Prefeitura de Nova Olinda realiza operação ‘Tapa buracos’ na cidade

Por Marlon Torres / Agência newscariri

O prefeito Afonso Sampaio (PSD) está intensificando os trabalhos de pavimentação da área urbana de Nova Olinda-CE, no intuito de reparar ruas danificadas pela cidade, além de recuperar a malha viária do município danificada pelas ações do tempo e da chuva e assim, melhorar o tráfego.

As ruas que receberão a operação são:

Rua São José, Bairro Vila Alta.

Rua Joana Cordeiro, Centro.

Rua Manoel Ferreira Lima, Centro.

Rua Francisco Amorim da Franca, Centro.

Rua Pereira Leonel, Centro.

Av. Jeremias Pereira, Centro.

Crato: População do bairro sossego em Crato reclama de buracos nas ruas do bairro

Por Moises Rolim

Está difícil transitar no bairro sossego no município do Crato. De acordo com os moradores a situação é de penúria e abandono. Várias ruas da comunidade estão intransitáveis e impossibilitando a população de chegarem as suas residências. Lama, esgoto a céu aberto e pontos de alagamento devido a água do esgoto pode ser encontrado no bairro, a exemplo da rua Waldir Silva que está totalmente deteriorada.

De acordo com os moradores da localidade, carros e motos não conseguem transitar pela rua e assim fica difícil para os motoristas chegarem as suas residências. Na localidade, há registros de veiculos danificados devido a buraqueira.

Em contato com a secretaria de infraestrutura do município, o secretário Luiz Wellington afirmou que está havendo um levantamento de todas essas demandas nas comunidades para que assim as obras se iniciem esse ano, inclusive com novos asfaltos em alguns trechos da cidade.

Altaneira. Relação estremecida entre Dariomar e Delvamberto

Por Madson Vagner

Em Altaneira, a boa relação política entre o prefeito Dariomar Soares (PT) e o ex-prefeito Delvamberto Soares, parece estar estremecida. O distanciamento estaria sendo causado pela falta de espaços ao ex-prefeito. Dariomar não estaria descumprindo acordos feitos antes da campanha com o grupo de Delvamberto.

Outra reclamação do grupo de Delvamberto é o espaço garantido para a família do prefeito Dariomar. A irmã do prefeito, a secretária de Educação Leocassia, comandaria as acomodações familiares na gestão, implodindo as indicações de Delvamberto. Claro, tudo está no campo dos comentários e ambos os lados negam o afastamento.

Delegacia da Receita Federal em Juazeiro do Norte promoverá a destruição de diversas mercadorias aprendidas e localizadas em seu depósito.

A Delegacia da Receita Federal em Juazeiro do Norte promoverá nesta quinta-feira, dia 27/07/2017, a destruição de diversas mercadorias aprendidas e localizadas em seu depósito.

Tratam-se de produtos como cigarros, bebidas, produtos falsificados (óculos, relógios, bonés), e máquinas caça-níqueis apreendidas em casas de jogos e bares da região. No total estas mercadorias estão avaliadas em R$ 357.793,60 (trezentos e cinquenta e sete mil, setecentos e noventa e três reais e sessenta centavos), distribuídos entre quase 10.000 relógios, 300kg de óculos, aproximadamente 24.000 maços de cigarro, 79 carteiras de bolso, 132 bonés e 63 caça-níqueis.

A destruição é uma das modalidades de destinação de mercadorias aprendidas previstas na legislação, que estabelece que devem ser destruídos artigos como cigarros e demais derivados do tabaco, simulacros de armas de fogo, produtos falsificados e que ferem os direitos autorais, dentre outros.

Nesse sentido, a Receita Federal realiza, anualmente, Mutirões Nacionais de Destruição, com vistas a divulgar o importante trabalho que desempenha no combate à pirataria e outras práticas ilegais, bem como na proteção à saúde e ao meio ambiente ao retirar de circulação produtos potencialmente nocivos.

Além da destruição destes itens, mercadorias passíveis de utilização foram doadas para instituições beneficentes de Juazeiro do Norte e Barbalha, importando em aproximadamente R$ 175.000,00 (cento e setenta e cinco mil reais) em mercadorias, beneficiando comunidades carentes dos dois municípios. A doação destas mercadorias é uma forma de converter o produto ilegalmente trazido ao país em um benefício social. Um retorno do trabalho feito pela Receita Federal do Brasil em nossos portos, aeroportos e fronteiras, na proteção ao mercado nacional e no combate à internação de produtos cuja comercialização seja vedada.

Eunício articula envio de 20 mil toneladas de milho para agricultores do Ceará

Opresidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), articulou no primeiro semestre, junto ao Governo Federal, a liberação de 200 mil toneladas de milho subsidiado a serem ofertadas a pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte. Do total, quase 20 mil toneladas foram destinadas ao Ceará.

Eunício comemorou essa conquista. “É mais assistência e mais emprego e oportunidade para quem necessita no nosso Ceará”.

A saca de 60 quilos passou a ser comercializada ao valor de R$ 33, por intermédio do Programa Vendas de Balcão, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Antes, era vendida a mais de R$ 60.

cearanews7

Crato. Samuel Araripe perde ação e vai pagar R$ 34 mil a Marquim do Povão

Por Madson Vagener

O ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB), teve decisão desfavorável em ação movida contra o ex-vereador Marquim do Povão. Na ação, Samuel acusava Marquim de abuso de poder político durante a campanha de 2016.

Marquim teria distribuído material publicitário onde assumia a articulação, através de requerimento, para a liberação de obras do Governo do Estado no município do Crato. A ação foi movida pela coligação de Samuel, “Para o Crato Voltar a ser Feliz de Novo”.

Na decisão, a juíza Ana Raquel Colares, considerou a ação improcedente e, ainda, impôs uma condenação ao ex-prefeito, que terá que pagar R$ 34 mil ao ex-vereador. Samuel pode recorrer da decisão.

Produtores rurais com dívidas até 2016 podem renegociar no BNB com prazo até 2030

 

Agricultores e pecuaristas do Nordeste e do norte de Minas Gerais e Espírito Santo – áreas de atuação do Banco do Nordeste – com operações de crédito em atraso com o Banco contratadas entre 2012 e 2016 podem renegociar suas dívidas com prazo de pagamento até 2030 e carência até 2021.
A resolução publicada na terça-feira (25) concede o benefício para produtores rurais de locais onde foi decretada situação de emergência ou estado de calamidade pública em decorrência da estiagem. Mais de 95% dos beneficiados com a medida são agricultores familiares, míni ou pequeno produtor.
“Mais de mil municípios decretaram estado de calamidade e emergência por conta de estiagem. A medida do CMN permitirá que os produtores regularizem seus financiamentos e possam voltar a produzir, obter novos créditos e, principalmente, voltar a ter uma melhor condição de vida para si e suas famílias”, afirma o diretor Financeiro e de Crédito do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim.
Em 2016, foi publicada a Lei que permite a regularização das dívidas contratadas até 2011. Aproximadamente 70 mil agricultores e pecuaristas já renegociaram créditos em atraso e tiveram descontos de até 95% em caso de liquidação.
Os produtores rurais com dívidas contratadas entre 2012 e 2016 devem procurar suas agências de relacionamento do Banco do Nordeste para efetivar a renegociação.

fonte: G1

Mães são presas após deixarem filhos sozinhos para curtir festa em São Luís

Duas mulheres foram presas após deixarem os filhos, de 10 e 12 anos, além de um bebê recém-nascido, sozinhos em casa para curtir festa em São Luís. A Polícia Civil chegou até as suspeitas após denúncia de abandono de incapaz verificada pelo Conselho Tutelar. Elas foram presas nesta quarta-feira (26) no bairro Vila Janaína.
As irmãs Alexandra Sanches Sousa e Michele Santos Sousa foram presas em flagrante porque, segundo a polícia, deixaram seus filhos sozinhos. Ao saberem que o Conselho Tutelar estava resgatando as crianças, as duas voltaram alcoolizadas para casa.
As crianças disseram a polícia que sempre ficavam sozinhos e que uma delas pagava R$ 10 para que os dois mais velhos cuidassem do bebê de três meses. As duas mulheres foram presas pelo crime de abandono de incapaz e podem ficar presas por até três anos.
Segundo o defensor do núcleo da criança e do adolescente, Davi Rafael, é caracterizado crime de abandono de incapaz quando o responsável pela criança a coloca em situação de risco deixando a criança sozinha sem um responsável.

Quem comete pode perder a guarda do filho. A criança pode até ir pra adoção. Além disso, se houver risco que cause lesão corporal ou a morte da criança por causa do abandono, a pena pode chegar a 12 anos de prisão.
Ainda segundo o defensor, o crime de abandono de incapaz não se restringe apenas aos pais da criança. “O abandono é para qualquer responsável que esteja ali na circunstancia para cuidar daquela criança” afirmou.
O bebê de três meses está com uma tia. A criança de 10 anos está com o pai, que é separado da mãe. E a outra, de 12 anos, que era colocada pra cuidar do bebê, está com a mãe dela.

Fonte: G1