Desmate na Amazônia voltou a subir, apontam dados do Inpe

Este é o sétimo mês consecutivo do ano que apresenta valores mais altos do que o indicado em 2018

Os alertas de desmatamento na Amazônia no mês de outubro registrados pelo sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), voltaram a subir em relação ao mesmo mês do ano passado. Foi observada pelos satélites uma perda de 554,71 km², ante 526,66 km² em outubro de 2018 – alta de 5%.

Apesar de o ritmo de devastação ter diminuído em relação às perdas observadas em agosto e setembro, este é o sétimo mês consecutivo do ano que apresenta valores mais altos do que o indicado em 2018. De acordo com o Deter, o acumulado de 1.º de janeiro até 31 de outubro já chegou a 8.409 km² – aumento de 83% em relação ao mesmo período do ano passado, que teve uma perda de 4.602 km².

As taxas de desmatamento observadas nos dez meses deste ano são maiores do que as detectadas pelo Deter nos 12 meses dos três anos anteriores (2016, 2017 e 2018). O desmatamento continuou subindo mesmo com a presença das Forças Armadas na floresta, como o Estado mostrou em setembro.

Exército

Já as queimadas, objetivo principal de ação dos militares na região, de fato recuaram, chegando ao menor número em outubro da série histórica do Inpe. Mas, como a floresta continua sendo derrubada, especialistas alertam que os incêndios podem voltar com força.

O Deter é um sistema em tempo real que serve para orientar a fiscalização e não serve como taxa oficial do desmatamento. Este número é fornecido pelo sistema Prodes, também do Inpe, que registra a devastação sempre entre os meses de agosto de um ano a julho do ano seguinte, mas o Deter funciona como um indicativo do que está ocorrendo em campo e, em geral, a tendência que aponta, de alta ou baixa, é confirmada depois pelo Prodes. Como “enxerga” mais, o Prodes acaba indicando números ainda maiores.

Mesmo considerando o período de referência de desmatamento – agosto de um ano a julho do seguinte -, o cenário também é ruim. Entre 1.º de agosto e 31 de outubro, o Deter observou uma perda de 3.704 km² – mais da metade (54%) de tudo o que foi observado entre agosto de 2018 e julho deste ano – 6.840 km². As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Sete em cada 10 brasileiros acreditam em fake news sobre vacinas

Para muitos brasileiros “há boa possibilidade de as vacinas causarem efeitos colaterais graves”

Dez afirmações falsas recorrentes sobre vacinas foram apresentadas a mais de 2 mil entrevistados nas cinco regiões do Brasil, e o resultado preocupa a Sociedade Brasileira de Imunizações: mais de dois terços (67%) disseram que ao menos uma das informações era verdadeira

A pesquisa foi feita pela sociedade médica em parceria com a organização não governamental Avaaz. Os questionários foram aplicados pelo Ibope entre 19 e 22 de setembro deste ano.

Entre os entrevistados, apenas 22% conseguiram identificar que as dez afirmações eram falsas. Mais 11% não souberam ou não responderam.

Para 24% dos entrevistados, “há boa possibilidade de as vacinas causarem efeitos colaterais graves”, quando, na verdade, os efeitos adversos graves são raríssimos. A segunda afirmação falsa mais recorrente foi “há boa possibilidade de as vacinas causarem a doença que dizem prevenir”, com 20% de concordância – uma em cada cinco entrevistas.

Apesar de as gestantes terem um calendário específico de vacinação formulado pelo Ministério da Saúde, 19% dos entrevistados concordaram com a afirmação falsa de que “mulheres grávidas não podem se vacinar”.

O presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Juarez Cunha, chama a atenção que mesmo afirmações absurdas tiveram concordância de parcelas consideráveis dos entrevistados. Para 14%, é correto afirmar que “O governo usa vacinas como método de esterilização forçada da população pobre”, e 12% disseram que “contrair a doença é, na verdade, uma proteção mais eficaz do que se vacinar contra ela”.

Entre os entrevistados, 13% assumiram que deixaram de se vacinar ou deixaram de vacinar uma criança sob seus cuidados. Os motivos para essa ausência incluem falta de planejamento (38%) e difícil acesso aos postos de vacinação (20%), mas também foram citados o medo de ter um efeito colateral grave (24%), o medo de contrair a doença através da vacina (18%) e alertas e notícias vistos na internet (9%). Cada entrevistado citou até três motivos.

“Fica constatado que as pessoas estão recebendo muita informação inadequada, e que essa informação inadequada tem circulado com cada vez maior frequência. Com certeza, é mais um dos motivos que tem impactado as nossas coberturas vacinais”, afirma Cunha.

Fonte: Notícias ao Minuto

 

Governo do Ceará inaugura novos leitos de UTI para crianças com doenças crônicas

Para auxiliar no atendimento às crianças com doenças crônicas, o Governo do Ceará, em parceria com a Sociedade de Assistência e Proteção à Infância de Fortaleza (Sopai), inaugurou nessa quinta-feira (14), a ala Maria de Lourdes Moreira Leite Lima, na unidade hospitalar da entidade. A partir da próxima segunda-feira (18), 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) serão disponibilizados para enfermos com tratamento emergenciais. O contrato entre o Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) e o hospital, para o custeio anual do novo espaço é de R$ 8 milhões.

“Essa nova ala faz parte do projeto de modernização da plataforma de saúde do Estado do Ceará. Estamos financiando os novos leitos, que vão atender crianças que necessitam de cuidados especiais e acompanhamento de profissionais capacitados. É preciso ter um olhar especial, cada vez mais carinhoso, atencioso e de acolhimento, com o nosso povo. Portanto, essa parceria com a Sopai, vem para proporcionar atendimento de qualidade a nossa infância”, destaca o governador Camilo Santana.

O novo espaço recebeu o nome da mãe da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, que se emocionou durante a entrega dos leitos. “Essa é uma manhã de muita alegria e emoção. Serei eternamente grata por essa homenagem à minha mãe, que foi uma mulher guerreira, batalhadora e que também doou parte da vida para se dedicar as crianças. Tenho nela esse exemplo, no qual continuarei determinada na missão de ajudar à infância cearense”, aponta.

A instituição, considerada de média complexidade, possui 365 leitos hospitalares e 380 funcionários, entre médicos e paramédicos. No local, são realizadas aproximadamente 18 mil consultas e 1.500 internações mensais. O mesmo funciona por meio de recursos oriundos do SUS e de doações. A unidade oferece consultas médicas, laboratório de análises clínicas, serviços de neurologia, exames de raio-x, eletroencefalograma, eletrocardiograma, tomografia, ultrassonografia e serviço de nutrição.

Segundo o diretor administrativo da Sopai, doutor Luís Eugênio França, os novos leitos auxiliarão no atendimento emergencial realizado pelo Estado. “Vamos receber os primeiros pacientes, oriundos do Hias, que passarão a ter todo o atendimento de nossa equipe. A nova ala Maria de Lourdes Moreira Leite Lima, vai ajudar, e muito, a diminuir os atendimentos não só do Hias, mas também do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, a Maternidade Escola Assis Chateaubriand e demais unidades cearenses”, afirma.

Mais vagas

No início do mês, o governador Camilo Santana entregou mais 35 leitos de UTI ao Estado, no Hospital Regional do Sertão Central. O equipamento é o terceiro hospital de alta complexidade construído pelo Governo do Ceará no interior. Somente em 2019, já realizou 3.893 internações, 3.175 cirurgias, 8.952 atendimentos ambulatoriais e 196.904 atendimentos de serviço de apoio e diagnóstico terapêutico.

Programa Mais Nutrição

Atualmente, a Sopai é uma das instituições atendidas pelo Mais Nutrição, que vem beneficiando mais de 13 mil crianças de 70 entidades dos municípios de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú. No total, já foram realizadas a doação de mais de 132 toneladas de alimentos, por meio da doação dos permissionários da Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE). Desse montante, três toneladas foram destinados ao Sopai.

O programa é estruturado em cima do combate ao desperdício de alimentos, enfrentamento à fome e com foco em uma alimentação saudável. A iniciativa, que proporciona a distribuição de frutas, legumes e verduras para entidades cearenses, tem o objetivo de orientar a população acerca do uso consciente dos alimentos e no auxílio do aproveitamento.

Crateús recebe estudantes premiados com notebooks e ganha nova base do SAMU

Para incentivar e reconhecer o bom desempenho dos estudantes de Ensino Médio, o governador do Ceará, Camilo Santana, esteve nesta quinta-feira (14) no município de Crateús e, acompanhado do prefeito Marcelo Machado, realizou a entrega de notebooks para 844 alunos do Ensino Médio das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes) 7, 13 e 15, sediadas respectivamente, em Canindé, Crateús e Tauá.

Quitéria Ferreira Balaco é diretoria da Escola de Ensino Médio Gaspar Dutra, em Crateús. Para ela os notebooks são uma forma de incentivar os alunos a sempre buscarem metas através do aprendizado. “Esse momento é de grande importância porque incentiva nossos alunos a continuarem se esforçando, frequentando a escola, tendo bom rendimento e buscando sempre as melhores notas”, ressaltou a diretora.

Para a estudante Ingrid Bezerra, o notebook é um estímulo a mais para cada estudante. “Alguns alunos ficam desfocados, e a cerimônia com a entrega de todos esses notebooks dá uma motivação a mais, sem falar que é um computador que vai ajudar nas pesquisas e nos estudos”, agradeceu a estudante de Crateús.

O Governo do Ceará investiu R$ 11,9 milhões na aquisição de 12 mil notebooks para a premiação de estudantes da rede pública estadual em 2019. Do total geral de contemplados, 2.619 alunos de Fortaleza e 1.060 da Crede 1 receberam a premiação no último mês de outubro. A solenidade de entrega dos notebooks aos alunos das Credes 7, 13 e 15 foi realizada na sede da Crede de Crateús, onde Camilo Santana, acompanhado da secretária de Educação Eliana Estrela, falou da importância do investimento na educação.

O prêmio foi instituído pela Lei 14.483, de 2009, regulamentada pelo decreto Nº 32.584, de 18 de abril de 2018. Recebem a premiação os alunos das 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, incluindo os da Educação de Jovens e Adultos do nível médio (EJA – Médio). O objetivo é incentivar e reconhecer o bom desempenho dos alunos do Ensino Médio.

Participaram da solenidade na Crede 13, o deputado federal Júnior Mano; os deputados estaduais Queiroz, Jeová Mota, Carlos Felipe e Walter Cavalcante; além de prefeitos e lideranças da região.

Base do SAMU

Após a solenidade da entrega dos computadores, o governador Camilo Santana, acompanhado de populares, seguiu a pé um percurso de 200 metros, do prédio da Crede até a nova base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Essa será a segunda base regional na Macrorregião Norte e a 66ª do Estado.

“Estamos entregando uma boa base para o SAMU, toda equipada, bem localizada e que vai atender toda região. São três ambulâncias com atendimento 24 horas. Serão 32 profissionais, os anjos azuis estão prontos para salvar vidas”, ressaltou Camilo Santana.

O Governo do Ceará investiu R$ 223.739,57 na reforma e adequação do prédio para o SAMU. Além disso, o Estado é responsável pelo investimento mensal com profissionais, medicamentos e manutenção do equipamento. O quadro de profissionais da saúde terá sete funcionários por turno de 12 horas, sendo um médico, uma enfermeira, três condutores socorristas e dois técnicos de enfermagem.

A nova base teve o apoio do Ministério da Saúde, que repassou as três ambulâncias, sendo duas de unidades de suporte básico (USB) e uma unidade de suporte avançado (USA).

Mais ambulâncias do SAMU

No último dia 29 de outubro, o governador Camilo Santana e o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, entregaram 49 ambulâncias para ampliação e expansão da frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Ceará). Até dezembro deste ano, serão entregues mais 18 ambulâncias, totalizando 67 veículos, sendo 60 Unidades de Suporte Básico (USB) e sete Unidades de Suporte Avançado (USA, UTI móvel). Com isso, ocorrerá a universalização do SAMU 192 Ceará, com cobertura nos 184 municípios cearenses.

As novas ambulâncias vão contemplar 60 municípios: Itaitinga, Aratuba, Caridade, Itatira, Amontada, Miraíma, Uruburetama, Banabuiú, Ibicuitinga, Jaguaretama, Jaguaribara, Pereiro, Aiuaba, Parambu, Icó (2), Lavras da Mangabeira, Catarina, Iguatu, Quixelô, Aurora, Mauriti, Milagres, Araripe, Crato, Santana do Cariri, Barbalha, Caririaçu, Jardim, Missão Velha, Cariré, Coreaú, Forquilha, Graça, Hidrolândia, Ipú (2), Irauçaba, Massapê, Reriutaba, Santa Quitéria (2), Santana do Acaraú, Acaraú (2), Bela Cruz, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Marco, Morrinhos, Croatá, Guaraciaba do Norte, São Benedito, Tianguá (2), Ubajara, Viçosa do Ceará, Crateús (2), Independência, Ipueiras, Novo Orienta, Tamboril, Barroquinha, Camocim (2), Granja.

O SAMU 192 Ceará funciona 24 horas por dia com equipes multiprofissionais de saúde, formada por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que prestam o socorro em qualquer lugar, seja ele privado (residências, locais de trabalho etc.) ou público (vias públicas), após chamada gratuita feita através do 192.

Defesa nega participação de Thaméa em pedido de impeachment de Gilmar

Thaméa Danelon foi citada por supostamente ter participado da elaboração do pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes

A defesa da procuradora regional da República Thaméa Danelon apresentou manifestação na reclamação disciplinar em curso no Conselho Nacional do Ministério Público na qual ela é citada por supostamente ter participado da elaboração do pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes, do Supremo. A defesa enfatiza que Thaméa não fez nada que ‘possa ser caracterizado como ilícito funcional’, além de haver ‘absoluta ausência de provas’.
Thaméa Danelon ostenta uma destacada carreira no Ministério Público Federal. Ela integrou a força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo.

A manifestação da defesa aponta que a reclamação disciplinar foi aberta a partir de mensagens trocadas por procuradores da República no aplicativo Telegram, que a peça classifica como ‘ilícitas e criminosas’, ‘obtidas por hackers já detidos e com amplos antecedentes criminais’.

Para os advogados Marcelo Knoepfelmacher, Felipe Locke Cavalcanti e Mariana Figueiredo Paduan, que representam Thaméa, as mensagens estariam suscetíveis a adulteração.

“Portanto, a utilização de tais pretensas provas para abertura de uma reclamação disciplinar, sem qualquer outro indício de prova hábil para amparar as alegações do pedido inicial, é completamente desprezível do ponto de vista jurídico.”

A reclamação é assinada pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia e diz que reportagem jornalística acusa Thaméa de ajudar na elaboração do impeachment a pedido do advogado Modesto Carvalhosa.

Marcelo Knoepfelmacher, Felipe Locke Cavalcanti e Mariana Figueiredo Paduan destacam que a procuradora rechaça ‘qualquer ilação a respeito de sua integridade’ no exercício da função pública. “Nega, ainda, veementemente, que tenha elaborado a peça processual de impeachment promovida e protocolada pelo advogado dr. Modesto Carvalhosa.”

A peça ressalta que o artigo 5.º, inciso LVI da Constituição Federal determina que ‘são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos’.

Os advogados de Thaméa citam o julgamento do habeas corpus 168.052 pela Segunda Turma do Supremo, em junho, no qual o próprio Gilmar considerou nulas as provas produzidas pela polícia com a apreensão do celular de um acusado sem a devida ordem judicial.

Fonte: Notícias ao Minuto

Desfiliação do PSL acontecerá nos próximos dias, afirma Bolsonaro

“A única certeza é que me desfilio nos próximos dias do PSL”, disse O presidente sobre seu novo partido

A desfiliação de Jair Bolsonaro do PSL acontecerá nos próximos dias, segundo anúncio realizado pelo próprio presidente, nesta quinta-feira, 14, em transmissão semanal ao vivo no Facebook. “Lançamos aqui, não de forma oficial ainda, o novo partido Aliança pelo Brasil. Está em estudo ainda. A única certeza é que me desfilio nos próximos dias do PSL”, disse.

Bolsonaro afirmou, no entanto, que a separação é “amigável” e chegou a agradecer “todo o apoio e consideração” que teve “até o momento” no partido. Ele ainda desejou “boa sorte” ao presidente nacional da legenda, deputado Luciano Bivar. “Cada um segue o seu destino, como uma separação. Infelizmente, acontece na vida da gente; já me separei uma vez, estou no segundo casamento”.

Bolsonaro reclamou também da imprensa. “A imprensa está dizendo que vai ser o nono partido do Bolsonaro. Olha a má-fé! Que fosse o trigésimo partido”, declarou. Mas, afirmou, não se pode considerar fusão de partido como mudança de legenda. Ele disse que, por esse critério, passou por cinco siglas.

Na transmissão, o presidente confirmou que irá assistir ao jogo entre Santos e São Paulo, na Vila Belmiro, nesta sexta-feira, 15.

Bolsonaro abordou também a extinção do seguro de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT). O presidente ressaltou que o DPVAT foi extinto por medida provisória, que pode caducar ou ser rejeitada no Congresso, e o seguro voltar a valer.

“Quem quiser fazer um seguro pode procurar a seguradora; tudo o que é obrigatório não é bom”, ressaltou, ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que citou a seguradora do banco como uma opção.

A decisão de Bolsonaro de extinguir o DPVAT atingirá em cheio os negócios de Bivar. Desafeto do presidente da República, Bivar é o controlador e presidente do conselho de administração da seguradora Excelsior, uma das credenciadas pelo governo para cobertura do seguro.

Base de Alcântara

O presidente classificou o acordo sobre a Base de Alcântara (MA) como “bastante penoso”. Na live, Bolsonaro disse que, sobre “a questão dos quilombolas locais” , foi feito um acordo e que será priorizada a contratação de mão de obra dos moradores dessas comunidades para trabalhar na base. “Isso é muito bom para o Brasil”, afirmou.

Bolsonaro deu os parabéns aos presidentes do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pela aprovação do acordo de salvaguardas tecnológicas de Alcântara.

O presidente chamou Alcolumbre e Maia como os “donos da pauta” do Congresso. “Até que enfim, a Base de Alcântara vai lançar satélites e outros artefatos. O Brasil entra no seleto grupo de países que têm tecnologia para lançar satélites”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Weintraub cita Dilma e provoca feministas em aniversário da República

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez elogios à Monarquia e questionou as comemorações em homenagem à Proclamação da República, que completa 130 anos nesta sexta-feira, 15.

“Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas… O que diabos estamos comemorando hoje?”, questionou, em uma sequência de posts no seu perfil no Twitter. Segundo o ministro, a proclamação foi uma “infâmia” contra o então imperador D. Pedro II, a quem classificou como um dos melhores gestores e governantes da história mundial.

Dom Pedro II cedeu o comando do Brasil em 15 de novembro de 1889 a Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente do País.

Weintraub também provocou o movimento feminista, convidando-o a uma reflexão: “O Império teve seus dois principais atos assinados por mulheres educadas, inteligentes e honestas! Elas nos governaram bem antes de Dilma (Rousseff)”, escreveu, em referência a Imperatriz Maria Leopoldina e a Princesa Isabel.

Em um terceiro post, Abraham Weintraub divulgou foto na qual aparece em reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. “Qual a melhor forma de ‘comemorar’ o primeiro golpe de estado no Brasil? TRABALHANDO!”, afirmou.

Fonte: Notícias ao Minuto