LOGO-NEWS-CARIRI

No Cariri, Haddad critica Justiça Eleitoral e fala em denúncia de fraude à OEA

Publicidade

Por Madson Vagner

Em passagem pela região do Cariri nesse sábado, 20, o presidenciável Fernando Haddad (PT) acusou seu adversário no segundo turno de estar fraudando a eleição. O petista disse ainda que a Justiça Eleitoral não deveria colocar ‘panos quentes’ na situação, se referindo a denúncia de uso de Caixa 2 pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

“Aí eu leio nos jornais hoje, que não querem criar marolas. Mais marolas do que foram criadas no País? Então agora, há dez dias da eleição, não querem criar marolas, sabendo que foi usado dinheiro de caixa 2 para orientar o voto e não vai fazer nada?” indagou o petista.

O petista anunciou uma agenda na OEA (Organização dos Estados Americanos) para denunciar o caso. “Nós vamos ter uma reunião com a OEA. Vocês sabem que os organismos internacionais tem feito um trabalho. A ONU fez e a OEA pode vir a fazer um trabalho importante de denúncia para mundo sobre o que está acontecendo no Brasil,” disse.

SOBRE CID GOMES, Haddad destacou que o PDT declarou apoio ao PT e que Cid é seu amigo de muito tempo. “Não tenho nada para falar de mal de Cid, só de bem,” disse. Na semana passada, Cid bateu boca com militantes petistas ao sugeriu que o partido fizesse um ‘mea culpa’, durante um ato pró Haddad organizado pelo governador Camilo Santana (PT), em Fortaleza.

A AGENDA nas cidades de Juazeiro do Norte e Crato, Haddad esteve acompanhado do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e do Piauí Wellington Dias (PT), além dos prefeitos Arnon Bezerra e Zé Ailton Brasil. Haddad visitou a estátua do Padre Cícero, em Juazeiro, e fez comício no Crato. Do Ceará, Haddad seguiu para a cidade de Picos (PI) e São Luiz (MA).

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas