LOGO-NEWS-CARIRI

Concurso inédito de benditos realizado com incentivo do projeto Bem-vindo Romeiro da Sedeci

Publicidade

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação, junto aos lojistas, comprova que é possível inovar sem, necessariamente, usar tecnologia. A matéria-prima fundamental é mesmo a criatividade e a efervescência cultural do Cariri é uma fonte de inspiração.

Foi a fervorosa religiosidade na terra do Padre Cícero que inspirou o concurso de benditos, realizado durante a Romaria de Nossa Senhora das Dores, dentro do projeto Bem-vindo Romeiro, da Sedeci. A “competição de fé” aconteceu na loja de confecção T&C, que fica nas proximidades da Basílica Menor, parada obrigatória dos visitantes. O palco foi montado em meio a peças do Centro de Cultura Mestre Noza, referência em artesanato no Brasil e no mundo. Catorze devotos, predominantemente alagoanos, concorreram. E, entre um cântico e outro, o público dava uma olhadinha nas blusas, calças, vestidos; fazia compras.

“Era esse o objetivo: atrair o consumidor com uma proposta diferente, temática e original, além do atendimento humanizado. É assim que queremos que o comércio dê as boas-vindas aos fiéis e turistas de um modo geral”, enfatizou o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte, Michel Araújo.

O Bem-vindo Romeiro vem capacitando, há dois anos, o empresariado do setor comercial para atender com excelência. Ainda incentiva a prática de descontos e o convite ao consumo de forma inovadora. “Essa capacitação e esse incentivo nos levaram a promover o concurso de benditos, que foi bastante positivo. Já estamos pensando numa segunda edição”, afirmou, entusiasmada, a gerente da loja T&C, Lenir Pinheiro.

Outras ideias criativas para impulsionar vendas também estão sendo moldadas. Para a romaria de Finados, em novembro, a expectativa é de que os grupos folclóricos locais ganhem mais visibilidade. “A próxima oficina do projeto abordará o reisado”, adiantou a Diretora de Comércio e Serviço da Sedeci, Josefa Costa. “Queremos ajudar a fortalecer as tradições culturais, aquecendo nossa economia”, acrescentou.

Cícero Damião, artesão do Centro de Cultura Mestre Noza, disse que a iniciativa da administração municipal tem aberto mais portas para os artistas regionais. “Estamos tendo mais oportunidades para mostrar o nosso trabalho, pertinho dos romeiros. Essa é a melhor parte.”

Vencedores
A juazeirense Zulene de Freitas, a “vovozinha do pandeiro”, venceu o inédito concurso de benditos. Alagoanos ficaram em segundo e terceiro lugar. Os prêmios foram vale-compras de 500, 300 e 200 reais. Foram avaliados critérios como afinação, letra e interpretação.
A terceira colocada, Elisângela Bezerra, herdou a devoção ao Padre Cícero dos pais. A família toda é movida pela fé. “Meus tios vêm de Maceió para Juazeiro do Norte a pé. A viagem costuma durar cerca de 40 dias”, falou a romeira, emocionada.

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas