LOGO-NEWS-CARIRI

Prefeito participa de audiência pública sobre construção do açude do Barbosa

Publicidade

Os moradores da comunidade de Extrema, sede do distrito de Calabaça, se reuniram em audiência pública, na Escola José Primo de Morais, no último sábado, dia 20, para tratar das consequências para a comunidade com a execução da construção do açude do Barbosa, reservatório que tem a finalidade de abastecer de água a sede do município de Lavras da Mangabeira e com previsão de construção para esse ano de 2018.

Estiveram participando do encontro várias autoridades dos municípios de Várzea Alegre e Granjeiro, prefeitos, vereadores e representantes do povo e de órgãos ligados às questões hídricas, se destacando a presença do prefeito Zé Helder (MDB), do Prefeito de Granjeiro, João do Povo, dos vereadores de Várzea alegre, Kleiton do Bar (MDB) e Michael Martins (PT), e de Granjeiro, José Rodrigues dos Reis (Zuíto) e José Bacelar (Naldo) e de Dr. José Henrique, representando a família Salviano, do assessor Jurídico Francisco Gregório Neto (Dr. Chiquinho), de Raimundo Rubim Bezerra – Chefe do IBAMA, de Dra. Itamaria Soares e da presidente da Associação que direcionou os trabalhos Larissa Línnea.

Segundo Larissa o principal objetivo da reunião era tão somente saber qual o posicionamento das autoridades sobre o referido assunto e também ter mais informações sobre os trâmites do processo para a referida obra.

O prefeito Zé Helder (MDB), se colocou ao lado da comunidade para discutir e defender os interesses da população. Ele ponderou que pelas informações quem tem do Dnocs, ainda está sendo feita a licitação da empresa que fará o projeto executivo e não ainda o da construção e que só com o projeto executivo é que terá um desenho da área que a água irá atingir. “O compromisso do Denocs é que, logo que tiver esse estudo, a gente senta para mostrar a comunidade – esses riscos ou não de alagamentos, e depois desse projeto, naturalmente pronto, dará mais tranquilidade para discutir, sabendo o que é que nós estamos reivindicando e o que é que nós vamos pleitear”, disse.

O prefeito de Granjeiro, João do Povo, disse que a população do seu município está preocupada, mas que ele está acompanhando o projeto, que até o momento ainda está em fase de elaboração. Ele se posicionou para defender os interesses de sua cidade, que segundo comentários, sofrerá com alagamentos.

O assessor jurídico Francisco Gregório Neto (Dr. Chiquinho), é contra a construção do açude por conta, segundo ele, da possibilidade da necessidade de realocação da população de várias comunidades do distrito de Calabaça, como pela inviabilidade técnica do atual projeto. Ele defendeu que no lugar do reservatório fosse construído um sistema, chamado de Barbosa, que se constituiria na construção de um açude no sítio Cristo Reis, com capacidade de 20.000m³ e uma barragem no sítio Barbosa, com igual capacidade da do açude do Cristo Reis, perenizando o Riacho do Meio até Lavras da Mangabeira, atendendo o abastecimento humano e a irrigação.

Assessoria de Comunicação

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

D11A263B-75AC-4AE9-BD5D-7AF9BC13F183
9FCD55DA-241A-4142-B7BD-393AC64E7B57

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas