LOGO-NEWS-CARIRI

Quatro são demitidos após 25 presos fugirem de unidade de segurança máxima em Salvador

Publicidade

Dois dias após 25 presos considerados de alta periculosidade fugirem da Unidade Especial Disciplinar (UED), que integra o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, quatro funcionários do local foram demitidos. As exonerações foram publicadas na edição desta quarta-feira (5) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Foram exonerados funcionários que exerciam funções de diretores e assessores. Os cargos já têm novos funcionários, que também tiveram os nomes incluídos no DOE.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que as mudanças obedecem a critérios estratégicos do Governo e nada tem a ver com a fuga dos detentos. O órgão classificou como “coincidência” a publicação das exonerações acontecer na mesma semana em que os detentos escaparam do complexo.

Fuga

A fuga de presos da UED ocorreu na segunda-feira (3). Dos 25 que escaparam, somente um foi recapturado. A unidade, apesar de ser de segurança máxima, tem apenas alambrado cercando a área onde ocorre o banho de sol – e de onde os detentos fugiram. Agentes penitenciários divulgaram imagens do local.

Nas imagens divulgadas, é possível ver o buraco feito na tela pode onde os presos fugiram. Após violarem o alambrado, o detentos entraram por um matagal que fica no entorno da carceragem e pegaram um caminho que leva até uma rua de acesso à Avenida Gal Costa.

g1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

D11A263B-75AC-4AE9-BD5D-7AF9BC13F183
9FCD55DA-241A-4142-B7BD-393AC64E7B57

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas