Caixa diz estar preparada para atender população no saque do FGTS

Na véspera do início do cronograma dos saques de até R$ 500 por conta ativa e inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse nesta quinta-feira, 12, que o banco está preparado para a operação de pagamentos que, segundo ele, será a maior da história do País.

“A cada duas semanas vamos liberar cerca de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade”, afirmou Guimarães, em uma “live” na página do banco no Facebook.

“Serão R$ 15 bilhões liberados para cerca de 30 milhões de pessoas apenas neste primeiro mês”, acrescentou o presidente.

As agências da Caixa terão duas horas a mais de expediente na sexta-feira, 13, e funcionarão no sábado, 14. O horário estendido de funcionamento também valerá para segunda-feira, 16, e terça-feira, 17, da próxima semana.

O vice-presidente de Distribuição, Atendimento e Negócios da Caixa, Válter Gonçalves Nunes, lembrou que os saques também poderão ser realizados nas redes de lotéricas e de correspondentes bancários.

Os clientes da poupança individual da Caixa que nasceram de janeiro a abril terão crédito automático em suas contas já amanhã.

A partir do dia 27 deste mês, os valores estarão disponíveis para os clientes da poupança no Banco nascidos entre maio e agosto. No dia 9 de outubro será a vez dos poupadores da Caixa nascidos de setembro a dezembro. Os correntistas do banco também podem aderir ao crédito automático em conta.

Já os não correntistas do banco poderão sacar os valores do FGTS de acordo com um cronograma que começa de 8 de outubro deste ano – para os nascidos em janeiro – e segue escalonado, com o último grupo – dos nascidos em dezembro – com início apenas em 6 de março de 2020.

Os valores devem ser sacados do fundo até 31 de março de 2020. Os clientes que não quiserem retirar os valores devem comunicar a Caixa até 20 de abril de 2020. Quem estiver fora do País poderá receber os valores nas embaixadas brasileiras credenciadas pelo banco.

Fonte; Noticias ao minuto

Abate de bovinos e suínos cresce no segundo trimestre no país

total de bois, vacas e novilhos abatidos no segundo trimestre deste ano chegou a 8,04 milhões de animais, 1,4% a mais do que no trimestre anterior e 3,5% superior ao segundo trimestre do ano passado.

 

No segundo trimestre deste ano, foram abatidos 11,39 milhões de porcos, ou seja, 0,9% a mais do que no trimestre anterior e 5,2% a mais do que no segundo trimestre de 2018.

Já o total de frangos abatidos (1,42 bilhão de animais) também cresceu em relação ao ano anterior (3,4%), mas caiu em relação ao primeiro trimestre deste ano (-0,9%).

A aquisição de leite somou 5,85 bilhões de litros no segundo trimestre de 2019, uma alta de 6,9% em relação ao mesmo período do ano passado e uma queda de 5,8% na comparação com o primeiro trimestre deste ano.

A produção de ovos (942,45 mil dúzias) foi superior em 7,2% ao volume do mesmo período do ano passado e em 1,9% na comparação com o primeiro trimestre deste ano.Com informações Agência Brasil.

Fonte : Noticias ao minuto