Dívidas de infrações: Detran oferece condições especiais para débitos de multas

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), está com condições especiais para quitar débitos de multas geradas até o dia 31 de dezembro de 2015; para pessoas físicas e jurídicas.

Lei estadual sancionada em abril permitiu que motoristas que têm multas de até mil Unidades Fiscais de Referência do Ceará (Ufirces) quitem o débito pagando 20% do valor da dívida.

Em caso de o débito ser superior a mil Ufirces (ou seja, acima de R$ 3.942,4 mil), o contribuinte pode obter a remissão com o pagamento do valor excedente, à vista ou parcelado, juntamente com a taxa de 20% sobre as mil ufirces.

Para aderir à negociação, o interessado deve fazer o pagamento no site do órgão, à vista ou parcelado. Neste caso, as parcelas devem ser pagas até o fim de dezembro.

Para o parcelamento, o contribuinte deve se dirigir ao setor de Arrecadação, localizado na sede do Detran, no bairro Maraponga, ou nas unidades regionais do órgão. Na ocasião, o motorista deve estar com o documento do veículo, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e comprovante de endereço.

A lei não autoriza o ressarcimento dos tributos que já foram pagos pelo contribuinte. Caso a dívida já tenha sido paga, o Detran não poderá restituir o valor.

Ceará Agora

Sobe para 21 número de mortos em acidente na BR-101, diz governo do ES

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo informou, nesta quinta-feira (22), que subiu para 21 o número de mortos no acidente envolvendo um ônibus, uma carreta e duas ambulâncias, na BR-101, rodovia que liga o Rio de Janeiro ao Espírito Santo. A colisão ocorreu por volta das 6h30, na altura do quilômetro 343, na cidade capixaba de Guarapari, a cerca de 50 km de Vitória.

Do total de vítimas, morreram ao menos 13 passageiros que estavam no ônibus e dois motoristas envolvidos no acidente –o da carreta e o de uma ambulância, que pertence à Prefeitura de Jerônimo Monteiro (ES).

Pelo menos dez feridos foram socorridos, segundo informações do governo capixaba.

Sete foram atendidos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), todos em estado grave. Quatro deles foram encaminhados para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra; dois para o hospital São Lucas, em Vitória; e um para o hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha.

Dos feridos levados para a capital pelo Samu, dois foram deslocados com o auxílio de um helicóptero do Notaer (Núcleo de Operações e Transporte Aéreo). Já o Corpo de Bombeiros informou ter socorrido outras três pessoas, que foram levadas para o Pronto Atendimento de Guarapari e para o hospital São Lucas. Não há informações quanto ao estado de saúde delas.

Proprietária de uma das ambulâncias, a Prefeitura de Jerônimo Monteiro informou que o veículo, um Doblô, era usado para deslocamento de pacientes da cidade até Vitória, onde eles passariam por exames especializados. O condutor morreu no local. Ele foi identificado como Alisinaldo Zampili Vargas, 36, e trabalhava há seis anos como motorista da prefeitura. Os outros ocupantes sobreviveram e estão bem.

O acidente
Em entrevista à rádio BandNews FM, o superintendente da PRF-ES (Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo), Wilys Lyra, explicou que, em razão das condições no local, a carreta acabou tombando e invadindo a pista de sentido contrário, na contramão. Ela seguia para a cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no sul capixaba.

O veículo de carga então colidiu frontalmente com o ônibus (que trafegava na pista sentido Vitória) e, na sequência, com as ambulâncias.

Algumas vítimas foram arremessadas para fora dos veículos e outras, carbonizadas. Pelo menos um dos veículos acabou pegando fogo após a tragédia. “Há várias vítimas carbonizadas no local, além de vários feridos”, informou a PRF-ES, via Twitter.

O superintendente da PRF-ES disse ainda que houve derramamento de óleo na pista, que foi bloqueada para facilitar o trabalho das equipes de socorro. A carreta estava carregada com blocos de granito, e parte desse material também foi despejado na estrada em razão do acidente.

“Estamos preocupados primeiramente em resgatar essas pessoas e identificar os mortos no local. Após isso, vamos recolher os dados dessas pessoas. Foi uma fatalidade”, afirmou Lyra.

O ônibus, da viação Águia Branca, fazia o trajeto São Paulo-Vitória, com 31 passageiros a bordo.

Em nota, a empresa informou lamentar o acidente e que, assim que tomou conhecimento dos fatos, “toda a diretoria segue acompanhando de perto todas as providências necessárias, sem medir esforços para o apoio aos passageiros e familiares”.

Jardim. As dificuldades administrativas continuam

Por Madson Vagner

Em Jardim, a situação da administração do prefeito Aniziário Costa (PCdoB) parece se agravar a cada mês. Impedido de receber repasses voluntários por pendencias em vários Ministérios, o município acumula demandas e não consegue resolver situações básicas como manter salários dos servidores em dia.

Quando assumiu, o prefeito Aniziário Costa, teve pela frente um atraso salarial de, pelo menos, três meses, incluindo 13º. Conseguiu equacionar ao dividir o atrasado em vários meses. Agora, sem dinheiro e sem arrecadação suficiente, o prefeito começa a atrasar os salários novamente.

Câmara do Crato aprova auxílios financeiros para médicos

A Câmara Municipal do Crato aprovou esta semana Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a conceder auxílios financeiros aos médicos que integram o programa ‘Mais Médicos para o Brasil’ que atuam no município cratense. A lei segue para sanção do prefeito José Ailton Brasil.

Através da aprovação, os profissionais receberão auxílio financeiro destinado ao custeio de despesas com moradia no valor R$ 1,200 mensais devendo atender ao padrão médio de mercado para locação de imóvel em Crato. Recebem, também, auxílio alimentação de R$ 500.

Conforme a gestão municipal explica, os médicos atendidos por esta lei passam a ter o repasse de recursos desde que efetivamente cumpram compromissos assumidos junto ao município do Crato e ao Ministério da Saúde.

assessoria de imprensa

Sete tendências em tecnologia para alavancar negócios

Conheça as inovações que irão potencializar o desempenho da sua empresa

“Uma falha em si não é fatal. O que pode ser fatal é a falha de não mudar”. Esta foi a clássica citação de John Wooden, um dos mais aclamados treinadores de basquete nos Estados Unidos, escolhida para a introdução do estudo Tech Trends 2017, recém-publicado pela Deloitte. Toda empresa competitiva, hoje em dia, deveria levar a sério o conselho do treinador. O protagonismo da área de TI na estratégia, a estruturação de dados, o machine intelligence, a realidade mista, o blockchain e outas inovações apontadas no estudo Tech Trends 2017 poderão, em um curto prazo, quebrar paradigmas na estrutura das organizações.

Conheça a seguir os principais destaques

 

1. TI na ponta da transformação

A incorporação de tecnologia em todas as etapas dá ao setor de TI um caráter cada vez mais estratégico do negócio. Nesse cenário, os desafios a curto prazo para o CIO são diversos. “Há um importante movimento de migração do foco do CIO – de uma dimensão de operador confiável para um parceiro estratégico”, diz Fabio Pereira, diretor de Estratégia e Arquitetura de Tecnologia da Deloitte. Esta mudança é importante na criação conjunta de soluções, modelos, produtos e serviços da empresa ao mercado. “Atualmente, o mercado exige que tecnologia e negócio atuem sem fronteiras, aplique modelos híbridos de governança que permitam implementações de soluções de forma ágil e explorem modelos e parcerias de inovação”, completa.

Os novos desafios e as chaves para o sucesso dos CIOs em meio às transformações digitais

2. Dark analytics

Entender dados estruturados e não estruturados, em todas as camadas visíveis e facilmente acessíveis até as suas mais profundas e diversas fontes e extrair deles informações cada vez mais relevantes para o negócio é uma das tendências apontadas no estudo. O movimento de estruturação de dados ganha maturidade a cada ano e é, segundo Pereira, uma evolução natural da estratégia de data management. Arquiteturas flexíveis, intercambiáveis, que atendam às diferentes necessidades de negócio, levando a capacidade analítica para as decisões estratégicas em tempo real terão impactos concretos no desempenho dos negócios. Além das ferramentas corretas, há necessidade de que os perfis técnicos e de usuários se adaptem e ganhem maturidade e conhecimento para um correto uso da informação.

3. Machine intelligence

Destaque no Tech Trends 2017, este modelo de tecnologia agrega automação de tarefas complexas e decisão em tempo real na produção de atividades de negócio. “Há cenários onde a robotização, a automação, o entendimento de padrões e a adaptação de tarefas são infinitamente mais performáticos e produzem resultados muito interessantes em produtividade e insights sobre o negócio”, explica Fabio Pereira, diretor da Deloitte. Nesse cenário, prevê-se uma significativa necessidade na mudança do perfil de pessoas: as funções operacionais darão lugar a profissionais mais estratégicos, capazes de interagir e programar os padrões de aprendizagem das máquinas. Desse profissional será esperada também a capacidade de interpretar e ajustar os resultados gerados para consumo em benefício do negócio.

4. Realidade Mista

Combinando aspectos de Realidade Aumentada e Realidade Virtual, a Realidade Mista permite ao usuário enxergar o mundo real e ancorar objetos virtuais para o espaço real, sendo possível assim manipulá-los. Em forte crescimento, esta tecnologia ganha rápida criação de soluções aplicadas ao business life cycle: da criação de produtos, usando laboratórios virtuais, plataforma de prototipação e experimentações virtuais ligadas à atividade física até a operação no dia a dia em ambientes complexos. “Com a realidade mista é possível representar, por exemplo, uma operação de manutenção interagindo com elementos virtuais e elementos reais, simulando condições, tempo e qualidade do trabalho executado”, explica Pereira.

5. Arquitetura flexível e Tudo como serviço

A padronização de uma arquitetura flexível que gera eficiência, reduz custos de hardware e de mão-de-obra e apoia a velocidade dos resultados são tendências em startups. A tendência de “tudo como serviço”, no que diz respeito ao uso principalmente de software, caminha em conjunto. Arquiteturas flexíveis são construídas a partir de blocos menores, intercambiáveis, onde se pode combinar diferentes soluções e serviços para se obter um resultado, e mudar rapidamente para responder a mudanças de cenários. Também é possível atingir uma grande resiliência nos negócios, pois cada funcionalidade fica disponível de forma independente. Assim como na arquitetura, muitos destes building blocks são serviços, não importa em qual camada, de aplicação à infraestrutura. Há grande flexibilidade no uso de componentes como serviços, que podem ser consumidos e combinados de diferentes formas à medida que o negócio evolui. “As organizações buscam formas de agilizarem seus “go to market “ de produtos e soluções, focando cada vez mais em seus negócios e exigindo de parceiros internos e externo rápidas respostas a mudanças de cenários. Isso faz com que haja um grande questionamento sobre arquiteturas monolíticas e modelos de provisionamento de tecnologia”, comenta Fabio Pereira.

6. Blockchain

A tecnologia que permite armazenar digitalmente registros de transações em redes descentralizadas de forma segura, íntegra e independente ganhou destaque no Tech Trends 2017. Com o blockchain é possível realizar compras, por exemplo, sem a necessidade de intermediários de confiança. Isso impacta diretamente o negócio, aumentando a possibilidade de velocidade e a redução de custos. Com experimentos de sucesso no universo bancário, a implementação desta tecnologia – considerada uma das mais disruptivas – promoverá um “antes” e “depois” nas áreas de TI das empresas. Tecnologias emergentes, reguladoras e operadoras serão necessárias nesse processo.

Blockchain impacta o futuro das transações financeiras

7. Tecnologias Exponenciais

Em amplo desenvolvimento, a nanotecnologia, os sistemas de armazenamento de energia, a biotecnologia e a tecnologia quântica são alguns exemplos de tecnologias que exigirão novas abordagens operacionais e novas estratégias de crescimento das empresas. “Estas tecnologias representam a quebra de barreiras em termos de capacidade e viabilidade de soluções. As possibilidades e impactos nos negócios são infinitos – o uso de materiais inteligentes que respondem ativamente a condições de uso, a possibilidade de inserirmos regras e códigos nas funções celulares, e a capacidade de fundir o homem e a máquina sem uma fronteira definida irão trazer inúmeras possibilidades”, conta Fabio Pereira, diretor da Deloitte. Podem-se esperar também desafios técnicos, éticos e morais. “As empresas precisam inserir em suas estratégias ações que as coloquem ativamente dentro da esteira de transformação – praticar inovação e conectar-se a esses ecossistemas para poder explorar e reagir às oportunidades e desafios da nova era”, conclui.

Deloete

HPV: quem deve tomar a vacina pela nova regra do Ministério

Nesta semana, Ricardo Barros, ministro da Saúde, anunciou alterações no esquema de vacinação contra HPV. A partir de agora, essa imunização será oferecida a meninos de 11 a 15 anos incompletos. Desde janeiro, a vacina em questão passou ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) para meninos de 12 a 13 anos. Até então, era aplicada somente em meninas com menos de 15 anos.

A meta estipulada para 2017 é vacinar 80% das 7,1 milhões de criançasbrasileiras do sexo masculino nessa faixa etária, a fim de protegê-las, inclusive, dos cânceres de pênis, garganta e ânus, diretamente ligados ao HPV. Para atingir esse objetivo, o Ministério da Saúde promoverá campanhas e intensificará os mutirões de vacinação nas escolas.

Também têm direito à imunização portadores do vírus HIV de 9 a 26 anos ou pessoas com câncer em uso de quimioterapia e radioterapia (ambos os sexos), além de quem já foi submetido a algum transplante de órgão. No primeiro caso (HIV/Aids), são necessárias três doses — com intervalo de dois e seis meses. Para os demais, permanece o esquema atual: duas injeções com um espaço de seis meses entre uma e outra.

Meninas que chegaram aos 14 anos sem iniciar ou completar essa imunização também serão público-alvo de ações de conscientização. Estima-se que há 500 mil adolescentes nessa situação no país. Para elas, a importância envolve a prevenção dos cânceres vaginal, anal, de colo do útero e de vulva. Lesões pré-cancerosas e verrugas genitais também seriam prevenidas.

Vale lembrar que o HPV é transmitido pelo contato direto com mucosas infectadas por meio de relação sexual e também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Se seguido à risca, esse esquema vacinal protege contra quatro subtipos desse vírus (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia.

Editora Abril

ustiça Federal no Ceará realiza mutirão com mais de 5 mil audiências para negociação de dívidas

A Central de Conciliação e Mediação da Justiça Federal no Ceará realiza até o dia 30 de junho um mutirão de audiências de conciliação com processos referentes a contratos com a Caixa Econômica Federal. Para esse mutirão, foram agendadas 5.100 audiências e montadas sete mesas de negociações, sendo cinco para conciliações processuais e duas para pré-processuais.

Pessoas com contratos em condições de negociar foram convidados a participar da rodada de conciliações e quitar seus débitos com a instituição financeira. Segundo o coordenador de filial da Caixa, Francisco Vilar, a possibilidade é de até 90% de desconto nos acordos e ainda a oportunidade de conciliar antes mesmo que o débito torne-se processo, aumentando ainda mais os custos.

O contador Isaac Lopes aguardava desde 2003 para solucionar sua pendência junto à Caixa e compareceu ao mutirão na segunda-feira (19). Com o convite e a oportunidade de desconto, ele viu a possibilidade de regularizar a situação e continuar a relação com o banco.

“Como eu tinha interesse em resolver essa pendência, me atraiu bastante a possibilidade de desconto que foi oferecido e eu resolvi participar”, comemorou o contador.

g1

Soldado do Exército é preso suspeito de praticar assaltos no Grande Recife

um soldado do Exército foi preso suspeito de praticar assaltos no município de Camaragibe, no Grande Recife. De acordo com o delegado Joel Venâncio, o homem quase foi linchado pela população após tentar roubar um carro na Rua Grande Oriente, no bairro de Jardim Primavera. Ele estava numa moto, acompanhado de outro homem armado, segundo testemunhas.

O delegado explicou que o comparsa do soldado é quem estava armado. O motorista do carro reagiu e jogou o veículo contra os dois suspeitos. O comparsa efetuou alguns disparos contra a vítima e conseguiu fugir. Já o soldado caiu da moto e se feriu.

“O motorista reagiu para tentar evitar a investida criminosa. Nessa reação, o soldado se desequilibrou e caiu no chão. Até o momento, a delegacia já recebeu cinco pessoas que se dizem vítimas dele”, contou Joel Venâncio.

Ao presenciarem a tentativa de assalto, a população agrediu o soldado, segundo a polícia. Ele foi socorrido pela Polícia Militar para uma unidade de saúde de Camaragibe. Depois de ser atendido, o suspeito foi encaminhado para a Central de Plantões da Polícia Civil, no Recife. Ele foi autuado em flagrante pelo crime.

O caso é acompanhado pelo 4º Batalhão de Polícia do Exército, local onde o soldado é lotado. O G1 procurou o Comando Militar do Nordeste, mas ainda não obteve resposta.

g1

Prefeito de Nova Olinda-CE viaja à Brasília buscando recursos para o município

Na manhã desta Quarta (22), o prefeito de Nova Olinda-CE, Afonso Sampaio (PSD), esteve em Brasília a fim de buscar recursos para o município em diversas áreas, reunindo-se com o presidente da câmara dos Deputados, Fábio Ramalho (PMDB), fazendo cumprir-se de uma vasta agenda de visitas e encontros com deputados e ministros.

Alem disso, foi recebido também, pelo Deputado Domingos Neto (PSD) e terminando o dia, encontrou-se com o Presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB).

Afonso Sampaio disse que está viabilizando recursos através de emendas e propostas ligadas à saúde, educação, esporte, lazer e urbanização no intuito de melhorias para a população e município.

Temos buscado incansavelmente ações para a nossa cidade. Já fizemos muito, e faremos ainda mais, afirmou.