LOGO-NEWS-CARIRI

Após 16 anos e meio sem atraso, Prefeitura de Tauá não paga professores em dia

Publicidade

Em sete meses de gestão Carlos Windson, um compromisso tão longo foi jogado na lama

Os professores de Tauá passam por uma situação que estava erradicada há 16 anos e meio: o atraso no pagamento dos salários. Segundo o prefeito Carlos Windson, isso aconteceu porque o Governo Federal não repassou recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

A desculpa é facilmente refutada. Outros municípios também não receberam a verba, mas, mesmo assim, pagaram os docentes. Inclusive, o imprevisto aconteceu diversas vezes em Tauá, e a Prefeitura sempre complementava o valor, porque sabia que posteriormente o Governo Federal pagaria, como sempre faz, sem falta.

Entenda

A subtração de recursos do Fundeb no mês de julho ocorreu em todos os municípios cearenses e de outros três estados. Ao longo dos anos, isso ocorreu várias vezes em Tauá. Porém, quando ocorria, normalmente no mês seguinte era feito o repasse de duas complementações. Assim, a Prefeitura pagava sem medo para não prejudicar os professores.

O motivo para o atraso do pagamento deve ser outro, talvez o desequilíbrio financeiro da gestão Carlos Windson. Antes não acontecia, agora acontece. E mesmo que o Governo Federal falhasse, a Prefeitura tinha como contornar a situação.

Em sete meses de gestão, um compromisso tão longo com os professores foi jogado na lama.

Fonte: Ceara News7

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas