Cearenses recuperados no interior do Estado tiram lições da doença

Rafael Pacheco, 33, não esquece o sofrimento causado pela Covid-19. “Qualquer movimento que eu fazia me deixava cansado. Quando estava internado, fui ao banheiro tomar banho. Só bastou três a quatro segundos para a água cair em cima de mim e eu não me aguentar de pé. Era uma situação agonizante”, conta.

Morador de Quixeramobim, o representante comercial passou cinco dias internado no Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), da rede da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado. Após se recuperar da doença e receber alta no dia 1º de julho, Rafael expõe o sentimento de gratidão por estar vivo e principalmente com saúde.

“O pessoal cuidou muito bem de mim. Só tenho a agradecer por tudo. Por fim, quero reforçar que as pessoas entendam o problema. A prevenção é o melhor remédio. Não queiram se conscientizar somente quando passar por esse problema”, alerta.

Lição compartilhada

O consultor de vendas Willame Queiroz, 33, também sentiu na pele as consequências do coronavírus. Ele procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Quixadá, município onde mora, após se sentir mal. “Foram aparecendo os sintomas como febre, tosse e cansaço”, diz.

Willame recebeu a confirmação de que estava com Covid-19 ao realizar o teste rápido. Com a piora do quadro de saúde, ele foi encaminhado no dia 16 de maio para o HRSC. Na unidade localizada em Quixeramobim, o paciente ficou internado uma semana, sendo cinco na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dois na Enfermaria Covid.

“Não foi fácil os dias que passei na UTI. Os sintomas são muito ruins. Graças a Deus fui melhorando e não precisei ficar entubado. As pessoas deveriam levar essa doença a sério. Não é brincadeira”, ressalta.

Com todo apoio e dedicação da equipe multiprofissional, Willame conseguiu vencer o novo coronavírus e pôde ir para casa do dia 21 de maio. “Meu atendimento foi nota 10. Os profissionais ficavam perguntando direto se eu estava bem. Agradeço a todos que me ajudaram a vencer essa doença”.

Atendimento

O HRSC é referência no atendimento para casos graves de Covid-19 na Região de Saúde do Sertão Central, que abrange 20 municípios e cerca de 650 mil habitantes. A unidade conta com 40 leitos de UTI Adulto e 62 de enfermaria para o atendimento de casos de coronavírus. Além disso, o HRSC dispõe de um hospital de campanha com outros 40 leitos de enfermaria.

“O nosso serviço tem se mostrado de grande importância para os pacientes com Covid-19 que necessitam de uma assistência mais especializada. Com esse trabalho, estamos conseguindo salvar dezenas de vidas”, destaca o diretor-geral do HRSC, Marcelo Theophilo Lima.

Segundo o IntegraSUS, plataforma de transparência da Saúde do Ceará, 48.847 pessoas já se recuperaram do coronavírus no Ceará até o dia 8 de junho. Os dados disponíveis no portal são atualizados diariamente, às 17h.

Com 2.805 novos casos nas últimas 24 horas, Ceará possui quase 70 mil casos confirmados do novo coronavírus

O estado do Ceará tem 69. 023 casos confirmados de Coronavírus. Os dados foram atualizados pela secretaria de saúde do estado, e divulgados pela plataforma IntegraSUS, na noite desta terça-feira (09). Até a noite desta segunda (9), eram 66.218 casos em todo o Ceará.

O número de óbitos ocasionadas pelo Coronavírus no estado subiu de 4.192 4.359. No total já são 48.659 casos recuperados em todo o Ceará.

Já são 159.416 exames realizados para diagnóstico de novos casos. Segundo a plataforma integraSUS, o número de casos sob investigação chegou a 55.638 no estado. A taxa de letalidade da doença no estado chegou a 6,3%.

No Brasil, até a tarde desta terça-feira (09), já são 739. 503 casos confirmados do novo coronavírus e 38.406 óbitos pela doença.

Juazeiro do Norte confirma mais duas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas; São 738 casos confirmados e 27 mortes no total

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, confirmou na noite desta terça-feira (9), mais dois óbitos por coronavírus no município. A informação foi confirmada por meio da Secretaria da Saúde. Segundo a pasta, trata-se de um homem, de 83 anos, sem comorbidade; e um homem, de 71 anos, também sem comorbidade. Os óbitos ocorreram nos dias 02 de junho e 09 de junho, respectivamente.

Até a tarde desta terça-feira (09), o Município notificou 3.678 pacientes, dos quais 41 são casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames, 2.899 casos descartados e 738 casos confirmados. Entre os pacientes confirmados há 16 hospitalizados, 367 em isolamento domiciliar, 328 que já estão recuperados, e 27 óbitos.

Segundo a secretaria de saúde do município, os pacientes em isolamento domiciliar estão seguindo todas as orientações repassadas pelos profissionais de saúde e cumprindo o período de 14 dias de isolamento.

Ceará possui 234 mil testes rápidos para Covid-19, maior parte destinada ao interior

Ao todo, foram entregues 324 mil testes rápidos no Estado; Fortaleza recebeu mais de 71 mil.

Durante a pandemia do novo coronavírus, já foram entregues 324.789 testes rápidos da Covid-19 no Ceará. Destes, 71.326 foram destinados para Fortaleza, foco do coronavírus no Estado. Segundo dados da plataforma IntegraSUS da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), são contabilizados 90.485 testes rápidos realizados até esta terça-feira (9), restando um total de 234.313 disponíveis.

Em Fortaleza, utilizaram 20.697, restando 50.629, representando cerca de 21% do total. Os outros 89% são destinados ao interior.

O Ceará já tem 4.217 mortes causadas pela Covid-19 e 67.604 casos confirmados da doença, de acordo com dados da Secretaria da Saúde divulgados na tarde desta terça-feira (9). Fortaleza chegou a 2.576 mortes.

Além de Fortaleza, Caucaia, Sobral, Maracanaú, Eusébio e Juazeiro do Norte se destacam no recebimento dos testes rápidos da doença, entre os 183 municípios cearenses. A maior concentração de testes entregues está localizada na cidade de Caucaia, com 7.360; seguida logo depois por Sobral, 6.860; Maracanaú, 5.760; Eusébio, 5.560, e Juazeiro do Norte, 5.520.

Esses números, quando comparados por 100 mil habitantes, colocam o município do Eusébio na liderança da lista acima, superando inclusive Fortaleza. A capital, nesse critério, possui somente 2.698,42 testes rápidos, enquanto Eusébio apresenta 10.514,37 por 100 mil habitantes. Caucaia apresenta 2.022,08; Sobral, 3.319,72; Maracanaú, 2.547,23, e Juazeiro do Norte, 2.041,55.

Testes realizados

O número de testes realizados é apresentado conforme município de residência do paciente. Dentre os municípios do interior em que mais testes da Covid-19 são realizados, Sobral se destaca com a quantidade de 6.491, até a última atualização nesta terça-feira (9), com 2.853 casos confirmados. Há uma média de 102,86 testes considerando os últimos sete dias, restando apenas 369 testes disponíveis.

Testes realizados em cidades cearenses

Testes rápidos recebidos Testes rápidos relizados Testes rápidos disponíveis
Fortaleza 71.326 20.697 50.629
Caucaia 7.360 1.937 5.423
Sobral 6.860 6.491 369
Maracanaú 5.760 2.383 3.377
Eusébio 5.560 1.251 4.309
Juazeiro do Norte 5.520 1.827 3.693

Caucaia realizou 1.937 testes, tendo 944 casos confirmados da Covid-19; Eusébio, 1.251 testes realizados, com 487; Juazeiro do Norte, 1.827 testes rápidos, com 442 confirmados.

O município de Maracanaú, apresentou a maior quantidade de casos confirmados por testes realizados. De 2.383, 1.774 pessoas tiveram confirmação de ter o coronavírus, representando 74,4% do total.

Fonte: G1

Preços da batata doce e macaxeira despencam durante a pandemia

O quilo da batata doce e da macaxeira varia entre R$ 1,60 e R$ 1,80 no entreposto da Ceasa em Maracanaú. As raízes são usadas no preparo de bolos no período junino e o abastecimento é garantido pelas produções das regiões da Ibiapaba, Litoral Leste e Metropolitana de Fortaleza. Nos entrepostos do Cariri e na região da Serra da Ibiapaba, são comercializadas duas variedades de batata doce, a fortaleza e a roxa, com os preços de R$ 2,20 e R$ 1,80; e R$ 1 e R$ 1,40, respectivamente.

Já o bolo de milho é comercializado no entreposto de Maracanaú por um preço que varia entre R$ 20 e R$ 30, informa Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa. “Com o milho verde também se fabrica a pamonha, a canjica e o mungunzá”, comenta o analista sobre a variedade do uso. Em Maracanaú, a espiga de milho verde custa entre R$ 0,40 e R$ 0,50 e o preço do milho assado fica entre R$ 2,50 e R$ 3. O milho para pipoca tem o quilo variando entre R$ 3 e R$ 4.

Exército negocia parceria com empresa apoiada por Eduardo Bolsonaro

O filho do presidente teria feito lobby para o Exército fechar uma parceria para a fabricação de pistolas da marca americana SIG Sauer no Brasil

Após intenso lobby do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o Exército está prestes a fechar uma parceria para a fabricação de pistolas da marca americana SIG Sauer no Brasil.

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é entusiasta de armas, e é visto no mercado como uma espécie de garoto-propaganda da SIG.

Sua insistência em promover a empresa gerou desconforto em setores do Exército, já incomodados pela revogação de portarias de controle de armas e munições por ordem do presidente.

No seu canal no YouTube e em sua conta no Facebook, Eduardo aparece testando pistolas da marca em um clube de tiro em março deste ano.

Em 16 de abril do ano passado, postou no Twitter a foto de uma reunião com representantes da empresa, prometendo ajudá-los: “Falta a garantia política de que o lobby não atochará tantas burocracias para emperrar a instalação” de uma fábrica no país.

Em janeiro, o deputado disse que havia sido procurado pela SIG e que acreditava no interesse de outras empresas no Brasil, como a Beretta –a legendária forja italiana dá nome à sua cachorra.

Há duas semanas, visitou o general Alexandre Porto, que assumiu a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército em substituição a Eugênio Pacelli, cujas portarias foram derrubadas.

A reportagem não conseguiu falar com o deputado, que preside a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, nesta segunda (8).

A negociação para a nacionalização do portfólio da empresa começou em 2018, mas a chegada da família Bolsonaro ao poder acelerou o processo.

Como o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril explicitou, Bolsonaro defende armar a população.

Fonte: Notícias ao Minuto

Crato: entidades lançam campanha contra violência de gênero na pandemia

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

A Comissão de Defesa da Mulher – OAB Crato e a Universidade Regional do Cariri – URCA lançaram uma campanha institucional para incentivar mulheres a romper o silêncio em caso de agressões físicas ou psicológicas durante a pandemia do novo coronavírus, em que muitas vítimas estão confinadas com seus agressores no isolamento social.

A divulgação é retratada em um vídeo, que conta com a participação de profissionais atuantes em organismos incumbidos da proteção às mulheres, como a Delegacia de Defesa da Mulher, Nudem, Polícia Militar e Defensoria Pública. Assista o vídeo ao fim da matéria.

Segundo os autores da campanha, a iniciativa busca conscientizar as vítimas sobre a importância de formalizar denúncia contra o agressor/abusador. De acordo com estudo da ONU Mulheres, uma em cada três mulheres em todo o mundo já sofreu violência física e/ou sexual, mas “é provável que esta crise piore como resultado da pandemia” .

USP desenvolve vacina por spray nasal contra a covid-19

A Universidade de São Paulo (USP) está desenvolvendo uma vacina por spray nasal contra a covid-19. De acordo com a universidade, o modelo de imunização já foi testado – com resultados positivos – em camundongos contra a hepatite B.

Para construir a nova vacina, os pesquisadores da USP colocaram uma proteína do novo coronavírus dentro de uma nanopartícula, criada a partir de um substrato natural. A substância resultante é aplicada em forma de spray nas narinas do paciente.

Segundo a equipe que desenvolve a vacina, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP, a expectativa é que o organismo do paciente produza a IgA Secretoram, um tipo de anticorpo presente na saliva, na lágrima, no colostro, no trato respiratório, no intestino e no útero, que atuaria no combate ao novo coronavírus.

A nanopartícula criada pelos pesquisadores e utilizada na construção da vacina permite que a substância permaneça na mucosa nasal por até quatro horas, tempo suficiente para ser absorvida e iniciar uma reposta do sistema imunológico. De acordo com a USP, para garantir a imunização, serão necessárias a aplicação de quatro doses – duas em cada narina, com intervalo de 15 dias.

Os protótipos devem ficar prontos em cerca de três meses – quando será possível iniciar os testes em animais. Os pesquisadores estimam que o produto seja repassado ao público a um custo de R$ 100 reais.

Também estão participando da pesquisa virologistas e imunologistas do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, especialistas em nanotecnologia do Instituto de Química da USP, pesquisadores da Plataforma Científica Pasteur-USP, e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Fonte: Uol

ATENÇÃO: UTI do Hospital Regional do Cariri atinge 94% de ocupação

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI


A plataforma Integrasus, da Secretaria de Saúde do Ceará (Ssesa), informa que a taxa de ocupação da unidade de terapia intensiva para covid-19 no Hospital Regional do Cariri é de 94%. Dos 50 leitos de UTI ativos, apenas 3 estão disponíveis.No último domingo, a ocupação chegou a 100%. O Hospital também dispõe de 21 leitos de enfermaria, dos quais 13 já estão ocupados.

O aumento na demanda por internações é consequência do avanço da covid-19 no Cariri. Até a noite de ontem, a região havia confirmado 1720 casos da doença. Já o número de óbitos chegou a 65. Juazeiro do Norte é o epicentro da doença na região, com 677 casos, acompanhado de Várzea Alegre, com 157 e do Crato com 130.

Ainda segundo os dados da Sesa, dos 29 municípios da região, apenas Granjeiro não tem nenhum caso confirmado da doença. No entanto, três pessoas com suspeita de infecção aguardam o resultado dos exames.

Hemoce reabre posto de coleta no shopping RioMar

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), da rede pública da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Estado, retomou o atendimento aos doadores no posto de coleta de sangue localizado no piso E2 do shopping Riomar Fortaleza. As doações podem ser feitas de segunda a sábado, do meio-dia às 20h.

Adaptada para receber os doadores, a unidade conta com uma equipe formada por médico, enfermeiros e técnicos de enfermagem. O espaço tem condições de receber até 40 doações de sangue por dia. Os voluntários também podem se cadastrar para ser um doador de medula óssea e fazer avaliação para a doação de plasma convalescente.

Desde a última quarta-feira (3) o Hemoce recebe pessoas recuperadas da Covid-19 que não apresentam sintomas da doença há mais de 30 dias para coletar plasma. O hemocomponente é utilizado para ajudar pacientes em estado grave da Covid-19.

Medidas de segurança

Para oferecer mais segurança e tranquilidade aos voluntários, o Hemoce adotou uma série de medidas nas unidades. As doações de sangue agora são feitas com hora marcada. O doador pode agendar o horário pelo link hemoce.reservio.com ou pelos telefones de contato (85)3101.2305 ou (85) 3101.2296 (WhatsApp).

Além disso, o hemocentro adotou outras medidas de prevenção, como higienização das mãos de pessoas que chegam ao hemocentro; limpeza a cada hora das maçanetas de portas e corrimões de escadas e distanciamento nas cadeiras da recepção e coleta para evitar contato físico entre doadores. O uso de máscara é obrigatório para todos os doadores e funcionários do Hemoce.

Parceria

A parceria do Hemoce com o RioMar acontece desde 2015. O shopping disponibiliza voluntariamente espaços físicos e lojas para o atendimento do hemocentro. “Para o RioMar Fortaleza é sempre muito importante receber o Hemoce, instituição que promove o estímulo à doação de sangue e contribui para salvar vidas. No cotidiano do shopping, a unidade temporária incentiva e facilita o voluntariado das pessoas no ato da doação. Esperamos que o público se sensibilize e contribua com a ação”, disse Gian Franco, superintendente do RioMar Fortaleza.

Critérios para doação de sangue

Para doar sangue, é necessário ter entre 16 e 69 anos, estar saudável e bem alimentado. Os doadores precisam, ainda, apresentar um documento oficial com foto. Os menores de idade devem portar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal e anexar a cópia de documento oficial com foto do representante legal.

O termo de consentimento está disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br). O sangue doado no hemocentro é distribuído para pacientes em cerca de 480 unidades de saúde no Ceará, contemplando todos os cearenses que necessitam receber uma transfusão.

Critérios para doação de plasma
– Pessoas do sexo masculino;
– Ter entre 18 e 60 anos de idade;
– Estar saudável
– Pesar acima de 50kg
– Diagnóstico de Covid-19 confirmado previamente por PCR, sorologia ou teste rápido;
– Estar sem sintomas da doença há mais de 30 dias;
– Apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto ou cópia autenticada.

Serviço

Posto de coleta no piso E2 do shopping RioMar Fortaleza

Endereço: R. Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu, Fortaleza

Funcionamento: segunda a sábado, do meio-dia às 20h.

Unidades de testagem rápida de Coronavírus ampliam detecção de casos em Juazeiro do Norte a partir de sexta-feira, 12

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Saúde, inicia na próxima sexta-feira, 12, o funcionamento das Unidades de Testagens Rápidas de Coronavírus no Município, através de um trabalho inovador de descentralização dos serviços, mas continua com as testagens também na Unidade Sentinela, que desde março está aberta, recebendo casos suspeitos da doença.

A medida tomada pelo Prefeito Arnon Bezerra, visa ampliar a detecção dos casos de coronavírus no município. Serão mais quatro unidades de atendimento, além da Unidade Sentinela, com profissionais de saúde treinados para o atendimento. Os locais receberão os casos suspeitos, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, para a realização das testagens.

Os pontos estão sendo instalados na Rua Vereador Antonio Braz, no bairro Limoeiro; em frente ao CRAS, do bairro Frei Damião; na praça da Igreja dos Franciscanos e outro em frente à Praça da Igreja do Socorro.

Critérios para os testes

Os testes serão realizados em indivíduos que apresentem ou tenham tido os sintomas da Covid-19, ou então que tenham tido contato direto com algum caso confirmado, há pelo menos oito dias. A realização do teste não é indicada se a pessoa não atender a estes critérios.

Com a ampliação do acesso à testagem, será possível identificar mais pacientes que estejam infectados, possibilitando dar continuidade ao isolamento para impedir a transmissão da doença a outras pessoas.