MPCE realiza audiência pública para acompanhar organização da Expocrato

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Crato, realizou audiência pública nesta segunda-feira (10/06) sobre a Expocrato, que ocorrerá entre os dias 13 e 21 de julho de 2019, no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante. A audiência tratou da definição da matriz de responsabilidade dos organizadores do evento, e de demais órgãos e entidades que direta, ou indiretamente, atuam na Exposição e show. Também foi requisitado de cada órgão o plano de atuação no evento contendo as informações técnicas indispensáveis para identificação das ações que serão realizadas durante o evento.

Para a edição deste ano, a Promotoria instaurou procedimento administrativo a fim de cobrar das empresas e organizadores da Feira Agropecuária e do Festival Expocrato a apresentação de toda a documentação legal, bem como o cumprimento de uma série de exigências, como direito à meia entrada, laudos de certificação técnica, licenças ambientais, etc. “A intenção do procedimento é amarrar todas as responsabilidades diante deste grande evento, contribuindo para a prevenção de incidentes, fortalecendo os direitos dos consumidores, e demais visitantes, e em última análise, para o próprio crescimento da exposição, e da cidade de Crato”, ressalta Marques.

Além do promotor de Justiça, estiveram presentes as empresas organizadoras do Festival Expocrato 2019 (Multientrenimento e MegaSom); o Grupo Gestor do Parque Pedro Felício Cavalcante; a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bio-Região do Araripe (ACCOA), responsável pela Feira Agropecuária; a Polícia Civil; a Polícia Militar; a Polícia Rodoviária Estadual; a Polícia Militar Ambiental; o Corpo de Bombeiros; as Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial, de Segurança Pública, de Finanças e Saúde; a Vigilância Sanitária; o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran); e a Guarda Municipal.

Desde 2016 o Ministério Público vem adotando postura mais incisiva na fiscalização do evento e, através do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), exigindo a adequação do Festival aos ditames legais no que pertine a eventos desta natureza.

Unidades de saúde têm movimentação intensa na manhã desta segunda-feira em Juazeiro do Norte

Por Agência News Cariri

As unidades das UBS Frei Jeremias (EFS 41/54/55/56); Bairro Franciscanos; UBS Timbaúbas (ESF 67); UBS São José (ESF 47/61); UBS Limoeiro (ESF 23/53/65); Centro de Dermatologia e Hospital Estephânia, tiveram uma programação intensa de vacinação contra a gripe na manhã desta segunda (10), com a mobilização para concluir  a meta de grupos prioritários.

Na ultima sexta-feira (7), mais de 8,8 mil doses da vacina contra a gripe chegaram a Juazeiro, entretanto a imunização só continua para o grupo prioritário. Crianças menores de seis anos (segunda dose principalmente), idosos acima de 60 anos e gestantes fazem parte do público alvo.

Na UBS do Bairro Franciscanos os funcionários pediram apoio a policia militar para conseguir controlar os ânimos da população, os pacientes questionavam o fato das vacinas, mais uma vez, só priorizarem alguns públicos, enquanto a promessa era de que ao final da campanha as doses seriam distribuídas para todos. “Nós estamos assustados com os surtos e mortes aqui em juazeiro, não podemos pagar mais de R$ 100,00 em uma dose de vacina, e por isso estamos correndo risco de vida”, ressaltou a dona de casa Márcia Santos, 35 anos, moradora do bairro Franciscanos.

Segundo a Secretaria da Saúde do município, essas doses não são extras, e sim o restante das vacinas para a meta de imunização do grupo prioritário. Francimones ainda destaca que os doentes crônicos, ou pessoas que apresentem alguma condição que seja necessária a vacina, terão de comprovar a condição.

Confira mais imagens da movimentação:

Prefeitura do Crato faz enquete para população escolher artistas do show do dia do município

Por Rafael Pereira/Agência News Cariri

A prefeitura municipal do Crato desenvolveu uma enquete em que o cidadão irá escolher que atrações musicais e do humor irão participar nas comemorações do dia do município em 21 de junho. As opções incluem cantores e bandas de forró da região do Cariri e do Nordeste. Já as atrações humorísticas são de nomes conhecidos nacionalmente como Tirulipa e João Claudio Moreno.

As escolhas dos artistas ocorrem até essa segunda-feira (10), antes da meia noite. As opções dentre os cantores são: Ana Nery, Baby Som, Ciço Bodim, Chumbo do Acordeon, Érika Diniz, Felipão, Jonas Esticado, JM Puxado, Luan Rocha, Namoro Novo, Noda de Caju, Raphael Belo Xote, Wawa Pinho, Stanley Farra, Toca do Vale e Vicente Nery. Já no humor estão: João Cláudio Moreno, Henrique Vidal, Tirulipa e Cibalena.

A enquete está disponível no endereço eletrônico crato.ce.gov.br e os cidadãos devem opinar até as 23: 59h até o dia de hoje, 10 de junho. As comemorações do dia do município do Crato ocorrem, daqui a dez dias, em 21 de junho, com 255 anos de emancipação política.

Polícia encontra espingarda, rifle, facas e munição em casa de frentista no interior do Ceará

Uma denúncia anônima fez com que a polícia encontrasse na última sexta-feira (7) diversas armas e munição na casa de um frentista de 30 anos na localidade de Sítio Oitis, no município de Milagres, na Região do Cariri.

De acordo com a Delegacia Regional de Brejo Santo (21ª Região), agentes de segurança receberam uma denúncia por meio do 190 de que um homem possuía em sua residência uma arma de fogo. Segundo a mesma denúncia, um homem de 37 anos suspeito de ter cometido crime de feminicídio em São Paulo também morava na mesma residência.

Armamento em residência

Uma equipe da Polícia Militar iniciou as investigações e chegou à casa do suspeito. Policiais perguntaram para o dono da propriedade sobre a arma de fogo e o mesmo autorizou a entrada da polícia na residência.

Após vistoria, a polícia encontrou 21 armas brancas dentre elas facas, canivetes, cossocos (uma espécie de arma artesanal) e facões. Foram achados também 21 munições de revólver calibre 38, cinco munições calibre 22, três caixas de chumbinho calibre 45, uma espingarda calibre 45, uma soqueira e um rifle calibre 22 com luneta.

O frentista confirmou ser o proprietário do armamento e foi dada voz de prisão. Ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Brejo Santo. A delegada Virginia Ferreira Gordino instaurou o inquérito onde o homem foi autuado no artigo 12 do estatuto do desarmamento.

Já o outro homem suspeito de feminicídio em São Paulo também foi conduzido até à delegacia, mas não foi encontrado nenhum mandado em aberto contra ele. Foi feito apenas um Boletim de Ocorrência e em seguida o mesmo foi liberado.

Fonte: G1.com

Cine Transpetro nas Comunidades exibe filmes em escolas públicas de Mossoró e Carnaubais

A mostra Cine Transpetro nas Comunidades chega a Mossoró nesta segunda-feira (10) e em Carnaubais nesta terça (11). O projeto vai exibir filmes e fazer oficinas em duas escolas públicas, uma em cada cidade, dentro da proposta que vai percorrer 18 estados brasileiros até novembro.

Em Mossoró, o evento vai acontecer na Escola Estadual Gilberto Rola e em Carnaubais, na Escola Municipal Princesa Isabel. Serão exibidos três curtas-metragens para alunos de até 10 anos, além de dois médias para alunos com idades entre 10 e 14 anos e um longa para alunos a partir de 14 anos.

Entre os filmes selecionados estão: os curtas “A Natureza Agradece”, “Louise” e “Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil”, os médias-metragens “Depois que Te Vi” e “A Câmera do João”, além do longa “Menina de Barro”. Os filmes abordam temáticas como direitos humanos, ciência e tecnologia, meio ambiente e sociedade, entre outros.

O projeto realiza ainda oficinas de iniciação à criação cinematográfica, em que os alunos de 11 a 18 anos de idade aprendem técnicas de roteiro, direção, produção e edição e realizam um curta-metragem. Com isso, o Cine Transpetro nas Comunidades procura despertar o interesse de jovens pela produção audiovisual.

“Além de proporcionar aos jovens as ferramentas de conhecimento e informação, o projeto também pretende instigá-los a pensar as ‘novas mídias’, estimulando o olhar interativo no uso dessas ferramentas digitais ‘cotidianas’ como expressão de cidadania”, diz a diretora executiva do projeto, Luciana Boal Marinho.

Filmes selecionados:

Para alunos até 10 anos de idade

A Natureza Agradece (BRASIL / 2018 / 14 min / Livre)

Sinopse: Bernardo vive em um pequeno rancho cheio de diversidade ambiental. Um dia, uma fábrica aparece colocando em risco toda a natureza.

Temática: Direito ao meio ambiente sustentável

Ficha Técnica:

Roteiro: Ana Maria Cordeiro

Edição: Renan Oliveira

Produtora: Mandra Filmes

Louise (BRASIL / 2017 / 05 min / Animação/ Livre)

Sinopse: Durante uma brincadeira de futebol de rua entre quatro garotos, a bola é chutada para longe e cai parto de Louise e Bia. Juca corre para pegar a bola e percebe a habilidade das duas garotas para o futebol e as convida para brincar. Iago não aceita a participação delas, mas Louise não quer ficar fora do jogo.

Temática: Direito das mulheres

Ficha Técnica:

Roteiro: Amanda Gomes, Andressa Fernades, Nathanael Cruz e Círculo de Cultura Surda.

Edição: Andressa Fernandes

Produtora Realizadora: Domingos Coelho e Luiza Camurça

Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil (BRASIL / 2016 / 16 min. / Livre)

Sinopse: O cabelo, fronteira final. Entre caretas e escovas, as viagens de uma menina em busca de aceitação.

Temática: Direito das crianças e do adolescente

Ficha Técnica:

Roteiro e Edição: Alexandre Bersot

Produtora Realizadora: Alexandria – Animação em Boa Companhia

Para alunos de 10 a 14 anos de idade

Depois Que Te Vi ( Brasil / Ficção / 16 Minutos /Livre)

Sinopse: Gustavo é um jovem autista que trabalha na farmácia do tio. Ele cumpre metodicamente sua rotina, mas isso muda quando ele sai para fazer uma entrega e vê uma menina passar de bicicleta. A partir daí, seu foco passa a ser essa nova paixão.

Temática: Direitos da pessoa com deficiência

Ficha Técnica

Direção: Vinícius Saramago

Roteiro: Vinícius Saramago

Fotografia: João Casalino

Edição: Talita Ghivelder

Elenco: Jorge Hissa, Roberto Frota e Anna Julia Leite

Produtora: Revoar Filmes

A Câmera do João (BRASIL / 2017 / 22 min / Livre)

Sinopse: Uma faixa de luz passa por uma pequena perfuração, e se faz imagem. João descobriu que fotografias são heranças.

Ficha técnica:

Direção: Tothi Cardoso

Roteiro: Tothi Cardoso

Edição: Maurélio Toscano

Elenco: Lucas Romão, Adilson Maghá, Neusa Borges e Valéria Vieira

Produtora: Dafuq Filmes

Para alunos a partir de 14 anos de idade

Menina de Barro (BRASIL / 2017 / 97 min / 14 anos)

Sinopse: Quando Diana (Rafaela Machado) descobre, ainda aos 12 anos de idade, que é superdotada e portanto muito mais avançada do que as outras pessoas na sua mesma faixa de idade, ela se esforça para se adequar ao ambiente no qual está inserida. Entre a ternura e a dureza, Diana decide que combaterá o bullying em sua escola, por mais que isso a gere problemas muito maiores do que já possuía.

Temática: Direito à vida e a integridade física / Direitos da criança e do adolescente.
Ficha técnica:

Roteiro: Vinícius Machado

Edição: Vinícius Machado, Jorge Neto e Thays Elinne

Produtora: OF Produção Cultural

Fonte: G1.com

Seis em cada dez brasileiro devem ir as compras no Dia dos Namorados

Expectativa é de que a data movimente R$ 12,5 bilhões; quase 99 milhões de pessoas pretendem presentear o parceiro e shoppings despontam como principal destino de compras. Tíquete médio será de R$ 127

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais mostra que seis em cada dez consumidores (63%) esperam presentear alguém na data, o que representa aproximadamente 98,7 milhões de pessoas — número que se mantém estável na comparação com o ano passado. Para este ano, a expectativa é de que sejam injetados cerca de 12,53 bilhões de reais na economia.

Em média, o consumidor planeja desembolsar R$ 126,98 com os presentes do Dia dos Namorados. Importante notar que 15% ainda não decidiram o valor que será gasto. Outros 17% esperam diminuir o valor gasto, principalmente as mulheres (26%).  Quanto à forma de pagamento, 59% disseram que pretendem pagar a compra à vista, especialmente em dinheiro (38%) e 39% preferem parcelar.

De acordo com o levantamento, seis em cada dez (63%) consumidores garantem que comprarão um único presente, enquanto 27% pretendem adquirir dois ou mais itens. “Essa é uma ótima oportunidade para os lojistas usarem a criatividade e fazer combos atrativos e assim aquecer as vendas. Os dados apontam que mesmo com cautela, todos querem presentear o companheiro (a), alguns até com mais de um item, qualidade e variedade chamam atenção dos clientes, então essa é a hora do lojistas caprichar na criatividade”, destaca Zenilda de Sena, presidente da CDL de Juazeiro do Norte.

O simbolismo em torno desta data comemorativa ajuda a explicar a decisão de presentear. A pesquisa constatou que 47% dos que farão compras no Dia dos Namorados consideram o ato de presentear um gesto importante, ao passo que 46% têm o costume de presentear as pessoas que gostam. Os mais lembrados na ocasião serão os cônjuges (59%) e namorados (35%).

“Embora para muitos consumidores o momento seja de conter os gastos, esta é uma data importante, em que o ato de presentear acaba sendo uma demonstração de afeto”, destaca o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

 

Mais da metade dos consumidores tem a percepção de que os produtos estão mais caros este ano; 76% pesquisarão preços antes de comprar

Quase seis em cada dez entrevistados (56%) têm a percepção de que os produtos estão mais caros do que no ano passado. Outros 38% acreditam que os presentes se mantiveram na mesma faixa de preço e apenas 5% acham que os produtos estão mais baratos do que em 2018. De olho no bolso, 76% dos consumidores pretendem fazer pesquisa de preço. Entre os que disseram ir em busca de melhores ofertas, 69% pretendem usar a internet como aliada, 48% pesquisarão em shoppings e 43% em lojas de rua.

A sondagem revela ainda que 52% pretendem ir às compras na primeira semana de junho. Já 16% deixarão para a véspera do Dia dos Namorados e 14% disseram antecipar para o mês de maio.

Roupas são o principal item de quem irá presentear e se preparar para a comemorar a data

Este ano, o levantamento revelou que os gastos devem envolver mais do que a compra do presente. Para 63% dos entrevistados, os gastos com a aquisição de um produto ou serviço terão um motivo especial: a preparação para comemorar a data. Para isso, os itens mais mencionados foram as roupas (30%), os perfumes, cosméticos ou maquiagem (19%), a lingerie ou peça íntima (18%), os calçados (11%) e os tratamentos estéticos, como salão de beleza e barbearia, manicure, depilação (9%).

Em relação ao local onde será comemorado o Dia dos Namorados, os consumidores se dividem entre a própria casa (37%) e os restaurantes (27%). Na escolha do presente, os fatores mais levados em conta são a qualidade do produto (23%) e o perfil do presenteado (20%). Ainda segundo apontou a pesquisa, 70% acreditam que também vão receber presentes na data

Detentos usavam cela como ‘boca de fumo’ em penitenciária no Piauí, diz Sinpoljuspi

Uma cela da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba, era usada como ponto de venda de entorpecentes, de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi). O presidente da associação, Kleiton Holanda, informou ao G1 que durante uma vistoria de rotina na sexta-feira (7) foram encontrados 26 papelotes de cocaína prontos para comercialização.

A Secretaria de Estado de Justiça informou que ainda vai se pronunciar sobre o caso.

“Os agentes penitenciários encontraram a droga toda dividida, pronta para venda. E um dos detentos confessou ser o proprietário da droga e que ele fazia a venda na penitenciária. Também foram encontrados dois celulares, fones de ouvido e um carregador de celular”, informou o presidente do Sinpoljuspi.

A droga foi encontrada em uma das sete celas do pavilhão da ala dois, que abriga 27 detentos. “Em todas as celas foram encontradas ilicitudes. Na cela ao lado foi encontrado mais drogas, que podem inclusive pertencer à mesma pessoa. Já que às vezes eles escondem em lugares diferentes com medo de serem encontrados durante as vistorias”, disse Kleiton Holanda.

O presidente sindical informou que os itens proibidos entram na penitenciária por meio da visita íntima. “Acreditamos que seja dessa forma, que os ilícitos entram introduzidos nas partes íntimas das visitas, porque durante a visitação nós utilizamos raio X, detecção de metal, vistoria e não encontramos”, pontuou Kleiton Holanda.

Fonte: g1.com

Vacina contra gripe é disponibilizada para toda população, em João Pessoa

Após atingir a metade de imunização contra a gripe, colocada pelo Ministério da Saúde, a prefeitura de João Pessoa disponibiliza, a partir desta segunda-feira (10), as doses da vacina para toda população. Até a última sexta-feira (7), mais de 192 mil doses foram aplicadas para os grupos de risco, o que representa 91,49% do público-alvo.

A campanha teve início no dia 10 de abril, para imunizar grupos considerados de risco. A escolha dos grupos que receberam a vacina seguiu a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

“A definição dos grupos também é baseada em estudos epidemiológicos e no comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe, por isso trabalhamos com grupos com maior chance de complicações que podem evoluir para casos graves da doença, internações e até óbitos”, explicou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da prefeitura de João Pessoa.

A vacina produzida protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS: H1N1, H3N2 e B.

Em 2018, a Vigilância Epidemiológica confirmou laboratorialmente 34 casos de influenza tipo A, sendo 18 de H1N1 com dois óbitos e, 16 do subtipo H3 sazonal, com dois óbitos. Para Influenza B foram 11 casos confirmados, com dois óbitos registrados. De Vírus Sincicial Respiratório foram registrados e confirmados nove e Metapneumovírus 12 casos notificados.

Este ano já foram confirmados 35 casos de síndromes gripais, sendo 19 casos positivos para influenza e 16 casos positivos para Vírus Sincicial Respiratório. Entre os 19 casos confirmados de influenza, 16 são decorrentes de influenza A (sendo 13 do subtipo H1N1 e três do subtipo H3 sazonal) e três decorrentes de Influenza B, com um registro de óbito de H1N1.

Doses aplicadas por grupo

Crianças: 51.845 doses aplicadas (88,03%)

Gestante: 6.914 doses aplicadas (78,75%)

Trabalhador de Saúde: 23.722 doses aplicadas (86,51%)

Puérperas: 1.406 doses aplicadas (97,44%)

Idosos: 74.430 doses aplicadas (97,18%)

Professores: 6.351 doses aplicadas (92,81%)

Comorbidades: 28.032 doses aplicadas (91,47%)

 Fonte: Noticias ao minuto

Apps de transporte consomem até 10% do orçamento dos usuários

Os principais apps de transporte no País comprometeram, em média, 9,5% da renda dos 72 mil usuários da plataforma que utilizaram esse serviço em maio

Os hábitos de consumo dos brasileiros mudaram radicalmente nos últimos cinco anos. Com a evolução dos smartphones, quase todo tipo de serviço está hoje ao alcance dos dedos. Um levantamento sobre consumo por meio de aplicativos dá a dimensão do peso que esses “gastos invisíveis” têm e mostra o quanto eles podem comprometer o orçamento.

Segundo pesquisa da Guia Bolso, plataforma de organização das finanças pessoais, só os gastos com os principais apps de transporte no País – Uber, 99 e Cabify – comprometeram, em média, 9,5% da renda dos 72 mil usuários da plataforma que utilizaram esse serviço em maio. O gasto médio com esses apps no mês foi de R$ 119.

Em segundo lugar, ficaram as despesas com aplicativos de entrega de comida. A média gasta pelos 39 mil usuários que pagaram por esse serviço em maio foi de R$ 85, uma fatia de 8,1% da renda registrada por esse grupo.

O gasto com aplicativos de filmes e de música consta no orçamento de 30 mil e 49 mil usuários da plataforma, respectivamente. A pressão sobre as contas, no entanto, foi bem menor: nenhuma das duas despesas chegou a passar de 3% do orçamento.

Embora os dados se refiram a uma parcela pequena e específica da população, eles permitem enxergar um novo perfil de consumo que não está relacionado apenas à renda, avalia o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor da Fipe, Guilherme Moreira. “Os hábitos mudaram de maneira permanente, a estrutura dos gastos mudou. São números interessantes que mostram a importância que essas tecnologias passaram a ter na vida das pessoas”, diz.

O professor explica que esses gastos não são exatamente extras, já que tendem a substituir outras despesas – enquanto crescem os pedidos de comida pelos apps, uma família pode diminuir a frequência da alimentação em restaurantes. “Deveremos ver uma redistribuição dos pesos dos setores”, afirma.

Na ponta dos dedos

Para Cláudia Mendes Nogueira, sócia da consultoria Oficina de Valor, a popularização desses aplicativos conseguiu ser rápida, pois eles atuam com serviços que já faziam parte, ainda que de outra maneira, da vida das pessoas. “São fáceis de usar, não há uma grande barreira de entrada.” Ela chama atenção, entretanto, para o outro lado dessas facilidades. “O controle dos gastos é um hábito que se adquire ao longo da vida e é um ponto sensível para os mais jovens.”

Diretor do Guia Bolso, Julio Duram concorda que não é difícil perder o controle com esses gastos. “Se você olhar as categorias, todas são sobre conveniência, são um caminho mais simples e curto. Mas tem uma armadilha: você gasta e só vê o tamanho do estrago no fim do mês, quando falta dinheiro”, diz.

Foi assim, pouco a pouco, que a engenheira carioca Priscila Lourinho, 28 anos, fechou alguns meses no vermelho por causa das despesas com apps de transporte. Em vez do trajeto mais em conta até o trabalho, de metrô, prevaleciam os minutos ganhos de carro. “Não me planejava e depois percebi que estourava o orçamento. Hoje tenho isso mapeado. Aprendi que tempo é dinheiro, literalmente.”

Para o relações públicas Hamilton Rodrigues, de 33 anos, a opção pelo aplicativo para ir de casa, no bairro da Pompeia, para o trabalho, em Pinheiros, ambos na zona oeste de São Paulo, é resultado da comodidade, já que praticamente não resulta em economia de tempo. Priorizando o conforto, ele já estourou o orçamento em cerca de R$ 500. “Valores pequenos parecem que não vão afetar, então você acaba relaxando e pedindo carro por qualquer coisa. Sempre tem uma desculpa”, brinca.

Oferta

Sem esperar pelos institutos oficiais de pesquisa que confirmem essa nova realidade, empresas já oferecem serviços para facilitar o acesso a esse tipo de consumo e também para acompanhar os gastos. A fintech Neon Pagamentos lançou no mês passado um serviço para controlar o uso do cartão nos pagamentos de Netflix, iFood, Spotify e Uber. Segundo a empresa, a faixa de consumidores entre 28 e 34 anos é a que compromete a maior parte da renda com os serviços, chegando a 30%. “Identificamos esse comportamento e colocamos nosso foco em jovens que começam a ganhar o próprio dinheiro”, diz o diretor da Neon Alexandre Álvares.

Um dos fundadores da plataforma digital Jeitto, Carlos Barros destaca que esse mercado, que começou a decolar em 2014, não se restringe às faixas de renda mais altas. Pagamentos em dinheiro, por exemplo, atingem público cinco vezes maior do que o do cartão, conta. Entre os usuários da Jeitto que ganham até um salário mínimo, os gastos com app de transporte são, em média, de R$ 52. De um a dois salários, de R$ 58. “Isso revela o alcance dos aplicativos em todas as classes, alavancados pelo uso dos smartphones em todas as rendas”, avalia. Segundo pesquisa mais recente da TIC Domicílios, 60 milhões de brasileiros acessavam a internet exclusivamente pelo celular em 2017.

Planejamento

Se bem planejado, o gasto com aplicativos pode até representar um alívio para o bolso, como no caso da relações públicas Louise Arcanjo, de São Caetano (SP). Ela deixou de usar o carro particular depois de colocar os custos na ponta do lápis. Usando o fretado da empresa para ir ao trabalho e indo à capital só com app, economiza até R$ 150 por mês. “Fui fazer as unhas e deixei o carro estacionado. Quando voltei, vi que o preço cobrado era o dobro do que sairia se fosse pelo aplicativo. Aí decidi fazer as contas.”

Segundo simulação da 99, o carro próprio só compensa financeiramente para quem percorre 35 quilômetros por dia ou mais: para quem vai de Pinheiros, na zona oeste, ao Brooklin, na zona sul de São Paulo, a economia pode chegar a quase R$ 6 mil por ano para quem usa apps; para quem vai de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, ao centro da capital, ter carro próprio pode sair quase R$ 3 mil mais barato.

O problema é levar as pessoas a calcular o que vale mais a pena, diz Pâmela Vaiano, diretora da 99, citando pesquisa da empresa, em parceria com o instituto Ipsos, segundo a qual 76% dos brasileiros não planejam seus gastos com transporte. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Justiça decreta prisão preventiva de cabeleireiro suspeito de matar companheira e enteada no Ceará

A Justiça do Ceará decretou, neste domingo (9), a prisão preventiva contra o cabeleireiro Francisco Marlin Oliveira Lima de 41 anos, suspeito de matar a companheira e a enteada de um ano no último sábado (8), no Bairro Estação, em Itapipoca, na Região Norte do Ceará. Até as 10h20, o suspeito continuava foragido. As vítimas foram enterradas no Cemitério São Sebastião, no município de Amontada.

De acordo com o delegado plantonista da Delegacia Regional de Itapipoca, Marco Pizzolatti, equipes realizam buscas na região com objetivo de prender o suspeito. O delegado afirma que será também colhido depoimentos com familiares.

“Equipes fazem buscas pelo foragido na região, onde a moto que ele usou para fugir foi encontrada e em outras regiões que ele poderia estar. Foi decretado pela Justiça um mandado de prisão preventiva. Ao longo da semana, estaremos colhendo mais depoimentos de familiares. Pretendemos divulgar a foto dele no intuito de localizá-lo. Quem o vir pode ligar para Polícia e denunciar”, afirmou o delegado

O trabalho tem contado com equipes da PMCE, por meio do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG), e da Polícia Civil nas diligências. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS foi deslocada para região para dar apoio ao cerco policial.

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Fonte: G1.com