Sede mais complicada da Copa ainda passa por ajustes

Copa terá início em dois dias, mas ainda há um estádio que precisa de ajustes. Com a obra mais complicada de todas as sedes, a Arena de Samara recebe, dia 17 de junho, Costa Rica e Sérvia, pelo Grupo E, o do Brasil.

Um problema no solo fez com que a obra atrasse e, segundo o GloboEsporte, o estádio ainda precisa receber todo o material da Fifa (como banners e cartazes) que o identifica como uma sede do Mundial.

 

Além de precisar ser ‘envelopado’, os sistemas de TV e internet também estão sendo instalados.

Com custo de mais de um bilhão de reais, a partida começa 9h da manhã.

Fonte: notícias ao minuto

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *