Com greve de caminhoneiros, desabastecimento causa aumento de cerca de 85% do gás, atraso de voos e protestos em Salvador; vejaCom greve de caminhoneiros, desabastecimento causa aumento de cerca de 85% do gás, atraso de voos e protestos em Salvador; veja

A greve dos caminhoneiros chegou ao sexto dia em todo o Brasil, neste sábado (26), e em Salvador a situação causou desabastecimento de produtos como gás de cozinha e combustíveis. Além disso, apenas 40% dos ônibus rodaram na capital baiana para que o combustível que ainda tem nos veículos, seja enconomizado e a cidade não fique sem coletivos.

A consequente dificuldade de abastecimento também deixou as granjas de regiões produtoras da Bahia sem milho, sorgo e sem insumos para alimentaar as aves e somente na cidade de Governador Mangabeira, 50 mil aves morreram.

Em Salvador, por conta da escassez, o gás de cozinha teve aumento de cerca de 85% e nos postos de combustível, filas e muito protesto.

De acordo com o Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energias Alternativas e Lojas de Conveniência do Estado (Sindicombustíveis), praticamente não há mais gasolina, etanol ou diesel no estado.

Greve dos caminhoneiros: falta de combustível provoca confusão em auto posto da capital

Greve dos caminhoneiros: falta de combustível provoca confusão em auto posto da capital

No Posto Escola, localizado na Avenida Tancredo Neves em Salvador, o combustível é apenas para veículos oficiais e por lá o sábado começou com confusão. Uma grande fila que se formou do lado de fora do estabelecimento, ocupando uma das faixas da via. A situação causou congestionamento na região na manhã deste sábado.

No posto, três caminhões tanque com gasolina e diesel abasteceram as bombas do estabelecimento. No entanto, o combustível não estava disponível para venda, já que é apenas para abastecer veículos que prestam serviços essenciais, como ambulâncias, além de veículos da polícia e Corpo de Bombeiros.

Apesar da explicação da polícia no posto, um grupo ainda fechou a Avenida Tancredo Neves, em protesto por conta da suspensão das vendas no Posto Escola, mas o ato não teve resultado e a polícia notificou quem estava parado na fila do posto.

“Desde às 3h da madrugada nessa situação. A gente não tem como trabalhar, comos e locomover. Tem carro aqui que se sair da fila não vai conseguir nem chegar em casa” contou o motorista Gilson Gonçalves.

Aumento do Gás

Greve dos caminhoneiros: comerciantes cobram R$100,00 por gás de cozinha, que está escasso

Greve dos caminhoneiros: comerciantes cobram R$100,00 por gás de cozinha, que está escasso

Alguns poucos lugares que ainda ofertam o botijão de gás na capital baiana estão inflacionando o preço do produto e chegam a cobrar R$ 120. Valor que é 85% mais que o cobrado antes do protesto dos caminhoneiros.

O Sindicato dos Revendedores de Gás LP do Estado da Bahia (SINREVGAS) informou que o valor médio do preço do botijao de 13Kg é R$ 65. Em alguns estabelecimentos, o valor do botijão varia entre R$ 70 e R$ 80, antes da greve dos caminhoneiros.

Uma equipe da TV Bahia fez um giro por vários pontos da capital baiana cidade para conferir o preço que estava sendo cobrado pelas revendedoras de botijão de gás. Em alguns locais, o valor era de R$ 120, se o consumidor fizesse o pagamento no cartão de crédito.

Em um vídeo enviado por um telespectador, uma revendedora na Avenida Régis Pacheco, no bairro do Uruguai, em Salvador, cobrou R$ 100 pelo valor pelo produto.

O SINREVGAS disse que se posiciona com indignação diante do aumento de preço cobrado por alguns revendedores de aumentar o preço abusivamente. Disse ainda que em casos de abusos, denúncias podem ser feitas ao Procon, pois se trata de um crime contra a Ordem Econômica e abuso do Direto do Consumidor.

Aeroporto

Aeroporto de Salvador (Foto: Manu Dias/ Secom)Aeroporto de Salvador (Foto: Manu Dias/ Secom)

Aeroporto de Salvador (Foto: Manu Dias/ Secom)

Pelo menos sete voos foram cancelados em três aeroportos da Bahia neste sábado. Em Salvador até o período da tarde, foram quatro cancelamentos. Já em Ilhéus, no sul da Bahia foram dois e em Barreiras, no oeste, apenas um voo foi cancelado.

Os cancelamentos ocorrem devido a escassez de combustível nos aeroportos do país. Diantes dos cancelamentos e possíveis atrasos, as empresas orientam aos passageiros consultar as companhias aéreas para mais informações sobre seus voos, até que a situação seja normalizada.

Conforme a Vinci Airports, empresa que administra o aeroporto de Salvador, quatro voos foram cancelados e 16 atrasaram neste sábado. Além disso, o terminal da capital baiana, que ainda conta com combustível disponível para operação, está prestando apoio, aos demais terminais da malha aérea nacional, por solicitação da Agência Nacional de Aviação Civil. Neste sábado, até 16h30, 20 aeronaves já tinham sido abastecidas na capital baiana e a previsão era abastecer ainda oito aeronaves.

Fonte: G1 nordeste

Exército e PM ajudam a liberar saída de caminhões com combustível no Porto de Suape

A liberação de caminhões com combustível no Porto de Suape, no Grande Recife, neste sábado (26), contou com a ajuda do Exército Brasileiro e da Polícia Militar. Os veículos foram impedidos de sair do local por conta do protesto dos caminhoneiros, que chega ao 6º dia, provocando desde cancelamento de voos no Aeroporto do Recife à redução pela metade da frota de ônibus em circulação na Região Metropolitana. (Veja vídeo acima)

Os soldados do Exército chegaram ao complexo portuário por volta das 15h15 deste sábado (26) para viabilizar a liberação de caminhões-tanque com combustível para o Aeroporto do Recife. Apesar de a Justiça Federal ter emitido uma liminar garantindo o fornecimento de combustível ao Aeroporto do Recife, 10 caminhões-tanque com querosene de aviação permanecem no local desde quarta (23).

A empresa transportadora disse não ter motoristas para fazer o transporte, pois caminhoneiros se recusaram a dirigir os veículos. A utilização de forças armadas no desbloqueio das rodovias foi autorizada por decreto publicado no Diário Oficial da União da sexta (25).

Veículos do Exército chegaram em comboio ao Complexo Portuário de Suape, neste sábado (26) (Foto: Bruno Fontes/TV Globo)Veículos do Exército chegaram em comboio ao Complexo Portuário de Suape, neste sábado (26) (Foto: Bruno Fontes/TV Globo)

Veículos do Exército chegaram em comboio ao Complexo Portuário de Suape, neste sábado (26) (Foto: Bruno Fontes/TV Globo)

De acordo com o porta-voz do Comando Militar do Nordeste (CMN), Coronel Marcos Antônio, o Exército colocou seu efetivo à disposição para ações de logística e segurança de comboios em atendimento a uma solicitação feita pelo governo de Pernambuco, mas o número de soldados e viaturas utilizados no serviço não foi informado.

Por meio de nota, o CMN informou que passa a atuar no estado coordenando ações com as forças de segurança federais e estaduais, buscando reestabelecer itens básicos, como combustível, alimentos e medicamentos, além na normatização dos transportes públicos, sem a geração de conflitos.

Segundo o Exército, a ação acontece após o exaustiva tentativa de negociação para o fim da crise e visando a prevalência do bem-estar social sobre os interesses pontuais de categorias.

Caminhões com combustível saem do Porto de Suape sob escolta da Polícia Militar  (Foto: Reprodução/TV Globo)Caminhões com combustível saem do Porto de Suape sob escolta da Polícia Militar  (Foto: Reprodução/TV Globo)

Caminhões com combustível saem do Porto de Suape sob escolta da Polícia Militar (Foto: Reprodução/TV Globo)

Escolta policial

No fim da tarde deste sábado (26), um comboio com 10 caminhões-tanques com combustível foi liberado do Porto de Suape, sob escolta de cerca de 50 viaturas da Polícia Militar de Pernambuco e dois ônibus do Batalhão de Choque. O destino desse combustível não foi informado.

Entre a noite da sexta (25) e a madrugada deste sábado (26), foram liberados 19 caminhões-tanque com combustíveis, destinados à garantia dos serviços essenciais do estado. O desabastecimento de combustível levou Pernambuco a decretar situação de emergência. Algumas cidades da Região Metropolitana do Recife também fizeram o mesmo.

Comboio de caminhões-tanque de combustível foram escoltados por viaturas da PM e ônibus do Batalhão de Choque para entrar e sair do Porto de Suape (Foto: Reprodução/TV Globo)Comboio de caminhões-tanque de combustível foram escoltados por viaturas da PM e ônibus do Batalhão de Choque para entrar e sair do Porto de Suape (Foto: Reprodução/TV Globo)

Comboio de caminhões-tanque de combustível foram escoltados por viaturas da PM e ônibus do Batalhão de Choque para entrar e sair do Porto de Suape (Foto: Reprodução/TV Globo)

Sem combustível

Em um posto localizado no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda, a fila de carros e motos esperando para abastecer ultrapassou um quilômetro de extensão. Na manhã deste sábado (26), o local foi abastecido com 15 mil litros de gasolina e 10 mil litros de etanol.

No Recife, em um posto localizado na entrada da Bomba do Hemetério, houve tumulto no fim da tarde, após a chegada de combustível no estabelecimento e a Polícia Militar enviou três viaturas para conter os ânimos no local.

Busca por combustível causa filas e tumulto em postos na Região Metropolitana do Recife

Busca por combustível causa filas e tumulto em postos na Região Metropolitana do Recife

Procurado pelo G1, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE) informou que não fez e nem fará balanço sobre postos de combustíveis fechados no estado. Segundo o sindicato, em Pernambuco, há 1.550 postos, sendo 400 no Grande Recife.

Bloqueios

Segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado às 11h deste sábado, há 21 pontos de bloqueio parcial nas rodovias federais em Pernambuco. No Grande Recife, os caminhoneiros protestam em Igarassu (quilômetro 44 da BR-101), em Jaboatão dos Guararapes (quilômetro 82 da BR-101) e no distrito Bonança (quilômetro 35 da BR-232).

Na Zona da Mata, as interdições acontecem em Paudalho (quilômetro 83 da BR-408). Nesses locais, os manifestantes permitem apenas a passagem de veículos de passeio e de emergência, ônibus e motocicletas.

Aeroporto do Recife tem 13 voos cancelados por desabastecimento de combustível neste sábado (26)

Aeroporto do Recife tem 13 voos cancelados por desabastecimento de combustível neste sábado (26)

Transtornos

Neste sábado (26), foram cancelados 13 voos que partiriam do Aeroporto do Recife, na Zona Sul da cidade. Sem combustível no terminal aeroviário, as aeronaves que tiverem o aeroporto da capital pernambucana como destino só estão autorizadas a pousar caso tenham combustível para seguir ao próximo trecho previsto.

A recomendação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é que de os passageiros com voos marcados para os próximos dias consultem as empresas aéreas antes de se deslocarem para os aeroportos. (Veja vídeo abaixo)

Além disso, a frota de ônibus na Região Metropolitana foi reduzida em 50% e o Metrô do Recife diminuiu o horário de funcionamento neste fim de semana. O sistema operou das 6h às 22h. Os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) a diesel não funcionam até a segunda (28).

Terminal Integrado de Passageiros, no Recife, suspende viagens fora do horário de pico para racionar combustível (Foto: Wellington Pereira/TV Globo)Terminal Integrado de Passageiros, no Recife, suspende viagens fora do horário de pico para racionar combustível (Foto: Wellington Pereira/TV Globo)

Terminal Integrado de Passageiros, no Recife, suspende viagens fora do horário de pico para racionar combustível (Foto: Wellington Pereira/TV Globo)

O Terminal Integrado de Passageiros (TIP), na Zona Oeste do Recife, informou que o serviço de transporte intermunicipal funciona em regime especial neste sábado (26). Viagens em horários com pouco movimento permanecem suspensas desde quinta (24).

A medida visa garantir o combustível necessário para operar nos horários de pico, nos turnos da manhã e da noite. A recomendação é de que os passageiros liguem para as empresas de transporte para consultar se as viagens estão mantidas antes de irem ao TIP.

Fonte: G1 nordeste