LOGO-NEWS-CARIRI

Central de Ventiladores Mecânicos garante funcionamento de 103 leitos de UTI

Foto: Ariane Cajazeiras

Publicidade

Criada pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e a Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), a Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios (CVMER) já entregou 103 ventiladores para unidades de saúde.

Essencial para a manutenção da vida de pacientes com Covid-19 em estágio avançado, cada ventilador permite a criação de um novo leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em três meses de atuação, a CVMER salva vidas e impacta positivamente a Saúde do Ceará.

“Imaginando que cada ventilador mecânico pode atender três pessoas por mês, o reparo de 103 ventiladores mecânicos já possibilitou o tratamento de mil pessoas. A Central faz história e salva vidas”, destaca o superintendente da ESP/CE e coordenador técnico da CVMER, Marcelo Alcantara.

Os respiradores são doados à Central ou repassados por unidades de saúde, como policlínicas, hospitais municipais e regionais, para manutenção corretiva. Após o reparo, que ocorre sem custo, os equipamentos retornam às unidades de origem ou são redistribuídos de acordo com a demanda de leitos de UTI da capital e do interior do Estado.

Alguns equipamentos, mesmo que de ponta, já não são mais produzidos no mercado. Por isso, algumas peças são produzidas na própria CVMER graças à expertise da equipe especializada. A manutenção é feita por engenheiros clínicos, civis, mecânicos e de produção, além de técnicos especialistas em usinagem e ferramentaria, apoiados por profissionais de saúde como médicos e fisioterapeutas.

“A Central de Ventiladores Mecânicos permitiu ao Ceará evoluir no conserto dos respiradores com base em critérios técnicos que assegurem o reparo adequado e a segurança do paciente”, salienta David Guabiraba, engenheiro clínico da CVMER.

O conserto é possível a partir de parceria entre Governo do Estado, Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Senai e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), além de outros órgãos voluntários.

Novas ações e legado da pandemia

A CVMER agora avança para um novo passo. A Central será transformada num espaço de capacitação técnica a partir de parceria entre Senai e ESP/CE, que vai oportunizar o treinamento e formação de novos profissionais.

O caráter preparatório, no entanto, já é uma marca do projeto. Para realizar a intervenção dos ventiladores mecânicos captados, os engenheiros e técnicos foram treinados e têm a oportunidade de aplicar as habilidades adquiridas na recuperação dos itens.

Além disso, no espaço foram produzidos vídeos instrucionais sobre o funcionamento dos ventiladores mecânicos modelo VG70, um dos mais modernos e robustos do mundo, adquiridos na China pelo Governo do Ceará. A ação contempla cerca de 1.500 profissionais que atuam na linha de frente e passam por capacitação sobre ventilação mecânica em curso ofertado pela ESP/CE na modalidade a distância.

“O trabalho da Central permite que o Ceará tenha menos dependência tecnológica, mais profissionais qualificados nas áreas de engenharia clínica, manutenção de equipamentos de saúde e produção industrial, com inovação e agregação de valor ao nosso sistema de saúde. Temos um estado rico capaz de produzir tecnologia, de ensinar e formar pessoas para agregar valor à saúde”, salienta Marcelo Alcantara.

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas