Mauriti – Dívida de 10.586,00 da gestão anterior com televisão impede a realização da Ação Verdes Mares

Por Agência News Cariri

A administração “Compromisso com o povo”, com o intuito de realizar durante a semana do município a AÇÃO VERDES MARES, da Televisão Verdes Mares, abrilhantando ainda mais o aniversário de 80 anos de emancipação política do município, foi surpreendida com a cobrança do valor do evento, Ação Global realizado em 2015 pela TV Verdes Mares, em Mauriti, e não pago pela administração anterior.

Ação Global é um mutirão onde existe a prestação de serviços básicos para população e conta com ações relacionadas a saúde, educação, cultura e lazer, promovida pela TV Verdes Mares. Impossibilitado de contratar a TV VERDES MARES/ACAO GLOBAL, por conta da dívida da gestão anterior, resta o município quitar a citada dívida, para realizar poder realizar a ação.

Preocupado em oferecer uma programação que contemple todos os mauritienses, o prefeito Mano Morais (PDT) e toda sua equipe preparou uma programação com as secretarias municipais que vai levar, saúde, cultura, lazer para os distritos do município. Mano Morais viabilizou ainda, a realização de uma ação do Serviço Social do Comércio – SESC que deverá ocorrer no próximo dia, 25, na praça da matriz.

TV bandeirantes transmite primeiro debate entre candidatos a Presidência da República nesta quinta-feira, dia 09

Por Agência News Cariri

E nesta quinta-feira, dia 09, ocorre o primeiro debate entre os candidatos a Presidência da República que será transmitido pela TV Bandeirantes a partir das 22h. Dos 13 candidatos, oito participarão do programa que será liderado pelo jornalista Ricardo Boechat.

A candidata Manuela D’ Ávila ( PC do B) e o ex- prefeito Fernando Haddad ( PT) participarão como convidados acompanhando o debate de dentro do estúdio onde concederão entrevistas e comentarão a resposta dos adversários nos intervalos. Luiz  Inácio Lula da Silva não poderá participar por estar preso.

 Na ocasião estarão presentes Cabo Daciolo ( Patriota), Álvaro Dias (Podemos), Jair Bolsonaro ( PSL), Marina Silva ( Rede), Guilherme Boulos ( PSOL), Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes ( PDT) e Henrique Meirelles ( MDB).  

Farias Brito realizará I Fórum Municipal do Selo Unicef

Por Agência News Cariri

Com a finalidade de elaborar um diagnóstico da situação da população de 0 a 18 anos incompletos e um Plano Municipal de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam essa população nos territórios, sempre de forma participativa, a administração municipal de Farias Brito realizará o I Fórum Municipal do Selo Unicef.

O fórum é um compromisso assumido pelos municípios que participam do Selo UNICEF. Os municípios também se comprometem a desenvolver ações nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes e a monitorar os resultados alcançados por meio de indicadores e de debates em fóruns comunitários.

Para isso acontecer, a prefeitura e o Conselho Municipal dose Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) mobilizam pessoas e organizações dos diversos setores da sociedade civil. São crianças, adolescentes, famílias, escolas, serviços públicos, conselheiros tutelares, comunidades locais e tradicionais, grupos religiosos, culturais e esportivos, veículos de comunicação e empresas, que discutiram as propostas e ações que devem ser promovidas pela municipalidade para o desenvolvimento do município.

Articulação municipal do Selo UNICEF faz reunião com técnicos da Secretaria de Educação em Crato-CE

O município do Crato está se preparando passo a passo para a realização do Fórum Comunitário. Para isso, a equipe de articulação do Selo UNICEF está realizando reuniões setoriais com coordenadores e técnicos municipais para a preparação desta etapa do projeto. Na tarde da última quarta-feira, 08, a articuladora Sandra Costa e sua equipe estiveram reunidos com os profissionais da Educação. O encontro aconteceu na sede da SME.

“Estamos realizando um ciclo de reuniões para apresentar os indicadores de competência de cada secretaria, suas ações, estabelecer metas e responsáveis, com o objetivo de viabilizar a consolidação do diagnóstico situacional do município do Crato”, explicou a articuladora.

Durante ao encontro, foram discutidos indicador por indicador e ainda apresentadas a demandas do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), pelo mobilizador dos adolescentes, Pedro Lucas.

Participaram da reunião, a Secretária Adjunta da Educação, Cirene Brasil; Acilana Bitu e Tatiane Noronha, coordenadoras da SME; Ana Maria Pinheiro Nicodemos, do Projeto Saúde e Educação; Edilma de Figueiredo, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); a conselheira tutelar Andrea Peixoto; e os mobilizadores Moisés Otávio e Luiz Maria Vieira.

O Fórum Comunitário, que acontecerá este mês, é um espaço de participação social da sociedade civil organizada para conhecer, debater e avaliar a situação do município perante os indicadores sociais voltados para a infância e adolescência.

Com Informações da Assessoria de imprensa

Polícia Militar apreende 31 kg de maconha no bairro do Feitosa, em Maceió

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) apreendeu 31 kg de maconha na madrugada desta quinta-feira (9) na Grota do Estrondo, no bairro do Feitosa, em Maceió. Segundo a polícia, foi recebido uma denúncia anônima pelo 181.

Militares do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPRp) foram ao local da denúncia e encontraram vários tabletes de maconha prensada em sacos plásticos enterrados entre bananeiras.

O material apreendido foi encaminhado pelos PMs para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde foi registrado o auto de apreensão. Ninguém foi preso.

Fonte: G1

Presos de Pernambuco têm DNA cadastrado em banco de dados para ajudar a polícia a solucionar crimes

Polícia Científica realiza o cadastro de todos os detentos que foram condenados pela Justiça de Pernambuco para formar uma base de dados de DNA. O trabalho é feito por peritos do Instituto de Genética Forense, da Secretaria de Defesa Social, que cadastram o material genético de mais de 12 mil reeducandos condenados por crimes contra a vida, como assassinato e latrocínio, ou crimes hediondos, como estupro. 

O DNA pode ser comparado a uma impressão digital, por exemplo, e está presente nas células da pele, da raiz do cabelo, dos ossos, do sêmen, da saliva, dos músculos. Como o material genético nunca muda, serve para identificar uma pessoa e está ajudando a polícia e a Justiça a solucionar crimes no estado.

DNA de presos condenados em Pernambuco é cadastrado em banco de dados nacional (Foto: Reprodução/TV Globo)DNA de presos condenados em Pernambuco é cadastrado em banco de dados nacional (Foto: Reprodução/TV Globo)

DNA de presos condenados em Pernambuco é cadastrado em banco de dados nacional (Foto: Reprodução/TV Globo)

Desde 2012, uma lei federal permite que os peritos coletem material genético nos locais de crime e dos presos condenados pela Justiça. Esse material compõe um banco nacional de dados de DNA, com informações que podem servir para elucidar os crimes investigados pela polícia.

Em Pernambuco, o Laboratório de Genética Forense da Polícia Científica, onde são feitas as análises de DNA usadas nas investigações, já contribuiu para o esclarecimento de pelo menos dois crimes, desde 2017, quando começou a coleta para o banco de dados.

Presos que foram condenados em Pernambuco por crimes contra a vida ou hediondos têm DNA cadastrado  (Foto: Reprodução/TV Globo)Presos que foram condenados em Pernambuco por crimes contra a vida ou hediondos têm DNA cadastrado  (Foto: Reprodução/TV Globo)

Presos que foram condenados em Pernambuco por crimes contra a vida ou hediondos têm DNA cadastrado (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em um deles, um detento da Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, no Grande Recife, foi beneficiado com uma saída temporária e não voltou para a prisão. Fora da cadeia, ele estuprou uma mulher. Segundo a chefe da Polícia Científica, Sandra Santos, foi o DNA que ajudou a polícia a encontrá-lo.

“A vítima deu queixa e foi encaminhada ao Instituto de Medicina Legal, onde foram feitas as coletas necessárias para traçar o perfil do criminoso. O vestígio que foi coletado na vítima foi inserido no banco de dados e logo apontou quem era o indivíduo que tinha cometido o crime, porque ele já fazia parte da Barreto Campelo”, disse a gestora.

A Penitenciária Barreto Campelo foi a primeira penitenciária a coletar os perfis e as amostras genéticas dos condenados. O homem foi identificado, preso e cumpre pena pelo crime.

DNA pode ser coletado da mucosa bucal (Foto: Reprodução/TV Globo)DNA pode ser coletado da mucosa bucal (Foto: Reprodução/TV Globo)

DNA pode ser coletado da mucosa bucal (Foto: Reprodução/TV Globo)

Segundo o perito criminal Carlos Souza, é preciso ter cuidado para que o material genético de uma pessoa não tenha contato com qualquer elemento do ambiente externo, para preservar a precisão da identificação.

“A gente tem que ter certeza que esse DNA é de uma fonte única, então não pode ter misturas. Tem que haver muito cuidado na hora da coleta, para que não tenha material genético do coletador nem material genético que esteja no ambiente”, afirmou.

O banco de informações de DNA do Brasil usa as mesmas tecnologias usadas pela Polícia Federal Americana (FBI), consideradas as mais modernas do mundo. Para funcionar, ele precisa ser alimentado por equipes policiais de todos os estados brasileiros e pela Polícia Federal.

Apesar disso, de acordo com a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais, apenas 2% dos perfis genéticos de criminosos que deveriam estar no sistema foram cadastrados. Pernambuco foi o estado que mais cadastrou as informações dos presidiários condenados desde que o banco de dados começou a funcionar.

Meta de Pernambuco é cadastrar DNA de todos os presos condenados por crimes contra a vida ou hediondos até o fim de 2019 (Foto: Reprodução/TV Globo)Meta de Pernambuco é cadastrar DNA de todos os presos condenados por crimes contra a vida ou hediondos até o fim de 2019 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Meta de Pernambuco é cadastrar DNA de todos os presos condenados por crimes contra a vida ou hediondos até o fim de 2019 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Ainda segundo o perito, esse tipo de tecnologia permite a investigação de provas quase incontestáveis durante os processos.

“Esse tipo de coleta e esse banco de dados contribuem muito com a Justiça. Eles tanto podem associar um vestígio a um autor de um crime como comprovar que um determinado suspeito não é o autor daquele crime, evitando punir indevidamente alguém”, explicou Carlos Souza.

Fonte: G1

Falta de chuva pode deixar conta luz mais cara até novembro

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, disse hoje (8) que, embora o nível de chuva no Brasil tenha melhorado no mês de agosto, os resultados baixos desde fevereiro não favorecem um bom desempenho para a geração de energia até o fim do período seco, no fim de novembro.

De acordo com Barata, essa condição pode determinar a manutenção da bandeira vermelha na tarifa de energia até novembro. Apesar de dizer que não gosta de comentar uma situação que pertence à seara da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), acrescentou que as previsões não são favoráveis.

“De fato já estamos agora basicamente no meio do período seco e os sinais que temos dos institutos de clima são de que não deve ter mudança nenhuma em relação ao que a gente tem. Devemos continuar com uma primavera seca”, observou, após palestra no evento Brazil Windpower 2018, no Rio de Janeiro. O encontro é organizado pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), pelo Conselho Global de Energia Eólica (GWEC) e pelo Grupo CanalEnergia.

Barata acrescentou que ainda assim, conta com a chuva, agora, para reduzir o impacto no futuro. “Essa chuva não penetra e não se transforma em energia. A vantagem é que como ela umidifica o solo, quando chegarmos ao período úmido o solo não estará tão seco e, rapidamente, as chuvas do período úmido se transformam em vazão. Essa é a torcida que a gente tem”, relatou.

 

O diretor da Aneel Sandoval de Araújo Feitosa Neto afirmou que ainda não é possível assegurar que a bandeira vermelha vai seguir até o fim do período seco, em 30 de novembro. Ele informou que a definição da bandeira segue a metodologia elaborada em uma norma do órgão baseada em avaliação mensal dos reservatórios. Embora reconheça que o ONS tem condições de estimar, com mais antecedência, o tempo de permanência de uma cor para estipular a tarifa de energia, o diretor completou que a partir da análise da Aneel é que a cor da bandeira é determinada.

“Não posso precisar se até o fim do ano a bandeira ficará vermelha. O ONS acompanha e tem maiores informações para antecipar este fato. O que posso dizer é que a definição do patamar da bandeira é feita em norma da Aneel. Somente se verifica a cor da bandeira no momento em questão. Por exemplo, estamos no mês de agosto, a definição da bandeira foi em julho. Ao final de agosto se avaliarão as condições energéticas e se chegará a bandeira de setembro e assim sucessivamente”, afirmou, após participar de um painel no Brazil Windpower.

Com a falta de chuvas, o ONS precisa acionar as usinas térmicas para garantir o abastecimento. Segundo o diretor, atualmente estão sendo despachados, pelo programa, cerca de 13,5 mil a 14 mil megawatts (MW), volume que foi beneficiado pela queda da temperatura nessa semana. “A temperatura caiu, com isso a gente despacha menos térmicas”, apontou.

Segundo Barata, o ONS estima para o final do período seco, em 30 de novembro, chegar na faixa de 18% a 20 % de participação das térmicas no sistema na região Sudeste, mas isso depende das condições da Região Sul. “Se o Sul ficar muito ruim fica no limite inferior de 15% ou 16%”, completou.

O panorama pode mudar se as condições da Região Sul se alterarem com a chegada do El Niño previsto para o fim do ano. “Se, ao contrário, as condições no Sul se modificarem, fala-se na chegada do El Niño no final do ano. El Niño significa chuvas no Sul e reduz a necessidade do Sudeste exportar para o Sul, então, poderemos concluir o ano com umnível maior Sudeste”, disse.

Já no Nordeste, o quadro está diferenciado do ano passado. “Pela estratégia que temos hoje de operação na cascata do São Francisco , nós devemos terminar o ano na faixa de 30%, o que é bem acima do que chegamos no ano passado. Com informações da Agência Brasil.

Fonte: notícias ao minuto

MEC poderá usar adiamento de reajuste de servidor para gastos em 2019

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, apresentou nesta quarta-feira (8) ao presidente Michel Temer uma proposta de adiamento do reajuste salarial de servidores públicos que economiza R$ 6,9 bilhões em 2019 e garante mais recursos ao MEC (Ministério da Educação).

Segundo assessores presidenciais ouvidos pela reportagem, a medida prevê que, no caso específico do MEC, a pasta possa usar livremente o valor que conseguir poupar com o adiamento do reajuste dos seus servidores. Não há uma estimativa do montante que a pasta poderia economizar.

Os recursos poupados pelas outras pastas com o adiamento iriam para áreas sociais e investimentos da União, segundo essa proposta. A reunião não foi conclusiva, e Temer ficou de avaliar a medida.

 

A delicada situação orçamentária em 2019 de programas geridos pelo MEC ficou em evidência na semana passada, quando a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), maior agência de fomento à pós-graduação no Brasil, emitiu uma nota afirmando que, se o orçamento do ano que vem vier como o planejado, em agosto já não haverá mais recursos para bolsas de estudos.

O número de prejudicados, nas contas da agência, pode superar os 440 mil. São cerca de 93 mil alunos de pós-graduação (mestrado, doutorado e pós-doutorado), 105 mil beneficiários de programas voltados à educação básica e 245 mil pessoas ligados à Universidade Aberta do Brasil (UAB), entre alunos e bolsistas -professores, tutores, assistentes e coordenadores.

Na ocasião, Temer garantiu que não faltariam recursos para a Capes.

Os valores que serão distribuídos a cada ministério do Orçamento de 2019 serão divulgados quando a proposta da LOA (Lei Orçamentária Anual) do ano que vem for encaminhada ao Congresso, até o dia 31 deste mês. Com informações da Folhapress.

Fonte: notícias ao minuto