Educação de Nova Olinda recebe visita técnica da 18ª CREDE para planejamento de metas para 2018

A secretaria de Educação Básica de Nova Olinda recebeu,nesta quinta-feira,26, equipe da 18ª Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação. Na pauta, o planejamento estratégico de metas para 2018. O encontro aconteceu na sede no auditório da Seb, com a participação da Secretária da Educação Básica Ana Célia Matos. 

A visita teve como objetivo ainda, potencializar e apoiar a secretaria de Educação, juntamente com as escolas;Discutir os resultados alcançados nas avaliações externas de cada uma.  O encontro traçou estratégias que venham a fortalecer a aprendizagem dos estudantes. Também foi ministrado formações para gestores e professores ,com temas pertinentes para contribuir para a prática diária nas salas de aula.

Prorrogado até 3 de agosto prazo para matrículas em cursos técnicos da rede estadual na Bahia

O prazo, que terminaria nesta quinta-feira (26), para matrículas em cursos técnicos de nível médio da rede estadual da Bahia foi prorrogado até o dia 3 de agosto. A ampliação do prazo foi divulgada pela Secretaria Estadual de Educação.

De acordo com o órgão, no total, são 17.310 vagas para o segundo semestre letivo, em 50 cursos nos Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas da rede, em 115 municípios, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia.

As aulas irão começar no dia 6 de agosto. A lista com a oferta de vagas por unidade de ensino e por município está disponível no Portal da Educação – acesse aqui.

Do total de vagas, 9.335 são para a modalidade subsequente, destinadas a estudantes que concluíram o Ensino Médio e se inscreveram no processo seletivo que foi encerrado no último dia 18. A lista com as pessoas que passaram nesta seleção e podem realizar a matrícula já está divulgada: acesse aqui.

As demais vagas são para as modalidades: Proeja Médio, voltadas para quem concluiu o Ensino Fundamental ou tenha o Ensino Médio Incompleto, com 18 anos completos, e concomitante ao Ensino Médio, direcionada para o aluno que está matriculado no 2º ano do Ensino Médio em qualquer escola da rede estadual de ensino. Nessas duas últimas modalidades, as pessoas que queiram realizar matrícula não precisam ter passado por nenhum processo seletivo.

Matrícula

No caso dos que se inscreveram no sorteio eletrônico, os classificados conforme o número de vagas, devem se dirigir às unidades para as quais foram inscritos para realizar a matrícula.

Nos demais casos, os interessados devem se dirigir às unidades com matrículas abertas, cuja lista está disponível no Portal da Educação (lista).

No ato da matrícula, é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar; originais e cópias da carteira de identidade, do CPF, do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, internet, contrato de aluguel, IPTU ou cartão de crédito), com data recente.

Entre os cursos ofertados estão: técnico em Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agronegócios, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Gerência em Saúde, Cozinha, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Manutenção e Suporte em Informática, Eletromecânica, Áudio e Vídeo, Dança, Instrumento Musical e Manutenção Automotiva.

Fonte: G1

Prazo de pagamento de abono PIS-Pasep é reaberto para 44 mil trabalhadores em PE

A partir desta quinta-feira (26), 44 mil trabalhadores em Pernambuco têm nova oportunidade para sacar o abono salarial do PIS-Pasep do ano-base 2016. O valor disponível é de R$ 33, 2 milhões. O pagamento do benefício do ano-base 2017 também começa nesta quinta. (Veja vídeo acima)

O prazo para a retirada dos recursos do ano-base 2016 terminou em 29 de junho, mas foi reaberto por determinação do Conselho Deliberativo do Fundo do Amparo ao Trabalhador (Codefat). Agora, os trabalhadores têm até 30 de dezembro para fazer o saque.

A prorrogação do prazo foi autorizada pelo terceiro ano consecutivo. No Nordeste, o benefício pode ser sacado por 342,7 mil trabalhadores, atingindo um total de R$ 262,6 milhões.

O agente adiministrativo do Ministério do Trabalho, Alson Albino, explica regras sobre o pagamento do PIS/Pasep (Foto: Reprodução/TV Globo)O agente adiministrativo do Ministério do Trabalho, Alson Albino, explica regras sobre o pagamento do PIS/Pasep (Foto: Reprodução/TV Globo)

O agente adiministrativo do Ministério do Trabalho, Alson Albino, explica regras sobre o pagamento do PIS/Pasep (Foto: Reprodução/TV Globo)

Podem sacar o abono salarial ano-base 2016 os trabalhadores inscritos no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos. É preciso ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Também é necessário que o empregador tenha informado os dados do beneficiário de forma correta na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor a ser sacado depende do tempo de trabalho formal registrado pelo trabalhador no ano-base 2016. Quem atuou durante todo o período recebe um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por um mês, por exemplo, recebe o valor benefício dividido por 12, equivalente a R$ 80.

Caso o trabalhador não vá receber o abono até o fim do prazo, terá que esperar até que o próximo calendário seja aberto. “Esse valor retorna para o fundo de amparo ao trabalhador. E quando ele volta para lá não há possibilidade de mais recurso. O trabalhador vai ter que esperar o próximo calendário”, explica o agente adiministrativo do Ministério do Trabalho, Aelson Albino.

A agência da Caixa Econômica Federal do bairro da Encruzilhada, no Recife, fica na Rua Castro Alves, nº 72 (Foto: Reprodução/Google Street View)A agência da Caixa Econômica Federal do bairro da Encruzilhada, no Recife, fica na Rua Castro Alves, nº 72 (Foto: Reprodução/Google Street View)

A agência da Caixa Econômica Federal do bairro da Encruzilhada, no Recife, fica na Rua Castro Alves, nº 72 (Foto: Reprodução/Google Street View)

Abono PIS

Quem atuou na iniciativa privada em 2016 deve procurar a Caixa Econômica Federal (CEF). A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726 02 07. Quem já possuir conta na Caixa tem o dinheiro depositado automaticamente.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirrigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de RG, CPF e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode, ainda, fazer uma consulta ainda no site da Caixa, na aba ‘Consultar Pagamento’. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Agência do Banco do Brasil fica no bairro do Derby, na área central do Recife (Foto: Google Maps/Street View)Agência do Banco do Brasil fica no bairro do Derby, na área central do Recife (Foto: Google Maps/Street View)

Agência do Banco do Brasil fica no bairro do Derby, na área central do Recife (Foto: Google Maps/Street View)

Abono Pasep

Os servidores públicos precisam recorrer ao Banco do Brasil (BB). É possível também fazer a consulta pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800 729 00 01. O servidor que possuir conta no BB tem seu dinheiro depositado automaticamente na conta.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800 729 00 01, do Banco do Brasil.

Pagamento do Pis/Pasesp 2017

Nesta quinta-feira (26) também tem início o pagamento do abono salarial PIS/Pasep com ano-base 2017. Nesta primeira data, no caso do PIS, o pagamento será para trabalhadores da iniciativa privada nascidos em julho, e no do Pasep é para servidores públicos com final da inscrição 0.

De acordo com o calendário de pagamento, quem nasceu nos meses de julho a dezembro recebe o benefício ainda no ano de 2018. Já os nascidos entre janeiro e junho recebem o abono no primeiro trimestre de 2019. O recurso fica à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.

Confira abaixo as datas do pagamentos PIS e Pasep ano-base 2017:

Tabela PIS-Pasep ano-base 2017 (Foto: Reprodução)Tabela PIS-Pasep ano-base 2017 (Foto: Reprodução)

Tabela PIS-Pasep ano-base 2017 (Foto: Reprodução)

Fonte: G1

Reforma da Câmara de Mauriti marca gestão da presidente Fernanda Martins

Por Agência News Cariri

Uma conquista marcante para o Poder Legislativo mauritiense foi a reforma do prédio da sede, realizada na gestão da presidente Fernanda Martins.

A obra foi toda pensada para melhor acolher os servidores e visitantes. Foram construídos doze novos gabinetes para os vereadores, que permitirão espaço físico individual para fins de planejamento de atividades e atendimento ao público por parte dos parlamentares e melhorado toda a condição física para receber os cidadãos que visitam o Poder Legislativo. Além de organizadas salas para patrimônio, almoxarifado e feitos novos banheiros. Toda a estrutura física foi renovada e o prédio ganhou uma nova cara.

Fernanda explica que as melhorias feitas no prédio garantirão melhores condições de trabalho para os servidores, conforto e comodidade para os público que frequenta o Poder Legislativo. A construção, iniciada no segundo semestre do ano passado, só foi possível por meio de uma economia dos recursos e planejamento, que de acordo com ela, tem sido possível fazer em sua gestão devido a um melhor aproveitamento da receita.

A reestruturação do espaço da Câmara já era necessária há muito tempo, e foi feita sem comprometer o bom funcionamento dos trabalhos, que seguiram normalmente no período das obras. Os espaços foram reorganizados, a acessibilidade respeitada e o prédio ganhou uma nova cara, mais moderna.

Temer pede à China fim de sobretaxas a frango e açúcar

O presidente Michel Temer, afirmou nesta quinta-feira, 26, que pediu ao líder da China, Xi Jinping, que retire a sobretaxa sobre exportações brasileiras de carne de frango e açúcar no país. Temer também apelou ao chinês para que abra o mercado a produtos derivados de soja processados, como óleo e farelo. Segundo ele, houve receptividade à proposta.

“Voltamos a tratar do aumento da cota de açúcar e do frango. Pedimos a ele (Xi Jinping) que deixe um pouco de lado, digamos, a sobretaxa que houve em relação ao frango e ao açúcar, para que possamos aumentar nossas exportações”, disse Temer, após deixar a reunião bilateral com o líder chinês na África do Sul, pouco antes da abertura da 10ª Cúpula dos Brics.

“Exportamos muita soja para a China, mas soja em grão. O que nós queremos, e ressaltei isso ao presidente Xi Jinping, é mandar os elementos processados, ou seja, óleo de soja e farelo de soja, o que naturalmente permite a industrialização no nosso País. E ele recebeu muito bem essas ideias. Concordou e vai mandar os técnicos examinarem. Essa é uma questão técnica. Não senti resistência”, disse.

 

Temer destacou que a reunião bilateral desta quinta-feira foi o quinto encontro de negociação entre os líderes do Brasil e da China, no qual tratam principalmente das exportações de produtos agrícolas.

O presidente contou ter mencionado na reunião bilateral os programas de privatização e concessões públicas e pedido aumento de investimentos privados chineses, principalmente nos leilões previstos de distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras.

“Mencionei também a questão das concessões e privatizações que estamos fazendo, os investimentos chineses já existentes e outros, que ele disse que vai colaborar muito para investir bastante lá (no Brasil). Ferrovias, portos, aeroportos, linhas de transmissão e agora distribuidoras de energia”, afirmou Temer.

Conforme o Itamaraty, no encontro também foi abordada a instalação do Escritório Regional das Américas do Novo Banco de Desenvolvimento do Brics (NBD), cujo acordo será assinado ainda nesta quinta-feira na cúpula. A sede será em São Paulo e haverá um escritório de representação em Brasília. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: notícias ao minuto

Exportadores querem que decisão sobre tabela de frete saia do STF

uma tentativa de “destravar” decisões da Justiça nas ações que questionam o tabelamento do frete, exportadores de grãos protocolaram na quarta-feira, 25, no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de liminar para permitir que instâncias inferiores da Justiça tomem decisões sobre a medida.

A iniciativa foi tomada pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Especificamente, elas querem que seja julgada uma ação protocolada na 22.ª Vara Federal de Brasília.

Atualmente, todas as discussões na Justiça contra o tabelamento estão suspensas por determinação do ministro do STF Luiz Fux, relator de três ações de inconstitucionalidade sobre o tema. Enquanto as analisa, ele bloqueou qualquer outra decisão judicial a respeito do tabelamento.

 

Porém, o caso está parado por causa do recesso parlamentar e só será retomado a partir do dia 27 de agosto, quando Fux pretende realizar audiência pública com entidades e especialistas – só depois disso deve tomar sua decisão. O tempo é considerado longo demais pelas empresas, que alegam operar num cenário de aumento de custo e total insegurança.

“Estamos numa situação em que não podemos nos defender pela via judicial”, disse o presidente executivo da Abiove, André Nassar. “Não podemos tentar uma liminar contra a tabela mas, desde o dia 19 de julho, uma empresa que não a cumpra pode ser acionada juridicamente.”

A lei que instituiu o tabelamento do frete prevê que, caso uma carga seja transportada a preço inferior ao fixado pelo governo, o caminhoneiro tem direito a indenização igual ao dobro da diferença entre a tabela e o valor pago. Temendo essa punição, as empresas têm procurado seguir a tabela.

Pelos cálculos da Abiove, o prejuízo acumulado até o momento com o transporte de grãos é de cerca de US$ 3 bilhões. “É a diferença entre quanto estimei de frete e quanto paguei de verdade”, explicou Nassar.

Do ponto de vista constitucional, as empresas alegam que a fixação de preço viola princípios como o da livre iniciativa e o da livre concorrência. Outro argumento contra a tabela é que ela foi oficializada antes de ser submetida a audiência pública. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: notícias ao minuto