Ceará: Clientes podem renegociar conta de luz atrasada

Clientes da Enel Distribuição Ceará podem quitar débitos com a companhia em um feirão, entre os dias 19 de junho e 7 de julho, que ocorre nas lojas de atendimento. De acordo com a empresa, será oferecido parcelamento com juros zero e sem atualização da dívida.

As condições de parcelamento variam de acordo com a situação de cada cliente. Em 2016, nos meses de março e novembro, a Enel Distribuição Ceará realizou outros feirões com condições especiais e registrou, ao todo, 38.274 parcelamentos.

Como participar

Para participar, o cliente precisa ter, ao menos, uma fatura vencida há, no mínimo, 30 dias. Além da conta de energia, o cliente deverá levar seu CPF para a loja de atendimento e atualizar seu cadastro informando também telefone de contato e, quando existente, o e-mail.

Os Grandes Clientes que desejarem participar devem procurar a Enel por meio dos seus Executivos de atendimento durante a semana, em horário comercial, na sede da companhia.

Serviço:

Feirão de parcelamento de contas nas lojas da Enel Distribuidora Ceará

De 19 de junho a 7 de julho, das 8 horas às 16 horas

Nos dias 24 de junho e 1º de julho (sábados), o serviço não será disponibilizado para os clientes.

Local: todas as lojas Enel Distribuidora Ceará no estado

Fonte: G1 CE

Após o WannaCry, Microsoft volta a atualizar Windows XP

Oficialmente sem suporte desde abril de 2014, o Windows XP recebeu mais atualizações esta semana para corrigir brechas graves no sistema que podem estar sendo usadas por atacantes sofisticados. Na prática, a Microsoft corrigiu outras brechas semelhantes à utilizada pelo vírus WannaCry que pertenciam à Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) e que foram vazadas pelo misterioso grupo “Shadow Brokers”.A Microsoft já havia liberado uma atualização emergencial para o Windows XP após o início dos ataques do vírus WannaCry. Na ocasião, a atualização já estava disponível para as versões mais novas do Windows. As novas atualizações, porém, foram lançadas juntamente com o pacote mensal da empresa com atualizações para todos os sistemas com suporte da companhia.Por isso, as versões mais recentes do Windows, como 8.1 e 10, estão recebendo algumas atualizações ao mesmo tempo que o Windows XP. Há também pacotes para o Vista, que perdeu o suporte em abril deste ano, e para o Windows Server 2003, que está sem suporte desde julho de 2015.Em um blog oficial da empresa, a Microsoft afirma que o lançamento dessas atualizações não deve ser visto como uma “mudança” nas políticas da companhia. Hoje, apenas organizações com contratos especiais de suporte junto à Microsoft podem receber atualizações para sistemas fora do prazo regular de suporte.As atualizações para os sistemas sem suporte precisam ser baixadas manualmente. A Microsoft preparou uma página contendo links de download para as atualizações que corrigem brechas que a Microsoft acredita estarem em alto risco de exploração.Algumas das brechas apontadas pela Microsoft podem permitir novos surtos exatamente idênticos ao WannaCry. A Microsoft teme que um vírus contamine sistemas antigos e desatualizados para depois atacar os sistemas com versões mais recentes, o que justifica o lançamento das atualizações.Usuários de versões mais recentes do Windows e com suporte, como o Windows 10, devem apenas utilizar o mecanismo do sistema para atualizações automáticas. Isso garantirá que as atualizações estão instaladas e o sistema está protegido.Dúvidas sobre segurança, hackers e vírus? Envie para g1seguranca@globomail.com

Prefeitura inicia cirurgias em Juazeiro do Norte

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Coordenação de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde, deu início a uma série de procedimentos cirúrgicos nas seguintes áreas: cirurgias ortopédicas, vasculares, urológicas, otorrinolaringológicas e de cataratas. Ao todo, mais de 1.300 pessoas aguardam na fila de espera por uma cirurgia.

As cirurgias de catarata serão realizadas em diversas clínicas de oftalmologia credenciadas ao Sistema Único de Saúde – SUS, em Juazeiro do Norte. Os outros procedimentos cirúrgicos serão feitos no Hospital São Raimundo, no Município do Crato, e no Hospital São Vicente, em Barbalha. O objetivo é reduzir a demanda reprimida por esses procedimentos.

A Secretaria de Saúde já possui os dados dos pacientes que aguardam pelos procedimentos e entrará em contato para encaminhá-los para as consultas e exames pré-operatórios. A prioridade neste primeiro momento é para aqueles que esperam há algum tempo e para os casos urgentes.

Estatinas reduziriam mortalidade do câncer de mama

As estatinas são consideradas o tratamento padrão contra o colesterol. E, de acordo com uma pesquisa apresentada recentemente no encontro anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, esses fármacos têm mais a oferecer: eles cortam o risco de morte por câncer de mama em até 38%. Os resultados foram obtidos pela revisão de sete estudos anteriores que, ao total, somam mais de 197 mil participantes.

Outro dado chamou a atenção dos cientistas: essa melhora de 38% só pôde ser testemunhada em mulheres que usaram as estatinas lipofílicas – uma variação do medicamento – por menos de quatro anos. Tal porcentagem caiu para 16% nas que empregaram os remédios por mais tempo. Uma possível explicação para o fenômeno, segundo os experts, é a de que esse comprimido só previne os óbitos de tipos de câncer de mama bastante agressivos, que em geral matam mais cedo.

Já o efeito benéfico pode ser resultado de uma melhora nas defesas do corpo: “Acreditamos que as estatinas lipofílicas penetram na membrana celular com mais facilidade, e já foi confirmado que elas têm implicações positivas no sistema imunológico, o que ajuda a erradicar células cancerosas”, esclarece Binliang Liu, que fez parte da investigação.

As conclusões são promissoras, mas faltam muitas avaliações antes de essa arma anti-colesterol ser empregada no combate a tumores.

Abril

Nova lei obriga veterinários a informar a autoridades policiais indícios de maus-tratos a animais

Uma nova norma sancionada pelo governo de Pernambuco determina que médicos veterinários devem informar, imediatamente, a autoridades policiais indícios de maus-tratos contra animais atendidos em unidades públicas e privadas. De acordo com a Lei 16.064, promulgada em 14 de junho e publicada no Diário Oficial do Legislativo de quinta-feira (15), a medida envolve profissionais que exercem atividades em hospitais, clínicas e consultórios, bem como em pets shops.

A nova norma altera a Lei nº 15.226, de 7 de janeiro de 2014, que institui o Código Estadual de Proteção aos Animais de Pernambuco. No artigo 1º, o texto determina que os profissionais enviem informações à Delegacia de Polícia Civil e aos órgãos de fiscalização ambiental federal, estadual e municipal.

A comunicação, de acordo com o texto, deverá seguir algumas orientações. É preciso informar a qualificação, contendo nome e, quando possível, endereço e contato do acompanhante do animal presente no momento do atendimento.

O profissional deve também fornecer o relatório do atendimento prestado, indicando a espécie, raça e características físicas do animal, descrição de sua situação de saúde na hora do atendimento e os respectivos procedimentos adotados.

A lei prevê que se o estabelecimento descumprir as normas estará sujeito a punições. São elas: advertência por escrito, multa simples, que vai variar de R$ 500 a R$ 10.000, além de multa diária, no caso de não cessação dos maus tratos.

Também estão previstas outras punições: resgate dos animais pelos órgãos competentes e apreensão de produtos e subprodutos, instrumentos, apetrechos, equipamentos e veículos de qualquer natureza, utilizados na infração.

Nos casos de reincidência específica, caracterizados pelo cometimento de nova infração, da mesma natureza e gravidade, a multa corresponderá ao dobro da anteriormente imposta. Caso o infrator cometa, simultaneamente, duas ou mais infrações, serão aplicadas sanções de forma combinadas.

De acordo com o código estadual de proteção aos animais, é proibido ofender ou agredir física e psicologicamente os animais. Não é admitido manter bichos em local sem higiene e sem espaço adequado para movimentação ou descanso. É vedado deixar os animais enclausurados ou forçá-los a trabalhos excessivos.

g1

Wesley Safadão vai interpretar motorista de Uber no cinema

Depois de dominar as paradas musicais e fazer uma participação em uma novela da Globo, Wesley Safadão vai se aventurar em outro campo: o cinema. O cantor estará no longa ‘Os Parças’, dirigido por Halder Gomes, o mesmo de Cine Holiúdy.

Na história, ele viverá um motorista de Uber e terá como colegas de elenco os humoristas Tom Cavalcante e Tirulipa, o youtuber Whindersson Nunes e o apresentador Danilo Gentilli.

A sinopse oficial da produção ainda não foi divulgada, mas a previsão é que a estreia nos cinemas aconteça em 30 de novembro.

Safadão parece à vontade nas gravações, inclusive. O músico compartilhou uma foto ao lado dos amigos. “Made in Nordeste! Vem aí ‘Os Parças’, que vai ser um grande sucesso nos cinemas!” prometeu o cantor.

 

noticiasaominuto

População brasileira já pagou R$ 1 trilhão em impostos este ano

A marca de R$ 1 trilhão no painel do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) foi registrada às 8h desta sexta-feira (16). O valor equivale ao total de impostos, taxas e contribuições pagos pela população brasileira desde o dia 1º de janeiro de 2017.

Em 2016, o montante de R$ 1 trilhão foi alcançado em 5 de julho. O presidente da entidade, Alencar Burti, explica que a arrecadação aumenta quando há crescimento econômico e elevação de impostos. “Já que nossa economia não está crescendo, essa diferença de 19 dias reflete aumentos e correções feitos em impostos e isenções, além da obtenção de receitas extraordinárias como o Refis [parcelamento de débitos tributários]. Reflete também a inflação, que, apesar de ter caído, segue em patamar alto”, analisa. Para Burti, “no segundo semestre, espera-se elevação da arrecadação em função da melhora da atividade econômica”.

Arrecadação federal

O presidente da ACSP esclarece que, embora a arrecadação federal tenha caído em termos reais, é o número nominal (sem descontar a inflação), o mesmo medido pelo Impostômetro, que deve ser analisado. “Nosso painel não mede apenas tributos federais. Também entram na conta os estaduais e municipais. O que temos que observar são os valores nominais, porque os gastos são todos nominais”. Com informações da Agência Brasil.