Jonas Esticado fará turnê na Europa

O artista juazeirense Jonas Esticado, que integra o staff do produtor Yuri do Paredão, acaba de embarcar para a Europa, onde fará nova turnê. Ele começa a se apresentar nesta quinta-feira 31/10 e segue com shows até o próximo domingo, 03/11.

Durante o tour musical, Esticado fará apresentações em Odivelas(Portugal), Amsterdam(Holanda), Zurique(Suiça) e Barcelona(Espanha).

Na apresentação em solo Europeu não deverá faltar os hits mais tocados do artista, a exemplo das músicas “Com Amor não se brinca”, “Saudade Boa” e “Meu coração pegou ar”.

PDT pede ao Supremo que suspenda privatização de seis estatais

PDT pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que suspenda a privatização de seis estatais – a Casa da Moeda do Brasil, o Serviço de Processamento de Dados (Serpro), a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias S/A (ABGF) e a Empresa Gestora de Ativos (Emgea) e o Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada S/A (Ceitec). A ação foi distribuída à ministra Cármen Lúcia.

 A desestatização das empresas está disposta em quatro decretos editados pelo presidente Jair Bolsonaro e duas resoluções publicadas neste ano. Segundo o partido, a venda das empresas não pode ser feita por meio de decretos e resoluções, “em violação ao princípio constitucional da legalidade, mas por lei específica aprovada pelo Congresso Nacional”.

A solicitação de suspensão consta em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade na qual a legenda pede à Corte que declare a nulidade parcial de alguns dispositivos das leis federais Leis 9.491/1997 e 13.334/2016, que balizam o Programa Nacional de Desestatização – “proclamando a inconstitucionalidade da desestatização sem autorização legislativa, prévia e específica, de empresas públicas e sociedades de economia mista cuja instituição foi autorizada por lei específica”.

A legenda diz que há “excepcional perigo de dano na probabilidade concreta de irreversibilidade” dos atos de desestatização das empresas.

De acordo com o PDT, a política pública de desestatização vigente deve ser revista, por reservar “unilateralmente” ao Poder Executivo a prerrogativa unilateral de “transferir à iniciativa privada o controle de empresas públicas”.

Fonte: noticias ao minuto

Cobertura do SAMU 192 Ceará chega aos 184 municípios

Na manhã desta terça-feira (29), o governador do Ceará, Camilo Santana, e o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), anunciaram a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Ceará) aos 184 municípios cearenses, com o apoio do Ministério da Saúde.

“A partir de dezembro, vamos atender 100% dos municípios cearenses com atendimento do SAMU 24 horas. É muito importante para a vida das pessoas. Pois quando acontece um acidente na rodovia, quando uma pessoa passa mal em casa, é um serviço que está lá 24 horas. Nós temos aqui o que há de melhor. A partir de agora, o Ceará vai ter o melhor SAMU do Brasil”, destacou Camilo Santana.

Para ampliação e expansão da cobertura de atendimento do SAMU 192 Ceará, há profissionais de saúde fazendo capacitação nos municípios que serão contemplados. Concluído o treinamento, eles estarão aptos para conduzirem as ambulâncias. Crateús é um dos 30 municípios que fazem parte da expansão.

“O município de Crateús necessitava desse serviço. Trabalhar pela primeira vez no SAMU Ceará é maravilhoso, é uma alegria muito grande. É um serviço que não tinha no município. Hoje realizo meu sonho em trabalhar no SAMU”, disse Elisangela Ponte, coordenadora da Base do SAMU em Crateús.

Ao todo serão 67 novos veículos. Destes, 49 foram entregues nesta terça-feira (29) e mais 18 ambulâncias chegarão até dezembro deste ano. Para Dr. Cabeto, essa expansão complementa um trabalho de muitos anos, e continua nesse governo. A ampliação, cobrindo todos os municípios, representa o acesso da população ao serviço de urgência. “O acesso que vocês estão dando ao cidadão cearense no momento de maior aflição que é o momento de urgência, de angustia”, enfatizou.

Modernização

Atualmente o SAMU 192 Ceará conta com 2.155 profissionais. Até 2008, o serviço existia apenas em Fortaleza e Sobral, cuja gestão é municipal. A partir de 2008, o Governo do Ceará, com apoio do Ministério da Saúde, expandiu o serviço para municípios de diferentes regiões do Estado.

“É muito emocionante trabalhar no Serviço Móvel de Urgência, pois é um serviço de qualidade, onde os profissionais trabalham pautados em protocolos assistenciais, com segurança e capacitação. É um serviço que a população já conhece, já abraçou. Hoje não existe serviço de Urgência e Emergência sem o SAMU”, declarou a coordenadora da Base do SAMU Regional no Crato, Rejane Felipe, que há dois anos trabalha no serviço.

Cobertura

As novas ambulâncias contemplarão 60 municípios: Itaitinga, Aratuba, Caridade, Itatira, Amontada, Miraíma, Uruburetama, Banabuiú, Ibicuitinga, Jaguaretama, Jaguaribara, Pereiro, Aiuaba, Parambu, Icó (2), Lavras da Mangabeira, Catarina, Iguatu, Quixelô, Aurora, Mauriti, Milagres, Araripe, Crato, Santana do Cariri, Barbalha, Caririaçu, Jardim, Missão Velha, Cariré, Coreaú, Forquilha, Graça, Hidrolândia, Ipú (2), Irauçaba, Massapê, Reriutaba, Santa Quitéria (2), Santana do Acaraú, Acaraú (2), Bela Cruz, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Marco, Morrinhos, Croatá, Guaraciaba do Norte, São Benedito, Tianguá (2), Ubajara, Viçosa do Ceará, Crateús (2), Independência, Ipueiras, Novo Orienta, Tamboril, Barroquinha, Camocim (2), Granja.

“Tenho a felicidade de ter a família SAMU Ceará implantada há mais de cinco anos. Sei a importância desse serviço nos municípios. Vejo isso como um grande feito do Governo do Ceará. Ação pré-hospitalar é muito importante e o SAMU faz esse papel de forma excepcional”, disse o o presidente da Aprece, Nilson Diniz.

Participaram da solenidade o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto; o coordenador da bancada federal, Domingos Neto; o comandante adjunto do Corpo de Bombeiros, Coronel Cleyton Bezerra; o diretor do SAMU Ceará, Cel. João Vasconcelos. Estavam presentes prefeitos, secretários de saúde, deputados estaduais, integrantes do Projeto Saúde Bombeiro e Sociedade, jovens bombeiros voluntários, profissionais de saúde e do SAMU 192 Ceará.

Nando Reis encerra Mostra Sesc de Culturas Cariri com nova turnê

A atração que encerra a Mostra Cariri de Culturas em 2019 é o mais recente show do cantor Nando Reis, intitulado “Esse Amor Sem Preconceito”. No dia 12 de novembro, às 20h, no Largo da Matriz de Juazeiro do Norte, o cantor e compositor paulistano apresenta a turnê que estreou em junho com o repertório em que mescla sua obra autoral e os clássicos de Roberto Carlos, incluídos no novo álbum “Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto”.

 

A cada ano, os grandes shows da Mostra têm atraído milhares de pessoas da região para conhecer ídolos da Música Popular Brasileira em apresentações gratuitas. Após a abertura com a cantora Gal Costa e cinco dias de programação cultural com participação de artistas locais e nacionais, cerca de 30 mil pessoas são esperadas em Juazeiro do Norte para encerrar mais uma edição de um dos principais projetos de difusão cultural do Sesc em todo o Brasil.

 

No palco Nando Reis será acompanhado por Pupillo Oliveira (ex-Nação Zumbi) na bateria juntamente com Walter Villaça (guitarras), Felipe Cambraia (baixo) e Alex Veley (teclados). No repertório, 12 canções do cantor Roberto Carlos escolhidas especialmente por terem marcado a vida de Nando Reis, entre elas “Amada Amante”,“De Tanto Amor”,“Me Conte a Sua História” e “Vivendo Por Viver”. Além das versões, o show também inclui os sucessos da carreira de Nando Reis: “O Segundo Sol”, “Luz dos Olhos”, “Relicário”, “All Star”, entre outras.

 

A troca de ingressos para o show de Nando Reis na Mostra Sesc de Culturas Cariri estarão disponíveis nas unidades do Sesc em Juazeiro a partir do dia 4 de novembro com a troca por dois quilos de alimentos não perecíveis que serão destinadas ao Programa Mesa Brasil Sesc.

 

Nando&Roberto

 

Nas férias de 2016, Nando Reis partia com a mulher, Vania Reis, para mais uma temporada no sítio da família no interior de São Paulo. Na estrada, ouvindo as canções de Roberto Carlos que costuraram tantos momentos do casal desde o início do namoro, surgiu o embrião de um novo projeto. Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto, o 13º álbum da discografia solo, é inteiramente dedicado à música de Roberto Carlos e tem a produção de Pupillo e direção artística de Marcus Preto.

 

Um ano e meio depois, Nando convidou o amigo Marcus Preto, com quem tinha acabado de trabalhar no projeto Trinca de Ases (em que dividiu o palco com Gilberto Gil e Gal Costa) para trabalharem na seleção do repertório.

 

As 12 faixas de Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto abrangem 23 anos da obra de Roberto Carlos, de 1971 até 1994. A história de Nando e Vania foi permeada pela obra de Roberto, sendo a música “De Tanto Amor”, do histórico LP de 1971, uma parte da simbologia do casamento entre os dois, há mais de trinta anos juntos.  A música que abre o show é “Alô” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos), cuja melodia Nando considera arrebatadora.

 

Lançada em 1979, “Me Conte a Sua História” (Mauricio Duboc/ Carlos Colla) foi uma das últimas a serem finalizadas no estúdio, devido à complexidade de encaixar um arranjo. “Pupillo foi genial quando sugeriu o arranjo que ficou gravado. E é uma música em que fiz uma intervenção. Durante a gravação, encaixei na música versos de um poema de minha autoria”, explica o cantor.

 

“Amada Amante” é um marco do cancioneiro nacional romântico e foi uma das faixas em que Nando fez questão de manter um arranjo semelhante ao da gravação original de 1971. “Não acho que haja uma necessidade de desfigurar versões originais sempre que se regrava uma música. Muitas vezes, a beleza da música está nela própria, na sua essência tal como está, por isso decidi manter o arranjo da canção original. ”

 

A letra de “Abandono” traz o enredo de uma narrativa poética em que versos assinam, de forma breve e direta, o recado à mulher amada. É a canção mais dançante do disco, com belo arranjo lindo de metais escrito por Tiquinho.

Escrita por Márcio Greyck e Cobel, “Vivendo Por Viver” (1978) foi uma das primeiras escolhas definitivas de Nando para o disco.  Nando ouviu uma versão de “Nosso Amor” (Mauro Motta/ Eduardo Ribeiro) feita por Marina Lima na turnê de seu disco “Olhos Felizes” (1980) e então passou a tocá-la em seus shows, muito antes da ideia de conceber o álbum em homenagem a Roberto Carlos “ Eu fiz um arranjo inspirado na versão de ‘Vapor Barato’ (Jards Macalé/ Waly Salomão) da Gal Costa. Tentei fazer com que o arranjo encadeasse Roberto dentro de uma perspectiva que solucionasse a complexidade da canção”

OUÇA O DISCO AQUI: https://ONErpm.lnk.to/NandoReis

 “Todos Estão Surdos” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos) é a primeira das três contidas no disco com cunho religioso, presente durante boa parte da história de Roberto Carlos. “Para mim, o desafio era mais amplo ainda. Eu tenho uma maneira diferente de pensar, não sou um homem exatamente religioso. Mas também, ao meu ver, a grande divindade da música está na forma como ela foi concebida.”

“Nossa Senhora”, lançada por Roberto em 1993, é da mesma estirpe. Nando se inspirou em João Gilberto para recriar a canção em arranjo instrumental. Transformada em uma valsa, a melodia primorosa teve sua beleza estrutural evidenciada. O violão foi tocado por Léo Mendes.

Escrita por Roberto e Erasmo em 1976, “Você em Minha Vida” foi o gatilho para Nando decidissedar sua própria versão à obra de Roberto Carlos. “Ela abriu toda a perspectiva para a concepção da obra em si, depois que fui tirando as canções no violão e notando a beleza enorme delas. O arranjo de cordas ficou lindo.”

“Procura-se” (1980) é parceria bissexta entre Roberto e Ronaldo Bôscoli e marca a reaproximação de Nando com Bôscoli. Fechando o álbum, “A Guerra dos Meninos” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos), também de cunho religioso, firma a parceria entre Nando e Jorge Mautner. 

“Essa canção tem uma história engraçada. Fui encontrar minha filha Sophia enquanto ela viajava pelo Peru. Passeando pelo centro de Cuzco, vi a versão da música em espanhol, ‘La Guerra de Los Niños’, e fiquei impactado com aquilo. É de uma beleza insuperável a narrativa da guerra entre o Bem e o Mal transposta ali. E de como os meninos que combatem nela a encaram. Eu interpreto como sendo um observador, com um olhar clínico e sensível àquela narrativa. ”

A escolha de Mautner foi justamente pelo fato do compositor carioca ter encarado tais questões como a existência de Deus, do Bem, do Mal, do céu e do inferno de forma visceral durante sua carreira. “Ele teve um papel muito importante em minha vida. Ninguém melhor do que ele para ter dado vida à canção. ”

Serviço

Show de Encerramento da Mostra Sesc de Culturas Cariri
Nando Reis – turnê Esse Amor Sem Preconceito
Data: 12 de novembro
Horário: 20h
Local: Largo da Matriz de Juazeiro do Norte

Troca de ingressos

Data: 4 a 12 de novembro 
Locais: Unidade Sesc Juazeiro do Norte (Rua da Matriz, nº 227 – Centro) e Unidade Sesc Crato (Rua André Cartaxo, nº 443 – São Miguel)
Troca de dois quilos de alimentos não perecíveis por um ingresso

UFCA divulga edital de concurso para professor

A Universidade Federal do Cariri (UFCA) está com inscrições abertas, até o dia 22 de novembro, para seleção de três vagas de professor efetivo. Uma vaga é para atuar no setor de Clínica Médica/Infectologia/Semiologia/Internato da Faculdade de Medicina (Famed) e outras duas vagas serão disponibilizadas para a área de Matemática Aplicada do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT).

O regime de trabalho é de 20h semanais para Clínica Médica/Infectologia/Semiologia/Internato e de 40h/Dedicação Exclusiva para Matemática Aplicada. Para concorrer à primeira vaga, o candidato deve ter pelo menos especialização. Já para as outras duas vagas, a exigência é de doutorado.

As inscrições devem ser feitas de forma online, pela Plataforma FORMS/UFCA (disponível em Edital 43/2019 Concurso Público para Professor Efetivo: Formulário de Inscrição), observando o horário local.

Todas as informações sobre o concurso, como edital, cronograma da seleção, o programa de estudo, o calendário de provas, podem ser encontradas no Portal da UFCA.

Serviço

Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep)
Campus Juazeiro do Norte
(88) 3221.9303
atendimento.progep@ufca.edu.br

Aeroporto de Juazeiro promove evento sobre perigos do uso de Drones para a aviação

O Aeroporto de Juazeiro do Norte/Orlando Bezerra (CE) realizará na próxima quarta-feira (30) o Dia “S”, que vai divulgar e promover ações de Segurança Operacional junto à sociedade. O projeto tem como foco a promoção da segurança operacional e a conscientização da comunidade quanto aos perigos relacionados à operação de drones.

O evento contará com a participação de profissionais da região que utilizam drones, pilotos, comunidade aeroportuária, órgãos de Segurança Pública e representante do Cindacta III, que irá promover palestra e alertar sobre os possíveis impactos que o uso indiscriminado desse tipo de aparelho pode causar à segurança das operações aeroportuárias. Contará ainda com palestra de representante da Polícia Federal que abordará o tema responsabilidade civil, criminal e enquadramento previsto no Código Penal Brasileiro.

“O evento busca a promoção da segurança operacional através da conscientização e educação da comunidade sobre o uso correto da tecnologia de drones. Tendo em vista os impactos negativos que esses equipamentos têm causado recentemente às operações nos aeroportos, campanhas dessa natureza são fundamentais para reforçar a importância de cada um de nós para a prevenção de acidentes aeronáuticos”, afirmou a gerente da Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA) de Juazeiro do Norte, Eliana Motta.

*Regulamentação*
De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), antes de iniciar a operação de um drone no país, o responsável pelo equipamento precisa fazer o registro junto ao órgão. Já os equipamentos com peso máximo de decolagem menor que 250 gramas estão dispensados do registro.
Para operar drones é necessário também seguir as regras da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e de utilização do espaço aéreo do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Pós-Previdência, Guedes enviará ao Congresso pacote de contas públicas

Após a aprovação da Previdência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, entrega esta semana ao Congresso uma agenda de propostas com a sua digital. Essa segunda fase de reformas é a principal tentativa da equipe econômica para mudar a gestão das contas públicas nas três esferas de governo, com a criação de um novo marco institucional para o País quase 20 anos depois da aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O conjunto é dividido em cinco eixos: 1) reforma administrativa (para reduzir o número de carreiras e o salário inicial dos servidores e mexer na estabilidade dos novos); 2) PEC emergencial (para cortar gastos obrigatórios e abrir espaço para investimentos); 3) PEC DDD (desvincular, desindexar e desobrigar – tirar as “amarras” – dos gastos do Orçamento); 4) pacto federativo (uma nova divisão dos recursos de Estados e municípios, com repartição dos recursos do pré-sal); e 5) programa de ajuda aos Estados.

O conjunto de medidas chega ao Congresso no momento em que o presidente Jair Bolsonaro enfrenta dificuldades para conseguir apoio, até mesmo dentro do seu próprio partido, o PSL.

A PEC emergencial é considerada a mais urgente das propostas, porque tem por objetivo frear, principalmente, o crescimento dos gastos com pessoal. A expectativa é obter uma economia de R$ 27 bilhões, a depender da decisão do Congresso. A PEC será um grande teste porque é a pauta defendida pela equipe econômica desde a transição de governo, mas ficou engavetada à espera da votação final da Previdência.

Atraso

A expectativa era de que o anúncio do pacote ocorresse no fim de julho, mas as idas e vindas em torno das negociações da reforma da Previdência e a disputa por protagonismo entre Câmara e Senado acabaram atrapalhando os planos do governo. A indefinição da equipe econômica sobre pontos-chave das propostas e as prioridades também retardou o envio do pacote.

A reforma tributária, de simplificação dos impostos, só será enviada depois e as medidas para o emprego serão divulgadas na sexta-feira ou na próxima segunda-feira.

A interlocutores, o ministro Paulo Guedes tem reforçado a ideia de que as medidas criam um “novo regime de responsabilidade fiscal”. Uma chance, na avaliação da equipe econômica, de redesenhar a arquitetura fiscal do País. Elas visam a criar uma nova governança fiscal para o setor público, assim como o Banco Central já tem o regime de metas de inflação (em que calibra os juros básicos para controlar o aumento dos preços).

Com antecipou o jornal O Estado de S.Paulo, será proposta a criação do Conselho Fiscal da República, com representantes dos três Poderes. A comparação é feita com o BC, que não tem independência formal, mas possui um regime de metas de inflação. Na área fiscal, ao contrário, há a LRF, que funciona sem governança. O que se quer, segundo uma fonte do governo, é evitar o quadro de “anos pisando no freio monetário com regime fiscal solto”. O aumento dos juros básico (“freio monetário”) foi necessário para compensar os gastos desenfreados do governo (“regime fiscal solto”).

Nesse novo arcabouço, estará prevista a figura do “estado de emergência fiscal”. O governador em grave situação poderá pedir socorro ao Conselho da Fiscal da República para decretar o estado de emergência. Dessa forma, terá poderes para segurar despesas, inclusive congelar reajustes salariais e reduzir jornada e salários.

Já a reforma administrativa pretende, além de mexer na estabilidade dos servidores, permitir que o presidente da República altere por decreto a estrutura do Poder Executivo e até declare extintos alguns órgãos e ministérios, como antecipou o Estadão/Broadcast. Hoje, o governo precisa do aval do Congresso Nacional para criar, reorganizar ou extinguir parte de sua estrutura. Recentemente, os parlamentares impuseram derrotas ao presidente Jair Bolsonaro ao manter o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) vinculado à Economia, em vez do Ministério da Justiça de Sergio Moro.

Calendário

Ao Estado de S.Paulo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avisou que, diante da demora do governo em enviar os próximos passos de sua agenda, a votação da reforma administrativa – proposta que terá o pontapé inicial na Câmara – deve ficar só para 2020. “Tem de passar pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e comissão especial. Vai votar no início do ano vem. Ué, o que eu posso fazer? Se o governo tivesse encaminhado em julho, eu votava este ano”, disse ele, que também está com texto pronto para uma reforma administrativa na Câmara.

“Tenho todo o calendário da minha (proposta). Sei aonde a Câmara quer chegar e aonde ela pode chegar”, disse. A reforma da Câmara, segundo Maia, vai reduzir os salários iniciais dos novos servidores do Legislativo, que estão hoje entre as maiores remunerações da Esplanada, diminuindo os custos com a Casa.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: noticias ao minuto