Viatura da PM invade casa após perseguição em Maracanaú

Dois policiais militares ficaram feridos após colidirem, na madrugada deste sábado (25), contra uma residência localizada no bairro Novo Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, durante uma perseguição.
O fato teve início no bairro Coqueiral, no Maracanaú, após um condutor, que saía de um residencial, empreender fuga ao ser acionado por policiais. Ele não parou o veículo mesmo com a ordem dos PMs.
Para evitar a fuga do condutor, reforço foi acionado. Apesar disso, o homem que dirigia o veículo Fusion de cor branca continuou em disparada. Somente 15 minutos depois, após chocar-se contra uma viatura da PM e bater contra o canteiro central da Rua 4, na Pajuçara, o motorista foi preso.
Acidente
Com o choque, o veículo da Polícia Militar invadiu uma casa, que teve seu telhado caído sobre a viatura. Na ocasião, os dois PMs que conduziam o veículo ficaram feridos. A residência ficou destruída.
Conforme informação da esposa do motorista, que foi identificado como Océlio, ele atua na instalação de rede de internet em Maracanaú e tinha brigado com ele momentos antes da ocorrência policial. No carro do suspeito foram encontradas duas munições intactas de revólver calibre 38. Constra contra ele crimes de violência doméstica e ameaça.

Océlio foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú. Já os PMs foram socorridos com escoriações e dores musculares.
Com informações da TV Diário

Sesc promove o incentivo à cultura do cordel

Nesta segunda-feira (27), o Sistema Fecomércio – CE, por meio do seu braço social, o Sesc*, promove mais uma edição do projeto Sesc Cordel. A atividade acontece a partir das 8 horas, na Feira Livre do Crato, onde é lançado o cordel “Maria Bonita: A Rainha Cangaceira”, de autoria do poeta Ernane Tavares. O acesso é gratuito.

Além do lançamento do folheto, a programação conta com a presença de artistas e poetas locais, como cordelistas, xilógrafos e repentistas, que integram o público em atividades de entretenimento.

A proposta é uma maneira de ampliar a divulgação da cultura de cordel com pluralidade e, ao mesmo tempo, proporcionar destaque as suas características regionais.

Sobre o Sesc Cordel

O Sesc Cordel é realizado pela Unidade Crato com o objetivo de oportunizar a seleção, publicação e lançamento de folhetos de cordel, com vistas à posterior disponibilização, para empréstimo e consulta, na Cordelteca, que fica na própria instituição. A ideia é ainda propor o incentivo junto à comunidade no acesso e a valorização da literatura popular. O Sesc Cordel é uma atividade gratuita e acontece sempre na última segura-feira do mês, na Feira Livre do Crato.

Sobre o autor

Ernane Tavares é natural do Sítio Farias em Arajara, localizado no município de Barbalha. Ele é poeta e escreve literatura de cordel, sendo membro da Academia dos Cordelistas do Crato, ocupando a cadeira n° 12. Além disso, Ernane é um dos fundadores da Sociedade dos Poetas de Barbalha ocupando a cadeira n° 1. O artista contemplado pelo Sesc Cordel realiza pesquisas sobre histórias regionais e já publicou os seguintes trabalhos: 20 anos de Bala no Sertão; Barbalha na Visão Poética; Vicente Finim, Um Lobisomem de Verdade; Patativa do Assaré; A Defesa do Jumento e Candeeiro Voador.

SERVIÇO

Sesc Cordel – Unidade Crato do Sesc

Local: Feira Livre do Crato (Avenida José Alves de Figueiredo, S/N – Centro)

Data: 27/3

Horário: 8h

Informações: (88) 3523.4444

:::Gratuito:::

*Entidade mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

www.sesc-ce.com.br

Facebook: /sescceara

Twitter: @sesc_ce

Instagram: sescce

Jornalistas Responsáveis: Jardeline Santos – (85) 3452.9060 / 99652.8097 / Ingrid Freitas – (85) 3464.9323 / 99662.9165 / Filipe Dutra – (85) 98707.3064 /
Manuella Cysne – (85) 98595.0505 / Carla Pinto – (85) 98802.6181

Gerência ASCOM Sesc Ceará: Tábata Alencar

Secretário Alemberg Quindins agraciado com Medalha da Abolição, do Governo do Estado

O Secretário de Cultura de Juazeiro do Norte, Alemberg Quindins, irá receber, no próximo dia 25, no Palácio da Abolição, em Fortaleza, a Medalha da Abolição, ofertada a brasileiros com trabalhos relevantes para o Estado do Ceará. A comenda foi anunciada ao gestor cultural e presidente da Fundação Casa Grande, pelo próprio Governador, Camilo Santana. O reconhecimento se dá principalmente pelo trabalho desenvolvido por Alemberg à frente da fundação, atuando com o protagonismo infanto-juvenil na área de gestão cultural.

A medalha foi criada em 1963, com homenagens destinadas a 164 personalidades. A cada ano, são seis nomes reconhecidos pelos relevantes serviços pesados, nas mais diversas áreas, ao Estado cearense. A escolha dos agraciados se dá através de uma comissão, instituída por decreto. Os nomes são apresentados e escolhidos aqueles que mais se destacaram.

Este ano, serão homenageadas personalidades de áreas como a política, saúde, economia, educação e cultura. Entre eles estão o ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, o músico e produtor cultural, Alemberg Quindins, o empresário, Carlos Francisco Ribeiro Jereissati a escritora Luíza de Teodoro Vieira; o Ministro do Superior Tribunal Superior Eleitoral, Napoleão Nunes Maia Filho; e o médico Valton Miranda Leitão.

Mais Infância: Governo do Ceará entrega brinquedopraça em Juazeiro do Norte neste domingo

O Governo do Ceará, por meio do Programa Mais Infância Ceará, entrega brinquedopraça neste domingo (26), às 16 horas, na Praça José Geraldo da Cruz, conhecida como Praça dos Franciscanos, em Juazeiro do Norte. A primeira-dama do Estado, Onélia Leite de Santana, idealizadora do programa, participará da inauguração do equipamento.
A brinquedopraça faz parte das ações do Programa Mais Infância, especificamente do pilar Tempo de Brincar, que constrói e revitaliza espaços públicos que garantam o direito da criança ao brinquedo e à brincadeira. O Governo do Ceará entregará este ano 40 brinquedopraças. Segundo a primeira-dama, o brincar contribui para determinar o temperamento, os potenciais e as possibilidades criativas de cada indivíduo. “Brincar é um direito de toda criança. Para a criança, brincar é o sinônimo de aprender e se desenvolver. É seu modo de interagir e aprender sobre o mundo e as pessoas”, ressalta.
O espaço, voltado para as crianças de dois a 12 anos, será cercado e com área de 200m² com brinquedos como casinha dupla com dois escorregadores, casinha dupla com um escorredor, duas gangorras, dois cavalinhos de mola e escorregador com balanço triplo.
A contrapartida da Prefeitura de Juazeiro é garantir que o mobiliário urbano, iluminação e piso estejam em bom estado de conservação, além da arborização do local. Esta é mais uma parceria do Programa Mais Infância com a iniciativa privada. Desta vez, com a empresa Mallory.
Artesanato
Ainda em Juazeiro do Norte, Onélia visita nesta segunda-feira (27) ao Centro de Cultura Popular Mestre Noza, às 10 horas.

Serviço
Entrega da brinquedopraça
Data: 26/03/2017
Local: Praça José Geraldo da Cruz, conhecida como Praça dos Franciscanos, na Avenida Carlos Cruz, no bairro Franciscanos
Horário: 16 horas

Polícia desativa abrigo clandestino no CE e resgata 13 idosos e deficientes

A polícia prendeu três criminosos nesta sexta-feira (24) por maus-tratos a idosos e deficientes mentais em um abrigo clandestino que funcionava em condições insalubres na cidade do Crato, interior do Ceará. Dentre os presos está um pastor evangélico, que era proprietário do abrigo. Treze vítimas com idades entre 30 e 70 anos foram resgatas do local.

Por meio de um mandado de busca e apreensão, os policiais seguiram até a localidade de Baixio Verde para verificar uma denúncia de maus-tratos ocorridos no local. No imóvel, que funcionava em situações insalubres, a polícia encontrou 13 idosas e deficientes mentais, entre 30 e 70 anos.

Uma idosa foi encaminhada para uma unidade de saúde da região, onde permaneceu internada com vários problemas de saúde. Uma segunda vítima também foi atendida pelo Samu, ficando constatada várias escoriações nas costas, e mordidas de animais nos pés.

