Programa do Ratinho do SBT, gravando na região do Cariri com produtora de Juazeiro do Norte.

Por Roberto Bulhoes 

Um dos quadros de maior audiência do Programa do Ratinho do SBT, o “Voltando Pra Casa”, realizou gravações por toda esta semana em vários municípios da região do Cariri, consolidando a parceria de cinco anos com a produtora juazeirense, Bulhões Produções. O jornalista Fábio Marcos que comando o quadro no Programa do Ratinho, proporciona encontros entre pessoas que moram há muitos anos em Sāo Paulo e  nunca mais puderam visitar seus familiares que residem no Nordeste. Ao todo, seis programas foram gravados no Cariri e o primeiro será exibido na próxima sexta-feira no Ratinho. Trata-se do caso de uma senhora que há mais de 28 anos nāo via seus pais.

Segundo Fábio Marcos, “a cada ano aumenta o número de pessoas que se inscrevem no quadro Voltando Pra Casa e nossa produção, em Sao Paulo, examina  cada caso com o maior rigor possível, procurando atender os mais interessantes diante de milhares que chegam mensalmente ao SBT”, afirma Fábio, ressaltando que “toda sexta-feira mostramos um caso diferente e o Ratinho, que desde o começo acreditou no quadro, hoje vê o resultado com os índices crescentes de audiência. Proporcionar a alegria das pessoas, tem sido o nosso objetivo desde que começamos a promover os encontros familiares no Programa do Ratinho”, afirma Fábio Marcos. 

PARCERIAS

Satisfeito com a parceria feita com a Bulhões Produções há cinco anos, viajando por todos os estados nordestino, Fabio Marcos também destaca o apoio da Alimentos Zaeli, que vem desde o inicio participando de todos os programas. “Além da Zeli, a Zenir Móveis tem dado todo apoio, junto com outras empresas devarias partes do Nordeste”, diz Fábio, satisfeito com a receptividade por onde tem passado.  O Programa do Ratinho que detém o segundo lugar absoluto na audiência de segunda a sexta-feira, muitas vezes consegue bater a poderosa TV Globo, com quadro “Voltando Pra Casa”. Esse quadro é o que mais emociona os telespectadores e dá picos de audiência incríveis. 

Caririenses acompanham jogos da seleção na Rússia

Por Agência News Cariri

Muitos Brasileiros foram acompanhar os jogos da Copa do mundo que acontece na Rússia. Em meio a tantos torcedores, estão lá os empresários Caririenses, Rodrigo Comerge, que atua no ramo de medicamentos, e Alexandre Carvalho. Os dois não perderam tempo viajaram para Rússia onde acompanham os jogos da seleção Brasileira. 

Para Rodrigo, acompanhar de perto os jogos da seleção é muito emocionante, sobretudo, porque todo Brasileiro espera pelo Hexa. Bem acompanhado, Rodrigo conta na viagem com a companhia de sua belíssima esposa Rivaniery Teles Braga. Os Caririenses que são do Crato, torceram pela seleção no jogo em que o Brasil, fez dois(2), em cima da Sérvia.

Rodrigo e Alexandre, acompanham o Portal News Cariri, orgulhosos de estarem representando a região, eles mandaram um abraço para a equipe do Site. Confira.

Maceió tem mais de 70 mil moradores em áreas de risco, aponta IBGE

Um levantamento inédito feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) aponta que Maceió tem 70.343 moradores vivendo em áreas de risco.

O levantamento divulgado nesta quinta (28) tem como base informações de 2010, quando moravam 932.748 pessoas na capital.

A pesquisa também trouxe dados dos estados. Dos 3,1 milhões moradores de Alagoas, 146.637 vivam em situação de risco nos municípios monitorados naquele ano.

São pessoas que convivem diariamente com o medo de perder tudo o que eles têm, de ver a barreira próximo às suas casas deslizar, ou de ter a moradia invadida por uma enxurrada.

A dona de casa Geni Matias até hoje passa por isso. Ela vive com o marido e as duas filhas em uma casa no Canaã, e precisa ir pra casa de parentes nos dias de chuva forte.

“Aqui tem cobra, lagarto, tem de tudo. A gente sente tristeza, dá vontade da pessoa chorar, porque se tivesse onde morar, a gente não estava aqui arriscando a minha vida e a das minhas filhas”, lamenta Geni.

Em todo o país, 8,3 milhões de pessoas viviam em áreas de risco no ano da pesquisa. O Nordeste foi a segunda região com o maior número de moradores em locais sem segurança, 2,9 milhões o que representava 11,4% da população total dos 294 municípios monitorados pelo IBGE.

Na região, Bahia e Pernambuco foram os estados que tiveram o maior número e o maior percentual de pessoas vivendo dessa maneira, 1,3 milhão (26,7%) e 8,2 mil (14,1%) respectivamente.

 Fonte: G1

Mulher morre após pular de terceiro andar de prédio com medo de explosão de gás na Bahia: ‘Ficou apavorada’

Por conta de um vazamento de gás com suposto risco de explosão, uma mulher acabou pulando do terceiro andar de um prédio e morreu no município de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

O caso ocorreu na noite de quinta-feira (28), no condomínio Residencial Aeroporto, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, que faz parte do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Informações preliminares obtidas pela polícia apontam uma moradora do condomínio gritou que o botijão da casa iria explodir após um vazamento de gás ocorrido durante a troca do produto.

Uma das vizinhas, identificada como Anatália dos Santos Freitas, de 35 anos, teria se desesperado e acabou pulando do prédio.

“Ela ficou apavorada, pulou e bateu a cabeça na quina de um medidor de energia”, contou ao G1 a delegada Maria Clécia Vasconcelos.

A vítima morreu na hora. O corpo dela foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana (DPT), onde permanecia até a publicação desta reportagem.

Fonte: G1

Homem é esfaqueado a caminho do trabalho no Centro do Recife

Um homem de 26 anos foi esfaqueado na Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife, na manhã desta sexta-feira (29). Heitor Almeida Freire Paiva estava a caminho do trabalho e, após ser atingido nas costas, na altura do pulmão, o atendente de telemarketing foi levado ao Hospital da Restauração, no Derby, também na área central da cidade.

Segundo o posto policial da unidade de saúde, a vítima estava a caminho do trabalho quando foi abordada por um homem armado com uma faca. Mãe de Heitor, a professora Maria Valéria Almeida conta que o criminoso levou os pertences do filho.

“Quando eu recebi o telefonema, ele me pediu para ficar calma e depois disse que foi assaltado e tinha levado uma facada. Também ouvi sirenes de ambulância na ligação”, conta.

Após golpear Heitor, o criminoso conseguiu fugir. O G1 entrou em contato com a Polícia Civil questionando se o caso está sendo investigado e aguarda retorno.

Após passar por uma tomografia, os médicos constataram que não houve lesões sérias. Heitor tomou medicações necessárias para evitar doenças como tétano e foi suturado. A previsão é de que ele tenha alta ainda na manhã desta sexta (28).

Assustada com o fato, a mãe da vítima diz que essa não é a primeira vez que algo semelhante acontece com o filho.

“Ele sai todo dia de casa às 4h55 e bate o ponto no trabalho às 6h. Na outra vez em que ele foi assaltado, conseguiu correr. Agora, ele disse que tentou escapar. Estou me mudando para a Itália por causa dessa violência e vou levar meu filho comigo”, afirma.

Fonte: G1

 

Em Altaneira, SD sai da base do prefeito Dariomar

Por Madson Vagner

O presidente do Solidariedade (SD) de Altaneira, José Devanildo Soares, conhecido como Palito da MegaSom, anunciou ao prefeito Dariomar Rodrigues (PT) que a sigla está fora do governo municipal. A justificativa apresentada pelo presidente passa por práticas de corrupção, desrespeito as lideranças do partido e falta de prestação de contas públicas.

E mais, o partido acusa o prefeito de perseguição ao vereador da sigla Flávio Correia e o anúncio de apoios políticos eleitorais a vários candidatos a deputado federal em detrimento ao principal nome do partido, o deputado federal Genecias Noronha.

Dias antes, Genecias divulgou mensagem fazendo uma prestação de contas relacionando todos os investimentos articulados pelo seu mandato para o município. Ao longo de 4 anos, os recursos liberados por Genecias somam R$ 1,4 milhão.