LOGO-NEWS-CARIRI

Monsenhor Ágio morre, aos 101 anos, na cidade do Crato

C2F58F38-C522-4871-B4B2-2973C57C53A9

Publicidade

Por Agência News Cariri

Na madrugada desta quarta-feira (12), faleceu o Monsehor Ágio Augusto Moreira, aos 101 anos, o mais antigo clérigo da Diocese do Crato. Através do seu trabalho na cultura e educação, o Padre foi destaque na história da região, dentre vários projetos, ele ficou conhecido ao fundar a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), iniciativa voltada para música.

Em 18 de dezembro do ano passado, o monsenhor completou 75 anos de vida sacerdotal. A causa da morte não foi divulgada. O velório acontecerá na Vila da Música (av. José Horácio Pequeno, nº 1366 – Novo Lameiro, Crato) e o sepultamento nesta quinta, 13, às 16 horas, na Capela Nossa Senhora das Graças, bairro Belmonte.

Nascido em Assaré, foi professor de canto gregoriano, italiano, grego e francês no Seminário São José, em Crato. A Prefeitura Municipal da cidade decretou luto oficial nesta quarta-feira. Em nota publicada em seu Facebook, o governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, ressaltou a importância do líder religioso.

“Foram 101 anos de muito amor e dedicação aos que mais precisam. Padre Ágio, como era carinhosamente chamado, realizou um trabalho muito bonito e transformou a vida de jovens e crianças da região do Cariri por meio da música. Ele está marcado na história do Ceará como exemplo de homem com grande coração, sensibilidade, amor e fraternidade, valores dos quais mais precisamos hoje em dia. Minha eterna gratidão ao Padre Ágio e meu abraço fraterno a todos que tiveram a felicidade de conviver com este grande homem. Que Deus o receba e console a família e os amigos!”, destacou.

Leia também