LOGO-NEWS-CARIRI

Polícia Civil apreende 580 quilos de maconha em São Luís

Publicidade

Cinco pessoas foram presas e 580 quilos de maconha foram apreendidos durante operação realizada pela Superintendência Estadual de Combate ao Narcotráfico (SENARC) realizado no fim de semana. Os suspeitos seriam os responsáveis pelo armazenamento, distribuição e venda de entorpecentes.

O grupo criminoso teria a intenção de distribuir a droga apreendida em toda região metropolitana de São Luís. Essa foi considerada a maior apreensão de maconha (prensada) na capital maranhense realizada pela Polícia Civil.

O primeiro a ser preso foi Magno Adriano Martins da Silva. Ele estava em um carro na Estrada da Maioba (MA-201) quando foi abordado e flagrado com 58 tabletes de maconha, 42 munições cal. 9 mm e uma balança de precisão.

Material apreendido durante operação da Senarc em São Luís (Foto: Polícia Civl / Divulgação)Material apreendido durante operação da Senarc em São Luís (Foto: Polícia Civl / Divulgação)

Material apreendido durante operação da Senarc em São Luís (Foto: Polícia Civl / Divulgação)

Em seguida, os policiais da divisão de combate aos narcóticos prenderam Thiago Furtado da Silva e Marcos Antonio Malheiros Costa. A dupla estava em uma casa na Cidade Operária em posse de 331 tabletes de maconha, uma pistola cal. 9 mm e um revólver cal.38.

Por último, os agentes da Polícia Civil prenderam Kenny Rogers Vasconcelos Falcão e Keshlley Igor Santos Gomes no Conjunto Alvorada, no Anil. Os dois estavam com de 117 tabletes de maconha.

As prisões ocorreram após investigações que apontavam locais utilizados para armazenamento de droga, tipo maconha (na forma prensada). De acordo com o delegado Carlos Alessandro, Marcos Antônio chegou a apresentar documentação falsa por ser foragido da justiça.

Mais de 500 quilos de maconha foram apreendidas na operação (Foto: Polícia Civil / Divulgação)Mais de 500 quilos de maconha foram apreendidas na operação (Foto: Polícia Civil / Divulgação)

Mais de 500 quilos de maconha foram apreendidas na operação (Foto: Polícia Civil / Divulgação)

Todos os suspeitos foram autuados em flagrante delito por prática de crime de tráfico e associação para o tráfico ilícito de entorpecentes, e posse irregular de arma de fogo permitido (revólver cal. 38) e de uso restrito (pistola cal. 9mm) e encaminhados para o Centro de Triagem de Pedrinhas, local que ficarão custodiados à disposição da Justiça.

g1

Leia também

TV News Cariri

Publicidade

Contatos:

E-mail : nnewscariri@gmail.com

Últimas