Bandeira do Município de Juazeiro do Norte está rasgada e permanece hasteada em praça pública

Por Agência News Cariri 

Quem chega à Praça do Giradouro, via de entrada pra quem vem de vários municípios até a cidade de Juazeiro do Norte se depara com uma cena um pouco estranha. A bandeira do município que está hasteada e dá boas vindas a quem entra na cidade está rasgada.

Nossa equipe de reportagem esteve no local e falou com pedestres que também aproveitaram para manifestar sua indignação diante da cena. Os moradores reclamam do descaso do poder público e pedem substituição da bandeira. Seu José da Silva, romeiro que veio visitar a cidade para a romaria das candeias não gostou do que presenciou e reclamou sua insatisfação a reportagem: “eu acho feio a bandeira do município em plena entrada da cidade esta rasgada desse jeito.”

A praça é muito movimentada não só pelo transito de veículos que entram e saem da cidade, mas também por praticantes de exercícios físicos que se exercitam no local e fazem caminhadas.

Fique por Dentro: Banco do Brasil permite pagamento de IPVA pelo WhatsApp

Para efetuar o pagamento do IPVA e outras taxas, incluindo multas de trânsito, o cliente do banco deve informar o código do Renavam, a placa do veículo e o CPF do proprietário


O
Banco do Brasil vai permitir que seus clientes façam o pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e outras taxas cobradas pelo Detran, diretamente pelo WhatsApp. A transação passou a fazer parte do rol de serviços de atendimento a clientes do banco por meio do aplicativo de mensagens instantâneas.

+

Para efetuar o pagamento do IPVA e outras taxas, incluindo multas de trânsito, o cliente do banco deve informar o código do Renavam, a placa do veículo e o CPF do proprietário. A utilização do WhatsApp como um canal de atendimento do BB requer o cadastramento prévio do telefone do cliente em suas informações cadastrais registradas no banco.

A operação, por enquanto, só está disponível nos estados do Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal. Nos demais estados, o uso do WhatsApp deverá estar disponível nos próximos meses, após a adequação de sistemas das secretarias de Fazenda com a tecnologia do banco, informou a assessoria da instituição.

O atendimento pelo Whatsapp foi lançado para todos os clientes em setembro de 2018, com opção para 14 transações. Em dezembro, o BB foi o primeiro banco a permitir saque pelo WhatsApp. Com mais essa solução, já são 16 transações que podem ser realizadas pelo aplicativo de mensagens, incluindo rastreio de cartão, consulta de limite, extrato, saldo e fatura do cartão, poupança e conta-corrente, além de recargas de celular e transferências entre contas.

O banco informou que, em menos de quatro meses, já foram realizadas mais de 100 mil transações (financeiras e consultas) pelos clientes via WhatsApp. Os saques e transferências realizados por meio do aplicativo são limitados até R$ 300.

A solução alia o uso da inteligência artificial, por meio de chatbot (uma máquina que conversa com o cliente), e as mensagens são criptografadas de ponta a ponta. Para acessar o Banco do Brasil no WhatsApp é necessário salvar o telefone [+55] 61 4004 0001 no celular e iniciar uma conversa. O aparelho e o número do cliente precisarão estar cadastrados previamente.

Quando um serviço de informações, como solicitar um extrato de conta-corrente, for solicitado pelo cliente, um código de confirmação será enviado pelo banco via push ou SMS. Para as outras transações, os clientes também deverão digitar sua senha. Depois, o cliente receberá uma resposta confirmando a transação, tudo em texto. Se houver necessidade de atendimento humano, o cliente passará a ser atendido por um funcionário do BB.

A tecnologia de assistência virtual vem sendo utilizada pelo BB desde 2017, utilizando inteligência cognitiva. Segundo o banco, o chatbot responde por meio de uma linguagem natural e aprende constantemente com base nas interações dos usuários. “Após o lançamento do seu Assistente Virtual, o Banco do Brasil aumentou 71% suas interações com os clientes via mídias sociais”, informou o BB. Com informações da Agência Brasil

Notícias ao Minuto 

Matrículas de novatos e veteranos prosseguem na rede municipal de Educação

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Educação, prossegue realizando matrículas para alunos novatos e veteranos na rede municipal de ensino.

A renovação das matrículas dos veteranos teve início no último dia 07 de janeiro. Elas são feitas mediante o comparecimento dos pais ou responsáveis na unidade escolar onde o aluno já estuda para a confirmação da matrícula e a eventual atualização de cadastro e documentos.

Para os alunos que estão concluindo o Ensino Infantil ou o Fundamental I, cujas escolas não ofereçam a continuidade dos estudos, o remanejamento entre escolas da rede municipal, recebem apoio e acompanhamento dos Núcleos Gestores das Escolas e da Secretaria de Educação.

Para os alunos concludentes do 9º ano do Ensino Fundamental, a Seduc, em parceria com a Crede 19, tem acompanhado as matrículas para as escolas de ensino médio da rede pública estadual.

Novatos e situação de abandono

A matrícula para novatos e alunos em situação de abandono serão realizadas até o dia 28 de fevereiro.

A Secretaria de Educação orienta que pais, mães e responsáveis por alunos que desejam ingressar na rede municipal de ensino, procurem as escolas mais próximas de suas residências. A ideia é facilitar o acesso das crianças às salas de aula. Para os alunos que estudam distante de suas casas, a Secretaria de Educação oferecerá transporte escolar gratuito.

A rede municipal de Educação de Juazeiro do Norte conta com 90 escolas, entre unidades de ensino infantil e fundamental localizadas na Zona Urbana e Rural do Município.

Fotos: Hélio Filho

Fernando Santana anuncia posto do DETRAN para o município de Jardim-CE

Por Agência News Cariri / Rafael Pereira 

O deputado estadual eleito Fernando Santana (PT) usou suas redes sociais para defender a construção de um posto do Departamento Estadual de Transito (DETRAN) para o município de Jardim, no sul do Estado.

Segundo o parlamentar, que esteve reunido com o Superintendente do DETRAN/Ceará, Dr. Igor Ponte, o equipamento atenderá à população do município e região próxima com registros de documentos, vistorias, emplacamentos, além de outras necessidades, sem que moradores precisem se deslocar ao Estado vizinho, Pernambuco, ou para outras cidades distantes a fim de realizar os procedimentos.

A aprovação da construção do equipamento ainda não foi anunciada. Segundo Fernando, o projeto primeiro passará por um estudo de viabilidades com o prefeito do município Dr. Aniziário. “Marcamos uma reunião e vinda do prefeito ao DETRAN para realizarmos o estudo de viabilidade e logo que se concretize, Dr. Aniziário junto do Governador Camilo farão o anúncio. Seguimos trabalhando e defendendo os interesses do povo cearense.”, disse Fernando Santana em texto publicado em seu perfil no Instagram.

Transplantes: Ceará registra segundo melhor resultado da história em 2018

O Ceará realizou 1.536 transplantes de órgãos e tecidos em 2018, segundo melhor resultado da história. Foram 17 a mais que no ano anterior, quando o Estado fez 1.519. Destaque para o número de transplantes de fígado, 211 realizados, o segundo maior recorde consecutivo registrado no Ceará. Em relação a 2017, houve crescimento de 4,9% no número de transplantes hepáticos.

Outros três tipos de transplantes também se destacaram no ano passado: quatro de rim/ pâncreas, 31 de coração e 32 alogênicos de medula óssea. Comparado ao ano anterior, o Ceará totalizou 14 transplantes a mais desses órgãos e tecidos. Em 2017, foram um de rim/ pâncreas, 27 cardíacos e 25 alogênicos de medula óssea. Em 2018, houve também 220 transplantes de rim, um de pâncreas, três de pulmão, 68 autólogos de medula óssea, 938 de córnea e 28 de esclera.

A coordenadora da Central de Transplantes do Ceará, Eliana Régia, ressaltou o resultado positivo de 2018 e declarou que a meta é ampliar a capacitação de profissionais para viabilizar mais captações de órgãos no interior do estado.

Até o dia 28 de janeiro, o Ceará já registrou 82 transplantes de órgãos e tecido. Um deles foi o da maranhense Maria Monteiro de Souza, 32, que mora há 10 anos em Camocim, a 356 km de Fortaleza. Depois de seis anos de espera, ela ganhou no dia do seu aniversário, 3 de janeiro, o que considera o melhor presente de todos: um novo fígado. Esse foi o primeiro transplante hepático em 2019 no Estado, realizado no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), da rede pública do Governo do Ceará. Maria teve alta no último dia 24 de janeiro e tem perspectivas muito positivas para o novo ano.

Esperança em 2019

“Eu quase não acreditei, não sabia se chorava, se agradecia para todos eles da equipe, pois uma vez, eu até cheguei a ser a próxima da fila, mas surgiu uma urgência na minha frente e o órgão teve que ir para essa pessoa. Eu não fico triste, porque tudo é no tempo de Deus, mas eu passei por muitas provações durante esse tempo. Várias internações, idas e vindas ao hospital, mas Deus é muito bom e me presenteou. Tudo isso em ensinou muito”, declara.

Desde os 12 anos de idade, Maria sofria com os sintomas da retocolite ulcerativa, uma doença que causa inflamação do revestimento do cólon (intestino grosso) ou reto. Pelo agravamento dessa doença, descobriu o problema no fígado. Ela veio para o Ceará em busca do tratamento da doença hepática, onde conseguiu entrar na fila de transplante.

“Desde criança, a minha vida foi cercada por cuidados. Eu cresci com a retocolite e sempre fui privada de muitas coisas. Às vezes, eu até sentia uma inveja dos meus amigos que podiam dormir na casa do outro, saiam e eu precisava ficar em casa. Isso me deixava muito triste, porque eu tinha que ter repouso e tratar a doença direitinho. Ao longo desses anos eu tomei muitos remédios, e foi por conta disso que meu fígado não aguentou e eu precisei de um transplante hepático”, explica.

Maria foi internada no HGF no dia 31 de dezembro de 2018. Além dela, outras 21 pessoas receberam um novo fígado neste ano. Nos primeiros 28 dias de 2019, o Ceará realizou 12 transplantes de rim, 46 de córnea e dois de coração.

Com informações do Governo do Estado do Ceará 

Divulgado o resultado preliminar da seleção da Saúde em Várzea Alegre-CE

A Prefeitura de Várzea Alegre, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou nessa terça-feira, 29, o resultado preliminar do Processo de Seleção Simplificada para contratação de servidores temporários de acordo com o edital 001/2018.

Segundo as informações da Comissão de Organização do Certame, houve um total de 515 inscritos, sendo que compareceram ao local de provas 475 candidatos, que concorrem a 38 vagas para prestação de serviço imediato e mais 15 vagas para cadastro de reserva para cargos de serviços burocráticos, Estratégia Saúde da Família e Centro de Atenção Psicossocial.

O secretário de Saúde, Ivo Leal, disse que correrão os prazos legais para a apresentação de recursos e nessa quinta-feira, 31, será divulgado o resultado oficial da seleção, depois vindo a chamada pública para contratação dos profissionais.

ACESSE O RESULTADO PRELIMINAR DO PROCESSE DE SELEÇÃO

https://www.varzeaalegre.ce.gov.br/arquivos/1287/RESULTADO_025_2019_0000001.pdf

com informações da Assessoria de Comunicação

EUA adiam divulgação de dados do PIB por fechamento parcial do governo

Números de 2018 fechado estavam previstos para ser divulgados nesta quarta-feira (30).

A divulgação dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos de 2018, esperada para esta quarta-feira (30), foi adiada e não tem nova previsão. O adiamento é resultado do fechamento parcial do governo dos Estados Unidos, por conta do impasse entre a Câmara e o presidente Donald Trump, que divergem sobre a construção de um muro na fronteira sul, com o México.

O escritório de estatísticas econômicas (BEA) reabriu na segunda-feira, depois que Trump assinou uma lei que prevê o financiamento de parte das agências federais até 15 de fevereiro. Em comunicado, a BEA informou que está consultado seus fornecedores de informações para determinar quando elas estarão disponíveis para produção dos indicadores.

No terceiro trimestre de 2018, a economia do país cresceu a um ritmo anual de 3,5% frente ao trimestre anterior.

No início desta semana, o Bureau de Orçamento do Congresso (CBO) estimou que o fechamento parcial da administração americana, que se estendeu durante mais de um mês, deve custar US$ 3 bilhões ao Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos de 2019.

O documento aponta que o PIB do quarto trimestre de 2018 deverá registrar um resultado US$ 3 bilhões abaixo do que seria sem os efeitos do fechamento. Nos dados do primeiro trimestre deste ano, o efeito está estimado em US$ 8 bilhões.

O informe indica, no entanto, que grande parte dessa quantia deverá ser ‘eventualmente compensada” compensada com a reativação das operações do governo e que as perdas só serão de US$ 3 bilhões, equivalentes 0,02% do PIB, no balanço final do ano, de acordo com a AFP.

Fonte: G1

Crédito imobiliário com recursos da poupança cresce 33% em 2018, diz Abecip

Foi o primeiro crescimento em três anos. Ao todo, 228,4 mil imóveis foram financiados em 2018.

Os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) para aquisição e construção de imóveis cresceram 33% no ano passado na comparação com 2017, chegando a R$ 57,4 bilhões. Foi o primeiro aumento em três anos.

Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) nesta quarta-feira (30).

Em dezembro, os financiamentos imobiliários somaram R$ 6,05 bilhões, melhor resultado mensal de 2018 e um crescimento de 64,4% ante o mesmo mês do ano anterior.

Segundo a Abecip, no ano passado, foram financiadas aquisições e construções de 228,4 mil imóveis, um crescimento de 30% na comparação com 2017.

O Bradesco liderou o ranking de financiamento de aquisições e construções, com desembolso de R$ 15,121 bilhões. Na sequência, apareceram Caixa (R$ 13,264 bilhões), Itaú Unibanco (R$ 12,097 bilhões), Santander (R$ 10,170 bilhões) e Banco do Brasil (5,086 bilhões).

Fonte: G1

Após queda nas vendas de iPhone, Apple planeja reduzir preços fora dos EUA

Último trimestre de 2018 apontou queda de 15% nas vendas do smartphone, o principal produto da empresa.

A Apple anunciou que planeja reduzir o preço de alguns modelos de iPhone, fora dos Estados Unidos, para miminizar o impacto da valorização do dólar sobre moedas locais. A empresa afirmou que ainda não está definido em quais mercados isso acontecerá e se o Brasil é um deles.

O anúncio veio depois de um período de queda nas vendas do smartphone, apontado no balanço trimestral divulgado na terça-feira (29). No último trimestre do ano passado, a Apple vendeu 15% menos aparelhos do que no ano anterior. É a primeira queda no faturamento da empresa no quarto trimestre desde 2000 — um período importante por conta das vendas de final de ano.

A empresajá havia anunciado uma redução na expectativa de faturamento no quarto período de 2018, um anúncio que impactou o mercado no começo do ano, levando as ações à maior queda diária em 5 anos.

O faturamento do trimestre foi de US$ 84,3 bilhões, queda 5% em relação ao mesmo período em 2017.

A Apple apenas reduziu o preço do aparelho uma vez antes, pouco depois de seu lançamento, em 2007. Agora, a redução vem no intuito de ajudar também a conter o aumento de preços em mercados emergentes, como China e Turquia, onde as vendas também sofrem com a desvalorização cambial em relação ao dólar.

“Decidimos fazer os preços do iPhone voltarem a ser o que eram um ano atrás na expectativa de ajudar as vendas nestas regiões”, disse Tim Cook, presidente da Apple.

A companhia vende o iPhone XS, lançado em setembro, por US$ 999, o mesmo preço em dólares do predecessor, o iPhone X, de 2017.

O setor de serviços, que alguns analistas estimam ser uma nascente fonte de renda para a Apple, teve mais um trimestre de sucesso. No balanço divulgado na terça-feira, o setor de serviços da empresa — que inclui Apple Music, Apple Pay e serviços em nuvem, por exemplo — teve alta de 19% e vendas de US$ 10,9 bilhões, um recorde para o segmento.

Problemas na China

Cook também afirmou na conferência com analistas que vê condições macroeconômicas “mais severas” na China, um dos mercados mais importantes para a empresa.

Por lá, as vendas recuaram fortemente. Foram de US$ 17,95 bilhões em 2017 para US$ 13,17 em 2018, uma queda 27,7%.

Além do preço, a Apple tem enfrentado concorrência de marcas chinesas como Xiaomi e Huawei, que inclusive tomou o posto de segunda maior vendedora global de smartphones da americana em julho de 2018.

Fonte: G1