Número 2 do mundo, Pliskova tem estreia prejudicada pela chuva

Nova número 2 do mundo – assumiu o posto logo depois do US Open, só ficando atrás da australiana Ashleigh Barty -, a checa Karolina Pliskova disputou nesta quarta-feira o seu primeiro jogo pelo Torneio de Zhengzhou, disputado em quadras rápidas na China. Pelo menos tentou, já que a chuva atrapalhou a programação e o duelo contra a eslovena Polona Hercog foi interrompido no segundo set.

 Depois de ganhar a primeira parcial por 6/3, quando conseguiu três quebras de saque, Pliskova caiu de rendimento no segundo set e até que foi ajudada pela chuva, já que a partida foi paralisada quando perdia por 5/2. O jogo será retomado nesta quinta-feira se as condições climáticas na cidade chinesa melhorarem.

A vencedora do duelo entre Pliskova e Hercog enfrentará nas quartas de final a norte-americana Sofia Kenin, de 20 anos e atual 20.ª colocada do ranking da WTA, que avançou na competição depois de derrotar a francesa Alizé Cornet por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Antes da chuva atrapalhar, outras duas jogadoras garantiram vagas nas quartas de final. Kristina Mladenovic venceu um duelo francês contra Caroline Garcia, cabeça 8, por 2 sets a 0 (7/5 e 6/2), enquanto que a croata Petra Martic confirmou a condição de sétima favorita ao ganhar da francesa Fiona Ferro por 2 a 1 – parciais de 3/6, 6/1 e 6/2.

Número 3 do mundo, a ucraniana Elina Svitolina estreia nesta quinta-feira contra a casaque Yulia Putintseva, 36.ª colocada. Quem vencer será a próxima adversária de Mladenovic na competição.

Fonte: Noticias ao minuto

Jesus e Sampaoli se preparam para ‘final’ entre Flamengo e Santos

jogo entre Flamengo e Santos decidirá o primeiro colocado da turno inicial do Campeonato Brasileiro. É uma conquista simbólica, mas que tem seu peso na tradição do futebol. Na maioria das vezes, quem vira na frente, segue na frente e fica com a taça. A equipe carioca lidera a competição com 39 pontos, dois a mais do que o time alvinegro. O duelo será realizado neste sábado, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de janeiro, pela 19.ª rodada. Mais de 60 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada.

 Veja as armas das equipes para esse confronto e destaca seus treinadores. De um lado, o técnico português Jorge Jesus conta com quase todos os titulares à disposição de um elenco de encher os olhos. Do outro, argentino Jorge Sampaoli aguarda a evolução dos seus machucados Victor Ferraz e Evandro para definir o esquema tático do time. Mas ele conta com a devoção de um grupo que entendeu a sua proposta ofensiva de jogar mesmo tendo um elenco bem mais modesto do que o rival do Rio de Janeiro.

Flamengo x Santos é o confronto esperado do primeiro turno. Jesus x Sampaoli é o duelo que todos querem ver nesse momento. São os dois treinadores mais reverenciados do Brasileirão de 2019. E ambos privilegiam o futebol ofensivo.

ATAQUE

Flamengo – O segredo do ataque rubro-negro, o melhor disparado do Brasileirão com 41 gols, está no entrosamento da dupla Gabriel e Bruno Henrique. O bom entendimento vem desde os tempos do Santos, onde eles se destacaram no ano passado. Um encontra o outro no campo sem precisar olhar. Eles também abrem espaço para os homens de meio chegarem na área. Bruno Henrique ganhou ainda mais confiança após ser convocado por Tite. Gabriel é o artilheiro da competição nacional com 15 gols; Bruno Henrique tem 8.

Santos – Após diversas mudanças, Sampaoli passou a apostar em Eduardo Sasha como centroavante, atuando mais fixo na área. A incógnita fica em relação aos jogadores que atuarão abertos pelos lados do campo. São três opções para duas vagas: Derlis González, Soteldo e Marinho. Independentemente da escolha, quem entrar terá como principal função forçar o jogo e evitar os avanços de Rafinha e Filipe Luis.

MEIO DE CAMPO

Flamengo – Talvez seja o setor de mais desequilíbrio no líder. A saída de Cuéllar forçou mudanças. Gerson tem sido o curinga de Jesus, atuando como segundo volante e sendo o responsável por iniciar os ataques. Outra arma é o talento do uruguaio Arrascaeta, que tem se movimentando bastante, armando boas jogadas e demonstrando excelente entendimento com Gabriel e Bruno Henrique.

Santos – Sem Diego Pituca, suspenso, Sampaoli terá de modificar o setor. Carlos Sánchez pode atuar mais recuado, o que pode tirar um pouco o poder de ataque da equipe. Alison é opção para reforçar a marcação. Tudo também dependerá do esquema tático que o treinador vai colocar em campo. A tendência é de que o argentino opte por escalar a equipe no 3-5-2 – assim, os laterais viram alas e ajudam a preencher espaços e na criação das jogadas.

DEFESA

Flamengo – A defesa se tornou um ponto forte. Antes criticado, o setor recebeu três reforços na janela da Copa América com experiência na Europa. Rafinha, Pablo Marí e Filipe Luís encaixaram perfeitamente com Rodrigo Caio. Diego Alves também cresceu bastante. A equipe não foi vazada nos últimos três jogos do Brasileirão.

Santos – A defesa tem sido um problema para o Santos pelas constantes mudanças no esquema tático. A formação com três zagueiros (Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Aguilar) não deixa o time seguro defensivamente e ainda atrapalha na saída de bola, que normalmente começa com um dos defensores. Se Victor Ferraz retornar de lesão pode ser um reforço importante para estabilizar o setor.

UM EMBALADO, OUTRO DESCONFIADO

Flamengo – Avançou à semifinal da Copa Libertadores e venceu os últimos cinco jogos do Brasileirão. Nesta sequência positiva, destaque para a goleada por 4 a 1 no clássico contra o Vasco e o triunfo por 3 a 0 sobre o Palmeiras. A última derrota da equipe no campeonato foi na 13.ª rodada, no dia 4 de agosto, por 3 a 0 para o Bahia.

Santos – Tropeçou nos últimos jogos e teve a liderança tomada pelo Flamengo. Em casa, empatou contra o Fortaleza após abrir 3 a 0 no placar e depois ficou no 1 a 1 contra os reservas do Athletico-PR. A equipe vive um momento de oscilação.

O MARACANÃ

Os ingressos para o jogo deste sábado estão esgotados desde a manhã de terça-feira. Foram vendidos no total 61.120 bilhetes entre público geral e parceiros comerciais. Empolgada com a boa fase da equipe, a torcida do Flamengo tem feito a diferença no estádio.

Fonte: Noticias ao minuto

Mano Menezes evita euforia após sua 2ª vitória no Palmeiras

técnico Mano Menezes deixou o campo satisfeito com o desempenho do Palmeiras no primeiro jogo diante de seus torcedores após a eliminação na Copa Libertadores. O treinador, no entanto, evitou fazer muitos elogios. Ele destacou apenas que a equipe soube aproveitar as oportunidades na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, conquistada na noite de terça-feira, no Allianz Parque, e está firme na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

 “Penso que iniciamos bem o jogo, era importante iniciar bem. Estávamos voltando para casa depois de uma eliminação. Precisávamos transmitir uma tranquilidade. Fizemos o gol, criamos mais umas três oportunidades. Depois tivemos uma queda de produção, errando a bola na frente e a transição”, comentou o comandante, que havia estreado à frente da equipe no último sábado, quando obteve um triunfo por 2 a 1 sobre o Goiás, em Goiânia.

“O Fluminense é um time difícil de enfrentar porque tem muita posse. Isso fez a gente baixar um pouco no campo, que não era a ideia. Retomamos a bola, mas ficamos sem saída. Segundo tempo corrigimos isso. Começaram a aparecer mais espaços na medida em que o Fluminense arriscou. Aí em duas ótimas jogadas fizemos os gols. Construímos uma boa vitória, importante. Um jogo isolado que nos aproxima do Santos e Flamengo. Saímos satisfeitos”, prosseguiu.

O treinador evitou também analisar a atuação de Luiz Adriano, que fez três gols na partida. Para ele, foi importante o time ter criado chances ofensivas. “Falar de um centroavante que fez três gols no jogo é chover no molhado. É importante para ele fazer. A bola chegou. A equipe precisa oferecer. Hoje e contra o Goiás as bolas chegaram. Jogadas bem construídas. São jogadores de alto nível, se a bola chegar nessa condição eles vão fazer. Na medida em que fizermos isso com qualidade, todos eles, quando estiverem fazendo a função, vão marcar”, analisou.

A vitória serviu para o Palmeiras fazer as pazes com seus torcedores e também levou a equipe aos 36 pontos – agora está a apenas três do líder Flamengo. A expectativa agora é encurtar ainda mais essa distância no final de semana, na rodada que marcará o fim do primeiro turno. O time alviverde receberá o Cruzeiro no sábado, às 19h. Um pouco mais cedo, às 17h, o Flamengo enfrentará o Santos, vice-líder, no Maracanã.

Fonte: Noticias ao minuto

Tite explica Neymar no banco e critica logística da seleção nos EUA

Quatro dias depois de enfrentar a Colômbia em Miami, a seleção brasileira entrou em campo contra o Peru, e perdeu por 1 a 0, na noite de terça-feira (início da madrugada de quarta no Brasil), em Los Angeles, com um time alternativo. Por opção de Tite, alguns dos principais jogadores do time como Neymar, Daniel Alves e Thiago Silva começaram a partida no banco de reservas – o atacante só entrou no segundo tempo. O técnico explicou que é preciso observar a equipe sem os melhores atletas.

 

“Foi Neymar, foi Dani (Alves), foi Thiago (Silva), foi Arthur. Temos que saber jogar sem as pilastras técnicas da equipe, as pilastras de liderança, de capitania, de liderança comportamental. Eu não consigo tirar conclusões sem botar para jogar. Temos que responder enquanto equipe também. Mas teve (uma condição física), sim”, afirmou o treinador em entrevista coletiva após a partida.

A derrota para o Peru, a terceira desde que assumiu a seleção em 2016 – as outras foram para a Argentina, em um amistoso, e para a Bélgica, que culminou com a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia -, foi o menos dos problemas para Tite. Assim como os jogadores, o técnico criticou muito o estado do gramado do estádio Memorial Coliseum e a logística colocada para a seleção nos Estados Unidos.

“Está errado, o gramado influencia no desempenho, não pode acontecer. Corre risco de lesão. Não é desculpa da derrota, não quero colocar isso. Não peguem só uma parte do que estou dizendo. Tem que matar no peito, assumir a derrota. O adversário montou estratégia e ganhou. Mas futebol de alto nível não pode acontecer. Está ligado também à Argentina e Chile (jogaram na semana passada no mesmo estádio). Não pode ter campo nessas condições. Vai ter escanteio, vai ter contato com adversário e vai parar na arquibancada”, comentou, criticando os organizadores do amistoso em Los Angeles.

“As pessoas responsáveis, a empresa, também tenho minha responsabilidade, antes conversei com Juninho (Paulista, coordenador de seleções da CBF). A Pitch (empresa organizadora) precisa cuidar disso, sim. Tem que ter um campo melhor para jogar. Não pode ter um campo desse, não dá para ter um espetáculo num gramado desse. Dá para jogar ‘soccer’, dá para jogar de tênis. A gente teve três primeiras bolas que fomos inverter, foram três bolas longas porque não teve precisão. Não é desculpa para a derrota porque foi para os dois. Mas que um busca mais jogar e outro busca contato, tem uma diferença”, prosseguiu.

“O mundo real é esse. É a nossa realidade. No mundo ideal não teria sido nada assim. Eu gostaria, e já falei para o pessoal, que jogássemos onde treinamos (no estádio Banc of California). E elogiei lá porque o gramado era muito bom e eu tenho que cuidar da seleção. Como cuido na hora de dar oportunidades aos atletas. Mas não posso me isentar dessa realidade. O desempenho individual pode ficar prejudicado, por mais capacidade que a gente tenha de cuidar deles depois. É desafiador, mas é o mundo real”, completou Tite.

O Brasil volta a campo ainda neste ano para mais amistosos em datas Fifa. Estão programados dois para outubro, entre os dias 7 e 15, e dois para novembro, entre os dias 11 e 19. Os adversários e locais destas quatro partidas antes do final de 2019 ainda não foram confirmados pela CBF. Em 2020, em março, começarão as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar.

Fonte: Noticias ao minuto

Santos abre venda de ingressos exclusiva a sócios para jogo com Fla

Santos anunciou que vai abrir nesta quarta-feira, a partir das 14 horas, a venda de um lote de 720 ingressos, que é exclusiva para membros do programa de sócios-torcedores do clube, para o jogo deste sábado, às 17 horas, contra o Flamengo, no Maracanã, pela rodada final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

 O clube informou que essa comercialização irá até as 20 horas de quinta-feira, com bilhetes custando R$ 50 para todas as categorias de associados do programa Sócio Rei (Black, Gold e Silver).

“Cada sócio ou dependente poderá comprar um ingresso por carteirinha. É importante enfatizar que o acesso ao estádio será permitido somente por meio da carteirinha do programa Sócio Rei. Não haverá acesso via cartão de crédito/débito utilizado na compra”, destacou também o Santos, por meio de nota publicada em seu site oficial.

O clube ainda revelou que fechou com o Flamengo “um acordo de reciprocidade de venda para sócios em suas partidas no Campeonato Brasileiro”. “O Sócio Rei terá prioridade na compra de ingressos para assistir à ‘final do 1º turno’ contra o Flamengo no próximo sábado”, pontuou.

Já ao se dirigir aos santistas em geral que possam ter interesse em ir ao Maracanã para acompanhar de perto o jogo deste sábado, o Santos informou que “caravanas e excursões de torcedores não sócios devem procurar a arrecadação do clube para informações sobre venda de ingressos comuns pelo telefone (13) 3257-4000”.

A equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli figura na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos, dois atrás do líder Flamengo, e assim precisa vencer o jogo deste sábado para terminar o primeiro turno no topo da tabela. Com 36 pontos, o Palmeiras ocupa a terceira posição e enfrenta o Cruzeiro, também neste sábado, às 19 horas, no Allianz Parque, em outro confronto válido pela 19ª rodada da competição.

Fonte: Noticias ao minuto

Prefeitura libera trecho da Av Padre Cícero

Por Agência News Cariri

Após semanas de interdição, o trecho da Avenida Padre Cícero bloqueado para a realização de obras de drenagem foi liberado para condutores e pedestres. A Secretaria de Infraestrutura também retirou as manilhas do canteiro central. Durante um bom tempo, os equipamentos causaram transtornos aos pedestres, que ficaram impossibilitados de fazer a travessia no trecho.

Mesmo liberado, trecho da avenida inspira cuidados, pois ainda será necessário realizar o recapeamento asfáltico da área. A Secretaria ainda não deu prazo para a correção.

Segundo anunciado pela prefeitura, a requalificação e drenagem do trecho abrangeu uma área de 350 metros.

TRE cassa presidente da Câmara de Milagres; mas ele se mantém no cargo até decisão do TSE

Por Madson Vagner 

Apesar de se manter no cargo, o presidente Beto Mitrado está inelegível. No TRE a decisão foi unanime, o que, dificulta uma reviravolta no TSE.

A manutenção da cassação do diploma do presidente da Câmara de Milagres, vereador Beto Mitrado (MDB), pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ajudou a aumentar a dor de cabeça do prefeito Lielson Landim (PDT). Na presidência da Casa a situação deve continuar tranquila para o prefeito, já que, o substituto de Beto, vereador Lorim (MDB), e ligado ao gestor.

O problema é o suplente Israel Santos (MDB) que, quando assumir promete fazer grande barulho na Câmara contra a administração de Lielson. Quando assumir, porque a decisão que cassou Beto é de primeira instância e cabe recursos. Ele deve recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e permanece no cargo até o trânsito em julgado.

Apesar da brecha na lei, Beto Mitrado está inelegível, ou seja, sem direito a reeleição. No TRE, a decisão foi unanime, o que, dificulta uma reviravolta no TSE.

Primeiro encontro de marketing digital: confira a programação completa neste final de semana

No próximo sábado (14), o DED Talks Ceará reunirá grandes nomes do marketing digital em Juazeiro do Norte para um dia inteiro de palestras, feiras de negócios, minicursos, e várias experiências que potencializam as vendas virtuais e sinalizam o futuro do mundo empreendedor, além de representar uma oportunidade para conhecer novas empresas, pessoas, e negócios.

O encontro é direcionado aos profissionais da área de marketing, comunicação, publicidade, e executivos que se interessam em conhecer e utilizar as ferramentas de Marketing Digital.

Confira a programação:

08:30 – Credenciamento

09:30 – Abertura

09:40 – Raphael Falcão – Como transformar seguidores em fãs

10:40 – Manoel Filho – Influencer: a treta da autoridade digital

11:00 – Painel Influencer – Convidados: Carolina Rocha, Úrsula Andress, Rui Patrício

11:40 – Intervalo

13:00 – Fátima Silana – Oportunidades no monitoramento das redes sociais

14:00 – Feira de negócios

14:30 – Podcast Budejo

15:30 – Hugo Lopes – Transformação digital

16:30 – Painel – Convidados: Allen Vidal e Jayan Duarte – Maturidade digital na região do Cariri

17:00 – W. Gabriel – O que falta para os consumidores comprarem mais na internet

18:00 – Valter Rito – Como vender mais no instagram

19:00 – encerramento

Local: Faculdade de Juazeiro do Norte

Inscrições: www.dednordeste.com.br

México planeja dar injeção de capital de US$ 5 bilhões à Pemex

governo do México planeja dar à estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) uma injeção de capital de US$ 5 bilhões para reduzir a dívida e ajudar a estabilizar as finanças da companhia, disse nesta quarta-feira o Ministério das Finanças do país.

Segundo a pasta, a injeção de capital será financiada com ativos do Tesouro e não terá impacto sobre a dívida do setor público.

A Pemex disse que usará o dinheiro para o pré-pagamento de bônus com vencimento entre 2020 e 2023 e que também planeja emitir bônus com maturação em sete, 10 e 30 anos para refinanciar a dívida de curto prazo.

Fonte: Noticias ao minuto

 

Inflação em agosto foi maior para as famílias mais pobres, revela Ipea

desaceleração da inflação em agosto foi mais intensa para as famílias de renda mais alta, enquanto os mais pobres viram os preços dos produtos mais consumidos por eles aumentar um pouco mais, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda mostra que as famílias com renda mais baixa sentiram uma inflação de 0,12% em agosto. No mesmo período, o custo de vida aumentou 0,08% para as famílias de renda mais elevada.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que faz uma média da variação de preços para as famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos, ficou em 0,11% em agosto.

Os preços do grupo Habitação foram os principais responsáveis pela inflação mais elevada para os mais pobres, segundo o Ipea. “As altas de itens de grande peso na cesta de consumo desse segmento, como energia elétrica (3,85%), aluguel (0,63%) e taxa de água e esgoto (1,34%), geraram um forte impacto”, diz a nota sobre o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda.

Apesar da alta nesses preços, houve alívio nos gastos do grupo Alimentação, com queda em alguns itens importantes, como tubérculos (-10,7%), verduras (-6,5%), carnes (-0,75%) e leites e derivados (-0,30%).

Por sua vez, a inflação percebida pelos consumidores de renda mais elevada desacelerou mais por causa, especialmente, da deflação nas passagens aéreas. Na média, o preço dos bilhetes ficou 15,7% mais barato em agosto, o que “possibilitou uma contribuição ainda mais favorável do grupo Transportes, implicando um alívio adicional sobre a inflação dessas famílias (da faixa de renda mais alta)”.

O indicador do Ipea separa por seis faixas de renda familiar as variações de preços medidas pelo IPCA. Os grupos vão desde uma renda familiar de até R$ 1.638,70 por mês, no caso da faixa com renda muito baixa, até uma renda mensal familiar acima de R$ 16.391,58, no caso da renda mais alta.

A taxa de inflação das famílias de renda mais baixa acumulada em 12 meses até agosto de 2019 ficou em 3,62%, mais elevada que a da faixa de consumidores mais ricos, de 3,36% no período. O IPCA acumulado em 12 meses até agosto de 2019 foi de 3,43%.

 Fonte: Noticias ao minuto

Maia cobra que governo envie reformas tributária e administrativa

presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira, 10, que se o governo quiser participar da discussão da reforma tributária tem de fazê-lo oficialmente, por meio de uma proposta encaminhada ao Congresso. Segundo ele, seria “estranho” o governo não ter uma proposta de reforma de simplificação dos impostos.

Maia negou que tenha feito um acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para a tramitação da reforma tributária e do Pacto Federativo no Congresso. Disse que os senadores podem votar a proposta de reforma que tramita no Senado, mas lembrou que, pela Constituição, a proposta enviada pelo governo tem de começar a tramitar pela Câmara dos Deputados. “Não tem como fazer o Senado protagonista nessa agenda”, afirmou.

Já a proposta do Pacto Federativo, que será por meio de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), Maia afirmou que poderia ser apresentada por um senador. O presidente da Câmara disse que a apresentação da proposta do Pacto Federativo pelo governo está atrasada. Segundo Maia, o compromisso era que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, apresentaria a proposta para tirar as “amarras” do Orçamento.

“Na reforma tributária não teve nenhum tipo de acordo, como alguns senadores estão dizendo”, afirmou Maia, que esteve reunido na noite desta terça-feira, 10, com Guedes. Para o deputado, o conceito da reforma tributária das duas propostas que estão no Congresso não é muito distante na questão do Imposto sobre Valor Agregado (IVA), o novo imposto que seria criado com a fusão dos atuais. “A questão é saber se separa Estados e municípios da União”, ressaltou.

Reforma Administrativa

O presidente da Câmara informou que alertou Guedes que a proposta de reforma administrativa só pode ser apresentada pelo Executivo à Câmara. Entre os pontos da reforma está o fim da estabilidade dos servidores públicos, a redução do número de carreiras e a diminuição dos salários iniciais dos servidores para um patamar mais próximo ao da iniciativa privada.

Maia insistiu que essa proposta é essencial e até mesmo ponderou que ela pode ser mais importante do que a PEC que muda a regra de ouro (que proíbe o governo de se financiar para pagar gastos correntes) que tramita atualmente na Câmara. Maia admitiu que vê risco de a PEC da regra de ouro abrir caminho para mudanças em outra regra, a do teto de gastos (que atrela o crescimento das despesas à variação da inflação). O deputado é contrário a mexer no teto de gastos.

Cessão Onerosa e Lei Kandir

O presidente da Câmara também disse que conversou com o ministro sobre o cronograma de votação da PEC que abrirá caminho para o megaleilão de petróleo do pré-sal. A expectativa é que a proposta esteja pronta para votação em primeiro turno no dia 5 de novembro.

O segundo turno ocorreria logo em seguida, segundo Maia, a tempo do leilão ocorrer esse ano. “É importante que possamos avançar”, disse. Uma das ideias em estudo é incluir na PEC a transferência de R$ 4 bilhões para compensar Estados e municípios exportadores pela desoneração da Lei Kandir.

Fonte: Noticas ao minuto