LOGO-NEWS-CARIRI

Com namoro proibido na adolescência, casal tem reencontro após 62 anos e passa a morar junto, no Ceará

Foto: Isabel Brandão/Arquivo pessoal

Publicidade

Quanto tempo pode durar um amor? Para seu Olavio Oliveira da Silva, de 85 anos, e dona Antônia Rodrigues Mineiro, de 79, uma vida inteira. O casal se conheceu há 62 anos, em 1958, em um evento da igreja na cidade de Mombaça, no interior do Ceará. Foi amor à primeira vista, mas que foi interrompido após o pai de dona Antônia não aprovar o relacionamento por achar que ela seria “nova demais”. Depois de mais de seis décadas separados, o amor dos dois resistiu ao tempo e eles voltaram a se reencontrar em setembro de 2020.

“Quando ela passou, eu olhei, ela olhou assim para trás, eu olhei para ela. Aí depois eu passei para o banco da frente. Aí fiquei olhando ela assim de longe. Aí foi amor à primeira vista. Não teve mais como segurar”, explica seu Olavio sobre o momento em que descobriu o amor por dona Antônia, que na época tinha apenas 15 anos e, mesmo tendo insistido, não teve a aprovação do pai ao relacionamento.

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas