Servidores públicos de Juazeiro do Norte aprovam greve geral

Por Rafael Pereira/Agência News Cariri

Durante a manhã dessa quinta-feira (11) os servidores públicos municipais de Juazeiro do Norte aprovaram estado de greve. A assembleia extraordinária aconteceu na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte (SISEMJUN) com aprovação de boa parte dos participantes.

Pela proposta de paralisação, todos os servidores públicos de diversas categorias ficarão em greve, menos os profissionais do magistério. Uma das pautas reivindicadas é com relação à companha salarial 2019 com reajuste de 5% em que os servidores esperam uma contra posposta da prefeitura. Um dos pontos também debatidos foi com relação a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal que também foi rejeitado pela categoria.

Na próxima quarta-feira (17) o sindicato realizará uma Assembleia Geral Extraordinária, às 9 horas na sede do sindicato. E no dia 23 será feita o “Dia Municipal de Paralisação com Ato Público”, o horário e local serão definidos pela diretoria.

Várzea Alegre: XIII Procissão do Fogaréu que será no dia 12 de abril

Várzea Alegre realizará neste ano a tradicional procissão de penitentes, reunindo grupos locais e dos municípios como Aurora, Lavras da Mangabeira, Abaiara, Barbalha e Cedro.

Essa será a 13ª Edição, que neste ano foi contemplado pelo XV Edital da Paixão 2019, da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará – Secult.

Para viabilizar a participação de Várzea Alegre, o arquiteto e urbanista varzealegrense, Ruy Aurélio Rolim, residente em Fortaleza, trabalhou no projeto como agente cultural. A Secult disponibilizou 8 vagas e Várzea Alegre teve seu projeto classificado em 5º lugar, na categoria “Manifestação Tradicional Popular”.

Com a premiação de R$ 13.300,00, segundo Ruy Aurélio, será possível custear a produção do evento nesse dia 12 de abril e o Iº Encontro de Experiências e Saberes da Fé, no dia 25 do mês em curso; o projeto também buscou confeccionar novas indumentárias para os penitentes e a produção de um curta-metragem.

Os grupos de penitentes se concentrarão na Capela de São Vicente, no bairro Centro, saindo pelas ruas centrais da cidade a partir das 19h, até a Capela de São Francisco, no bairro Betânia, onde realizam rituais e finalizam a procissão.

Assessoria de Comunicação

Muro de creche desaba e casas ficam alagadas após chuva de 86 milímetros em Itapipoca, no Ceará

Moradores do município de Itapipoca, no litoral oeste do Ceará, foram surpreendidos com a forte chuva que atingiu a cidade na noite desta quarta-feira (10). A força da água alagou ruas e casas em vários pontos e, segundo moradores, o muro de uma creche desabou. O Corpo de Bombeiros da região confirmou alagamentos em diversos bairros.

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), entre as 7h da quarta e as 7h desta quinta-feira (11), as precipitações na cidade acumularam 86 mm, de acordo com os dados atualizados às 7h20.

“Itapipoca toda está toda alagada. Foi muito triste. Muita gente perdeu as coisas. Aqui em casa eu tive mais sorte, mas nas outras casas muita gente perdeu tudo”, disse a moradora Mikaelly Araújo, do bairro Madalenas. Ainda de acordo com ela, o muro da Creche Francisca de Sousa Braga, localizada no bairro Madalenas desabou na noite desta quarta-feira (10), mas ninguém ficou ferido.

De acordo com a agente administrativo Erika Ferreira, a chuva começou por volta das 19h e a ponte do coqueiro transbordou, alagando a via. “Os móveis chegaram até a flutuar, a água chegou a ficar na cintura em um dos bairros aqui da cidade”, relatou.

O estudante Iago Breno, morador do Bairro Sanharão, informou que chegou a faltar energia durante a chuva . “Depois de um raio, faltou energia em toda a cidade”, disse.

Uma fábrica de calçados da cidade ficou alagada e foi um dos locais mais prejudicados, segundo os moradores. Os funcionários tentaram usar caixotes para evitar que as mercadorias e perdessem.

Ocorrências

De acordo com o sargento Ricardo, do Corpo de Bombeiros de Itapipoca, foram atendidas duas ocorrências de maior gravidade. As duas correspondiam a resgate de moradores que tiveram as casas inundadas. Em um dos casos, no Bairro Cohab, o nível da água dentro da residência chegou a alcançar cerca de 1 metro. Os moradores saíram dos locais e foram orientados a permanecer nas áreas mais altas.

Fonte: G1.com

Após missão no Líbano, navio da Marinha abre para visitação no fim de semana em Natal

A Fragata “Liberal”, da Marinha do Brasil, vai abrir para visitação pública neste sábado (13) e domingo (14) no Terminal Marítimo de Passageiros de Natal, no bairro da Ribeira, na Zona Leste da capital potiguar. A visitação nos dois dias terá início às 14h e se encerra às 17h. A entrada é gratuita.

O navio regressa ao Brasil após ficar seis meses como Capitânia da Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL). Ao todo, 200 militares foram levados no dia 4 de agosto de 2018 para missão. Eles foram comandados pelo Capitão de Fragata Cláudio Henrique Teixeira Correia.

Na missão, estava embarcado também um destacamento aéreo para operar com a aeronave orgânica Super Lynx, e um grupo de fuzileiros navais. A missão no Líbano aconteceu do dia 15 de setembro do ano passado ao dia 15 de março deste ano, quando a Fragata “Liberal” foi substituída por outro navio da Marinha do Brasil, a Fragata “União”.

Em outubro do ano passado, o navio participou do resgate de 31 refugiados de um barco à deriva na Costa do Líbano. Entre os socorridos estavam mulheres e crianças que estavam sem comida e água há três dias. Os passageiros, bastante debilitados, informaram que eram sírios, e que tentavam chegar ao Chipre.

A FTM-UNIFIL foi criada em outubro de 2006 para apoiar a Marinha Libanesa no monitoramento de suas águas territoriais, visando a impedir a entrada de armas ou materiais relacionados não autorizados, sendo esta a primeira e única Força-Tarefa Marítima da Organização das Nações Unidas.

Depois do Líbado, a Fragata “Liberal” passou pelos portos de Valência e Las Palmas (na Espanha) e Natal para reabastecimento e manutenção logística de rotina.

A Marinha recomenda que, por conta das características e limitações do local, como banheiros e bebedouros, além da existência apenas de escadas para acesso aos compartimentos, que se evite a ida de crianças abaixo de 5 anos e pessoas com dificuldades de locomoção.

Serviço

Evento: Visitação pública da Fragata “Liberal”

Local: Terminal Marítimo de Passageiros de Natal

Data: 13 e 14 de abril

Horário: 14h às 17h

Entrada: Gratuita

Fonte: G1.com

Igreja busca voluntários para ajudar a separar donativos para vítimas do Parque Rodoviário

As igrejas responsáveis pelo recebimento e armazenamento de doações pedem ajuda de voluntários para separar os donativos que foram doados para as vítimas da tragédia no Parque Rodoviário, que aconteceu na quinta-feira (4).

Segundo a igreja, estão chegando muitas doações mas faltam pessoas para separar e fazer a distribuição para as famílias necessitadas. Além disso, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) informou que os itens mais urgentes para as vítimas são material de construção, material escolar e produtos de higiene pessoal.

Doações

A PMT está arrecadando donativos nos Terminais de Integração de Teresina. As doações podem ser entregues nos horários de 8h às 19h, de segunda a sexta, e das 9h às 17h, no final de semana. Já o governo do stado disponibilizou a Central de Abastecimento do Piauí (Ceasa) para receber doações.

Além de órgãos oficiais, vários grupos estão fazendo campanhas para arrecadar dinheiro e donativos para as vítimas da tragédia. Um dos pontos de entrega é a Rua Balbino Azevedo, Bairro Cristo Rei, Zona Sul da capital, 2070.

A Igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição, localizada na praça da Imaculada, no bairro Morada Nova, Zona Sul de Teresina, também continuam a ser ponto de doações. Outra igreja que também está recebendo donativos é a Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, localizada no próprio Parque Rodoviário.

Fonte: G1.com

Cerca de 100 larvas são retiradas de cabeça de menina, diz conselheiro tutelar

Uma menina de 1 ano e 10 meses foi socorrida com cerca de 100 larvas de moscas na cabeça, popularmente conhecido por “tapurus”, para o Hospital Infantil Maria Lucinda, na Zona Norte do Recife, segundo o conselheiro tutelar Ozéias Paulo, que acompanha o caso. A menina Y.V.M.R. teve alta e foi encaminhada a um abrigo de acolhimento na quarta-feira (10).

Ozéias contou ao G1, nesta quinta-feira (11), que a menina foi internada no dia 3 de abril. De acordo com o hospital, ela passou por uma cirurgia para a retirada da infestação no couro cabeludo e e precisa continuar tratamento nos postos de saúde para renovar os curativos.

“No primeiro dia de tratamento, foram retirados 45 tapurus. No segundo, outros 14”, disse Ozéias, apontando que foram, ao todo, cerca de 100 larvas foram retiradas da cabeça da menina.

Além da infestação, o Conselho Tutelar constatou que a criança estava com o cartão de vacina desatualizado. Com isso, a situação é considerada caso de negligência familiar e maus tratos pelos conselheiros.

“Procuramos conhecer a situação da família e descobrimos que outras seis crianças moram na mesma casa que a paciente, no bairro da Macaxeira. Três delas são negligenciadas intelectualmente, não estudam há pelo menos dois meses e também estão com os cartões de vacina desatualizados”, relatou.

Em uma consulta aos dados da unidade de saúde do bairro onde a família mora, na Zona Norte, o conselheiro apurou que a última visita da mãe das crianças ao ponto de atendimento foi registrada há dois anos.

O Conselho Tutelar procurou os avós maternos da criança para que a responsabilidade permanecesse no meio familiar, mas constatou que não seria possível deixá-la com eles.

“Os avós da menina moram praticamente na mesma casa da criança. Ela teria total acesso aos pais. Os responsáveis têm o papel de cuidar, educar e proteger, mas eles violaram os três deveres”, afirmou Ozéias.

Em decisão colegiada, o Conselho Tutelar decidiu fazer o acolhimento institucional da criança e encaminhá-la para um abrigo à disposição da Vara da Infância e Juventude. O destino dos irmãos da menina ainda é avaliado pela instituição.

Nesta quinta-feira (11), o conselheiro afirmou que está organizando a documentação do caso para notificar o Ministério Público (MP) e a Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) sobre o caso.

Fonte: G1.com

Prefeito interino de Patos, PB, exonera servidores comissionados para reduzir despesas

O prefeito interino de Patos, Francisco de Sales Mendes Júnior, publicou um decreto municipal exonerando todos os servidores comissionados da administração direta e indireta da prefeitura de Patos. De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial do Município da última terça-feira (9), as medidas tê como objetivo reduzir despesas.

A medida acontece pela necessidade de adoção de medidas administrativas imediatas, para redução de despesas com pessoal. De acordo com o art. 2º, não estão incluídos neste decreto, em razão de necessidade do serviço público, os secretários, superintendente e presidente da Fundap, servidores de setores estratégicos da administração, como os componentes das comissões de licitação e do concurso público, bem como da tesouraria, de tributos.

Além disso, outros setores essenciais e estratégicos da administração, cuja demissão venha acarretar imediato prejuízo aos serviços públicos, o secretário deverá comunicar o gestor primário com justificativa plausível em cinco dias.

Até dezembro de 2018, de acordo com as últimas informações do sistema Sagres, do Tribunal de Contas do Estados, o município tinha 609 servidores comissionados e gastava com eles R$ 1.623.956,59.

Outras exonerações

Em outubro de 2018, o então prefeito de Patos, José Bonifácio, publicou no Diário Oficial do Município, um decreto informando sobre a demissão coletiva de 789 servidores da administração direta e indireta da cidade.

A exoneração foi adotada para que o município atendesse às normas da lei de responsabilidade fiscal. O número de funcionários com cargos comissionados era de 489, já o de contratados era de 300 colaboradores.

Prefeito renuncia

No dia 4 de abril de 2019, o prefeito interino do município de Patos, Bonifácio Rocha (PPS), renunciou ao cargo. A carta de renúncia foi lida na Câmara de Vereadores do município. Com saída de Bonifácio Rocha, o presidente da Câmara, Sales Júnior (PRB), assumiu a prefeitura. Essa foi a terceira vez no mesmo mandato que a cidade de Patos mudou de prefeito.

Fonte: G1.com