Obras da rodovia que liga Mauriti à Divisa CE/PB está próximo a 80% de apronto

Próximo de ficar pronta, as obras da CE-397, rodovia que liga o município de Mauriti passando pela localidade de São Miguel até a divisa com o estado da Paraíba, se aproxima dos 80% de serviços executados. O cronograma prevê que até o primeiro semestre de 2021 a população conte com a estrada em melhores condições de trafegabilidade para um deslocamento mais seguro e confortável.

“É uma obra de fundamental importância para o Estado, a qual vai ajudar a fomentar mais ainda o turismo religioso da Região do Cariri, além de facilitar o escoamento das produções entre os dois Estados, Ceará e Paraíba”, destaca Quirino Ponte, gerente de Obras Rodoviárias da Superintendência de Obras Públicas (SOP).

É um trecho de 33 km que está recebendo serviços de pavimentação e também de restauração. De acordo com Quirino Ponte, passa por pavimentação o segmento entre o distrito de São Miguel ao Estado da Paraíba, enquanto de Mauriti ao distrito é restaurado.

Os dois trechos estão recebendo serviços preliminares de pavimentação, revestimento asfáltico, bueiros, drenagem, proteção ambiental e sinalizações (vertical e horizontal). As intervenções são viabilizadas por investimento de cerca de R$ 22 milhões do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Complexo poliesportivo garantirá mais oportunidades para crianças e jovens do Tancredo Neves

No local foram construídas uma areninha, duas quadras de futsal, uma de areia e receberá a Praça Mais Infância

“Mais do que fazer jogador profissional de futebol o que a gente busca fazer aqui são homens”. A filosofia é do treinador Juca do Tancredo, que assim como Carlinhos do Cotan (Comunidade do Tancredo) toca um projeto que garante acesso de crianças e adolescentes ao mundo do esporte. Os treinadores comemoraram nesta sexta-feira, 20, a inauguração do Complexo Poliesportivo do Tancredo Neves, em Fortaleza.

Nesta manhã o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio estiveram no local fazendo a entrega do espaço que recebeu a 181ª Areninha no Estado. Hoje são 116 no interior e 65 na Capital. “Aqui vai ser todo urbanizado, com paisagismo e pista para a população fazer caminhada. Será uma espécie de Adahil Barreto”, disse o governador fazendo referência ao Parque Estadual Adahil Barreto, também situado na área do Parque do Cocó. “É mais um espaço importante para a comunidade do Tancredo Neves, que reivindicou muito e hoje estamos entregando nessa parceria com a Prefeitura, a primeira etapa dessa obra”.

Camilo Santana ressaltou a importância de a comunidade ocupar os espaços públicos que estão sendo iluminados e urbanizados. “Ações como esta de hoje valorizam cada vez mais o espaço importante que temos aqui em Fortaleza que é o Parque do Cocó”. Além da Areninha, também foram entregues uma quadra poliesportiva, duas quadras de futsal e uma quadra de areia. O investimento total da obra foi de R$ 2.033.530,92. Na mesma ocasião foi dada a Ordem de Serviço para a construção da Praça Mais Infância, a ser implantada, no mesmo complexo do Conjunto Tancredo Neves, que deve receber investimento de R$ 767.318,96.

O complexo poliesportivo, de acordo com o prefeito Roberto Cláudio, mais do que uma obra física, representa um presente muito valioso para Fortaleza. “É uma área de lazer super qualificada, que vai dar acesso e inclusão ao esporte, a um espaço público para moradores de todas as idades aqui do Tancredo Neves. Mas em especial, vai servir para ocupar a mente e o corpo da juventude e da criançada”.

Ainda conforme ressaltou o prefeito de Fortaleza, essa é uma das apostas que Governo do Ceará e Prefeitura têm feito na perspectiva de prevenir a violência e criar cultura de paz. Roberto Cláudio também destacou a importância ambiental do complexo. “Proteger um parque de mais de 1500 hectares como o Cocó é um grande desafio para qualquer Nação no mundo e uma das formas de zelar é ocupar e qualificar as margens desse patrimônio ambiental com espaços de lazer para que a população possa tornar aquilo seu, fazer uso e cuidar do espaço de grande valor ambiental”.

Oportunidade que multiplica

Somadas, as escolinhas de futebol do Juca e do Carlinhos abrigam quase 250 futuros atletas, entre meninos e meninas. O orgulho dos treinadores é serem responsáveis pelo início de carreira de diversos jogadores e jogadoras que hoje atuam até fora do país. Se antes o retângulo de terra batida onde 22 pessoas ocupavam o espaço pequeno de campo society dava bons frutos, agora o “céu é o limite”, como bem diz Carlinhos, comemorando a inauguração na manhã desta sexta-feira. “Nosso trabalho será ainda mais valorizado e ampliado na comunidade”, avalia Carlinhos, da Comunidade do Tancredo (Cotan). “Procuramos educar os meninos e afastá-los da criminalidade. Esse é o nosso trabalho. Tínhamos um campo pequeno e quando falaram que íamos ganhar uma areninha nós explicamos que precisávamos de um campo de onze e fomos contemplados com essa ‘arenona’ que melhora tudo e faz a gente acreditar que virá ainda mais menino e menina jogar futebol”, disse Juca.

Participaram da entrega do complexo o secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno; o deputado estadual Acrísio Sena; a vereadora de Fortaleza Larissa Gaspar; Ciro Lima, secretário de Esporte e Lazer de Fortaleza; Paulo Lira, gestor do Parque do Cocó e lideranças locais, como a aposentada Raimundinha, carinhosamente conhecida no bairro como dona Mundinha.

Após 4 dias de paralisação, garis voltam ao trabalho em Juazeiro do Norte

Após quatro dias de paralisação, os trabalhadores da limpeza pública de Juazeiro do Norte retomaram às atividades na manhã desta sexta-feira, após uma reunião, ocorrida na Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos, com representantes da categoria dos funcionários da limpeza pública e da empresa MXM Empreendimentos.

No encontro, ficou definido o retorno dos trabalhadores aos seus postos de trabalho, com isso, efetivando a limpeza pública em toda a cidade. A Semasp já havia anunciado os repasses realizados à empresa prestadora dos serviços, e solicitou que houvesse celeridade no retorno das atividades, diante da resolutividade dos pontos reivindicados. A categoria se mostrou satisfeita e firmou, mais uma vez, compromisso e lealdade para com a população juazeirense.

Líderes mundiais pedem ao G20 financiamento para vacinas e testes

Carta foi enviada antes da cúpula virtual do bloco, na Arábia Saudita

Os líderes do G20 precisam ajudar a cobrir um déficit de financiamento para a compra de vacinas, medicamentos e testes destinados ao combate da pandemia de covid-19. O apelo consta em carta do presidente da África do Sul, do primeiro-ministro da Noruega, dos chefes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Comissão Europeia.

A carta, de acordo com a Reuters, foi enviada antes da cúpula virtual do Grupo dos 20 no fim de semana em Riad, na Arábia Saudita, que atualmente detém a presidência rotativa do bloco, composto por nações ricas e grandes potências emergentes.

“Um compromisso dos líderes do G20 na cúpula em Riad, de investir substancialmente no déficit de financiamento imediato do ACT (Access to Covid-19 Tools) Accelerator de US$ 4,5 bilhões, salvará vidas imediatamente, estabelecerá as bases para aquisição e entrega em massa de ferramentas voltadas para a doença em todo o mundo e fornecerá uma estratégia de saída para esta crise econômica e humana global”, diz o texto.

O ACT Accelerator é um projeto liderado pela OMS, que também visa a garantir vacinas contra a covid-19, exames de diagnósticos e equipamento de proteção para países mais pobres.

A carta também pede aos líderes do G20 que se comprometam conjuntamente com “uma proporção dos gastos de estímulo futuro” nas ferramentas, que têm como objetivo particular garantir o abastecimento de países de baixa renda.

Os signatários foram o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e a presidente da União Europeia, Ursula von der Leyen.

“Envolver os ministros das Finanças agora para realmente levantar todo o dinheiro de que precisamos, não apenas o dinheiro urgente necessário para 2020, mas garantir que estamos financiando totalmente o trabalho do ACT Accelerator é muito importante”, disse à Reuters Dag Inge Ulstein, ministro norueguês de Desenvolvimento Internacional, em Genebra.

“As próximas semanas serão muito, muito cruciais”, acrescentou.

A iniciativa, criada pela OMS e pelo grupo de vacinas Gavi, excedeu a meta provisória de arrecadar mais de US$ 2 bilhões para comprar e distribuir vacinas contra a covid-19 para os países mais pobres. Na semana passada o grupo recebeu a informação de que ainda seria preciso mais dinheiro.

São necessários cerca de US$ 28 bilhões para financiar totalmente a aquisição e distribuição de vacinas, medicamentos e testes, que von der Leyen disse ser equivalente à “mesma soma que os setores de transporte e de turismo global perdem em apenas dois dias de bloqueio”.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Oficial da PMCE se torna primeira mulher comandante de aeronave da história da Ciopaer Ceará

Um dia que simboliza a força e a dedicação de todas as mulheres que compõe o Sistema de Segurança Pública cearense. Assim é possível descrever esta quinta-feira, 19 de novembro, data que marcou a solenidade de ascensão da Capitã PMCE Lívia Marinho de Carvalho Galvão, que consagrou-se como a primeira mulher comandante de aeronave da história da Coordenadoria Integrada de Operações de Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Com a presença de chefes de vinculadas, servidores e civis, a oficial chegou ao hangar da Ciopaer comandando a Fênix 03, ao lado do coordenador da Ciopaer, coronel PMCE Ronaldo Pires, tendo como passageiro o secretário da SSPDS, Sandro Caron.

Ao desembarcar da aeronave, a oficial tomou o tradicional banho de mangueira que marca o batismo de piloto em comando de aeronave. Emocionada, ela expressou a sua gratidão e falou que esse é um momento esperado desde o início da carreira na Coordenadoria. “Com imensa satisfação que estou aqui hoje. Esse é um momento que todos os pilotos almejam, o comando de aeronave. Quando a gente entra aqui na Ciopaer como aluno-piloto, acha isso algo tão distante. E realmente é. E aqui estou eu, primeiramente agradecendo a Deus, que me deu o dom, que guia meus caminhos e a minha vida para que eu consiga exercer a minha profissão com muito amor e dedicação. Queria agradecer ao comandante Ronaldo, ao secretário Caron e a todos que acreditaram e que trabalharam em prol para que isso tudo acontecesse”, disse.

A capitã iniciou o treinamento de elevação de nível em julho de 2020, cumprindo com êxito e em conformidade com o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil – RBAC 90 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A oficial já possuía a licença de piloto privado de helicóptero (PPH), obtida em novembro de 2012, e a licença de piloto comercial de helicóptero (PCH), em dezembro de 2013.

Sandro Caron, secretário da SSPDS, falou sobre a emoção de ver um momento como esse que marca o início de um novo caminho para as mulheres. “Digo aos senhores de coração, sempre procuro falar como secretário de forma técnica, mas esse é um daqueles poucos momentos em que é impossível ser apenas técnico. Uma simples razão: desde que aqui assumi, esse é o momento em que mais me emocionei. Não há dúvida nenhuma disso. Me emocionei pelo sucesso da capitã Lívia, me emocionei por uma quebra de paradigma, me emociono pelo caminho que agora se abre para todas as mulheres na segurança pública do Estado do Ceará”, revelou.

O comandante da Ciopaer, coronel Ronaldo Pires, enalteceu as qualidades da nova comandante de aeronave e falou sobre a gratidão desse momento histórico ter ocorrido durante o seu comando. “Este é um momento ímpar na história da Ciopaer. Estamos de frente a uma pioneira, a primeira mulher comandante de aeronave da Coordenadoria. Em especial para mim, como gestor, é um momento único poder ter proporcionado à capitã Lívia todos os meios para que ela se habilitasse como a primeira mulher comandante. É uma vitória não só da Ciopaer, não só da Segurança Pública, é uma vitória das mulheres, representadas aqui pelo esforço e dedicação da capitão Lívia. A capitã Lívia, com honra e mérito, mostra mais uma vez que lugar de mulher é onde ela quiser”, disse.

Por último, a capitão deixou uma mensagem de empoderamento para todas as mulheres que almejam ascender em suas carreiras profissionais. “Eu desejo garra, porque os desafios aparecem para que a gente consiga superá-los. Não baixar a cabeça ou aceitar o não como resposta. Devemos sempre transpor as barreiras que aparecem”, finalizou.