LOGO-NEWS-CARIRI

Justiça absolve ex-prefeito do Crato em denúncia de mensalinho; outros 12 foram inocentados

Foto: Reprodução Instagram

Publicidade

Por Madson Vagner

O ex-prefeito Ronaldo Mattos foi acusado pelo Ministério Público de comprar votos para desaprovar as contas do ex-prefeito Samuel Araripe (PSDB), mas nada foi provado.

O ex-prefeito do Crato, Ronaldo Mattos (PSD), está livre das acusações de prática “mensalinho” na Câmara de Vereadores durante sua gestão (2012-2016). Ronaldo foi acusado pelo Ministério Público do Estado (MPCE) de comprar votos para desaprovar as contas do ex-prefeito Samuel Araripe (PSDB). A denúncia foi feita pelo próprio Samuel, sob acusação de improbidade administrativa.

Na decisão, o juiz José Batista de Andrade, da 1ª Vara Cível do Crato, entendeu não haver provas com “robustez e irrefutabilidade necessárias para firmarem um juízo de certeza” contra os acusados. A decisão foi publicada nessa terça-feira, 16.

A Ação Civil Pública, implicava ainda os vereadores Pedro Alagoano, Nando Bezerra, Celso dos Frangos, Luciano Saraiva, Dárcio Luiz, Marquim do Povão, Henrique Leite, Nágila Rolim, Galego da Batateira; os empresário Rivaildon Teles Braga e Laércio Teles Braga, além do ex-secretário do Crato, Rafael Branco, hoje suplente de deputado estadual. Todos foram inocentados.

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas