A Prefeitura do Crato abri novas seleções simplificada para contratos temporários nesta quinta feira

As inscrições serão efetuadas neste dia 08 de junho de 2017, das 08h00min às 17h00min, na Quadra Poliesportiva Bicentenário, localizada na Praça Alexandre Arraes, Bairro Centro, para todos os cargos (níveis fundamental, médio e Superior).
2.1.1. A inscrição do candidato implicará no conhecimento e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

assessoria de imprensa

 

Governo assina decreto para combater a sonegação

Foi assinado nesta quarta-feira (7) pelo governador Camilo Santana, no Palácio da Abolição, o decreto que institui a Ação Integrada para Recuperação de Ativos (Aira). Em parceria com o Ministério Público do Estado (MPCE), Tribunal de Justiça do Estado (TJCE), secretarias da Fazenda (Sefaz), Segurança Pública (SSPDS) e Procuradoria-geral do Estado (PGE), o objetivo dos trabalhos é combater a sonegação de impostos e recuperar ativos para os cofres do Estado.

.Estado fecha o cerco a empresas sonegadoras

“O Ceará vive um momento de muita cooperação entre os poderes e as instituições. Hoje damos um passo importante para nosso Estado se tornar uma referência no combate à sonegação. Nesse momento de crise, conseguir mais eficiência na arrecadação significa investir mais e melhorar a qualidade de vida dos cearenses”, afirmou o governador Camilo Santana.

O secretário da Fazenda, Mauro Filho, destacou a importância da parceria com o MP, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf). “Os servidores de Inteligência da Fazenda vão trabalhar integrados ao Gaesf. A PGE e a SSPDS também terão papeis fundamentais nesse processo”, citou.

diario do nordeste

Bolsa tem leve alta e dólar recua de olho em julgamento no TSE

O julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), continua no radar do investidor. A perspectiva de que o TSE decida por não cassar a chapa trouxe certo alívio para o mercado nesta quarta-feira (7), na avaliação de alguns analistas.
O Ibovespa, índice que reúne as ações mais negociadas, fechou em leve alta de 0,34%, para 63.170 pontos. Nas primeiras horas, após a abertura, o índice chegou a subir mais de 1%, mas diminuiu o ritmo de valorização durante o dia.

Já o dólar comercial terminou a quarta-feira com queda de 0,15%, cotado a R$ 3,273. O dólar à vista, por sua vez, recuou 0,25%, para R$ 3,275.

O segundo dia de sessão no TSE as atenções dos investidores. “O mercado está otimista com a perspectiva da não cassação da chapa Dilma-Temer e considera que mais uma ruptura institucional pode ser pior. Mas o volume foi baixo, com investidores à espera de sinais mais claros”, afirma Adeodato Netto, estrategista-chefe da Eleven Financial.

Os trabalhos no plenário duraram das 9h às 13h nesta quarta-feira e serão retomados na quinta, com possibilidade de extensão pelo dia todo. “Enquanto não termina o julgamento, o mercado fica num compasso de espera”, diz Ignacio Crespo, economista-chefe da Guide Investimentos.

AÇÕES

Afetadas pela queda dos preços do petróleo no mercado internacional, as ações da Petrobras terminaram o dia em queda. Os papéis mais negociados da Petrobras recuaram 2,35%. As ações com direito a voto caíram 1,72%.

Os preços do petróleo tiveram queda nesta sessão, após o Departamento de Energia dos EUA divulgar um aumento dos estoques da commodity no país. “A expectativa era de redução dos barris, e não aumento dos estoques”, afirma Marco Tulli, gestor da mesa de operações da corretora Coinvalores.

Além disso, a Administração de Informação de Energia dos EUA (AIE) disse na terça-feira (6) que a produção de petróleo do país pode atingir um recorde de 10 milhões de barris por dia no próximo ano, acima dos atuais 9,3 milhões, e em patamar quase igual à produção do principal exportador, a Arábia Saudita.

A mineradora Vale sofreu com a queda dos prelos do minério de ferro na China. As ações mais negociadas da companhia tiveram baixa de 0,32%, para R$ 25,00. Já os papéis com direito a voto se desvalorizaram 0,49%, cotadas a R$ 26,45.

No setor financeiro, as ações de bancos fecharam o dia em território positivo. Os papéis do Itaú Unibanco subiram 1,64%. As ações preferenciais do Bradesco ganharam 1,61%, enquanto os papéis ordinários (com direito a voto) subiram 1,57%. O Banco do Brasil viu suas ações se valorizarem 1,20%. E as units – conjunto de ações – do Santander Brasil terminaram o dia com alta de 2,02%.

JBS

Após subirem mais de 8% nesta terça-feira (6), liderando as altas do Ibovespa, as ações da JBS chegaram a esboçar avanço no começo dos negócios, mas os papéis da companhia fecharam em queda de 2,53%.

A empresa anunciou, na terça-feira, a venda por US$ 300 milhões de todas as ações de suas subsidiárias com operações de carne bovina na Argentina, no Paraguai e no Uruguai.

Os papéis foram comprados por subsidiárias da Minerva, de acordo com comunicado divulgado ao mercado pela empresa. A aquisição ocorreu por meio das subsidiárias da Minerva Frigomerc, Pul Argentina e Pulsa.

DÓLAR

O mercado cambial também refletiu a incerteza política, diz Crespo, da Guide. “A atuação do Banco Central, dando mais liquidez, não tem afetado muito a direção da moeda”.

Nesta quarta-feira, o BC voltou a fazer intervenções no mercado de câmbio. A autoridade monetária vendeu integralmente até 8.200 contratos de swaps cambiais tradicionais – equivalente à venda futura de dólares- para rolagem dos contratos que vencem em julho.

Com isso, rolou o equivalente a US$ 820 milhões do total para o mês que vem, de US$ 6,939 bilhões.

O CDS (Credit Default Swap) do Brasil, que mede o risco do país, subiu 0,75%. Com informações da Folhapress.

Cinturão das Águas: Ceará receberá repasse de R$ 60 milhões para finalização das obras

Mais de R$ 60 milhões serão aplicados na obra do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). Os recursos serão encaminhados o governo do Ceará pelo Ministério da Integração Nacional.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (6) pelo ministro Helder Barbalho e a medida, publicada no Diário Oficial da União (DOU). Novas liberações serão feitas, gradativamente, em função da análise da execução das obras.

Na semana passada, já foram pagos R$ 11,8 milhões para a obra que, quando concluída, abastecerá mais de um milhão de pessoas. O Cinturão vai receber a água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

No último ano – entre maio de 2016 e abril de 2017 – o empreendimento obteve mais de R$ 244 milhões da União, valor 70% superior ao mesmo período do ano anterior – entre maio de 2015 e abril de 2016.

Além do apoio àquela que é considerada a principal obra hídrica estruturante do Ceará, o Ministério da Integração Nacional está auxiliando o governo do estado com outras ações e projetos para melhorar a qualidade de vida da população, que tem enfrentado período de estiagem prolongado.

Estações elevatórias

A pasta também auxiliou o estado com recursos que vão aumentar o abastecimento de água na região metropolitana de Fortaleza, ao restabelecer a capacidade de bombeamento das estações elevatórias do Castanhão, Banabuiú e Itaiçaba.

Além disso, foram destinados recursos federais para 27 obras hídricas estruturantes. Mais de cem cidades são contempladas. A população já é atendida pelos Trechos IV e V do Eixão das Águas, que atendem mais de 4,2 milhões de habitantes.

Também foram disponibilizados recursos para a implementação de adutoras de engate rápido para o abastecimento de água nos municípios de Iracema, Mineiro, Tamboril, Apuiarés, São Luis do Curú, Ocara, Triângulo, Aruaru e Pereiro. As obras são executadas sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Carro-Pipa

Somente no Ceará, a Operação Carro-Pipa investiu R$ 73 milhões para atender diariamente 682,1 mil pessoas em 94 municípios, de janeiro a março de 2017.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Integração Nacional.

Câmara do Crato construirá nova sede

A Câmara Municipal do Crato planeja construir uma nova sede e já mantém R$ 350 mil reais em caixa economizados durante os cinco primeiros meses de gestão da atual Mesa Diretora.

“Estamos fazendo toda a economia possível em relação a ter essa verba para que, assim que adquirirmos o terreno, que está bem pertinho, comecemos a construção”, revela o presidente Florisval Coriolano (PRTB).

Uma das medidas tomadas para economizar visando a construção da nova sede é diminuir o número de cargos comissionados do Poder Legislativo. Neste sentido, a Mesa Diretora deu entrada a Projeto de Lei que reduz 15 cargos.

“Tem cargos que não são preenchidos ou não tem a função que a Câmara tanto deseja e nós estamos dando entrada hoje para serem diminuídos. Ficaremos com aqueles cargos que realmente a Câmara precisa”, explica o presidente.

A construção da nova sede objetiva dar melhores condições de trabalho do Poder Legislativo para que os vereadores possam receber, da melhor forma, as demandas da população cratense.

Vereadores defendem gestão de Florisval Coriolano na Câmara do Crato

Vereadores demonstraram apoio ao presidente da Câmara Municipal do Crato, Florisval Coriolano (PRTB), durante a sessão desta terça-feira (6). O Ministério Público do Ceará apura denúncia de irregularidades em licitações feitas pelo Poder Legislativo cratense, ao passo que a presidência reafirma que o processo foi feito em observância às leis.

“Tudo o que fazemos na Câmara Municipal é com total transparência. Não escondemos nada”, reitera Florisval Coriolano. “Compramos um lápis e ele automaticamente é registrado. Temos toda transparência possível, e a tendência é ficarmos na história da política do Crato por essas ações e pela construção da sede do Poder legislativo Municipal”.

Para os parlamentares, a Mesa Diretora tem sido alvo de uma trama por ter dado estabilidade e segurança financeira ao Poder Legislativo cratense. Roberto Anastácio (PRTB) relembrou não ter votado na chapa encabeçada por Florisval, porém disse estar orgulhoso de tê-lo como gestor.

“O que está havendo é um verdadeiro complô para tirar Vossa Excelência da cadeira do Poder Legislativo”, disse Bebeto durante a sessão. “Estão tentando utilizar meios como levando informações erradas para o Ministério Público e para a imprensa para ver se tiram a estabilidade política que vossa excelência dá ao Poder Legislativo”.

Outros vereadores também se posicionaram em favor do presidente, a exemplo de Fernando Brasil (PP). “Como é difícil trabalhar. Presidente que está cortando gastos, que vem organizar a casa e vem essas coisas porque querem acabar com a imagem de quem conhece muito essa Câmara Municipal”, ponderou.

Pedro Lobo (PT) parabenizou o presidente Florisval Coriolano pelo zelo administrativo e ressaltou que a Câmara tem em caixa mais de 300 mil reais planejados para a construção de uma nova sede para as atividades legislativas.

Para Adil Sampaio (PSC) meios de comunicação devem ser pautados pela seriedade e pela verdade em suas publicações. Ele se refere à publicação de jornal impresso com edição semanal no Cariri que publicou matéria com alguns dados equivocados sobre a apuração do MP.

O vereador Amadeu de Freitas (PT) lamentou que alguns veículos de comunicação dão por condenadas pessoas cujos processos ainda estão em averiguação e sugeriu que a Mesa Diretora apresente prestação de contas mensalmente.

A vereadora Vicência (PMN) e Tico da Serrinha (PSC) também demonstraram solidariedade ao presidente Florisval Coriolano, certos de que as investigações não apontaram irregularidades.

Licitações

Para Florisval Coriolano, o bom funcionamento da Câmara tem incomodado e motivado “denúncias inúteis” como a recentemente feita ao Ministério Público. Em sessão, ele explicou que a licitação foi feita “dentro da transparência e da legalidade, porque todos os requisitos legais de uma licitação foram observados para que a Câmara funcione”, reitera Florisval.

Ainda conforme o chefe do Poder Legislativo, as empresas contratadas em licitações possuem atribuições semelhantes àquelas contratadas em gestões passadas e servem ao bom andamento das atividades legislativas.