Ceará é o estado do NE com maior número de casamentos entre adolescentes de 15 a 19 anos

Cerca de 7,5 mil adolescentes do sexo feminino de 15 a 19 anos casaram-se no Ceará no ano de 2014, segundo dados do relatório Cenário da Infância e Adolescência no Brasil, divulgado nesta terça-feira (21).
O documento faz um panorama da situação infantil no país, divulgado pela Fundação Abrinq. O estudo foi feito utilizando dados de fontes públicas, entre elas o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O montante de casamentos entre cônjuges masculino e feminino registrados no Estado representa 5,8% de todo o país, que apresentou 127.843 registros naquele ano. O dado revelado pela Fundação Abrinq coloca o Ceará como estado do Nordeste com o maior número de matrimônios e o 4º do país, ficando atrás somente de São Paulo, Minas e Paraná.
O número um pouco maior do que o registrado em 2013, quando aconteceram 7.183 casamentos. Já nos anos anteriores a 2013, os matrimônios entre adolescentes e jovens entre os 15 e 17 anos chegaram a ser em maior quantidade, como em 2012, quando 7.708 meninas casaram-se.
A Abrinq considera que eliminar todas as práticas nocivas, como os casamentos prematuros forçados de crianças e mutilações femininas é uma das formas para alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.
Fortaleza em alerta
Conforme dados de 2004 a 2014, data da última atualização do estudo, entre todos os municípios do Brasil, Fortaleza ficou atrás somente da cidade de São Paulo em número de casamentos de adolescentes e jovens entre 15 e 19 anos. Na década, foram 19.891 matrimônios contra 52.835 na capital paulista.

Diario do Nordeste

Apple lança iPhone 7 e 7 Plus na cor vermelha

Através de uma parceria entre Apple o Fundo Global, uma organização que mantém programas de combate ao HIV e à Aids na África, a empresa norte-americana lançou, nesta terça-feira, 21, uma nova cor para os smartphones iPhone 7 e 7 Plus: o vermelho.

O novo iPhone estará disponível a partir das 12h01 do dia 24 de março para pedidos. O preço inicial do iPhone 7 Red é de R$ 3.899 e o 7 Plus Red custará a partir de R$ 4.499. Eles chegam com preço R$ 400 mais caro que os atuais modelos.

Tropa de Choque da PM ocupa reduto de traficantes e desfaz barricadas

Operação no Gueto da Barra do Ceará é o início da reação das forças policiais às ameaças sofridas pelo secretário de Segurança Pública através das redes sociais
Uma operação realizada no começo da manhã desta terça-feira (21) pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE), com o emprego de patrulhas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), removeu barricadas que haviam sido postas nas entradas da Favela do Gueto, na Barra do Ceará (zona Oeste da Capital). A ação da PM é uma resposta às ameaças que bandidos daquela comunidade teriam feito, através das redes sociais, ao secretário da Segurança Pública do Estado, André Costa.

Em menos de 24 horas, esta foi a segunda operação da PM naquele local. Acuados pelos traficantes, os moradores são obrigados a colocar lixo e objetos como sofás, vasos sanitários, sacos de lixo, pedaços de madeira e pedras nas duas únicas entradas de acesso à favela, nas avenidas Francisco Sá e Senador Robert Kennedy, para impedir a entrada de viaturas policiais.

Várias operações já foram realizadas ali, mas os traficantes insistem em dominar a comunidade para manter o domínio na venda de drogas e armas. O bando que estaria ali alojado seria ligado ao PCC e está em permanente conflitou ou “guerra” com seus Rivais, os bandidos que ocupavam o Morro de São Tiago, na comunidade Goiabeiras, ligado ao Comando Vermelho (CV).

Fuga

Os criminosos tentam retornar à Barra do Ceará depois de uma apressada fuga em massa do bairro com a chegada de um grande efetivo policial no último dia 4, início da “Operação Marco Zero”. Durante uma semana, as polícias Civil e Militar ocuparam as duas comunidades, num trabalho policial acompanhado de ações sociais. Os criminosos das duas facções simplesmente “desapareceram” com suas armas, munições e drogas.

Porém, nesta segunda-feira, os criminosos usaram as redes sociais para fazer ameaças públicas ao secretário André Costa e desafiar a Polícia a voltar ao Gueto para retirar as barricadas. Numa linguagem de afronta, os criminosos chegam a chamar os policiais de “vermes”.

A resposta da Segurança Pública foi retomar as operações ostensivas e iniciar um trabalho de Inteligência para chegar aos delinqüentes.

Pacificado

Durante a “Operação Marco Zero”, o Morro de São Tiago, que era dominado pelo CV, foi dominado pelo BPChoque. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) invadiu o local na madrugada do dia 4, montando um acampamento e hasteando a bandeira da unidade (Gate), à exemplo do que fez a PM no Rio de Janeiro ao ocupar diversas favelas.

Com o fim da “Marco Zero”, os traficantes tentam retomar o domínio no lugar. No entanto, o comandante-geral da PM, coronel Ronaldo Viana; e o comandante do CPE, coronel Aginaldo Oliveira, informaram que a determinação do secretário da Segurança é manter a área com policiamento reforçado e impedir que a bandidagem volte para lá.

Em outras frentes, a SSPDS e o Comando-Geral da PM já planejam operações semelhantes em outros bairros da Capital onde a situação de domínio do tráfico também acontece. No entanto, detalhes das ações são mantidos em sigilo.

Por FERNANDO RIBEIRO

cearanews7

Três horas após crime, PM prende suspeitos de homicídio em Teresina

Policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar prenderam dois jovens suspeitos de terem assassinado um homem de 20 anos. O crime aconteceu por volta das 11h desta segunda-feira (20) e a prisão se deu três horas depois do crime. Segundo o capitão Francisco Moura, a vítima foi morta a tiros de revólver calibre 38 na porta de sua casa no bairro Buenos Aires, Zona Norte de Teresina.

Capitão Francisco Moura, do 9º BPM (Foto: Ellyo Teixeira/G1)Capitão Francisco Moura, do 9º BPM
(Foto: Ellyo Teixeira/G1)

“Foram pelo menos três disparos que acertaram a cabeça e tórax da vítima. Assim que soubemos do crime, começamos a fazer diligências e chegamos até os dois suspeitos. Com eles nós encontramos uma arma do mesmo calibre usado na morte com quatro munições deflagradas”, contou.

Ainda de acordo com o capitão, um dos suspeitos teria confessado que cometeu o crime por vingança. “Um dos presos disse que nesse domingo (19) teria sofrido uma tentativa de homicídio e que a vítima teria efetuado os disparos. Quando foi hoje, o jovem foi até a casa do rival e revidou, mantando desse homem”, disse.

Os dois suspeitos presos e a arma apreendida foram encaminhados à Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos necessários.

g1

Várzea Alegre: Município é o 3º em geração de emprego formal no Ceará em fevereiro

A cidade de Várzea Alegre conseguiu superar até mesmo municípios da região metropolitana de Fortaleza, como Eusébio, na geração de emprego no mês de fevereiro de 2017.

Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged, em fevereiro foram contratadas 199 pessoas, formalmente, para o mercado de trabalho neste município.

Muito dessa mão de obra foi parar no comércio e nas fábricas instaladas na cidade.

Segundo a gerente executiva da Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Alegre – CDL, Nara Patrícia, houve no mês de fevereiro procura por empresas do setor comercial por currículos. Para ela, certamente, muitas dessas pessoas conseguiram entrar formalmente no mercado de trabalho. “Nós temos hoje 114 empresas associadas e destas, cerca de 38,5% (44 empresas) buscaram currículo na CDL de janeiro a março”, disse.

O presidente da CDL, Fernando Costa Cavalcante, atribui esse avanço na geração de empregos no município ao diferencial do varzealegrense. “O varzealegrense é um lutador, um batalhador e trabalha muito”, disse.

Para o presidente da CDL, o ano também entrou com inverno e com novas perspectivas para a economia, o que poderá trazer novos números positivos quanto à geração de emprego ainda em março.

Várzea Alegre tem ainda forte mão de obra empregada na construção civil com construções e reformas de casas e prédios comerciais nas mais diferentes áreas do município.

Empresas em Várzea Alegre

A empresa de maior número de empregados diretos em Várzea Alegre é a GVS Sport Nordeste. A fábrica de acessórios para motocicletas chegou em Várzea Alegre em 2012, empregando 31 pessoas. Com seu plano de expansão, a GVS conta atualmente com mais de 120 empregados.
A GVS Sport, com sede em São Paulo, pertence aos empresários, o pernambucano, Hélio Tenório, e o paulista, Osmar Meneghitti.

A fábrica foi instalada em Várzea Alegre após um processo de negociação que envolveu o empresário Valdir Bilica e o prefeito Zé Helder, interessados em gerar empregos na cidade.

O empresário Carlos Kleber, da Confplast, acredita que as perspectivas para o mercado são muito boas para este ano. “Quem sobreviveu até aqui, tem tudo para voltar a crescer e ajudar a economia do nosso país. Na Confplast estamos investindo em novas máquinas e moldes”, disse.

A gerente comercial da Confplast, Ana Lívia, disse que apesar da crise a empresa mantém o ritmo de crescimento, mantendo as vendas e com perspectivas melhores a partir de mais investimento na capacidade produtiva da fábrica.

Novos investimentos

Uma nova empresa está em fase de implantação em Várzea Alegre. Claudia Costa Lima, esposa do empresário Carlos Kleber investirá no mercado de importação com a Atlas Importação e Comércio, situada na Av. Lúcia Correia, trecho da CE 060, saída de Várzea Alegre para Iguatu.

De acordo com Carlos Kleber, sua esposa o acompanha nas compras feitas na Chica para a empresa Confplast e se interessou pelo mercado de importação. Hoje, diz Kleber, painéis de led são fabricados em Várzea Alegre. “As vendas da Atlas são feitas 80 % pela internet, através do Mercado Livre, Americanas, Extra, Ponto Frio e Casas Bahia”, disse.

Avaliação da gestão

O prefeito de Várzea Alegre, Zé Helder (PMDB), recebeu a notícia com alegria, comentando o destaque do município no cenário estadual na geração de vagas formais no mercado de trabalho.

Ele atribui esse avanço à iniciativa privada, ao associativismo e ao povo empreendedor de Várzea Alegre. O prefeito citou que essa é uma semente plantada de muito tempo, citando que em sua gestão, em 2012, foi importante trazer para Várzea Alegre fábricas como a GVS Sport Nordeste e a Confplast e apoiar os pequenos negócios.

Zé Helder quer para sua terceira gestão, de 2017 a 2020, trazer novas empresas para Várzea Alegre, fomentando novas vagas formais de trabalho. O prefeito também falou que quer reaquecer ainda mais a economia do município a partir do reinício de novas obras públicas.

Para Zé Helder também tem os empregos informais como os gerados a partir de eventos como o carnaval ou através do associativismo com renda para as famílias.

O Ipece

A maior geração de vagas no Estado, segundo Ipece, na Construção Civil, com 1.066 vagas, seguida pelo setor de Serviços com 972; Administração Pública com 317 vagas; Serviços Industriais e de Utilidade Pública com 46 e Indústria de Transformação, com uma vaga. Os resultados negativos ficaram por conta do Comércio com -1.438; Agropecuária-869 e Extrativa Mineral com menos -31.

Assessoria de Comunicação
Reportagem: Marco Filho
Foto: Augusto César
E-mail: imprensa@varzeaalegre.ce.gov.br

Rio confirma pagamento de 13º com dinheiro recuperado da Lava Jato

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio confirmou na tarde desta segunda-feira, 20, que R$ 250 milhões recuperados nas investigações sobre o esquema de corrupção que seria chefiado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral serão devolvidos ao Estado do Rio, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícia em tempo real do Grupo Estado. Os recursos serão usados para pagamento do 13.º salário de 2016 de cerca de 146 mil aposentados e pensionistas do Estado que recebem até R$ 3.200.

De acordo com o MPF, o valor será suficiente para pagar 57% dos aposentados e pensionistas com 13.º atrasado. Na decisão que autorizou a antecipação da reparação ao Estado do Rio, lesado pelo esquema de corrupção, o juiz Marcelo Bretas diz que “são em princípio os maiores necessitados do universo de famílias que dependem dos pagamentos oriundos da Fazenda estadual”.

Haverá uma cerimônia nesta terça, 21, realizada pelo MPF e a Justiça Federal, para a entrega do valor, na sede do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), com a presença do procurador-geral da República, Rodrigo Janot; do presidente do TRF2, desembargador federal Poul Erik Dyrlund; do coordenador da força-tarefa Lava Jato no Rio de Janeiro, Leonardo Cardoso de Freitas; e do procurador-geral do Estado do Rio de Janeiro, Leonardo Espíndola.

Um acordo de colaboração premiada realizado com dois dos réus, os irmãos Renato e Marcelo Chebar, permitiu a repatriação de US$ 85.383.233,61 provenientes das contas Winchester Development SA, Prosperity Fund SPC Obo Globum, Andrews Development SA, Bendigo Enterprises Limited e Fundo FreeFly. As investigações revelaram até o momento que mais de R$ 300 milhões foram movimentados no exterior pela organização criminosa.

“É certo que os colaboradores, controladores das várias contas bancárias de onde partiram os valores repatriados, renunciaram qualquer direito sobre essa quantia. Por outro lado, é altamente improvável que os seus supostos titulares de fato, Sérgio Cabral, Wilson Carlos e Carlos Miranda, que até o momento sequer admitiram vinculação com tais recursos, comprovem a origem lícita desse montante. Por conseguinte, a decretação do perdimento dessa quantia é medida que se mostra extremamente provável”, diz o juiz em sua decisão.

Além do Estado, a União também é provável lesada pelo esquema. “É intuitivo que, ante as várias circunstâncias que a todo momento confirmam as suspeitas iniciais, tanto a União Federal quanto o Estado do Rio de Janeiro teriam sido lesados pelos crimes ora apurados”, diz Bretas. Os irmãos Chebar entregaram em torno de R$ 270 milhões.

“Entendo ser razoável e justo que ao menos parte dos valores já recuperados seja revertida para o pagamento dos servidores estaduais, em especial os que atualmente mais sofrem com a incapacidade financeira do Estado do Rio de Janeiro de pagar suas despesas de pessoal”, afirmou.

O juiz destacou ainda que, com a corrosão dos orçamentos públicos, altamente depreciados pelo “custo-corrupção”, toda a sociedade tende a ser chamada a cobrir seguidos “rombos orçamentários”.

“Aliás, essa a razão que levou o governador do Estado do Rio de Janeiro a decretar recentemente o Estado de calamidade pública devido à crise financeira que vem impedindo o pagamento regular dos servidores estaduais, ativos e inativos”, acrescenta Bretas. Com informações do Estadão Conteúdo.

Exército abre vagas em Fortaleza com salários de até R$ 6,4 mil

O Comando da 10ª Região Militar divulgou edital de seleção para contratação de Oficial Técnico Temporário (OTT) com formação em Direito, Ciências Contábeis e Engenharia Elétrica. Os selecionados vão atuar em Fortaleza e Teresina.

Os salários variam de R$ 3,5 mil a R$ 6,4 mil. A seleção é para contrato temporário, com atuação de um ano com prorrogação anual, sendo o período máximo de oito anos.

Confira o edital completo

A seleção também prevê a função de Sargento Técnico Temporário (STT) Técnico em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Enfermagem, Técnico em Manutenção de Equipamentos Médico Hospitalar e Técnico em Informática.

Os interessados devem se inscrever de 22 a 31 de março. Em Fortaleza, o endereço para inscrição em Fortaleza é Avenida dos Expedicionários, 1589, Bairro de Fátima; em Teresina, na Avenida Frei Serafim, 2833. Nas duas cidades, o horário de inscrição é das 8h às 11h30 e das 13h às 16h, de segunda a quinta-feira. Na sexta, o horário é das 8h às 11h30.

Em Fortaleza, a seleção prevê a contratação de Oficial Técnico Temporário (OTT) com formação em Direito, Ciências Contábeis e Engenharia Elétrica.

Já para Teresina, as vagas são para Oficial Técnico Temporário formado em Psicologia e para Sargento Técnico Temporário Técnico em Enfermagem.

g1

Mãe de bebê achado morto diz que bebeu e dormiu sobre criança na BA

A mãe do bebê de quase dois meses que foi encontrado morto dentro de casa, no bairro de Pirajá, em Salvador, de 25 anos, disse em depoimento à Polícia Civil que adormeceu logo após amamentar a criança e com isso, dormiu por cima da filha. Conforme a polícia, a perícia já confirmou que a menina foi asfixiada.

Ainda em depoimento, a mulher disse que dormiu por cerca de cinco horas e ao despertar percebeu que a filha não acordava. Ela chegou a acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas o bebê já estava morto. A mulher também contou a polícia que havia ingerido bebida alcoólica ao longo do dia.

Por conta da situação, a mãe está presa na carceragem da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), onde vai permanecer à disposição da Justiça. Ela foi autuada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

g1