Barbalha – Corte do Pau da Bandeira marca abertura dos festejos de Santo Antônio.

Barbalha. A mais tradicional festa religiosa deste município vai começar. O corte do pau da bandeira de Santo Antônio, realizado na manhã desta sexta-feira (12), movimentou a cidade e marcou a abertura dos festejos do padroeiro de Barbalha, o santo casamenteiro. O evento reuniu centenas de pessoas.

Logo nas primeiras horas do dia, os carregadores se reuniram na Praça da Matriz de Santo Antônio, no Centro, para em seguida participarem de um momento de oração na Igreja, conhecido como benção do pau. Após o momento de oração, o grupo seguiu para o Sítio Flores, local onde foi selecionada um jatobá dentre outras árvores indicadas. O tronco que vai servir de mastro da bandeira que demonstra o louvor a Santo Antônio, tem 26 metros de cumprimentos, 1,15m de circunferência e pesando cerca de duas toneladas.

O tronco foi carregado por dezenas de homens até a chamada cama do pau. “Ele ficará lá para perder umidade e peso. No dia 29 será levado nos ombros dos heróis carregadores até a matriz de Santo Antônio”, contou Rildo Teles, “Capitão do Pau”.

A festa de Santo Antônio é uma das mais conhecidas e tradicionais do Brasil. Este ano, as festividades do padroeiro serão realizadas entre os dias 28 de maio a 13 de junho. A festa envolve todos os segmentos de Barbalha e movimenta, também, cidades vizinhas do Cariri.

O momento é celebrado sempre durante 13 dias. A data inicial é o domingo mais próximo de 31 de maio, dia do carregamento e hasteamento do Pau da Bandeira. Os carregadores percorrem cerca de sete quilômetros até a Praça da Matriz de Santo Antônio no centro de Barbalha, com o Pau da Bandeira às costas.

diario cariri

Doença rara e com alta letalidade registra dois casos no Ceará

Enquanto o Ceará foca todas as atenções no combate à dengue, chikungunya e zika, uma “nova” doença chega ao Estado. Dois casos de melioidose foram confirmados em 2017. Considerada rara, mas de alta letalidade, os primeiros registros no Brasil datam de 2003, no próprio Ceará.

Até este mês, o histórico é de apenas 29 registros da doença em 18 cidades. Os dois novos aconteceram em Granja, cidade distante 300 quilômetros de Fortaleza. Não há detalhes sobre o estado de saúde ou se houve óbitos. Fora do Ceará, há notificações somente em Alagoas e no Mato Grosso do Sul desde as primeiras notificações.

Os primeiros registros de melioidose no Ceará deram-se em Tejuçuoca, cidade distante 144 quilômetros da Capital. Quatro crianças, todas irmãs e que e moravam na zona rural daquela cidade foram infectadas pela bactéria Burkholderia pseudomallei. Três morreram.

Entre os principais sintomas, estão infecções na pele, nos pulmões e no sangue, mas a bactéria pode também causar danos em outros órgãos como a próstata e o fígado. Por não ter um quadro específico de sintomas, a doença muitas vezes pode passar despercebida.

Diagnóstico complicado

Causada pela bactéria Burkholderia pseudomallei, a melioidose é considerada uma “imitadora espetacular” porque pode apresentar múltiplas formas clínicas e ser confundida com outras infecções.

“Os pesquisadores consideram uma doença muito nova. Apesar de ter sido detectada no Ceará há 14 anos e já ser disseminada em países como a Tailândia, Austrália e Estados Unidos, ela é considerada emergente no Brasil, que é o principal país da América Latina a ter atenção com os casos”, pontua a infectologista cearense Dionne Bezerra Rolim, docente do Programa de Pós-graduação em Ciências Médicas da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Considerada uma das principais pesquisadoras da doença no País, com artigo publicado em 2016 na revista científica internacional Nature Microbiology, a professora Dionne Bezerra defende que a principal forma de conter o avanço da doença é detectando de forma precoce.

Além de “imitar” outras doenças infecciosas, o tratamento da doença deve ser feito por meio de antibióticos específicos, ou seja, não pode ser curada com os remédios comuns. Para que ela seja identificada, uma análise também específica deve ser feita. O problema é que, quando resultado sai, o paciente, normalmente, já está em estado terminal. Ainda não existe vacina.

“A situação no começo foi bem difícil, já que os primeiros casos foram em 4 crianças da mesma família, mas de lá para cá muita coisa mudou, pois os médicos já começaram a  trabalhar com a possibilidade da contaminação da doença. Infelizmente, como os pacientes, em sua maioria, são de áreas rurais, eles não possuem hospitais de grande porte para ajudar no diagnóstico e tratamento”, explica a infectologista.

Letalidade

Atualmente, países como a Tailândia, onde a melioidose é a 3ª doença que mais mata no país, os avanços já são bem maiores. Nos Estados Unidos, por exemplo, onde a doença é considerada um perigo biológico com chances de ser usada em ataques terroristas, as pesquisas também estão bem avançadas.

Em 2015, foi criado um grupo para discutir a infecção, já que ela é considerada um problema de saúde pública. Nele, o Brasil é representado pela professora Dionne Bezerra.

No Estado, também há avanços, apesar da letalidade da doença ser de cerca 70%. Na Austrália, onde há uma estrutura de pesquisa bem desenvolvida, a letalidade da doença é de 70%.

“Ainda está longe do ideal. No Ceará melhorou porque já conseguimos desenvolver protocolos e tratamento. Em outros estados, muitos médico nem sequer conhecem, mas aqui nós estamos fazendo um trabalho de educação alertando os colegas e laboratórios”, explica a docente da Unifor.

O estudo desenvolvido pela professora Dionne Bezerra em parceria com pesquisadores da Europa, realizado em parceria com cientistas da Irlanda e Inglaterra, apresenta um mapa da distribuição global da bactéria Burkholderia pseudomallei.
Prevenção e contaminação

Dionne Bezerra afirma que qualquer pessoa pode contrair a infecção, mas é mais frequente em pessoas com doenças preexistentes como diabetes, doença renal crônica, doença pulmonar crônica, doença hepática crônica ou pessoas que fazem uso de terapia com corticóide, assim como o uso de bebidas alcoólicas.  A transmissão pode ocorrer por inalação de partículas de água ou poeira contaminados, ingestão ou aspiração de água contaminada, inoculação em pele e mucosas, particularmente em pele não íntegra.Como prevenção, é necessário que pessoas que estão sujeitas ao contato com o solo e a água usem equipamentos de proteção.

“A questão da prevenção é o mais importante, o que a gente tem recomendado é o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), evitar exposição à água após as primeiras semanas de chuva, reforçar o consumo de água tratada”, finaliza. Um site criado pelo Grupo de Estudos em Melioidose (GEM) reúne mais detalhes sobre a doença e pode ser acessado por meio deste link.

O Diário do Nordeste entrou em contato com a Sesa para saber mais detalhes sobre as ações em torno da prevenção da doença no Estado, mas até a publicação desta matéria, as respostas não foram enviadas.

Diario do nordestes

Educação de Nova Olinda fortalecida

O prefeito do município de Nova Olinda , Afonso Sampaio ,e a secretaria de educação , Ana Célia Matos , estiveram reunidos na manhã desta quinta feira , 11 , com os diretores das escolas municipais . A reunião, realizada no auditório da Educação, teve como objetivo , discutir propostas e projetos que busquem a melhoria da educação básica do município .

O prefeito se colocou à disposição da Secretária e de todos gestores para apoiar e colaborar. “Quero ser parceiro sempre, contém comigo , para juntos tomarmos decisões sábias em prol da educação”, enfatizou.

Bombeiros resgatam idoso perdido em matagal na zona rural de Icó

O Corpo de Bombeiros resgatou na manhã desta quinta-feira (11) um idoso que havia se perdido na mata na zona rural de Icó, no interior do Ceará. O homem havia saído de casa na madrugada de quarta-feira, e a polícia foi acionada na noite do mesmo dia.

“Os familiares chegaram aflitos com o sumiço do senhor, de 75 anos, quando iniciamos a busca. Solicitamos o reforço dos Bombeiros de Iguatu, que foram os responsáveis pela localização do senhor resgatado vivo”, diz o delegado de Icó, Erlon Francisco Pinheiro.

De acordo com o inspetor da Polícia Civil Francisco Pinheiro, que acompanhou a operação, o homem foi achado já com quadro de desidratação e desnorteado. Ele recebeu atendimento médio e não corre risco de morrer.

O idoso foi conduzido até o hospital na aeronave da Coordenadoria Integrada de Ações Aéreas (Ciopaer), que também foi utilizada na operação que localizou o homem que havia se perdido.

Caso semelhante no Cariri

No fim de semana, um caso semelhante ocorreu na região Cariri. Quatro pessoas foram resgatadas na tarde deste domingo (7) na Chapada do Araripe, no município de Crato, no Sul do Ceará. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), duas mulheres e dois adolescentes saíram – no início da manhã deste domingo – para fazer uma trilha em uma reserva ecológica da região, quando ficaram perdidas em área fechada de mata atlântica.

g1

Adolescente de 12 anos é atingida por bala perdida na Praia do Pina, no Recife

Uma adolescente de 12 anos foi atingida por uma bala perdida no fim da manhã desta quinta-feira (11), na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife. De acordo com a Polícia Militar (PM), a garota estava junto a um grupo de crianças quando foi atingida no tórax. O autor dos disparos é desconhecido.

Após ser atendida por uma equipe da PM, a vítima foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. Durante a ida à unidade de saúde, a adolescente não estava acompanhada de responsáveis.

Vítima foi socorrida para a UPA da Imbiribeira antes de ser transferida para o HR (Foto: Reprodução/Google Street View)

Vítima foi socorrida para a UPA da Imbiribeira antes de ser transferida para o HR (Foto: Reprodução/Google Street View)
Vítima foi socorrida para a UPA da Imbiribeira antes de ser transferida para o HR (Foto: Reprodução/Google Street View)

Na UPA, a garota passou por um procedimento médico e, segundo a unidade, foi transferida para o Hospital da Restauração, localizado no bairro do Derby, na área central do Recife. No local, ela foi encaminhada consciente à emergência pediátrica e tem quadro clínico considerado estável.

Ainda de acordo com a PM, os policiais fazem buscas na área onde aconteceu os disparos para encontrar o autor dos mesmos. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 g1

Correios vão reabrir plano de demissão voluntária neste mês

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, disse que a empresa vai reabrir o Plano de Demissão Voluntária (PDV) para seus funcionários. O programa, aberto entre janeiro e fevereiro, não atingiu a meta, que era de 8 mil empregados, com previsão de economia entre R$ 700 milhões e R$ 1 bilhão. “Devemos reabrir o programa ainda no mês de maio”, afirmou, após participar de audiência pública na Câmara dos Deputados.

Segundo Campos, 5,5 mil trabalhadores aderiram ao PDV, mas boa parte teria desistido. Os números ainda não foram fechados. As condições serão as mesmas do PDV anterior. Os Correios têm cerca de 17 mil funcionários elegíveis ao programa, com mais de 55 anos ou mais de 15 anos de tempo de serviço.

Campos disse ainda que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) vai mediar um solução para o Postal Saúde. O plano de saúde é a principal causa do rombo da empresa que, em 2016, deve registrar prejuízo de R$ 2 bilhões. O balanço ainda não foi publicado. Em 2015, o prejuízo foi de R$ 2,1 bi, dos quais R$ 1,6 bi foram causados pelo plano.

De acordo com ele, a proposta dos Correios é arcar com 100% das despesas com saúde de seus trabalhadores e aposentados. As despesas com dependentes seriam arcadas pelos empregados, mas, nos anos em que a empresa registrar lucro, ela contribuiria com 15% desse gasto.

Hoje, o Postal Saúde tem 400 mil vidas, sendo 110 mil funcionários ativos e 30 mil aposentados. O restante são dependentes, além de pais e mães dos empregados. Os Correios arcam com 93% das despesas do plano, e os funcionários e aposentados, com 7%. “É insustentável”, disse Campos.

O presidente dos Correios disse que o plano de recuperação da empresa pode evitar sua privatização. Ele disse a venda dos Correios só será realizada se as ações não forem suficientes para socorrer a companhia.

No curto prazo, o objetivo é cortar despesas e melhorar os serviços para evitar perda de participação do mercado. No médio prazo, a meta é elevar a presença dos correios no serviço de entregas.

Entre as ações futuras, Campos citou a exploração de serviços de logística e loterias, complementares às da Caixa, na área de esportes. Segundo ele, os brasileiros gastam R$ 2 bilhões por ano no exterior em sites de apostas esportivas.

Ele destacou ainda que a rede dos Correios em todo o País poderia ser usada como agência de atendimento dos governos federal, estaduais e municipais, semelhante ao Poupatempo paulista. Com informações do Estadão Conteúdo.

Petrobras tem lucro de R$ 4,45 bilhões no primeiro trimestre

A Petrobras fechou o primeiro trimestre de 2017 com lucro de R$ 4,449 bilhões, revertendo um prejuízo de R$ 1,246 bilhão no mesmo período do ano anterior.

No balanço divulgado nesta quinta (11), a empresa diz que o desempenho é resultado de menores gastos com importação de petróleo, aumento de exportações e redução de despesas.

“Sem dúvida nenhuma, foi um bom trimestre para a nossa companhia”, disse o presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Principal problema para a gestão da empresa a dívida líquida fechou o trimestre em R$ 300,975 bilhões, queda de 5% com relação aos R$ 314,120 bilhões registrados no final de 2016, resultado principalmente da valorização do real.

O indicador de dívida líquida sobre Ebitda ficou em 3,24 vezes. No balanço do trimestre anterior, o número era 3,54 vezes.

O plano de negócios da estatal estipulou a meta de atingir 2,5 vezes em 2018.

O Ebitda ficou em R$ 25,254 bilhões, o maior já registrado pela companhia.

No primeiro trimestre, a receita da Petrobras foi de R$ 68,365 bilhões, queda de 3% com relação aos R$ 70,337 bilhões verificados nos primeiros três meses de 2016.

A produção de petróleo da companhia atingiu 2,248 milhões de barris de por dia, 9% maior do que no trimestre anterior.

Na quarta (10), a Petrobras anunciou a aprovação de seu novo plano de venda de ativos, que segue recomendações feitas pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Entre os projetos que serão vendidos, a empresa inclui a refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, e a Petrobras África.

A meta é levantar US$ 21 bilhões até o fim de 2018 para reduzir o elevado endividamento. Com informações da Folhapress.