Mensagem do governador pede transferência de recursos para produção agropecuária de famílias rurais

Está em tramitação na Assembleia Legislativa, a Mensagem, de autoria do governador Camilo Santana, que autoriza a transferência de recursos para a execução do Projeto de Produção Integrada Mandalla Ceará. Com o objetivo de garantir tecnologias alternativas de convivência com o semiárido para agricultores familiares no Ceará que dependem da produção agropecuária, a Mensagem deve ser votada nos próximos dias pelo Legislativo.

A iniciativa da gestão estadual busca viabilizar as ações do Programa 029 – Desenvolvimento da Agropecuária Familiar e da Ação, por meio de orçamento da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). Conforme aponta o documento, a captação de recursos através de parcerias possibilitará às comunidades rurais do Estado a melhor ocupação de mão de obra e renda na produção agropecuária, promovendo garantia socioeconômica das famílias. A aprovação do Projeto de Lei autoriza a transferência de recursos de até R$ 200 mil.

Para o titular da SDA, Dedé Teixeira, o Projeto Mandala é um sistema auto-sustentável que traz bons resultados para o Estado do Ceará, além de facilitar os processos produtivos e agroindustriais das regiões. “Com esse projeto serão beneficiados 93 agricultores de base familiar, com uma área por projeto de 0,39 hectare, em 18 municípios cearenses. É uma grande ação que busca o resgate da dignidade do homem do campo através dos próprios recursos naturais que a nossa terra nos presenteia”.

Ações para a agricultura familiar

No início de junho, o Governo do Ceará anunciou investimento de quase R$ 1,4 milhão na inclusão econômica e no enfrentamento à pobreza rural, por meio de leis aprovadas na Assembleia Legislativa. Também entrou em vigor a legislação que viabilizou a ampliação do Programa Agente Rural, para beneficiar mais famílias e aprimorar os trabalhos.

Em maio deste ano, o governador Camilo Santana assinou o repasse de R$ 5,8 milhões de investimentos para o Projeto Paulo Freire em Campos Sales, município localizado a 485 km de Fortaleza. Foram liberados, na ocasião, recursos para 40 projetos em 26 municípios – 15 na região do Cariri, 18 na região de Sobral e sete no Sertão dos Inhamuns. O financiamento atendeu 1.440 famílias com projetos produtivos em apicultura, suinocultura, pesca artesanal, avicultura, artesanato, mandiocultura, cajucultura, dentre outros. O valor investido é oriundo de empréstimo junto ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e do Tesouro Estadual.

Por meio do Programa Garantia Safra, o Ceará ofertou 350 mil vagas para agricultores familiares, estando 231.225 agricultores cadastrados no programa. Os investimentos para a safra de 2016/2017 são de R$ 117.924.750,00, sendo R$ 11.792.475 dos municípios, R$ 23.584.950,00 do Governo do Ceará, R$ 78.616.500,00 do Governo Federal e R$ 3.930.825,00 dos agricultores.

30.06.2017

André Victor Rodrigues
Repórter/Célula de Reportagem

Ceará recebe prêmio nacional de epidemiologia

Em reconhecimento ao trabalho de enfrentamento da epidemia de Sarampo no Ceará entre 2013 e 2015, a equipe da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria da Saúde do Ceará (Coprom/ Sesa) recebeu nesta sexta-feira, 30, em Brasília, o prêmio da 15ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi), promovida pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS).

Além do primeiro lugar no eixo das doenças imunopreveníveis, com o trabalho sobre o enfrentamento da epidemia de sarampo no Ceará entre 2013 e 2015, apresentado pela coordenadora da Coprom/ Sesa, Daniele Queiroz, o Ceará também foi premiado em primeiro lugar no eixo da vigilância, prevenção e controle das doenças transmissíveis relacionadas à pobreza, com o trabalho sobre os desafios de diagnosticar e tratar pessoas com tuberculose em situação de rua, apresentado pela técnica da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, Argina Gondim, da Unidade de Atenção Primária à Saúde Carlos Ribeiro. E,em terceiro lugar, no eixo da promoção da saúde e as doenças crônicas não transmissíveis, e os agravos de interesse da Saúde Pública, foi premiado o trabalho sobre as experiências exitosas no controle do tabagismo nas Unidades Básicas de Saúde e NASF em Carnaubal, apresentado pela técnica da Secretaria de Saúde do Município, Ana Cláudia Soares Ximenes.

O trabalho de enfrentamento ao sarampo foi apresentado na quarta-feira, 28, pela coordenadora da Coprom, Daniele Queiroz, na mostra do eixo das doenças imunopreveníveis. “Compartilhamos as estratégias exitosas na experiência de enfrentamento do Ceará com outros estados, considerando todos os entes, as secretarias municipais de Saúde, a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, o Ministério da Saúde, inclusive a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde), que esteve em parceria no momento. Esse é um êxito do Governo do Ceará”, declara Daniele.

O prêmio no valor de 50 mil reais será investido nas ações de vigilância em saúde no Ceará, para prevenção e controle das doenças imunopreveníveis (doenças que podem ser prevenidas com vacinação). “Queremos garantir assim que a nossa população não adoeça dessas doenças que já foram eliminadas, erradicadas do nosso território”, afirma a coordenadora da Coprom/ Sesa.

Eliminação do sarampo

O Ceará foi declarado livre do sarampo em 2016, após uma epidemia iniciada em dezembro de 2013 e que durou 20 meses, com 1.052 casos confirmados em 38 municípios, até julho de 2015. O fim da transmissão do vírus do sarampo no Ceará foi anunciado em 24 de setembro de 2015 pelo governador Camilo Santana e o então ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Expoepi

A Expoepi é reconhecida como importante evento de divulgação dos serviços de saúde do SUS que se destacaram pelos resultados alcançados em atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos de importância para a Saúde Pública.

Os prêmios desta edição, regulamentados por edital público, totalizam R$ 969 mil e, em todas as categorias, serão premiados os três primeiros colocados. Serão premiadas as experiências bem-sucedidas dos serviços de saúde; os trabalhos técnico-científicos no âmbito de programas de pós-graduação dos profissionais que atuam no SUS e experiências bem-sucedidas conduzidas pelos movimentos sociais que contribuíram para o aprimoramento das ações da vigilância em saúde.

30.06.2017

Foto: Coprom/ Sesa

Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220
www.facebook.com/SaudeCeara

Nova Olinda – CE é um dos municípios do Ceará contemplados com ambulâncias no Programa Saúde da Família

Por Marlon Torres / Agencia newscariri

Nova Olinda será um dos 77 municípios contemplados pelo Governo do Estado com novas ambulâncias que beneficiarão pacientes que necessitarão de transporte entre as unidades de saúde.

O recurso para a aquisição das unidades de saúde Move do programa Saúde da Família são do Estado, que repassará aos municípios através de convênios e do programa Cooperação Federativa (PCF).

O governador do Estado do ceará, Camilo Santana (PT) afirmou que está fortalecendo os Núcleos de Estimulação Precoce nos municípios do interior e os consórcios de saúde para o custeio das Unidades de pronto Atendimento e das Policlínicas.

Ceará confirma mais dez mortes por chikungunya em uma semana

O Ceará teve a confirmação de dez novos óbitos por chikungunya em uma semana, conforme os dados do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde (Sesa) divulgados nesta sexta-feira, 30. Agora o Estado possui 43 mortes devido à doença transmitida pelo Aedes aegypti, desde o início de 2017. Os números de casos confirmados contabilizados neste ano, 44.644, já ultrapassaram as confirmações obtidas em todo o ano passado.

O Ceará teve a confirmação de dez novos óbitos por chikungunya em uma semana, conforme os dados do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde (Sesa) divulgados nesta sexta-feira, 30. Agora o Estado possui 43 mortes devido à doença transmitida pelo Aedes aegypti, desde o início de 2017. Os números de casos confirmados contabilizados neste ano, 44.644, já ultrapassaram as confirmações obtidas em todo o ano passado.

Sobre o assunto
Homeopatas de Fortaleza desenvolvem pesquisa sobre chikungunya
A maioria dos óbitos por chikungunya é do sexo masculino, com a confirmação de 24 até o momento. As idades das vítimas variam entre dez dias e 94 anos. Somente em Fortaleza, morreram 33 pessoas. As demais mortes ocorreram nos seguintes municípios: Acopiara (1), Beberibe (2), Caucaia (3) Maranguape (1), Morada Nova (1), Pacajus (1) e Senador Pompeu (1).

De acordo com a Sesa, dos casos confirmados, 29.997 (67,2%) concentraram-se nas faixas etárias entre 20 e 59 anos, e o sexo feminino foi predominante em todas as faixas etárias à exceção dos menores de 14 anos. Atualmente, 177 dos 184 municípios cearenses registraram notificações de casos suspeitos da doença, enquanto 136 confirmaram casos. A Secretaria contabiliza 98 municípios com alta incidência de casos notificados por chikungunya.

Dengue
Em mais uma semana, a dengue não apresentou mudança no quadro de óbitos. No Ceará, foram registradas oito mortes até o momento em 2017, destas cinco são do sexo feminino. Conforme o boletim, as vítimas tinham entre 2 e 84 anos e eram residentes nos municípios de Fortaleza (4), Itapajé (1), Maracanaú (1), Paracuru (1) e Tabuleiro do Norte (1).

Foram confirmados ainda 72 casos de dengue com sinais de alarme (DCSA) ocorridos nos municípios de Abaiara, Alto Santo, Aracati, Brejo Santo, Caucaia, Chorozinho, Crato, Fortaleza, Guaiúba, Paracuru, Piquet Carneiro, Russas e Tabuleiro do Norte.

Desde o início do ano, foram confirmados 13.671 casos em 138 municípios. Os casos confirmados estão distribuídos em todas as faixas etárias, mostrando uma concentração de 64,3% dos casos nas idades entre 15 e 49 anos, e o sexo feminino correspondendo a mais de 55% dos registros. O boletim aponta que oito municípios apresentam alta incidência da doença: Alto Santo, Brejo Santo, Farias Brito, Iracema, Tabuleiro do Norte, Milagres, Fortaleza e Jaguaribara.

Zika

A doença possui 402 casos confirmados no Ceará, neste ano, de 2.523 notificações de casos suspeitos. Dos casos notificados, há concentração de 77,2% na faixa etária de 15 a 49 anos, sendo sexo feminino predominante.

Do total de casos notificados, 891 foram em gestantes, sendo 38 confirmadas por critério laboratorial. Quanto ao período gestacional na fase aguda da doença, 18 das gestantes confirmadas laboratorialmente estavam no segundo trimestre de gestação, sete no primeiro trimestre e 13 no terceiro. Os municípios do Estado que confirmaram casos em gestantes foram: Brejo Santo, Caucaia, Icó, Independência, Fortaleza, Maracanaú, Horizonte, Crateús, Uruoca e Juazeiro do Norte.

fonte: opovo

Juazeiro do Norte terá Centro de Arte Popular do Cariri

A Prefeitura Municipal irá reformar Núcleo de Arte, Educação e Cultura Marcus Jussier e irá criar o Centro, para o fortalecimento dos grupos de tradição

O Núcleo de Arte, Educação e Cultura Marcus Jussier, localizado no bairro Pirajá, passará a ser Centro de Arte Popular do Cariri. O equipamento será reformado pela Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Infraestrutura, e adequado ao novo projeto de fortalecimento dos grupos de tradição, através da Coordenação de Arte e Cultura do Município.

A Secretária de Infraestrutura de Juazeiro do Norte, Gizele Menezes, esteve visitando o local, último dia 28, para avaliação técnica do espaço, juntamente com a Diretora do Núcleo, Maria Gomide. O projeto já se encontra em andamento e, com a reforma.

Atualmente o Marcus Jussier conta com um anfiteatro, salas de aulas e espaços de exposições. Gizele já informou que a reforma será ampla e irá modernizar a fachada principal, com a utilização de elementos que simbolizam a cultura local, haverá também a criação de um calçadão com praça de convívio na frente do prédio, onde hoje é o atual estacionamento.

A Secretária falou sobre a criação de estacionamento em terreno anexo ao prédio, e a implantação de um café aberto ao público, bem, como a criação de alojamentos para os artistas que vierem de fora para realizarem apresentações. Será implantado ainda paisagismo nas laterais do prédio.

O objetivo da reforma é constituir na cidade o Centro de Arte Popular do Cariri, um espaço que servirá também como museu, expondo as histórias dos grupos de tradição. A meta é transformar o local em uma escola livre para transmissão de saberes populares, reunindo todos os que fazem a cultura no Município, tornando Juazeiro do Norte e o Cariri um território de referência à cultura popular no Brasil.

A diretora Maria Gomide disse que está muito feliz e ansiosa com o projeto. “A reforma desse prédio está sendo aguardada com grande expectativa. Eu garanto em nome de todos os grupos de tradição que uma grande festa de inauguração será feita, e a partir de então Juazeiro do Norte terá uma linda casa para receber seus mestres e brincantes, que são os tesouros vivos da cultura de nosso Estado”, assegurou.

Assessoria de imprensa

Várzea Alegre – Prefeitura convocará 24 classificáveis que reclamaram direito às vagas em concurso da gestão passada

O Governo de Várzea Alegre vem corrigindo distorções administrativas deixadas pela gestão anterior. Uma dessas correções é o compromisso assumido pela administração atual com 24 pessoas que se submeteram a concurso público realizado pelo Município, na gestão Vanderlei Freire, em 2013, que ficaram como classificáveis.

Alegando que a Prefeitura, naquela gestão, havia contratado pessoas para vagas temporárias em detrimento do classificáveis no concurso serem convocados, essas 24 pessoas entraram com ação na Justiça, requerendo o direito de serem chamados para as vagas.

No último dia 28 de junho, o prefeito Zé Helder (PMDB), juntamente com o secretário de Educação Paulo Danúbio, a Ouvidora Geral do Município, Dra. Ellen Costa, com o Procurador Jurídico Administrativo, Dr. Marcílio Costa e com o vereador Pedro Bitu (PSDB), se reuniu com os 24 classificáveis para avaliar a situação.

Na reunião, que aconteceu na Secretaria Municipal de Educação, o prefeito firmou acordo de convocá-los, pelo concurso, até fevereiro de 2018. Esses futuros servidores municipais fizeram concurso para auxiliar de serviços gerais, professor de creche, professor de 1° ao 5° anos e vigia.

Zé Helder disse que essa é uma causa justa, reconhecendo o pleito dos classificáveis e também, sustenta a condição legal de contratação de servidores para o serviço público municipal.

Assessoria de Comunicação