Um pastor evangélico, sua esposa e uma cuidadora foram presos em flagrante. De acordo com a delegada Wannini Galiza, da Delegacia de Crato, os suspeitos estavam em posse de cartões de créditos pertencentes às mulheres e eram responsáveis por sacar os valores dos benefícios das vítimas.

A operação, chamada “Cova dos Leões”, foi realizada por policiais das delegacias de Defesa da Mulher de Crato, Municipal de Farias Brito e Várzea Alegre. O Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram o socorro dos idosos.

Os suspeitos foram conduzidos para a sede da especializada, onde foram autuados em flagrante por crime contra o idoso, maus-tratos e cárcere privado. Já as mulheres foram encaminhadas para a casa de familiares e também para abrigos na cidade de Juazeiro do Norte.

G1

Três mulheres da mesma família são estupradas em Paço do Lumiar, MA

Um homem estuprou três mulheres da mesma família no município de Paço do Lumiar, cidade que compõe a grande Ilha de São Luís. O homem conseguiu fugir, as vítimas foram para o hospital Socorrão 1, onde foram medicadas e passaram por exames.

A história de pânico aconteceu quando a adolescente, de 17 anos, e a avó, de 65 anos, estavam no ponto de ônibus. Elas foram surpreendidas por um motociclista que as obrigou a levá-lo para a casa onde moram no município. Ao chegar ao local, o bandido encontrou uma família inteira que assistiu toda a ação do criminoso.

A primeira a ser estuprada foi a jovem de 17 anos. Em seguida, ele violentou a mais nova de 15 anos e a tia das meninas, uma mulher de 30 anos. Duas crianças testemunharam todo o ato bárbaro. As adolescentes contaram que ainda tentaram resistir, mas o homem era agressivo. Ameaçava, agredia e humilhava as meninas.

AS vítimas foram agredidas e humilhadas por suspeito em Paço do Lumiar (Foto: Reprodução/TV Mirante)AS vítimas foram agredidas e humilhadas por suspeito em Paço do Lumiar (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Além das crianças que viram tudo, a tia e avó presenciaram o estupro das três mulheres. A avó está em pânico e uma das tias conseguiu, com dificuldade, contar as cenas de horror que presenciou.

Segundo dados da Delegacia da Mulher, em 2016, foram registrados 16 casos de estupro e em 2017, esse já é o 8º caso registrado. Segundo a delegada, é importante que, em situações como essa, a vítima procure a delegacia especializada o mais rápido possível e, de preferência, com a mesma roupa que usava no momento do estupro. Isso pode ajudar na elucidação do crime.

G1

Justiça determina que Maceió garanta acessibilidade para deficientes

Uma liminar determina que o município de Maceió garanta a acessibilidade para pessoas portadoras de deficiências físicas em diversas áreas da capital. A decisão foi concedida pelo juiz Antônio Emanuel Dória Ferreira, da 14ª Vara Cível da Capital, e publicada no Diário de Justiça desta sexta-feira (24).

A ação civil pública proposta pela Defensoria Pública cita problemas que precisam de correção, como no Terminal Rotary, onde os pisos táteis são inadequados e não há indicação direcional até o local de parada.

Já na avenida Muniz Falcão, não existe sinalização sonora, nem rampa de acesso, além de haver um obstáculo diretamente no ponto de parada de ônibus, que impede o acesso dos cadeirantes.

O G1 entrou em contato com a Prefeitura de Maceió, por meio de sua assessoria, e aguarda um posicionamento sobre os problemas citados.

A Defensoria citou ainda problemas na Ladeira Geraldo Melo (bairro Farol), nas ruas Comendador Calaça (Poço) e Dona Constança de Góes Monteiro (Mangabeiras), na avenida Dom Antônio Brandão (no Farol), e no cruzamento da avenida Deputado Humberto Mendes com a rua Cid Scala (Poço).

O magistrado determinou que a parte ré promova nesses locais todas as intervenções urbanísticas necessárias e suficientes para garantir a acessibilidade, no prazo de 120 dias.

“Se é possível um indivíduo sem limitações físicas transitar nos locais indicados, por que seria vedado esse direito a um deficiente que somente se locomove por meio de cadeira de rodas, por exemplo? É certo que a municipalidade tem certo grau de liberdade para planejar e executar suas políticas públicas, devendo, contudo, o Judiciário intervir sempre que a proteção a direitos fundamentais for insuficiente, como ocorre no caso em epígrafe”, disse o juiz.

G1