Câmara do Crato- Parlamentares falam sobre eleições presidenciais

A câmara dos vereadores do Crato se reuniu em mais uma sessão ordinária na noite da última segunda-feira,10. Entre os principais assuntos levantados pelos parlamentares, as eleições presidenciais de outubro próximo.

No grande expediente, o vereador Amadeu de Freitas, do PT, discursou afirmando que o ex-presidente apesar de estar preso, lidera todas as pesquisas e tem o apoio popular. Ele afirmou ainda que Fernando Haddad, vice na chapa de Lula, e agora o substituto do ex-presidente, será o responsável de herdar o legado deixado pelo ex-presidente, além de dar continuidade ao programa do partido no país. O parlamentar declarou ainda que é necessário se posicionar fortemente para mudar a política brasileira caso contrário no país irá afundar.

Também no uso do grande expediente, o vereador Roberto Anastácio (Bebeto), do PODEMOS, usou a tribuna para falar sobre o atentado sofrido pelo candidato à presidência da república Jair Bolsonaro (PSL), ocorrido na última quinta-feira, em Minas Gerais. O edil afirmou que o atentado foi contra a democracia.

O parlamentar rebateu a fala do vereador Amadeu que afirmou que o candidato foi vítima do próprio veneno, segundo Amadeu, o presidenciável sempre faz apologia à violência. Bebeto considerou um absurdo, o que considerou uma intolerância política que existe no país, já que utiliza da violência por não concordar de ideias e posicionamentos do presidenciável.

A câmara ainda recebeu a presença do radialista e produtor cultural, Jorge Carvalho que falou sobre o monumento de Nossa Senhora de Fátima, do antigo aeroporto do mesmo nome, em Crato. Carvalho deu uma aula de história ao relembrar pessoas, lugares e fatos importantes da história do município.

A produção Legislativa contou ainda com aprovação de projetos de leis em primeira votação, bem como o projeto de lei que torna obrigatório o ensino de noções básicas da Lei Maria da Penha nas escolas públicas municipais. Após as votações a sessão foi encerrada pelo presidente Florisval Sobreira Coriolano.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *