Operação Juazeiro Seguro: Polícia encontra maconha em quintal de casa em Juazeiro do Norte-CE

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

Em mais uma fase da operação “Juazeiro Seguro”, que combate o tráfico de entorpecentes na maior cidade do Cariri, a Subagência de Inteligência do 2° BPM, após o recebimento de denúncia anônima, deflagrou ação em uma residência na travessa João Balbino, número 38, bairro Aeroporto.

Segundo denúncia protocolada na polícia, o local era utilizado por pessoas para guardar drogas. A informação foi repassada para a equipe da Força Tática da Polícia Militar da cidade de Juazeiro do Norte, que se deslocou para o endereço e após incursão na residência achou enterrado no quintal aproximadamente 9 quilos de maconha prensada e uma Yamaha/YBR de cor preta, com inscrição de São Paulo e com o chassi “adulterado”. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo informações fornecidas por Tenente Lindemberg, um dos coordenadores da operação, o material apreendido foi direcionado para o 20° Delegacia Regional de Polícia Civil.

Prefeito Zé Helder acompanha em Crato certificação de jovens varzealegrenses pelo Primeiro Passo

De Várzea Alegre, 14 jovens integrantes do programa Primeiro Passo, do Governo do Ceará, receberam certificado de participação no programa em solenidade realizada nesta tarde de sexta-feira, 04 de outubro de 2019, no Centro de Convenções do Cariri, na cidade do Crato, com a presença do governador Camilo Santana (PT).

O prefeito Zé Helder acompanhou no evento os jovens varzealegrenses. Ele disse que o Primeiro Passo dá uma imensa contribuição, por meio de uma preparação adequada para que os jovens tenham condições para entrarem no mercado de trabalho, com apoio de empresas parceiras – GVS Sport Nordeste, MF Peças e Acessórios, Confplast e Essencial Brindes.

O curso teve duração de 11 meses, tendo ocorrido no período de 24 de outubro de 2018 a 24 de setembro de 2019.

Os 14 jovens receberam certificado de participação com carga horária 1.280 horas, sendo 400 horas de aulas teóricas e 880 horas de ensino prático.

Nestes 11 meses eles receberam bolsas remuneratórias de R$ 650,00 por mês, pagas pelas empresas referentes a 20 horas semanais de trabalho. As aulas teóricas, foram ministradas no CSU.

O objetivo do Primeiro Passo é que os jovens selecionados alcancem o primeiro emprego e sigam com suas carreiras profissionais.

Hoje, mais de 260 jovens das cidades de Barbalha, Brejo Santo, Juazeiro do Norte, Crato, Várzea Alegre, Jardim, Porteiras e Milagres receberam reconhecimento de qualificação profissional pelo Primeiro Passo em 2018. São 8.325 jovens atendidos pelo projeto, no ano passado, em todo o Ceará.

Além da certificação, Camilo Santana, lançou novas vagas do projeto. “Queremos ampliar esse programa que é uma forma de dar oportunidades nesse momento difícil da economia, do mercado de trabalho e há uma dificuldade também de o jovem conseguir o primeiro emprego”, afirmou o governador. “Quando você dá a oportunidade para esse jovem se qualificar e ter o contato com o mercado de trabalho, possibilita abrir horizontes e oportunidades. Por isso esse programa é fundamental”, completou Camilo Santana.

Segundo informações do Governo do Estado, a meta é beneficiar com o Primeiro Passo 8.168 pessoas somente em 2019. O Primeiro Passo oferta, este ano, 1.940 vagas para a linha Aprendiz; 4 mil vagas para a linha Bolsista; e outras 2.228 vagas para a linha Estagiário. Em todo o Ceará, são mil empresas credenciadas. Somente na região do Cariri são 82 empresas parceiras ofertando 329 vagas.

Ainda segundo o governo, com mais de dez anos de atuação, o projeto coordenado pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), cria oportunidades de inclusão social e profissional para adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, que estejam em situação de risco social e vulnerabilidade, estimulando-os por meio do desenvolvimento de suas competências social e profissional.

Assessoria de Comunicação

Juazeiro: prefeitura emite nota para esclarecer falta de vacina antirrábica

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

A Prefeitura de Juazeiro do Norte emitiu uma nota, na manhã de hoje (07-10), para esclarecer a falta de vacina contra a raiva humana no banco de doses do Município, mantido pela Secretaria da Saúde.

“Acerca do desabastecimento da vacina antirrábica animal, a mesma é repassada aos municípios pelo Ministério da Saúde e que este órgão distribuiu novas doses da vacina apenas para os municípios prioritários. Os municípios prioritários são aqueles que não atingiram cobertura vacinal igual ou superior a 60% na Campanha Antirrábica de 2018 e/ou que apresentaram caso de raiva animal no ano de 2018 ou 2019”, diz o texto da nota.

De acordo com o critério do Ministério da Saúde, Juazeiro do Norte não é município prioritário e por isso não recebeu novas doses da vacina, pois não há registro até o momento de caso de raiva animal e a cobertura vacinal da última campanha ultrapassou os 90%. Logo, não haverá campanha de vacinação antirrábica animal neste ano.

Samaritanas da Loja Maçónica de Aurora, realizam mais uma campanha em favor da vida

Por Roberto Bulhões

O Projeto Outubro Rosa Novembro Azul 2019 tendo como tema: “O câncer não tem sexo” desenvolvido pelo Clube das Samaritanas de Aurora da Loja Maçônica Cavalheiros da Nova Aurora n° 69 em 2018, continua esse ano com a arrecadação de alimentos não perecíveis e palestras, sendo ampliado com o Dia da Beleza e Arrecadação de Bolsas de Sangue e medula óssea. No último dia 12, foi fechada parceria com a Coordenadora da Captação de Doadores do Hemocentro Regional do Crato Francisca Naiana Pinheiro de Brito e a Assistente Social Alda Venusia Alves de Oliveira para a 1ª Ação do Projeto. “Estaremos recebendo em nossa sede o Hemocentro Regional do Crato dia 10 de outubro das 8h às 12h para coleta de sangue e medula óssea. Essa ação visa mobilizar a população de Aurora e cidades vizinhas em prol da vida, pois sabemos da necessidade dos pacientes em tratamento oncológicos em que muitas vezes exigem a transfusão de sangue para a reposição das células sanguíneas produzidas na medula, para correção de anemias e para manter a coagulação do sangue” disse Sheysa Ribeiro, Presidente do Clube das Samaritanas de Aurora. Segundo adiantou, “o cadastro de medula óssea possibilita a cura de pessoas com câncer, pois quanto maior o número de cadastro, maior são as chances de cura já que em cem mil pessoas há apenas uma compatível”.

A Samaritana ressaltou ainda que “vale lembrar que uma bolsa de sangue pode salvar quatro vidas. Para doar sangue é simples e seguro”.

As condições básicas para doar sangue são muito simples e seguem as seguintes regras: estar bem de saúde; ter documento oficial com fotografia; ter entre 16 e 69 anos (aos jovens de 16 e 17 anos devem ter em mãos um termo de consentimento e xerox do documento do responsável); ter dormido pelo menos 6h; pesar acima de 50kg e estar bem alimentado. Para o cadastro de medula óssea: ter entre 18 e 55 anos; estar com documento oficial com fotografia; CPF e não ter tido história pessoal de câncer. A Presidente do Clube das Samaritanas de Aurora espera contar com um bom número de participantes e finaliza dizendo que “entendendo sermos responsáveis socialmente e contamos com a sua presença a esse evento de solidariedade”.

Mandato nas redes: Saiba a agenda dos deputados do Cariri no final de semana

POR AGÊNCIA NEWS CARIRI

O Site News Cariri destaca as principais atividades desempenhadas pelos parlamentares do Cariri neste último final de semana. Confira:

FERNANDO SANTANA

O deputado Fernando Santana (PT), presidente em exercício da Assembleia, esteve no último sábado (05/10) acompanhando a edição do programa “Arte na Praça”, no Crato. Santana se fez acompanhar do prefeito do Município, Zé Ailton Brasil (PP).  “O projeto é uma ação que leva cultura e lazer para crianças e famílias nas praças das cidades e integra o programa Mais Infância idealizado pela primeira-dama do Estado, a amiga Onélia Santana.. Fiquei muito feliz em ver as crianças se divertindo e brincando de maneira tão saudável”, expressou o deputado no seu perfil do Instagram. No mesmo dia, o deputado participou da assinatura da ordem de serviço da reforma da avenida José Bezerra nos bairros Timbaúbas e Pio XII, em Juazeiro.

NELINHO DE FREITAS

O tucano Nelinho de Freitas (PSDB) reservou seu final de semana para cumprir agenda de compromissos na sua terra natal. No sábado, em Russas, o parlamentar se reuniu com o Deputado Federal Jaziel Pereira para tratar das demandas dos profissionais da contabilidade. “Encontro produtivo e reafirmo o meu compromisso de contribuir para a melhoria do setor”, teclou Nelinho nas suas redes  sociais. No domingo o parlamentar não divulgou detalhes sobre seus compromissos.

PEDRO BEZERRA

O deputado federal Pedro Bezerra (PTB) dividiu sua agenda do final de semana entre o Cariri e a capital do Estado. No sábado, ao lado do seu pai e de secretários municipais, o parlamentar participou da assinatura da ordem de serviço da reforma da avenida José Bezerra nos bairros Timbaúbas e Pio XII, em Juazeiro. Ontem o deputado esteve na abertura da “Taça das Favelas”, em Fortaleza. “O maior projeto de inclusão social através do esporte. Muito animado de estar participando deste momento, que com certeza gerará ótimas oportunidades para os jovens de Fortaleza”, disse Bezerra em suas redes.

GUILHERME LANDIM

O líder do PDT na Assembleia Legislativa participou, no último sábado (05-10), da convenção estadual da sigla, realizada em Fortaleza. O evento contou com a presença dos principais expoentes da sigla a nível estadual e nacional. “Tivemos a presença do Presidente Nacional do partido, Carlos Lupi, do Senador Cid Gomes, do nosso Presidente Estadual Dep. Federal André Figueiredo, prefeito Roberto Cláudio e tantas outras lideranças políticas que tanto fazem pelo nosso Estado e pelos municípios cearenses. Seguimos juntos trabalhando para fazer do Ceará um modelo para o Brasil”, escreveu Landim em seu perfil do Instagram. Ontem o deputado publicou um vídeo mostrando imagens da transposição do São Francisco, e junto da postagem escreveu: “Continuamos na luta em busca dos recursos federais necessários para a finalização das obras e para que as águas da Transposição do Rio São Francisco cheguem ao Ceará”.

Crato: Campanha de vacinação contra o sarampo começa hoje

Em parceria com os governos estaduais e municipais, o Ministério da Saúde inicia, hoje, segunda-feira (7), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo.

Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses a menores de 5 anos. A segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, terá foco na população com idade entre 20 e 29 anos.

O município do Crato estará com a vacina em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) para melhor atender a população. O horário de atendimento das UBS’s da zona urbana é de 7h30 as 17h e na zona rural de 8h as 14h.

“Nessa primeira etapa de hoje até o próximo dia 25, estamos convocando todo o público da faixa etária de 6 meses até menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas ou com esquema vacinal incompleto. Será realizado o dia D de mobilização nacional para esse grupo, no próximo dia 19 de outubro, um sábado onde todas as UBS’s estarão abertas para receber a população”, explica a Coordenadora Especial da Vigilância em Saúde, Arlene Sampaio.

É importante que pais e responsáveis por crianças nessa faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos que ainda não foram vacinadas ou que estão com o esquema incompleto levem-nas até a unidade básica de saúde, levando o cartão de vacinas.

Sobre a doença*

Causado por um vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas. Mesmo quando o paciente não vai a óbito, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.
Os sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas do paciente.
A prevenção ao sarampo, feita por meio da vacinação, é fundamental, já que não há tratamento para a doença.

Médico que cuidou de Irmã Dulce por mais de 15 anos relembra ‘teimosia’ e interferência da freira na política econômica do país

O pneumologista Almério Machado cuidou de Irmã Dulce em Salvador por mais de 15 anos, entre o final da década de 1980 e o início de 1990, quando a freira morreu. Ao longo do tempo que passou com a futura santa, o médico, que hoje tem 85 anos, esteve muito próximo da rotina dela.

Com o passar dos anos e os problemas respiratórios cada vez mais graves, os encontros entre eles ficaram mais frequentes. A paciente se tornou amiga do médico, que se tornou voluntário nas obras sociais junto com o filho, também médico. Em meio às lembranças, Almério ressalta a teimosia e a força de vontade de Irmã Dulce.

“Ela era uma mulher frágil no ponto de vista físico, mas do ponto de vista mental, uma mulher muito forte. Fora do comum”, disse.

Um momento marcante para o médico é quando a freira interferiu na política econômica do país, nos anos 80, quando o então presidente Fernando Collor de Mello instaurou um plano econômico e contas foram bloqueadas. Na época, a freira conversou com a então ministra da Economia Zélia Cardoso de Mello por telefone e conseguiu a liberação da conta dela.

“Irmã Dulce ficou preocupadíssima, porque ela não tinha como, porque ela vivia naquela ocasião pedindo auxílio a um e a outro. Ela ligou para a casa da ministra Zélia Cardoso de Mello e, quando ela disse o que era, Zélia Cardoso de Mello disse: ‘Vou resolver seu problema. Pode ficar tranquila’. Irmã Dulce ficou relutante, é claro. Quando chegou de noite, o Jornal Nacional, o Cid Moreira, deu a primeira notícia do jornal, dizendo que a Zélia Cardoso de Mello tinha desbloqueado os depósitos de Irmã Dulce”.

Além dessas histórias, o médico guarda na memória outros momentos que marcam a persistência de Irmã Dulce. Uma paciente teimosa que, mesmo com saúde frágil, desobedecia a orientação médica e viajava pra ver as crianças do orfanato que mantinha na cidade Simões Filho, na região metropolitana de Salvador.

Agora, com a canonização, o médico esbanja orgulho porque irá se tornar o médico que cuidou de uma santa.

“É o máximo. Eu agora tenho um título que ninguém aqui no Brasil tem. Inédito. Primeira santa do Brasil e médico só teve eu”.

O pneumologista está na contagem regressiva pra participar da cerimônia, que será realizada no Vaticano no dia 13 de outubro. “Tenho até medo, porque meu coração não é muito bom não”, conta.

Por conta da idade, o médico conta que enfrentou dificuldades para comprar a passagem.

“[Disse] que eu tinha 85 anos, não poderia viajar, que era muito perigoso, que não se responsabilizaria de modo nenhum. E disse assim no dia seguinte: ‘Vá buscar seu dinheiro’. Aí fui para outra agência de viagem e felizmente consegui. No dia 10, estou partindo daqui para Roma”.

Fé e ciência

As obras sacras reunidas na casa do médico poderiam até indicar um homem religioso, ainda mais depois de um contato tão próximo com irmã Dulce, mas na verdade são parte de uma coleção de arte. O médico diz não ter religião. É um homem da ciência. Mas quando chegou a ficar um mês internado, há alguns anos, Maria Rita, sobrinha de Irmã Dulce, entregou um relicário com um objeto da freira para o médico.

“Acho que foi uma grande força pra mim. Que aquilo poderia me ajudar também”.

Além disso, o pneumologista, que ainda atua na área, tem um lenço que marca uma lembrança da beatificação de Irmã Dulce, ocorrida em 2010. O lenço fica com ele o tempo todo, como símbolo de uma inversão de papéis. É ela hoje quem cuida do doutor.

“Passei a usar para ter força pra tudo”, conta.

Canonização

A canonização de Irmã Dulce será realizada no dia 13 de outubro, em Roma. Regida pelo Papa Francisco, a cerimônia ocorre durante o Sínodo da Amazônia. Além de Irmã Dulce, no mesmo dia serão canonizados outros quatro beatos.

Durante a cerimônia, o Papa Francisco será presenteado com uma parte do corpo da freira. Os restos mortais serão entregues em um relicário acompanhado de uma pedra ametista, que terá formato de coração.

Irmã Dulce teve a canonização marcada após o Vaticano reconhecer dois milagres atribuídos a ela. O primeiro foi reconhecido em outubro de 2010, quando ela foi beatificada. O segundo foi reconhecido em maio deste ano.

Os dois casos estão entre os três que eram analisados no Vaticano. Os relatos de milagre foram enviados pelas Obras Sociais Irmã Dulce, em 2014, após avaliação de profissionais da própria instituição, reunindo mais de 10 mil casos na sede da instituição, em Salvador.

A canonização da freira será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas da santificação de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa) e do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte).

Fonte: G1.com

Mergulhadores desaparecem no mar, ficam 13 horas à deriva e são resgatados no Grande Recife

Quatro mergulhadores desapareceram no mar na tarde do domingo (6) e foram encontrados na madrugada desta segunda-feira (7), na Região Metropolitana do Recife. Eles relataram que ficaram cerca de 13 horas à deriva, até serem resgatados .

Os quatro homens saíram do Cabanga Iate Clube, no Recife, para realizar um mergulho técnico com o Rebreather, aparelho que possibilita que o mergulhador inspire novamente o gás expirado. O grupo seguiu para o naufrágio Corveta Camaquã, localizado a aproximadamente 37 quilômetros da costa, na posição relativa à Coroa do Avião, no município de Itamaracá.

O médico cirurgião Alan Filgueira fazia parte do grupo. Segundo ele, o mergulho aconteceu normalmente, o problema foi na hora que eles voltaram à superfície e perceberam que havia algo errado, pois o barco estava distante.

“À deriva, foram 13 horas, a gente solto, derivando em direção à praia. De mergulho, foram aproximadamente duas horas. A gente subiu por volta das 13h30 e o barco estava distante”, contou, nesta segunda, ao chegar de volta ao Cabanga.

Equipes da Marinha e o helicóptero do Corpo de Bombeiros participaram das buscas. O quarteto foi encontrado a 15 quilômetros da posição de onde desapareceram, segundo a Capitania dos Portos. Os outros três mergulhadores preferiram não falar com a TV Globo. Os quatro passam bem.

O mergulho

Os quatro mergulhadores estavam acostumados a esse tipo de incursão. Um deles, tem mais de 20 anos de experiência. Como a Corveta Camaquã fica a 56 metros de profundidade, chegar à superfície exige descompressão, explicou Filgueira. Segundo ele, uma forte correnteza, que não havia sido identificada na rota, provavelmente causou o acidente.

“Quando a gente desceu, não tinha corrente. Provavelmente, dentro do mergulho, a corrente cresceu e nós não sentimos. Quando a gente voltou a subir no cabo, vimos que estava correndo bastante água e que o barco estava muito longe”, disse.

Para Figueira, a boia que serve de referência para o barco localizar os mergulhadores pode ter afundado, dificultando o trabalho da equipe náutica. Ele relatou que conseguia ver o barco, mas, por causa da distância, a tripulação não conseguia encontrar o grupo.

“A gente viu o barco, porque ele é grande. Vimos quando começaram a fazer o padrão de busca, mas a melhor opção foi soltar o cabo e derivar até a praia. […] Passamos muito tempo em alto mar”, afirmou.

O grupo foi encontrado na altura da praia do Janga, em Paulista, por um barqueiro que estaria ajudando nas buscas com outra embarcação, segundo o Corpo de Bombeiros. O helicóptero do Corpo de Bombeiros chegou a ser utilizado para auxiliar nas buscas.

Fonte: G1.com

Sobe para 132 número de locais atingidos por manchas de óleo, aponta Ibama; 9 estados são afetados

Já são 132 locais atingidos por manchas de óleo em praias do Nordeste, segundo o balanço do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) divulgado neste domingo (6).

No total, 61 municípios foram afetados em 9 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O último estado a ser atingido foi a Bahia, na última quinta-feira (3).

O governo de Sergipe decretou situação de emergência em razão das manchas de óleo. Nesta segunda (7), o ministro Ricardo Salles visitará o estado. O projeto Tamar suspendeu a soltura de filhotes de tartarugas marinhas por conta do problema.

No sábado (5), o presidente Jair Bolsonaro determinou uma investigação sobre as origens do óleo.

Segundo o relatório do Ibama, dentre as 132 praias afetadas em todo o Nordeste desde o início de setembro, 11 estão em processo de limpeza, 74 ainda tem manchas visíveis e 48 estão livres da substância na areia.

Pelo menos 12 animais foram atingidos pelo óleo – nove tartarugas e uma ave foram encontradas mortas ou morreram após o resgate.

Manchas de óleo no Nordeste: o que se sabe sobre o problema
Uma investigação do Ibama aponta que as manchas são de petróleo puro e que todas as amostras têm a mesma origem, mas ainda não é possível afirmar de onde ele veio. Em nota, a Petrobras afirma que o material não é produzido pela companhia.

A suspeita é que o petróleo tenha vindo de navios que passam pela região, segundo a Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco (CPRH), que está analisando imagens de satélite da costa. A pesquisa, no entanto, ainda está em estágio inicial.

As manchas começaram a aparecer no início de setembro. Até quinta-feira (26), eram 99 localidades atingidas. Na sexta (27), o número subiu para 109. No domingo (29), chegou a 113 e na terça-feira (1) foi para 115. Agora, já são 124 praias afetadas.

A lista completa de municípios e praias atingidos está disponível no site do Ibama.

Origem da substância

Na terça-feira (1) uma reunião foi realizada no Recife com representantes de seis dos nove estados nordestinos para discutir estratégias para diminuir os impactos das manchas de óleo. A Bahia foi o único estado da região que não foi afetado.

Na reunião, os estados decidiram protocolar, em conjunto, uma denúncia sobre o caso, a ser enviada à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal.

Nesta quarta-feira (2) a Polícia Federal do Rio Grande do Norte comunicou que um inquérito foi instaurado para investigar a origem das manchas. A apuração sobre a possibilidade da ocorrência de dano ambiental começou no mês passado.

Há suspeita de que a contaminação tenha relação com navios petroleiros. A hipótese é que algum deles tenha efetuado uma limpeza nos tanques e despejado os rejeitos no mar.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, os responsáveis pelo problema podem pagar uma multa que vai de R$ 5 milhões a R$ 50 milhões pelo crime ambiental, que é considerado gravíssimo. O governo do estado se preocupa com a repercussão no turismo.

Em entrevista ao G1 na última sexta (27), o diretor da Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco, Eduardo Elvino, disse que o órgão está atuando em conjunto com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) para identificar possíveis fontes do vazamento.

O trabalho envolve analisar imagens de satélite que abrangem 187 quilômetros do litoral dos estados de Pernambuco e Paraíba. Segundo Elvino, ainda não é possível apontar quais navios podem ser responsáveis pela tragédia ambiental porque a análise está em estágio inicial.

“Com essa varredura das imagens de satélite a gente identificou os pontos no mapa que podem ser navios, e aí estamos analisando a existência de pontos pigmentados ao lado desses possíveis navios. Esses pontos coloridos podem ser realmente manchas de óleo, mas também podem ser cardumes de peixe ou concentrações de alga, por exemplo. São várias possibilidades”, explica Elvino.

Segundo o coordenador do sindicato dos trabalhadores na indústria do petróleo de Pernambuco e Paraíba (Sindipetro PE/PB), Rogério Almeida, a prática é proibida, mas ainda é realizada.

“É um óleo grosso, quase um piche. Pode ser rejeito de um navio após a limpeza dos tanques. Muitos navios continuam fazendo isso e deve ter caído em uma corrente marítima”, disse Almeida.

De acordo com Elvino, com a identificação das correntes marinhas, “existe a possibilidade de identificar o navio que fez a referida rota” e tentar rastrear se “o piche encontrado nas praias faz parte do combustível dos navios”. Segundo o analista, pela legislação, o produto deve ser descartado nos portos, onde empresas especializadas recolhem o material.

Animais afetados

O número de animais afetados também é computado pelo Ibama. Segundo o último balanço do órgão, publicado na segunda-feira (30), o óleo já atingiu ao menos 11 tartarugas e uma ave bobo-pequeno ou furabucho (Puffinus puffinus), conhecida pela longa migração. Quatro tartarugas foram encontradas vivas e sete foram encontradas mortas ou morreram após o resgate. A ave também não resistiu ao óleo.

1/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Sabiaguaba, Fortaleza (CE) – morta

4/9 – 2 tartarugas marinhas – Praia do Paiva, Cabo de Santo Agostinho (PE) – mortas

7/9 – 1 ave bobo pequeno – Praia de Cumbuco, Caucaia (CE) – morta

11/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Jacumã, Ceará-Mirim (RN) – viva

16/9 – 1 tartaruga marinha – Ilha dos Poldos, Aroises (MA) – morta

22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Itatinga, Alcântara (RN) – viva

22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – morta

23/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – viva

24/9 – 1 tartaruga marinha – Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara (CE) – morta

28/09 – 1 tartaruga marinha – Ilha Grande, Ilha Grande (PI) – morta

29/09 – 1 tartaruga marinha – Praia do Serluz, Fortaleza (CE) – viva

Fonte: G1.com