75% das cirurgias para obesidade no Brasil foram realizadas em mulheres, aponta Ministério da Saúde

Foto: reprodução internet
Foto: reprodução internet

Publicidade

Por Mônica Damasceno/Agência News Cariri

O Brasil é considerado o segundo país do mundo em quantidade de cirurgias bariátricas realizadas, de acordo com o relatório VIGITEL do Ministério da Saúde, o número de mulheres que procuram pelo procedimento no país é superior ao dos homens. Dados da SBCBM (Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica) demonstram que das 105.642 cirurgias bariátricas realizadas em 2017 no país, 75% foram em mulheres.

Em Juazeiro do Norte, a nutricionista Beatriz Rocha, especialista em emagrecimento feminino, ressalta que o alto número de mulheres com sobrepeso está relacionado ao estilo de vida, principalmente a jornada tripla, onde uma rotina muito estressante acaba levando essas mulheres a fazerem escolhas alimentares pouco saudáveis, por justificarem falta de tempo para preparar seu alimento. “A mente comanda tudo em nosso corpo, então se pensarmos que não somos capazes de emagrecer ou se nos fizermos as perguntas erradas, vamos ser induzidos a frustração de não conseguir fazer uma dieta”, destaca.

Segundo a especialista que também é coach, não é qualquer pessoa que pode passar pelo procedimento bariátrico, e um dos pré-requisitos é comprovar que por pelos dois anos já tentou emagrecer com outros tipos de tratamento. “Em muitos casos a primeira mudança é a aceitação de que para chegar ao corpo que a paciente está hoje, foram anos de uma alimentação desregrada e bagunçada, então é preciso entender que o processo é lento, mas que no fim o resultado será satisfatório”, ressalta Beatriz.

A nutricionista deixa um alerta para as mulheres que possuem realmente a indicação ou já foram submetidas à cirurgia bariátrica, de acordo com ela, antes da cirurgia deve ser feito um acompanhamento criterioso com uma equipe multidisciplinar: médico, psicólogo e nutricionista, para que a alimentação seja feita de forma adequada, tendo em vista bons resultados no pós cirúrgico. Beatriz lembra ainda que muitas mulheres realizam a bariátrica mas acabam voltando ao peso anterior por negligenciarem a dieta após o procedimento.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *