LOGO-NEWS-CARIRI

Experiência de policiamento do Raio é destaque em evento nacional

Publicidade

A experiência de policiamento sobre rodas desenvolvido pelo Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi destaque na primeira edição do Seminário Nacional de Motociclistas Militares, realizado, nessa sexta-feira (18), em Vitória da Conquista, na Bahia. O evento é promovido pela Polícia Militar da Bahia (PMBA) e acontece na Universidade Federal da Bahia (UFBA). O major Roger Sherman, oficial de operações e instrução do CPRaio, apresentou o comando cearense especializado em motopatrulhamento no Estado.

O seminário foi idealizado com o objetivo de socializar e compartilhar técnicas e procedimentos operacionais exitosos praticados nas diversas unidades especializadas dos órgãos de defesa e segurança pública. Na oportunidade, temas sobre motopatrulhamento, motopatrulhamento tático, escolta de dignitários e valores e policiamento ostensivo de trânsito foram abordados.

O evento conta a apresentação de outros projetos de patrulhamento sobre motos nos estados da Bahia, Goiás, Piauí e São Paulo. “História do policiamento com motocicletas na PMBA”, com coronel PMRR Siegfrid Frazão Keysselt (PMBA), “Motopatrulhamento tático na PMBA”, com major André Pereira Borges, “Escolta de dignitários e cargas sensíveis”, com major Ricardo Antonio Trigo Lorenzo Filho, além dos casos de motopatrulhamento do Grupamento de Intervenções Rápidas e Ostensivas, da Polícia Militar de Goiás, e da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam) da Polícia Militar de São Paulo (PMESP). Palestrantes do Exército Brasileiro e da Polícia Militar do Piauí também colaboraram com as discussões.

Expansão

O Ceará conta com unidades do Raio em 44 municípios espalhados nas principais regiões do Ceará. Além da Capital, são 11 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e 32 no Interior. Com uma formação que inclui aulas práticas de pilotagem de motocicleta, tiro policial, defesa pessoal e técnicas policiais especiais, os raianos são preparados para agir nos mais diversos cenários apresentados, principalmente, pelo fato de poderem acessar com mais facilidade ruas estreitas e locais longínquos, mantendo alto grau de destreza e segurança durante as ações e operações de patrulhamento tático. Atualmente, o Raio possui 2.424 policiais militares atuando em 44 municípios do Interior, RMF e na Capital, com auxílio de 1.364 motocicletas e 80 viaturas.

O processo de interiorização do Raio iniciou em 2015, com a instalação de batalhões responsáveis por centralizarem as ações em nove grandes regiões do Estado. Neste sentido, receberam unidades as cidades de Juazeiro do Norte (Cariri), Sobral (Região Norte), Itapipoca (Litoral Oeste), Iguatu (Centro-Sul), Crateús (Sertão de Crateús), Tauá (Sertão dos Inhamuns), Quixadá (Sertão Central), Russas (Vale do Jaguaribe) e Canindé (Sertão de Canindé).

Na segunda etapa de interiorização, as bases foram implantadas nas cidades com mais de 50 mil habitantes. Nesta fase, foram implantados os batalhões de Maracanaú, Caucaia, Maranguape, Crato, Eusébio, Acaraú, Aracati, Beberibe, Horizonte, Aquiraz, Cascavel, Morada Nova, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Icó, Mombaça, Granja, São Benedito, Camocim, Brejo Santo, Pacajus, Pacatuba, Santa Quitéria, Baturité, Tianguá, Barbalha, Itapajé, Boa Viagem, Parambu, São Gonçalo do Amarante, Lavras da Mangabeira, Viçosa do Ceará, Trairi e Acopiara. Ou seja, o Raio opera hoje em todos os municípios mais populosos do Estado.

Raio e videomonitoramento

O Ceará conta com dois aliados poderosos para reforçar a segurança pública no Estado. Hoje é possível recuperar um veículo roubado e prender os autores do crime em minutos graças à dobradinha Raio e videomonitoramento. O investimento feito pelo Governo do Ceará na ampliação de equipes do Raio para o Interior potencializou o número de capturas de infratores e de apreensões de materiais ilícitos, com destaque para armas de fogo e drogas, além de localizar veículos frutos de roubos.

Unindo forças com o trabalho de rua, o sistema de videomonitoramento permitiu aos policiais enxergar além do que o olho humano pode alcançar. As duas estratégias de segurança estão permitindo aos profissionais da segurança a elaboração de um planejamento mais eficiente das ações policiais, diminuindo o tempo resposta, aumentando a eficácia do serviço e impactando diretamente na vida do cidadão.

A dobradinha Raio e videomonitoramento alcança mais de 40 municípios na Região Metropolitana de Fortaleza e Interior. O trabalho de integração entre o sistema de segurança do Estado e a tecnologia aplicada ao videomonitoramento têm resultado diariamente na elucidação de roubos e prisões de suspeitos por roubo, furto e receptação de veículos. Juntos, a leitura de placas viabilizada pelo Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), o monitoramento das câmeras e a habilidade dos profissionais do Raio nas ruas contribuem para dar mais agilidade às abordagens das composições da Polícia Militar, resultando em mais prisões e apreensões.

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas