juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior afirmou que a eleição transcorre “sem maiores problemas”. A expectativa, segundo ele, é que a apuração seja concluída antes das 19h deste domingo.

“Super tranquila”, diz juiz responsável pela eleição suplementar de Missão Velha

“Super tranquila”. É o que avaliou o juiz eleitoral Djalma Sobreira Dantas Júnior, responsável pela eleição suplementar de Missão Velha, que ocorre neste domingo (1º). Segundo o magistrado, não houve substituição de urnas eletrônicas e nenhuma prisão.

“Uma eleição sem problemas maiores, sem violência, dentro da normalidade”, afirmou.

Até o início desta tarde a ocorrência que chamou mais a atenção foi a apreensão de materiais de campanha que estava em posse de eleitores. Adesivos com os números dos candidatos foram recolhidos pela Polícia Federal (PF) e entregues à Justiça Eleitoral.

“Estamos com um aparato de segurança que é o sonho de qualquer cidade”, acrescentou o juiz. A expectativa, segundo Djalma, é que a apuração seja concluída antes das 19h deste domingo.

“Se tudo correr bem, esperamos que até as 19h já possamos ter o resultado do pleito”.

Com policiamento reforçado, eleição em Missão Velha transcorre dentro da normalidad

Com o reforço da Polícia Militar e da Polícia Federal (PF), a eleição suplementar de Missão Velha – que ocorre neste domingo (1º) – transcorre dentro da normalidade. Os candidatos Dr. Lorim (PDT) e Fitinha (PT) concorrem à Prefeitura do Município.

Até o início desta tarde não há registro de prisões e apenas uma ocorrência que chamou a atenção. Nela, policiais federais apreenderam materiais de campanha que estava em posse de eleitores nas proximidades de locais de votação.

Segundo a PF, o material seria supostamente utilizado em atividades de boca de urna. Adesivos com os números dos candidatos foram recolhidos e entregues à Justiça Eleitoral.

A votação se estende até às 17h.