Hospital São Lucas: Morte de jovem causa revolta pela população. Veja o vídeo

01BB9DC0-9B8A-48F8-9B12-D127F33BDF9C

Publicidade

Por Agência News Cariri 

Por volta das 11:00hs da manhã dessa quarta (20), durante o cortejo de sepultamento da jovem Sthefany Alves Duarte (15 anos), o que era para ter sido um ato de protesto aconteceu uma revolta em frente ao Hospital e Maternidade São Lucas, em Juazeiro do Norte. Testemunhas dizem que houve quebra-quebra de vidraças e cadeiras além de depredação de portas e paredes da unidade hospitalar. Muitas pessoas estavam revoltadas com o falecimento da jovem que morreu nessa terça feira (19) por complicações no útero. Familiares dizem que houve negligencia dos profissionais de saúde do hospital em atendimento médico.

No vídeo mostra pessoas revoltadas invadindo a unidade hospitalar. 


Entenda o caso:

Segundo o depoimento de um dos parentes, a jovem Sthefany Alves estava grávida e havia dado entrada no Hospital São Lucas, no último dia 02 de fevereiro, com dores abdominais e febre. Ela foi medicada e dado alta no mesmo dia.

Um familiar diz em uma rede social, que após ela dar a luz no último dia 07, em parto normal, a jovem continuou internada se queixando de dores na barriga e febre alta. Após o hospital ter dado alta e voltado para casa, o depoimento narra que as dores persistiram e ela teve que voltar novamente. Segundo a família, os médicos disseram que as dores eram causadas por gases intestinais. Por insatisfação no atendimento os parente levaram Sthefany ao Hospital São Vicente, em Barbalha, onde foi descoberta uma infecção no útero.

Em Barbalha foi feito um procedimento de alto risco com a remoção do órgão. Mesmo após resistir à duas paradas cardíacas e ao procedimento cirúrgico, Sthefany Alves não resistiu à infecção que acabou se espalhando pelo corpo e morreu na manhã dessa terça-feira (19).

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *