LOGO-NEWS-CARIRI

Adolescentes fogem de unidade de ressocialização na Zona da Mata de Pernambuco

Ainda não se sabe o número de jovens que fugiram do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Timbaúba na segunda-feira (25) (Foto: Reprodução/TV Globo)

Publicidade

Pela segunda vez este mês, adolescentes fugiram do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Timbaúba, na Zona da Mata de Pernambuco. Segundo a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), o fato aconteceu na noite de segunda-feira (25). Nesta terça-feira (26), a entidade ainda não se sabia informar quantos jovens escaparam e nem como eles deixaram o local.

De acordo com o 2º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco, até as 9h30 desta terça-feira (26), dois jovens haviam sido recapturados. A corporação também não contabilizou a quantidade de fugitivos. As buscas são realizadas na região.

Esta é a segunda fuga registrada no Case de Timbaúba no mês de junho. No dia 1º, 12 internos fugiram do local após participar de um tumulto em um espaço de convivência do centro.

Outras fugas

No dia 28 abril deste ano, 13 internos do Case Timbaúba utilizaram uma corda improvisada com lençóis para escalar o muro e fugir do local.

No dia 23 de março, outros 14 adolescentes também conseguiram fugir do Case. Durante a fuga, quatro deles ficaram feridos e foram atendidos na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do município.

Também com a tática de escalar o muro com cordas de lencóis, quatro adolescentes fugiram da mesma unidade no dia 23 de novembro de 2017. A fuga aconteceu durante uma aula de educação física.

No dia 30 de outubro de 2017, três socioeducandos fugiram do Case Timbaúba ao utilizarem um cabo de aço, que foi arremessado de fora para dentro da unidade. De acordo com a Funase, os internos aproveitaram uma atividade de lazer na quadra de esportes para fugir.

Fonte: G1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas