LOGO-NEWS-CARIRI

Programa Mais Infância Ceará será apresentado durante seminário internacional em Brasília

A6A64C9B-2304-4BF5-A78F-810EAC612FF6

Publicidade

A primeira-dama do Ceará e idealizadora do Mais Infância Ceará, Onélia Santana, recebeu convite do Ministério da Cidadania para apresentar o programa no II Seminário Internacional da Primeira Infância – O Melhor Investimento para Desenvolver uma Nação, que será realizado nos dias 12 e 13 de março, em Brasília. “Temos que priorizar a primeira infância e ainda focar nos mais vulneráveis, só assim teremos uma sociedade menos desigual”, destaca.

O evento reunirá especialistas nacionais e do exterior, que vão debater o impacto da atenção nos primeiros anos de vida, com base nos mais recentes estudos científicos sobre o tema. Na ocasião, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, apresentará os resultados e desafios do Programa Criança Feliz – referência mundial na promoção de políticas públicas para o desenvolvimento infantil.

Entre os palestrantes, estão a diretora do Programa de Implante Coclear pediátrico da Universidade de Chicago, Dana Landau Suskind; a assessora do China Development Research Foundation e assessora sênior em desenvolvimento infantil do Center on the Developing Child da Universidade de Harvard, Mary E. Young; a diretora da Fundação Bernard van Leer, Cecilia Vaca Jones, o assessor de economia do Departamento Social do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Norbert Schady, entre outros.

O Programa
Criado em agosto de 2015, o Programa Mais Infância Ceará defende a necessidade de se ter um olhar especial e mais dedicado à infância, a partir de um diagnóstico da situação do Estado na área e do mapeamento das ações voltadas para o segmento nas diferentes secretarias estaduais. A iniciativa, que abrange os 184 municípios cearenses, busca contemplar a complexidade de promover o desenvolvimento infantil, estruturando-se em quatro pilares: Tempo de Crescer, Tempo de Brincar, Tempo de Aprender e Tempo de Nascer.

O Tempo de Crescer contempla a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de serviços e formações de profissionais. Já o Tempo de Brincar foca nos benefícios do jogo infantil para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças. No Tempo de Aprender, compreende-se a escola como direito de todos, buscando atender a meta de universalizar a oferta de pré-escola e ampliar a oferta de creches com a construção e a qualificação dos Centros de Educação Infantil – CEIs. Por fim, o Tempo de Nascer que contempla a reestruturação alinhada de cuidado materno-infantil a partir da atenção à gestação de alto risco, visando a redução da morbimortalidade materna e perinatal.

Impacto Social
Os estudos sobre o impacto de programas sociais voltados à primeira infância renderam ao economista americano James Heckman o Prêmio Nobel de Economia. Heckman comprovou que políticas públicas focadas nesse período da evolução humana têm potencial de gerar verdadeiras revoluções sociais. O levantamento envolveu economistas, psicólogos, sociólogos, estatísticos e neurocientistas. O estudo apontou que o investimento em programas de aprendizagem precoce podem impulsionar resultados educacionais, econômicos e de saúde.

Leia também