Governador Camilo Santana anuncia pagamento da primeira parcela do 13º dos servidores

O governador Camilo Santana (PT), anunciou na noite desta terça-feira (7), através de transmissão nas suas redes sociais, que o 13º salário dos servidores estaduais será pago ainda nos próximos dias. Segundo o governador, o pagamento da primeira parcela deve ocorrer no próximo dia 14 de Agosto.

Segundo Camilo, 157.904 servidores serão beneficiados com o pagamento. O montante acumula um total de investimento no valor de R$ 400 milhões. O gestor ressaltou ainda o valor da folha de pagamento estadual dos servidores no valor de R$850 milhões.

Com o valor dos dois pagamentos, o governo do estado deve injetar mais de R$1 bilhão e 300 milhões, na economia cearense.

Ceará possui 126.142 casos confirmados e 6.563 mortes por Covid-19

O estado do Ceará tem 126.142 casos confirmados de Coronavírus. Os dados foram atualizados pela secretaria de saúde do estado, e divulgados pela plataforma IntegraSUS, na noite desta terça-feira (7).

O número de óbitos ocasionadas pelo Coronavírus no estado subiu para 6.563. No total já são 99.249 casos recuperados em todo o Ceará.

Já são 318.892 exames realizados para diagnóstico de novos casos. Segundo a plataforma integraSUS, o número de casos sob investigação chegou a 68.713 no estado. A taxa de letalidade da doença no estado caiu para 5,2%.

Juazeiro do Norte registra 219 novos casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, divulgou por meio da Secretaria da Saúde, divulgou que até a tarde desta terça-feira (07), o município notificou 15.602 pacientes, dos quais 13 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, 11.115 casos descartados e 4.474 casos confirmados. Entre os pacientes confirmados há 54 hospitalizados, 2.318 em isolamento domiciliar, 1.991 que já estão recuperados, e 111 óbitos.

Segundo a pasta, com a ampliação da realização de testes rápidos, estão sendo detectadas mais pessoas infectadas, o que possibilita as orientações quanto ao isolamento domiciliar e quanto ao tratamento adequado à necessidade de cada caso.

Nesta terça-feira (7), o município iniciou a fase de testagem rápida nas zonas rurais. No total são oito distritos que estarão recebendo a visita de agentes comunitários de saúde. As visitas acontecem de forma ordenada e em períodos e localidades diferentes por dia.

Ciopaer chega aos 25 anos de atuação no Ceará com histórias de excelência, competência e destreza

Multifacetado, no sentido figurado, é aquele que possui características variadas e peculiares. Se pudéssemos usar um termo para explicar o trabalho desenvolvido pelos profissionais que fazem parte da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), “multifacetado” seria a palavra mais apropriada. Parte integrante da estrutura organizacional da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE), a Ciopaer une múltiplas habilidades em suas missões diárias. São policiais civis e militares, bombeiros militares e o trabalho complementar de médicos e enfermeiros do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Ceará. No último dia 4 de julho, ao alcançar a marca de 25 anos de atuação em prol da sociedade cearense, a Ciopaer se consolida na história da segurança pública do Brasil com excelência, competência e destreza.

O secretário da Segurança Pública do Ceará pontua o serviço de excelência da Ciopaer, que é referência no Brasil em atividades que vão da segurança à saúde pública. “Destaco também o trabalho do aeromédico. Nós temos aeronaves exclusivas para esse atendimento, que transportam pessoas em todo o Ceará, e em alguns casos, até mesmo de ou para fora do Estado, além do transporte de órgãos. O Ceará é hoje um dos grandes exportadores de córneas para todo o País. Muitos desses transportes também são realizados pela Ciopaer, que tem esse grande serviço prestado à sociedade alencarina, não só na área da segurança pública mas também na saúde pública”, pontua.

André Costa destaca também a qualidade da frota da unidade cearense, que a coloca no patamar dos grandes grupamentos aéreos do País. “A Ciopaer possui a frota mais moderna de todo o País e é uma das maiores do Brasil. A Coordenadoria é ainda uma grande referência em aviação policial, não só pela qualidade da sua frota, mas também pela qualidade dos seus pilotos, tripulantes, apoio em solo e mecânicos. Muitos pilotos policiais vêm de outros estados para aprenderem e para fazerem estágios aqui no Ceará. A Ciopaer possui a única escola de formação de pilotos por instrumentos no País entre as escolas policiais”, destaca.

À frente da coordenadoria, o delegado de Polícia Civil do Estado do Ceará, Aristóteles Tavares, destaca o papel primordial da Ciopaer: salvar vidas. “Ao longo destes 25 anos, a Ciopaer, de célula embrionária da aviação de segurança pública brasileira, se tornou referência nacional em tecnologia, operacionalidade, economicidade e gestão integrada dos recursos públicos, tudo com vistas a cada vez mais atender melhor e com mais qualidade a população cearense. Afirmo, todavia, que esse sonho só se tornou possível por meio da integração das forças de segurança pública em um só órgão, unindo valores, potenciais humanos e tecnológicos, centralizando decisões, unificando a gestão de contratos e, assim, otimizando os gastos públicos. Da integração nasceu a visão de gestão da Ciopaer como uma empresa, cujo lucro está em cada vida salva ao longo desses 25 anos”, disse.

História

A unidade aérea foi criada a partir do Grupamento de Policiamento Aéreo (GPAer) da Polícia Militar do Ceará (PMCE), em 1995, e nasceu para desempenhar funções de apoio a operações policiais, patrulhamento aéreo, resgates, transportes aeromédicos, transporte de pessoal, apoio às ações de defesa civil, transporte de órgãos e tecidos humanos para transplante, monitoramento ambiental e de recursos hídricos, geração de imagens para fins de segurança pública e institucionais, entre outras atividades. Em 2001, o GPAer passou a adotar o nome de Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e uniu os serviços operacionais de policiais civis e bombeiros militares no planejamento e execução das missões.

Excelência

Hoje, aos 25 anos, a Ciopaer é a maior unidade de aviação estadual do Norte/Nordeste, sendo considerada a maior operadora de aeronaves biturbina e homologadas para voo por instrumentos entre os órgãos estaduais brasileiros. Ela também é considerada como a operadora com serviço aeromédico público mais bem executado do País. São quatro bases fixas, instaladas em Fortaleza, em Juazeiro do Norte, em Sobral e em Quixadá. A coordenadoria dispõe de dez aeronaves, sendo nove helicópteros (um EC130 B4, dois AS350B2 esquilo, três Airbus EC135 e três EC145) e um avião modelo Cessna 210. No total, 165 profissionais de segurança pública compõem o efetivo da unidade aérea, entre pilotos, tripulantes operacionais, mecânicos e apoio solo, além de 20 profissionais de saúde do Samu Ceará.

Atuação

Além de operações policiais e do aeromédico, que é referência no Brasil, os profissionais da Ciopaer estão habilitados a cumprir ações de prevenção e repressão de crimes nos quatro cantos do Ceará, agindo também em ações de monitoramento de açudes, barragens, florestas, no combate a incêndios, no mapeamento de zonas urbanas para traçar políticas públicas, que contribuam para a diversidade de espécies da fauna e flora nativas, bem como para população que depende do habitat natural para sobreviver. As missões da tripulação da Ciopaer incluem ainda resgate de vítimas de afogamentos e o salvamento de pessoas em áreas isoladas de difícil acesso.

Competência

A Ciopaer também é celeiro quando o assunto é formação para tripulantes que atuam na segurança pública. Desde 2008, com uma escola de aviação própria, a Ciopaer já proporcionou a formação de cearenses, nordestinos e estudantes de vários cantos do Brasil. Ao todo, 51 profissionais do Ceará e de nove estados brasileiros – Alagoas, Amazonas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Tocantins – foram formados na Unidade Aérea Pública (UAP) cearense e puderam multiplicar o conhecimento adquirido na Ciopaer para os grupamentos aéreos em atividade no Brasil. Atualmente, há seis cursos na grade da escola: Piloto Privado de Helicóptero; Piloto Comercial de Helicóptero; Curso de Formação de Operador Aerotático; Curso Avançado de Operador Aerotático; Curso de Formação de Técnico em Apoio Solo; e Ground School (familiarização teórica) das aeronaves AS50, EC35 e EC45.

Aeromédico

Equipadas com uma das mais modernas frotas do Brasil, as aeronaves da Ciopaer dispõem de aparelhos que apenas o Exército dos Estados Unidos da América e o clube de automobilismo alemão Allgemeiner Deutscher Automobil-Club (Adac) possuem. Além disso, elas possuem a capacidade de configuração para UTI aérea e detêm modernos equipamentos, entre eles, incubadoras de transportes de recém-nascidos, ventilador pulmonar, bombas de infusão, monitor multiparamétrico, com a capacidade de fazer capnografia, ou seja, que é capaz de medir o nível de CO2 (dióxido de carbono), o que permite o médico analisar se o paciente está com baixo débito cardíaco (choque). Tudo isso devidamente acoplado aos suportes mecânicos e eletrônicos da aeronave, no intuito de oferecer uma assistência adequada aos transportados.

Duas aeronaves possuem UTIs embarcadas e são utilizadas para diversos trajetos para o atendimento aeromédico no Estado. Outros dois modelos H135, embarcados com equipamentos portáteis/móveis, também estão habilitados para realizar o serviço que salva vidas e encurta o tempo de socorro do traslado entre hospitais no Ceará. Nos cinco primeiros meses de 2020, a tripulação do aeromédico já foi acionada 61 vezes, ou seja, a cada dois dias e meio, o serviço é acionado.

 

Destreza

Há quase 21 anos de serviços na Ciopaer, a dedicação, o profissionalismo e o esforço do tenente-coronel Kleber Nóbrega Vieira se mantêm durante todos esses anos pautados na melhoria constante. Advindo da Companhia de Polícia Militar Ambiental (CPMA), hoje Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), ele ingressou na Ciopaer em outubro de 1999, quando ainda era chamada de GPAer, sendo o servidor com mais tempo de atuação no efetivo atual da Coordenadoria. Atualmente como chefe do setor de operações da unidade área cearense da segurança pública, o tenente-coronel Nóbrega relembra que passou por diversas funções dentro da Ciopaer e sempre esteve disposto a se aperfeiçoar na área. Ele foi um dos pioneiros a pilotar aeronaves biturbina no Ceará.

“Eu sempre estive muito envolvido nas diversas missões e demandas da Ciopaer. Na verdade, eu já passei por todas as funções aqui. Em 2010, recebemos a primeira aeronave biturbina, éramos os pioneiros a voar por instrumentos com uma aeronave biturbina no Ceará. Foram meses exaustivos de treinamento tanto no Brasil como na Alemanha (sede da fabricante das aeronaves da frota cearense e onde os pilotos foram formados). Foi difícil a transição na época, porque só voávamos visual, um tipo de regra de voo. E para voar por regra de voo por instrumentos, nós passamos por uma série de treinamentos. Hoje já são dez anos voando por instrumentos. Foi toda uma evolução tecnológica e técnica do nosso pessoal, não só de pilotos, como mecânicos e dos nossos operadores aerotáticos. Foram muitos cursos para que a Ciopaer chegasse a esses 25 anos com bastante bagagem, porque hoje somos uma unidade reconhecida nacional e internacionalmente como referência na aviação de segurança pública”, recorda.

Decreto determina regras para volta do transporte intermunicipal em Juazeiro do Norte

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Logo após o Governo do Estado anunciar a volta do transporte intermunicipal a partir da próxima sexta-feira,10, a Prefeitura de Juazeiro do Norte publicou um decreto com as medidas sanitária que devem ser obedecidas pelas concessionárias e empresas de transporte rodoviário na volta ao serviço.

O documento estabelece que haja a medição da temperatura dos passageiros antes do embarque. Quem estiver com mais de 37,8 graus deve ser impedido de viajar. Outra determinação é que os veículos sejam desinfectados, antes e ao término de cada viagem. As empresas também devem adotar medidas para o cumprimento do distanciamento mínimo nos terminais de embarque e desembarque e disponibilizar álcool gel 70% aos passageiros, junto com informações sanitárias sobre higienização e cuidados para a prevenção da Covid -19.

O decreto também recomenda que as companhias priorizem a venda de bilhetes por meios digitais. Em nota, a auto viação metropolitana, concessionária do transporte intermunicipal no Cariri, afirmou que irá retomar suas atividades de acordo com o protocolo determinado pelas autoridades, e com apenas 30% da capacidade de operação. A empresa explora linhas nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha e Missão Velha. Antes da pandemia, em média 30 mil pessoas eram transportadas diariamente.

Juazeiro: UBSs vão atender casos suspeitos e confirmados de covid-19

A Secretaria da Saúde de Juazeiro do Norte anunciou a descentralização dos atendimentos dos casos suspeitos e confirmados da Covid-19 para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, além da Unidade Sentinela.

A medida leva em consideração o importante papel da Atenção Primária no controle da pandemia, principalmente no que diz respeito à detecção precoce dos pacientes suspeitos de síndrome gripal, tratamento adequado e monitoramento dos casos confirmados de coronavírus.

Os pacientes continuam realizando os testes rápidos nas quatro Unidades de Testagem e na Unidade Sentinela e, posteriormente, estão sendo encaminhados para as UBS que cobrem as áreas dos seus bairros.

A condução dos atendimentos dos casos de Covid-19 seguem os protocolos e recomendações do Ministério da Saúde.

As equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) estão atendendo as urgências e emergências, gestantes, imunização, fazendo acompanhamento dos pacientes com doenças crônicas descompensadas, e renovando receitas de medicações de uso contínuo. Para atendimento aos pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19, cada equipe organizou um turno específico, como medida de contenção e prevenção.

Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) continuam realizando visitas peridomiciliares, buscando ativamente casos suspeitos, encaminhando para atendimento nas UBS e monitorando os casos confirmados, para que, avaliando os sinais de alerta, o paciente seja encaminhado à assistência na rede de saúde, quando necessário.

“É muito importante que a ESF intensifique a educação em saúde para a comunidade, bem como entre os membros da equipe, desmistificando a doença e garantindo uma maior adesão às medidas de prevenção”, ressalta a diretora da Atenção Primária, Ana Cristina Alencar.

Covid-19: Cariri soma mais de 8 mil infectados

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

A região do Cariri atingiu chegou à marca de 8.717 casos de covid-19 nesta segunda-feira, crescimento de 44% em relação à segunda-feira da semana passada, quando haviam sido registrados 6.045 infectados. O número representa a soma de todos os casos confirmados nas 29 cidades da região.

Segundo a plataforma integrasus, pelo menos metade das pessoas infectadas no Cariri já se recuperou da doença. Ao todo o número de mortes chega a 227. Outros dois mil e quatrocentos casos ainda estão em investigação.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na região é de 63%, ante 80% na semana passada. Já nos leitos de enfermaria, a ocupação é de apenas 26%.

Conheça o caminho das águas do Rio São Francisco no Ceará

O Cinturão das Águas já está pronto para receber águas do São Francisco; As regiões hidrográficas do Salgado, Médio e Baixo Jaguaribe e Região Metropolitana de Fortaleza serão as primeiras a terem um incremento da garantia hídrica por conta da chegada das águas do São Francisco.

Após o acionamento da comporta do Eixo Norte do Projeto de Transposição, as águas do Rio São Francisco chegaram ao Ceará. Com a abertura, as águas, vieram do Reservatório Milagres, em Pernambuco, passaram pelo Túnel Milagres, na divisa dos dois estados e chegaram ao Reservatório Jati, no Ceará, onde seguindo o protocolo de segurança do Ministério do Desenvolvimento Regional terá o enchimento dividido em três etapas, para então conduzir as águas ao Cinturão das Águas – CAC. Esse processo deve ocorrer até o final do mês de julho.

A obra do CAC já está preparada para receber as águas, que devem percorrer os 53km do trecho emergencial até o Riacho Seco, no município de Missão Velha, depois fluirá para o Rio Salgado e Rio Jaguaribe, até, finalmente, alcançar o açude Castanhão. Esse trajeto é referente a 350km. Um vez chegada ao Castanhão, a transferência para a Região Metropolitana de Fortaleza será efetuada pelo Eixão das Águas.

Segundo o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, a água entregue na Barragem de Jati, terá que percorrer 550 km até chegar em Fortaleza. “O processo até chegar ao açude Pacoti, integrante do sistema hídrico metropolitano, deve demorar de 2 a 3 meses”, avalia o secretário.

Ainda segundo o secretário, as regiões hidrográficas do Salgado, Médio e Baixo Jaguaribe e Região Metropolitana de Fortaleza serão as primeiras a terem um incremento da garantia hídrica por conta da chegada das águas do São Francisco.

Programa do Leite passa a atender 196 mil pessoas em 179 municípios cearenses

A partir desta terça-feira (7/7), o Programa de Aquisição do Leite inicia uma nova fase de coleta e distribuição do produto para 196.187 pessoas de baixa renda em 179 municípios cearenses. A ação de segurança alimentar e nutricional, uma parceria entre a Secretaria do Desenvolvimento Agrário e o Ministério da Cidadania, adquire parte da produção de 1.476 produtores de leite bovino e caprino do Estado e a redistribui para o público-alvo através de 2.489 entidades sociais já cadastradas.

O PAA Leite 2020/2021 prevê um investimento de R$ 25.059.380,60 milhões no Estado, incluindo aí a contrapartida estadual de R$ 4.750.677,25 milhões, até o final de junho do próximo ano. Além disso, segundo o secretário De Assis Diniz, ficou assegurada a ampliação do fornecimento de 29 mil litros de leite diários para 54 mil litros de leite bovino e mais de três mil litros de leite caprino voltados ao público em situação de vulnerabilidade social.

Na edição anterior, o PAA Leite atendeu 184.424 cearenses em 117 municípios do Estado. “Hoje, o Programa do Leite representa um enorme reforço no combate aos efeitos sociais e econômicos da pandemia da Covid-19. Estamos garantindo um alimento rico em nutrientes para quem mais precisa, num momento crucial do enfrentamento da pandemia no interior do Estado, e renda certa para o pequeno produtor rural”, avalia o secretário do Desenvolvimento Agrário.

Após ação do MPCE, Justiça impede comercialização de óleo diesel adulterado em Juazeiro do Norte

O juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Juazeiro do Norte, Francisco José Mazza Siqueira, determinou, no dia 23, em caráter liminar, que o posto de combustíveis, J. C. Comércio Varejista de Combustíveis Ltda., abstenha-se de comercializar óleo diesel automotivo fora das especificações técnicas previstas pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), sob pena de multa por descumprimento no valor de R$ 500,00 por litro de produto comercializado irregularmente. A decisão atende a uma Ação Civil Pública (ACP) com pedido de concessão de medida liminar proposta, no dia 15, pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por intermédio do promotor de justiça André Augusto Cardoso Barroso.

O deferimento liminar de tutela de urgência é uma medida processual com reflexos diretos no direito material, que visa exatamente resguardar o bem da vida pleiteado dos efeitos deletérios do tempo sobre o processo, evitando a inutilidade do provimento judicial final, garantindo que a tutela jurisdicional final de fato efetiva. O representante do MPCE foi cientificado de uma fiscalização oriunda da ANP, lavrada no dia 18 de abril de 2018, naquele posto de combustíveis, o qual foi autuado por irregularidades constatadas nas amostras de óleo diesel B S 10 Comum, revendido pela referida Pessoa Jurídica.

Com a posse das informações, a Promotoria de Justiça instaurou um Inquérito Civil, a fim de adotar as providências judiciais necessárias para reparar eventuais danos morais coletivos e materiais causados aos consumidores do estabelecimento demandado. Consta nos autos que a ANP efetivou Ação Interna de Fiscalização em função de uma Ordem de Serviço expedida pelo NRF-BA, com o objetivo de verificar o cumprimento da notificação lavrada por meio de um Documento de Fiscalização e apresentar o resultado da amostra-prova de combustível coletado naquela fiscalização.

Na fiscalização, foram coletadas amostras de óleo diesel, ficando a amostra-contraprova sob a guarda de agente da ANP e a amostra-prova levada a laboratório da Universidade Federal do Ceará (UFC), conveniado com a Agência para análise. O Relatório de Ensaio da UFC da amostra-prova de óleo diesel comum, que foi coletada do bico nº 1, série da bomba 0K1480, tanque nº 1, apresentou resultado não conforme as especificações por apresentar a característica ponto de fulgor fora das especificações da ANP.

Verificou-se no laudo que a característica do Ponto de Fulgor apresentou resultado no valor de 32.0, quando a especificação é o mínimo de 38.0, de modo a constituir infração ao inciso V, do artigo 22 e ao inciso X, do artigo 21, da Resolução da ANP nº 41/2013 e ao artigo 6º, combinado com a Tabela 1, do Regulamento Técnico ANP nº 04/2013, ambos da Resolução nº 50/2013.