Guilherme Arantes fará show no Crato, dia 16

O Sistema Fecomércio-CE, por meio do Sesc, traz ao Ceará Guilherme Arantes pelo projeto “Estacionamento da Música”. O cantor celebra 40 anos de carreira e se apresenta em shows pelas cidades do Crato (16/3), Sobral (17/3) e Fortaleza (18/3).

Cantor e instrumentista de qualidade, Guilherme Arantes emplacou desde os anos 70 sucessos que embalaram a vida de milhões de pessoas. Canções como “Meu Mundo e Nada Mais”, “Amanhã” e “Planeta Água”, além de outras músicas eternizadas pelas vozes de Maria Bethania, em “Brincar de Viver”, e Elis Regina em “Aprendendo a Jogar”, estão no vasto repertório do artista.
Os ingressos podem ser adquiridos no setor de Relacionamento com Clientes das Unidades Sesc. Os sobralenses podem garantir suas entradas a partir do dia 3/3; no Crato, as entradas estão disponíveis a partir do dia 6/3; e em Fortaleza, as vendas iniciam no dia 8/3.
SERVIÇO
Estacionamento da Música – Guilherme Arantes
Programação
16/3 – Crato
Local: Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443)
Horário: 20h30
Entrada: R$ 10 + 1kg de alimento não perecível (comerciário), R$ 15 + 1kg de alimento não perecível (conveniado), R$ 20 + 1kg de alimento não perecível (usuário)
*Vendas a partir do dia 6 de março no setor de Relacionamento com Clientes da Unidade Crato do Sesc
17/3 – Sobral
Local: Estacionamento da Escola Educar Sesc Sobral (Rua Dom Lourenço, 855)
Horário: 21h
Entrada: Entrada: R$ 10 (comerciário), R$ 15 (conveniado) e R$ 20 (usuário)
*Vendas a partir do dia 3 de março no setor de Relacionamento com Clientes da Unidade Sobral do Sesc
18/3 – Fortaleza
Local: Unidade Fortaleza do Sesc (Rua Clarindo de Queiroz, 1740)
Horário: 21h
Entrada: R$ 20 (comerciário), R$ 30 (conveniado), R$ 40 (usuário)
*Vendas a partir do dia 8 de março no setor de Relacionamento com Clientes da Unidade Fortaleza do Sesc

Professor Gilson sugere uso do Teatro Municipal por escolas

O vereador Professor Gilson (PT do B), apresentou requerimento sugerindo que o Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva passe a ser utilizado por escolas públicas do Crato. O equipamento é localizado à Rua José Carvalho, no Centro, e também possui acesso no Calçadão.

“Uma instituição dessa, onde o mundo precisa de cultura e o princípio fundamental da alavancada de um país é a educação, nada melhor do que um teatro como esse”, afirma Professor Gilson. “Então que ele faça convênio com as escolas públicas estaduais e municipais no sentido de possibilitar o surgimento e o crescimento de talentos dentro da linha do teatro, da arte, da cultura de uma forma geral”.

Segundo o parlamentar, o equipamento não funciona há anos. “Fechado, não produz absolutamente nada de intelecto e estou pedindo para que o secretário de Cultura, na pessoa do prefeito que comecem a pensar no bom funcionamento do teatro como forma de revelar talentos, de ocupar os jovens, de instrumentar o processo cultural da juventude”.

Professor Gilson ainda se comprometeu a entrar em contato com o secretário de Cultura do Crato e com o prefeito Zé Ailton Brasil para tratar da reabertura do Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva. Conforme o parlamentar, “o prefeito tem abertura democrática” para tratar dessa e outras questões com os vereadores cratenses.

Diretoria da Imprensa – Câmara de Vereadores do Crato
Contato: (88) 3523-2749

Em 67 dias de 2017 Ceará registra 671 homicídios, um assassinato a cada duas horas e 15 minutos

Nada menos, que  671 pessoas foram assassinadas no Ceará neste começo de ano. Em apenas 67 dias de 2017, a média de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte no estado é de 10 casos por dia, ou seja, à cada duas horas e 15 minutos uma pessoa é morta de forma violenta.

Em janeiro, 349 pessoas foram assassinadas no Ceará, conforme estatísticas reveladas pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), sendo 123 casos em Fortaleza, 88 da região metropolitana e mais 138 no Interior (45 no Interior Norte e 94 no Interior Sul).

Em fevereiro, cujos números oficiais  não foram ainda  divulgados pela SSPDS, 254 pessoas foram mortas no estado, sendo 83 na Capital, 55 na RMF, 51 no Interior Norte e mais 65 no Interior Sul.

Já neste mês de março, entre os dias 1º e 8, já foram contabilizados 68 homicídios, sendo 31 em Fortaleza, 11 na RMF, 12 no Interior Norte e 14 no Sul.

Violência

A Capital cearense já foi palco em 2017, de 237 crimes de morte. Em seguida, o Interior Sul, com 172 casos. Depois, vem a Região Metropolitana de Fortaleza, com 154. Por último, a Região do Interior Norte aparece na estatística com 108 casos de homicídios neste ano.

A disputa pelo tráfico de drogas, as execuções sumárias  por vingança ou “acerto de contas”, os crimes passionais e as mortes decorrentes de intervenção policial são os maiores causadores da altíssima estatística da violência no Ceará.

A maioria dos crimes ainda está sob investigação policial e seus autores, portanto, permanecem impunes, não sendo, sequer, identificados.

A SSPDS lançou uma série de operações de ocupação nas áreas de Fortaleza consideradas de maiores risco para a segurança de seus moradores. A Barra do Ceará, por exemplo, é palco da operação batizada de “Marco Zero”, e o objetivo da Polícia é sufocar a ação de traficantes de drogas que estão em “guerra” pelo domínio na venda de drogas naquele setor da cidade.

Em quase uma semana de ocupação da PM nas comunidades das Goiabeiras, Vila Velha e Parque Leblon, os registros de homicídios caíram vertiginosamente, provando que a ação da Polícia em sufocar os traficantes e suas quadrilhas é uma das melhores saídas para fazer a estatística do crime desabar.

Por FERNANDO RIBEIRO

cearanews7

SETUR realiza reunião para alinhamento da Semana Padre Cícero e V Simpósio Internacional do Padre Cícero

Juazeiro do Norte sediará dois grandes eventos durante o mês de março, voltados para a comemoração de aniversário do Padre Cícero Romão Batista e estudos acadêmicos em torno da figura do sacerdote, com grande participação do público. Com a finalidade de discutir o processo de atuação da administração municipal, foi realizado na última terça-feira, reunião sobre a Semana Padre Cícero e o V Simpósio Internacional do Padre Cícero, que acontecem simultaneamente.

A reunião foi o início de um alinhamento para fomentar a parceria da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, através das Secretarias de Turismo e Romaria (SETUR), Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST), Educação (SEDUC), Desenvolvimento Econômico (SEDEC), e Esporte, Juventude e Cultura (SEJUC), com a Universidade Regional do Cariri (URCA).

Além dos secretários dessas pastas, estiveram presentes os membros da comissão organizadora do Simpósio, a presidente da Fundação Memorial Padre Cícero, Cristina Holanda, e os técnicos de Cultura do Serviço Social do Comércio (SESC). Durante os dias 20 a 24 de março, entre a programação prevista, como palestras, mesas redondas, rodas de conversas, grupos de trabalho e lançamentos de livros, o SESC preparou programação cultural, com apresentações de artistas populares da região e de outros estados, como grupos de reisados, bandas cabaçais, quadrilhas, além de espetáculos musicais, de danças, de literatura e exposições de vídeo documentários e esculturas.

Todas as apresentações estarão dentro dos eixos temáticos tanto da Semana Padre Cícero, que contará com o V Simpósio Internacional do Padre Cícero dentro de sua programação, com o tema ‘Reconciliação… E agora? ’. Serão narrativas sobre a vida do Padre Cícero no contexto político e religioso. “Esses eventos se revestem de uma importância, devido a sua temática. Pretendemos trazer discussões que façam diferença na sociedade”, afirmou a coordenadora geral do Simpósio, Professora Fátima Pinho.

Nesse sentido, será debatido com a Assembleia Legislativa a criação de uma frente parlamentar pela beatificação do Padre Cícero. A partir disso, será realizado um abaixo-assinado, a ser iniciado no V Simpósio, e que permanecerá depois de seu término.

Este ano, além missas, renovações das famílias juazeirenses ao Sagrado Coração de Jesus, procissões e a tradicional Corrida Padre Cícero, as festividades também são em comemoração aos 173 anos do nascimento do Patriarca de Juazeiro do Norte. “Para marcar o momento, serão dispostas 173 mesas, com quatro cadeiras cada para a festa das famílias, na praça da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Cada uma traz um bolo para cantar os parabéns da figura central do evento, o Padre Cícero”, afirmou a coordenadora de romarias da SETUR e da Semana Padre Cícero, Leda Barros.

CEREST discute precarização do Trabalho com servidoras em Seminário

Começou nesta quarta-feira, 8, o I Seminário sobre Precarização do Trabalho e Implicações na Saúde das Trabalhadoras, promovido pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST. O evento acontece até a próxima sexta-feira, e além de palestras vai trazer momentos de lazer, sessões de massoterapia e até uma aula de defesa pessoal.

No primeiro dia, as participantes contaram com uma palestra da Procuradora do Ministério Público do Trabalho, Lorena Brandão, que falou sobre as lutas e conquistas das mulheres ao longo dos anos, e mostrou as estatísticas de denúncias que chegam ao MPT relacionadas a assédio moral e sexual, discriminação, entre outras situações. Segundo a Procuradora, o MPT “investiga muitos casos. Essas são condutas que adoecem as mulheres, ferem a dignidade das trabalhadoras, e atuamos repressivamente investigando esses casos e chamando os infratores para firmar termos de ajustamento de conduta. Caso isso não aconteça, podemos entrar com uma ação contra essas pessoas”, explica.

Além desta, houve palestras sobre saúde da mulher, orientações de como elas devem se cuidar e também direitos das mulheres dentro do ambiente de trabalho. Segundo a coordenadora do CEREST, Silvia Rodrigues, a ideia de promover um momento como esse veio como com o objetivo de não deixar passar em branco uma data tão importante.

No evento também aconteceu a posse da Comissão de Juazeiro do Norte da União Brasileira de Mulheres – UBM. A Presidente, Ângela Maria, que é agente comunitária de saúde há 26 anos, disse que “é um privilégio enorme estar na comissão. Nos meus trabalhos, já acompanhei vários casos de mulheres que foram agredidas fisicamente e psicologicamente. Eu mesmo já passei por isso, e hoje me sinto orgulhosa por ter superado, e me curado. Por ter tido essas experiências, ajudo as mulheres que passam por isso, e a partir de agora vamos encaminhar essas mulheres para os órgãos competentes, para que sejam orientadas e assistidas como devem ser”.

Previjuno realiza confraternização com servidoras em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

O Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno), órgão responsável por gerir a previdência do quadro efetivo de funcionários da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, realizou, na manhã deste dia 08, um coffee break para as servidoras da entidade, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

 A Gestora do Previjuno, Maria das Graças, ressaltou a importância desse dia a todas as mulheres. “Nós decidimos fazer hoje uma homenagem às servidoras, e também a todas de alguns conselhos, porque quando se fala de mulher imaginam apenas uma pessoa delicada, frágil, mas na realidade não é. A mulher é forte, batalhadora, e a cada dia está mostrando sua capacidade no mercado de trabalho, associada as relações com sua família, amigos, conseguindo fazer várias tarefas com determinação”, destaca.

Durante o coffee break, o professor Luiz Severino declamou poesias e cantou músicas dedicadas à mulher, que desconstroem ditados e rimas que as desvaloriza. “Mulher no volante perigo constante, mas isso é mentira eu digo minha gente, pesquisa realizada diz que a mulher na estrada causa menos acidente”. O trecho faz parte de uma música do Padre Alessandro e foi declamada pelo professor que leciona na Escola Modelo Vereador Francisco Barbosa.

Atualmente a maioria dos funcionários do Previjuno são mulheres e, segundo Maria das Graças, profissionais excelentes e detalhistas. Os servidores da entidade são compostos por 14 mulheres e nove homens, totalizando 23 funcionários. De acordo com ela, as homenagens à mulher têm que ser todos os dias.

Coordenação de Comunicação

Prefeitura de Juazeiro do Norte
Informações para imprensa: (88) 3566-1002
E-mail: imprensa@juazeiro.ce.gov.br
Site: www.juazeiro.ce.gov.br

Assembleia debate crise na assistência ao doente renal no Ceará

Por Marcel Bezerra:

“O atraso nos repasses financeiros aos serviços de nefrologia pode comprometer o atendimento aos doentes renais crônicos do Ceará. As clínicas estão sucateadas e vão mal do ponto de vista financeiro” A afirmação é do presidente da Associação dos Pacientes Renais do Ceará (Asprece), Sebastião Sobreira.

O assunto será um dos principais temas a serem discutidos na audiência pública que a Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa realiza nesta quinta, 9 de março, a partir das 14h30, no Complexo das Comissões Técnicas. Requerida pelo deputado estadual Manoel Santana, a audiência vai discutir a assistência ao doente renal no Ceará e acontece por ocasião do Dia Mundial do Rim, celebrado nesta data.

Segundo Sebastião Sobreira, se os atrasos nos pagamentos das Prefeituras às clínicas credenciadas não forem solucionados no curto prazo, podem levar à uma situação muito grave. “Uma pessoa que depende de hemodiálise três vezes por semana pode morrer se ficar sem o atendimento”, explica. Fundada pelo médico Ezequiel Menezes há exatos 30 anos, a Associação luta pela garantia de medicamentos e amparo social aos doentes renais, com o objetivo de melhoria da qualidade de vida e bem estar.

Segundo o médico nefrologista Moisés Santana, um dos responsáveis pela descentralização do atendimento aos doentes renais crônicos no Ceará, o Estado conta atualmente com 26 unidades de hemodiálise, sendo 12 em Fortaleza. Cerca de 4.300 pacientes estão em terapia nas clínicas e centros credenciados, para onde 45 ainda aguardam atendimento enquanto fazem hemodiálise no HGF, Frotinhas, Gonzaguinhas e no hospital Waldemar de Alcântara.

“Em algumas microrregionais de Saúde onde as clínicas foram construídas para oferecer o serviço de hemodiálise aos pacientes, o atraso no repasse dos recursos chega a seis meses”, detalha Moisés Santana. Segundo ele, as clínicas arcam também com muitos custos não previstos nos convênios, como medicação, alimentação de pacientes e examescomplementares, o que agrava ainda mais a situação financeira das unidades. “Estamos caminhando para um colapso no atendimento ao doente renal crônico do Ceará”, alerta

No Dia Mundial do Rim são realizadas ações em todo o mundo com o objetivo e divulgar as informações relacionadas à prevenção de doenças renais. De acordo com Dr. Santana, o Ceará detém alto índice de doentes renais, o que torna oportuno discutir o tema.

“Precisamos informar a população sobre este grave problema de saúde pública, a prevenção e a importância do diagnóstico precoce,  e avaliar as condições atuais dos serviços existentes para assistência ao doente renal”, acrescenta o deputado Manoel Santana.

Foram convidados para a audiência, a promotora de Justiça de Defesa de Saúde Pública, Isabel Porto; o presidente da Associação Médica Cearense, Carmelo Leão; o presidente do Conselho Regional de Medicina, Ivan de Araújo Fé; a presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Mayra Isabel Correia; além de representantes das secretarias municipal de Fortaleza e estadual de saúde, e outras autoridades.

Mais informações:

Associação dos Pacientes Renais do Ceará (Asprece), Sebastião Sobreira – Fone: (85) 98623-4838

Moisés Santana, médico nefrologista – Fone (85) 9984-3882

Manoel Santana, deputado estadual, autor do requerimento – Fone (85) 99947-0201 / 3277-2995

Câmara de Juazeiro entrega título de cidadania a Desembargador Federal

O Poder Legislativo de Juazeiro do Norte entrega na tarde desta quinta-feira (09), o Título Honorífico de Cidadania juazeirense ao Desembargador Federal Rogério de Meneses Fialho Moreira, presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).

A homenagem dar-se pela importância dos serviços prestados pelo magistrado ao município de Juazeiro.

O Título foi concedido pela Resolução de nº 839, de 23 de fevereiro de 2017. A cerimônia de entrega do Título de Cidadania ao Desembargador será realizada na sede do Poder Legislativo de Juazeiro, a partir das 16h, após a realização da Sessão Ordinária, desta quinta-feira, dia 9 de março de 2017. Antes, a comitiva do Tribunal estará inaugurando a Central de Conciliação e Mediação na Subseção de Juazeiro do Norte.

O Presidente da Câmara, vereador Glêdson Bezerra destaca a conquista como de grande importância à toda região do Cariri, uma vez que a Central atenderá a demanda de 31 municípios, e reconhece como merecida a homenagem ao Desembargador Fialho.

Assessoria de Comunicação da Câmara de Juazeiro

CCJ do Senado aprova união estável homoafetiva e possibilita conversão em casamento

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), o projeto de lei que altera o Código Civil para reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo e possibilitar a conversão dessa união em casamento. A votação foi terminativa e o projeto poderá seguir para análise da Câmara dos Deputados se não houver recurso para votação em plenário.

O Código Civil reconhece como entidade familiar “a união estável entre o homem e a mulher, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família”. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 612/2011 estabelece que a lei seja alterada para estabelecer como família “a união estável entre duas pessoas”, mantendo o restante do texto do artigo.

Em 2011, o Supremo Tribunal Federal reconheceu, por unanimidade, a união estável entre casais do mesmo sexo como entidade familiar. Na prática, a decisão significou que as regras que valem para relações estáveis entre homens e mulheres serão aplicadas aos casais gays. Em 2013, o Conselho Nacional de Justiça aprovou resolução que obriga os cartórios de todo o país a celebrar o casamento civil e converter a união estável homoafetiva em casamento em função de divergências de interpretação sobre o tema.

Agência Brasil