Pauta de votações para a 35ª sessão ordinária, em 25 de junho

O presidente da Câmara municipal do Crato, no uso de suas atribuições legais , informa a pauta de votações da sessão ordinária do dia 25 de junho de 2018 (35ª sessão ordinária/segunda-feira) conforme determina o art. 162 do regimento interno da Câmara. Confira a pauta:

P.L.Nº 1405001/2018 – prefeito municipal: Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei orçamentária para o exércicio de 2019 e adota outras providências.

P.L.Nº 0405001/2018 – prefeito municipal: Dispõe sobre a constituição do Serviço de Inspeção Municipal – SIM, os procedimentos de inspeção sanitária em estabelecimentos que produzam produtos de origem animal e vegetal no município do Crato e adota outras providências.

Tradição de acender fogueira de São João é mantida viva no Cariri

Por Ronuery Rodrigues/Papo Reto Cariri

O dia 23 de junho no calendário católico lembra São João Batista. Nos bairros mais pacatos das cidades do Cariri, nos sítios e vilas, o costume de acender fogueira na véspera do santo se mantêm vivo.

Além das fogueiras que já é elemento garantido, as famílias realizam verdadeiros banquetes com comidas típicas como mungunzá, vatapá, bolo de milho, de puba, pé-de-moleque, arroz doce, doce de gergelim e amendoim, e outras guloseimas que não podem faltar na mesa.

Assim acontece anualmente na residência do aposentado José Serra, de 78 anos, que reside na zona rural do Crato. Ele conta que o costume foi repassado pelo pai, e faz questão de manter viva a tradição. Além disso, ele conta que em sua residência é rezada a trezena de Santo Antônio, e no dia de São João, acende uma grande fogueira.

SIMPATIAS

Na contramão da tradição, as simpatias aos poucos caem no esquecimento e já não são mais vistas no ambiente familiar. Mas quem gosta mesmo desse período é a garotada faz a festa com artigos juninos como, bombas, chuvinhas, rabo-de saias, entre outras.

Outros santos da Igreja católica como Santo Antônio, celebrado no dia 13 junho e São Pedro no dia 29, foram incorporados a tradição de acender fogueiras, contudo a mais expressiva é a de São João, no dia 23. Assim, a região do Cariri rica em sua cultura, mesmo sendo uma metrópole não perde suas características de região interiorana.

 

Vinho ‘expresso’ eleva faturamento de loja online em até 50%

Uma loja online de vinhos, com sede em São Paulo, aumentou em 50% o faturamento entre dezembro e maio graças a um sistema de pré-vendas e um serviço que entrega garrafas de vinho tão rápido quanto uma pizza, testado pela reportagem.

O aumento foi possível após a empresa de vendas online de vinhos Sonoma implementar o Entrega 90, que permite envio expresso de bebidas (vinhos e destilados) na Grande São Paulo.

A trajetória do negócio foi tortuosa. A empresa foi criada em 2013, sofreu problemas financeiros e chegou a ser fechada em 2016. Voltou à ativa em janeiro de 2017, com novos investidores.

De acordo com Alykhan Karim, presidente-executivo da Sonoma, o aumento é ainda mais substancial se levado em consideração o período em análise: tradicionalmente, o último trimestre é o melhor do ano, concentrando metade das vendas da empresa.

‘A gente estar fazendo agora mais do que em dezembro é muito empolgante para nós.’, diz Karim.

São Paulo, afirma ele, dobrou a participação nas vendas da empresa -de 20% a 40%- após a implementação da novidade, o que corresponde a 35% do faturamento da Sonoma.

O serviço de entrega expressa de bebidas deve chegar também a Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre nos próximos 12 meses.

A loja usa uma curadoria de especialistas para oferecer apenas vinhos ‘premium’.

Especialistas consultados pela reportagem confirmam a boa seleção, mas dizem não ser muito diferente da vista em grandes comércios eletrônicos, como Evino e Wine.

‘Eles [Sonoma] têm um pouquinho de tudo, o que é legal, mas não têm uma vantagem relevante sobre outros no aspecto seleção. Têm uma boa seleção, mas outros também têm’, analisa a sommelière Alexandra Corvo.

Em nota à reportagem, a Wine afirma que atualmente entrega em até três dias úteis e que no próximo semestre implementará uma nova política permitindo entregas em até quatro horas em São Paulo, com a opção de retirada em parceiro conveniado.

Procurada, a Evino afirmou não ter entrega expressa nem tem planos para adotar esse formato.

Outro serviço a que a Sonoma atribui seu crescimento nos últimos meses é o de venda antecipada de vinhos, com foco em bebidas mais raras, compradas em pequenas quantidades.

A modalidade correspondeu a 40% do faturamento da empresa em maio.

A pré-venda é aberta cerca de quatro meses antes da entrega de fato do produto, e encerrada aproximadamente um mês antes, ou com o fim da quantidade ofertada.

Nesses casos, o valor da compra é adiantado para o produtor para confirmar a reserva e iniciar o processo de importação. Os vinhos mais importados vêm principalmente da França, onde foi criado esse sistema de pré-venda.

A bebida é então lançada para compra antecipada no site, com preços mais baixos do que na venda normal –o que chega a 40% de desconto, segundo a empresa.

Ao visualizar qualquer vinho no site da Sonoma, o usuário já vê um banner em posição de destaque alardeando o sistema batizado de ‘Entrega 90’.

A promessa é entregar a bebida em até uma hora e meia após a confirmação da compra em um raio de 40 quilômetros do bairro do Itaim Bibi, zona oeste de São Paulo, onde fica a sede da Sonoma.

O serviço pode custar de R$ 15 a R$ 50, a depender da distância e do volume transportado, com um máximo estipulado de 24 garrafas.

Em compras acima de R$ 150 a até 7 km de distância, é gratuito.

De acordo com a empresa, apesar de venderem a entrega como sendo de até 90 minutos, a média tem sido menor, de 38 minutos.

A reportagem testou o serviço e recebeu o vinho em 40 minutos em um bairro da zona sul de São Paulo. O custo foi de R$ 15.

Na prática, o cliente faz o pedido pelo site e ele leva cerca de sete minutos para ser processado.

Ele entra como prioridade na fila do sistema de logística da Sonoma e a entrega é feita por empresas terceirizadas na Grande São Paulo. Com informações da Folhapress.

Fonte: notícias ao minuto

Medidas do ajuste fiscal emperram Congresso

Enquanto o Congresso abre caminho para benefícios fiscais, já de olho nas eleições, a pauta econômica do governo segue travada. Vice-líder do governo na Câmara, o deputado Beto Mansur (PRB-SP) admite que parte do Congresso “esqueceu” os problemas fiscais do País, que ainda gasta mais do que arrecada e tem pelo menos outros quatro anos de contas no vermelho pela frente, segundo as projeções do governo.

“Acho que desandou um pouco, principalmente com isenções que aconteceram de Funrural e no Refis de micro e pequena empresa. Essa coisa acabou desandando e teve mais renúncia do que deveria ter”, diz Mansur.

No início de abril, o governo deu aval para a derrubada de vetos a dois parcelamentos de débitos (Funrural e Simples), o que na prática elevou as renúncias com esses programas. A pressão por outros benefícios só cresceu desde então, e foi agravada com a greve dos caminhoneiros, que rendeu um pacote de R$ 13,5 bilhões em benesses à categoria para diminuir o custo do diesel.

Os projetos que dão os incentivos estão passando à frente de propostas consideradas prioritárias pela equipe econômica. A mudança no cadastro positivo, que o governo argumenta que vai baratear o crédito a consumidores e empresas que pagam as contas em dia, teve o texto-base aprovado pela Câmara no início de maio. Mas até agora a votação não foi concluída, e o projeto precisa ainda retornar ao Senado.

Já o projeto de lei da cessão onerosa foi aprovado na quarta-feira, mas ainda resta analisar três destaques para concluir a votação. Enquanto isso não ocorrer, não é possível que a proposta seja apreciada no Senado.

O atraso impede a formalização da revisão do contrato de cessão onerosa e a realização do leilão de excedentes, que pode render R$ 100 bilhões ao governo. O Ministério de Minas e Energia (MME) trabalha para realizar a licitação no dia 29 de novembro, data-limite para que uma parte dos recursos possa entrar no caixa do governo ainda neste ano.

Enquanto isso, o requerimento de urgência do projeto que permite a venda das distribuidoras da Eletrobrás fica em segundo plano. A urgência (espécie de fura fila da ordem dos projetos que são analisados) precisa de 257 votos favoráveis, e como a oposição tem entre 120 e 140 votos, é preciso um quórum de 400 parlamentares, o que pode ser desafiador em tempos de Copa do Mundo e festas juninas, às vésperas do recesso em julho e da campanha eleitoral.

Sem conseguir emplacar sua agenda, a área econômica tem trabalhado para tentar barrar ainda no Congresso as iniciativas que podem comprometer ainda mais as contas públicas.

O Tribunal de Contas da União (TCU), por sua vez, tem cobrado a equipe econômica a apontar as fontes de recursos para bancar eventuais renúncias, o que é visto como positivo nos bastidores do governo, porque pode ajudar a barrar essas iniciativas diante cenário de restrição fiscal. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: notícias ao minuto

Air Europa inaugura nova rota entre Brasil e Espanha

A companhia aérea Air Europa vai inaugurar uma nova rota entre Fortaleza e Madri em setembro.

As informações foram publicadas na coluna Radar, do site da revista Veja, nesta sexta-feira (22).

A companhia já liga capitais ns regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste às maiores cidades espanholas.

Fonte: notícias ao minuto

Netflix confirma terceira temporada de ‘Cara Gente Branca’

Netflix confirmou nesta quinta-feira (21) a produção da terceira temporada de ‘Cara Gente Branca’. A série conta a história de Sam (Logan Browning), uma estudante negra numa universidade predominantemente branca.

De acordo com informações do UOL, a trama deve voltar à plataforma em 2019, com mais dez episódios.

“Venho em nome da Ordem do X, passar a mensagem: Cara Gente Branca retornará à Netflix para uma terceira temporada. Boa noite”, diz tweet da Netflix sobre a nova temporada.

A segunda parte da série dirigida por Justin Simien estreou no início de maio. Também estão no elenco da trama os atores DeRon Horton, Antoinette Robertson e Giancarlo Esposito.

Fonte: notícias ao minuto