Em Jati, MP comanda operação que afasta prefeita e secretários

Publicidade

Por Madson Vagner

Uma ação do Ministério Público do Ceará (MPCE) com apoio da Polícia Civil, nessa quinta-feira, 14, cumpriu mandados judiciais determinando o afastamento da prefeita de Jati, Neta Diniz (PSD), e mais três secretários. Os mandatos, expedidos pela desembargadora Francisca Adelineide Viana, fazem parte da segunda fase da operação “Abelha Rainha”, que investiga irregularidades na desapropriação de dois imóveis pelo Poder Executivo municipal.

Junto com Neta foram afastados o secretário de Finanças, Antônio Nogueira Neto (marido da prefeita), e os procuradores José Sérgio Dantas Lopes e Janaína Bandeira Pereira Lopes. Durante a ação, houve o sequestro de um imóvel de propriedade da prefeita Neta, localizado em Fortaleza, e o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão na residência e escritório dos procuradores, em escritórios de empresas de consultoria e residências localizados em Jaguaribe e Fortaleza.

A operação Abelha Rainha investiga irregularidades na desapropriação de dois imóveis pela gestão da prefeita Neta. Nas áreas seriam construídos um estádio de futebol e uma academia de saúde. O Ministério Público investigada ainda, suspeita de enriquecimento ilícito e favorecimento com dinheiro público nas desapropriações, já que os terrenos pertenciam a prefeita e seu marido, além de outros contratos firmados com prestadores de serviço e fornecedores do Município.

A primeira fase da operação Abelha Rainha ocorreu em julho de 2017, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências de Neta Diniz em Jati e Fortaleza, na Prefeitura e na casa do secretário de Educação do Município, Josival Nogueira Vidal, que é tio de Antônio Nogueira Neto, secretário de Finanças e marido da prefeita.

Publicidade

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

3073C881-B9D1-475B-8DB1-34F55FB87061
25AFD2D6-B201-4EB9-AB79-497BD30A6E8B

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas